Click here to load reader

Barreiras inovacao

  • View
    1.108

  • Download
    6

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Barreiras inovacao

  • 1. Barreiras para a inovao de produtos em pequenas empresas de base tecnolgica no Brasil Autor: Miguel Artur Feldens Trabalho apresentado no 21 Seminrio PROFUTURO: As perspectivas ps-crise para o Brasil na prxima dcada 18/03/2011 IBSN: 978-85-99809-02-0 Contato: Programa de Estudos do Futuro/FIA, [email protected] (11)3818-4021 www.fia.com.br/profuturo
  • 2. Fundao Instituto de AdministraoPs-Graduao em AdministraoMBA Executivo Internacional Barreiras para a Inovao de Produtos em Pequenas Empresas de Base Tecnolgica no Brasil Miguel Artur Feldens Orientador: Emerson Maccari 18 de Maro de 2011
  • 3. Sumrio1.Introduo & Referencial2.Metodologia & Resultados3.Consideraes Finais
  • 4. Introduo Inovao desenvolvimento econmico (1) Crescimento do capital empreendedor (2) (3) Brasil 13o em publicaes cientficas (4) Brazil 29o colocado em patentes (5)(1) Schumpeter, J. The theory of economic development.. 1934.(2) Gvcepe. Panorama da indstria brasileira de private equity e venture capital. 2008.(3) Weisz, J. Mecanismos de apoio inovao tecnolgica. 2008.(4) MCT. Relatrio de avaliao do Plano Plurianual. 2009.(5) USPTO. Patents by Country, State and Year. 2009.
  • 5. Questo de Pesquisa Quais os fatores que dificultam empreendimentos inovadores no Brasil?"
  • 6. Objetivo Geral e Especficos Identificar as barreiras para o empreendedorismo inovador Obstculos para desenvolver e introduzir produtos inovadores Fatores individuais, relativos aos grupos de indivduos, sociais, organizacionais, da indstria onde os empreendedores atuam ou tcnicos (1) Prticas (replicveis) das empresas inovadoras(1) Owens, D. A. The idea conspiracy: exposing the plot against new ideas in your organization. 2010. (Manuscrito do autor, a ser publicado)
  • 7. O que Inovao Implementao de um produto, servio, processo, mtodo de marketing, mtodo organizacional, prtica de negcios ou organizao do trabalho que seja novo ou significativamente melhorado para a firma para a indstria ou para o mundo (OECD. Manual de Oslo, 2005).
  • 8. Conceitos e Difuso de Inovaotemas relacionados (Rogers, 1962) Grau de Inovao (Christensen, 1997) (Schumpeter, 1934) Perfis de Empresas Inovadoras: 3M & Google Mecanismos de fomento (Weisz, 2006) Panorama de venture capital no Brasil (Gvcepe, 2008) Barreiras para Inovao (Owens, 2010)
  • 9. Sumrio1.Introduo & Referencial2.Metodologia & Resultados3.Consideraes Finais
  • 10. Metodologia Reviso da Pesquisa Anlise de Literatura Qualitativa Resultados Inovao e temas Perfil dos Transcrio relacionados entrevistados Anlises Estudos Roteiro das Principais anteriores entrevistas barreiras Entrevista piloto Agrupamento Demais dos entrevistas (5) entrevistados Principais barreiras X grupo
  • 11. Perfis dos EntrevistadosEntrevistado PerfilBerthier Ribeiro Netto Diretor da Google / Professor da UFMGCarlo Dapuzzo Scio do fundo de VC MonasheesGuilherme Ary Plonski Presidente da Amprotec / Professor da USPMarcos Simes Instituto Empreendedor EndeavorMara Abel Scia da Endeeper / Professora da UFRGSSlvio Meira Cientista Chefe do CESAR / Conselheiro do Porto Digital / Professor da UFPE
  • 12. Barreiras IndividuaisPerspectiva dos Perspectiva dos Investidores &Empreendedores Indutores Baixa qualidade e Poucos empreendedores com disponibilidade de pessoal viso de alto impacto qualificado e da prestao de Empreendedores com viso de servios dono e no de scio Foco no mercado interno e no Busca por financiamento, ao na construo de produtos invs de dinheiro e inteligncia inovadores em escala global conectados Dificuldade de traduzir o Perda de foco devido viso discurso do produto na voltada para a tecnologia, ao proposio de valor invs do foco no cliente ou problema de negcio
  • 13. Barreiras do GrupoPerspectiva dos Perspectiva dos Investidores &Empreendedores Indutores Universidade pblica tem Falta de cultura pr-inovao e dificuldade de ver com bons empreendedorismo olhos atividade comercial Uma pequena minoria dos Poucos casos de transformao egressos da universidade tm do conhecimento acadmico- como objetivo empreender (ou cientfico em empreendimentos trabalhar em uma start up) inovadores (i.e. geradores de emprego, renda, exportaes, etc.)
  • 14. Barreiras OrganizacionaisPerspectiva dos Perspectiva dos Investidores &Empreendedores Indutores Muitas indstrias so pouco Incubados focados na expostas competio e se resoluo de barreiras tcnicas, tornam pouco receptivas com poucos se dedicando inovao busca da tecnologia mais adequada para o problema, na Poucas empresas de grande perspectiva do cliente porte enxergam as possibilidade de inovao A maior parte dos aberta e do licenciamento empreendimentos no possui tecnolgico de empreendedores todas as competncias de gesto para se tornar grandes Poucas incubadoras vo alm negcios da infra-estrutura e servios administrativos bsicos
  • 15. Barreiras da IndstriaPerspectiva dos Perspectiva dos Investidores &Empreendedores Indutores Cadeia de valor de VC/PE Falta de projetos de alto pouco desenvolvida, com impacto poucos investidores dispostos a Produtos propostos trazem aportar dinheiro em negcios pouca inovao ou so inovadores inovadores regionalmente Alternativas de sada para o Investidores de estgio inicial investidor so limitadas, precisam estar preparados para exigindo um ciclo longo de