Mrc inovação 0912

  • View
    303

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

inovao em captao de recursos: MRC, click to call e crowdfunding

Transcript

  • 1. MRC, click to call e Crowdfunding comoinovao emcaptao de recursos para ONGs

2. O QUE CAPTAO OU MOBILIZAODE RECURSOS??????????????? 3. CAPTAO DE RECURSOSCaractersticas da AtividadeAtividade planejada e complexaenvolve marketing, comunicao,relaes pblicas, elaborao deprojetos, questes jurdicas e denatureza ticaObjetivo: gerao de diferentesrecursos (financeiros, materiais ehumanos)Apoio finalidade principal daorganizao (meio para que a entidadecumpra sua misso) 4. GERAO DE RENDA - TIPOS 5. GERAO DE RENDA Tipos Taxas de associados /mantenedoresVenda de serviosVenda de produtosRoyaltiesMRCAluguisRendimento de patrimnio(Endowment) 6. GERAO DE RENDATipos1)Prioridade Beneficirios: artesos, comunidade carente2) Prioridade Instituio / Beneficirio: beneficirio produz e pode tambm se beneficiar financeiramente3)Prioridade a diversificao das fontes: compe a renda da instituio. Produtos so fabricados por terceiros e / ou por beneficirios. 7. PROJETOS DE GERAO DE RENDAVantagensAlternativa importante na liberalidade do uso derecursos Auto-sustentao da OSC e do pblico atendido Inovaes Apoio de fundaes 8. VENDAS DE SERVIOS E PRODUTOS 9. VENDAS DE SERVIOS E PRODUTOSCRIATIVIDADEINOVAO 10. PLANO DE NEGCIOS 11. PLANO DE NEGCIOSUm plano de negcios um instrumento degesto concebido para mapear uma determinadaidias ou organizao ao longo de umdeterminado perodo de tempo. (1 a 5 anos) 12. PROJETOS DE GERAO DE RENDA Planejamento http://www.nesst.org/ University Consulting Venture Fund Market Place Avaliar se asOrganizaes esto prontas 13. Monello & AssociadosConsultores LtdaMARKETING DE RELAOCOM A CAUSA 14. HARROGATE que tem a marca Waterbrandssupre Thirsty Planet para a Easyjet.157 aeronaves100 destins na Europa e frica + de 40 milhes de passageiros ano. 15. MARKETING DE RELAO COM A CAUSA ConceitoMarketing de relao comuma causa a atividