Foco na Corrente Crítica: O Caminho para o Sucesso

  • View
    1.644

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

3o Congresso Nacional de Gerenciamento de Projetos: Uma visão da importância de cronogramas detalhados no ambito de recursos para o desenvolvimento de cronogramas baseado em restrições (corrente crítica)

Text of Foco na Corrente Crítica: O Caminho para o Sucesso

  • 1. Foco na Corrente Crtica do Projeto: O Caminho para o Sucesso Osvaldo Pedra, SpS, PMP - osvaldo.pedra@x25.com.br Peter Mello, SpS, PMP - peter.mello@x25.com.br

2. 3.

  • Objetivo da Palestra:
  • Apresentar um esquema prtico para manter o foco das atividades e dos recursos crticos do projeto alinhado aos objetivos traados e assim alcanar o sucesso desejado.

4. 5. MUDANA NO CAMPO SOCIAL MUDANA NO CAMPO POLTICO MUDANA NO CAMPO ECONMICO MUDANA NO CAMPO GERENCIAL MUDANA NO CAMPO DO CONHECIMENTO MUDANA EM SUSTENTABILIDADE MUDANA NO CAMPO ORGANIZACIONAL MUDANA NO CAMPO TECNOLGICO

    • Cenrio das Organizaes

GLOBALIZAO 6. De Necessidades e Prioridades PROVOCA GLOBALIZAO Redefinio e Reavaliao

    • Cenrio das Organizaes

7. 8.

    • Etapas

Planejar Fazer Verificar Avaliar Anlise dos Stakeholders Definio de Objetivos Alinhamento de Objetivos Definio Estratgica 9.

    • Alice:
    • - Qual caminho devo seguir?
    • Gato Risonho:
    • - Onde deseja chegar?
    • Alice:
    • - No sei onde desejo ir!!!
    • Gato Risonho:
    • - Se no sabe onde deseja ir, qualquer caminho serve!!! (*)
    • Sndrome de Alice

(*) Fonte: Alice no Pas das Maravilhas (1951) - The Walt Disney Company Definio de Objetivos 10.

    • Perguntas e Respostas Cruciais
    • Onde queremos chegar com esse projeto?
    • Qual o nosso principal objetivo com esse projeto?

Definio de Objetivos 11.

    • Comparao Entre Projetos

Projeto Sem Objetivo Projeto Com Objetivo Definio de Objetivos 12.

    • Projetos Sem Objetivo
    • Esforos contrrios;
    • Predominncia daConcorrncia x Assistncia
    • Perda de esforos;
    • Conflitos;
    • Dispero . . .

Projeto Sem Objetivo Definio de Objetivos 13.

    • Projetos Com Objetivo
    • Esforos direcionados;
    • Predominncia win-win
    • Esforos maximizados;
    • Harmonia;
    • Integrao . . .

Definio de Objetivos Projeto Com Objetivo 14.

    • Cliente: A Razo de Ser dos Projetos
  • algo inimaginvel vislumbrar um projeto que no tenha um cliente.
  • O importante que o objetivo do projeto esteja diretamente relacionado aos desejos e expectativas deste cliente e dele fluir as informaes para que o objetivo seja definido.

Definio de Objetivos 15.

    • Depois do onde vem o como chegar
    • Quais outros fatores iro influenciar direta ou indiretamente o resultado do projeto?
    • Fatores tcnicos so importantes, porm os stakeholders so fatores crticos relevantes de sucesso.

Anlise dos Stakeholders 16.

    • Identificando os Stakeholders do Projeto

PROJETO Mercado Sociedade Acionistas Clientes Concorrentes Colaboradores Governo Forneacedores Anlise dos Stakeholders 17.

    • Analisando os Stakeholders do Projeto

Anlise dos Stakeholders 18.

    • Analisando os Stakeholders do Projeto
  • Em uma anlise de stakeholders tambm necessrio saber se existem interesses conflitantes e, acima de tudo, o que ser feito para resolver esses conflitos. importante salientar que os conflitos devem sempre ser decididos a favor do cliente.

Anlise dos Stakeholders 19.

    • Lidando com os stakeholders
    • Stakeholders do bem: Potencializao de atitudes positivas;
    • Stakeholders do mal: Anulao ou minimizao de atitudes negativas.

Anlise dos Stakeholders 20.

    • Cliente: O Grande Stakeholder
    • O escopo do projeto dever antender primeiramente ao interesse e s expectativas do cliente.

Alinhamento de Objetivos 21.

    • Divulgao - Entendimento -Consenso
    • Formalizao de:
    • Objetivo geral;
    • Objetivos especficos;
    • No objetivos;

Alinhamento de Objetivos 22.

    • Apoio
    • Fator crtico de sucesso para o projeto;
    • Percepo da importncia por parte dos stakeholders ;
    • responsabilidade do Gerente de Projeto;
    • Necessita de estrategia especfica;
    • D identidade ao projeto.

Alinhamento de Objetivos 23.

    • Gerente de Projeto: Um estrategista
    • O gerente de projeto precisa possuir viso crtica e analtica para conhecer e lidar com as foras existentes nos ambientes corporativos e de projeto;

Definio Estratgica 24.

    • Gerente de Projeto: Um estrategista
    • O bom estrategista transforma os objetivos em metas, ou seja, define prazos e indicadores para poder analisar se esto ocorrendo desvios e assim tomar as aes corretivas necessrias.

Definio Estratgica 25.

    • Gerente de Projeto: Um estrategista
    • Com as metas definidas, possvel desenvolver a estratgia necessria para o seu atingimento.

Definio Estratgica 26.

    • Gerente de Projeto: Um estrategista
    • Um bom estrategista sabe onde quer chegar e conhece as ferramentas que possui para atingir o seu objetivo. Sabe transformar tudo ao seu redor em algo favorvel, aproveitando cada oportunidade.

Definio Estratgica 27. 28.

    • Ciclo PDCA

29.

    • Ciclo PDCA
    • O Ciclo PDCA a ferramenta que apoiar o Gerente de Projetos na calibrao do projeto. Essa ferramenta permite que o resultado seja constantemente analisado para que aes corretivas possam ser executadas.

30.

    • CicloPDCA
    • Os indicadores que foram estabelecidos para o atingimento das metas devero ser constantemente monitorados e analisados. Isso a aplicao do CicloPDCA . um processo contnuo deP lanejamento,D esenvolvimento,C ontrole eA o para que o projeto nunca perca o seu foco.

31. 32.

    • FOCO
    • Objetivos definidos, difundidos e alinhados, consensos, metas e estratgias estabelecidas, agora fica bem mais fcil comear a escolher quais atividades so, verdadeiramente, relevantes para o projeto e precisam receber FOCO.

33.

    • FOCO
    • Trs Atitudes:
    • Evitar que os recursos trabalhem, em paralelo, em diversas atividades;
    • Evitar trabalhar em atividades que iro gerar retrabalho;
    • Identificar e focar nas atividades e nos recursos crticos (corrente crtica) do projeto.

34.

    • FOCO: Evitar que os recursos trabalhem, em paralelo, em diversas atividades.
    • Multitarefas Nocivas:
    • Os recursos executam diversas atividades em paralelo e sem foco algum.
    • Diversas atividades no planejadas surgem durante o projeto.

35. Atividade 1 9 dias Atividade 2 9 dias Atividade 3 9 dias 27 dias Melhor Caso

    • FOCO: Evitar que os recursos trabalhem, em paralelo, em diversas atividades.
    • Multitarefas Nocivas:

36. Atividade 1 5 dias Atividade 2 5 dias 30 dias Pior Caso Atividade 3 5 dias Atividade 1 5 dias Atividade 2 5 dias Atividade 3 5 dias

    • FOCO: Evitar que os recursos trabalhem, em paralelo, em diversas atividades.
    • Multitarefas Nocivas:

37.

    • FOCO: Evitar trabalhar em atividades que iro gerar retrabalho.
    • O importante todo mundo estar ocupado uma boa desculpa para a falta de planejamento;
    • Retrabalho gera frustrao para a equipe;
    • Todo projeto possui uma seqncia lgica e um perodo de maturao que precisa ser respeitado.

38.

    • FOCO: Identificar e focar nas atividades e nos recursos crticos (corrente crtica) do projeto.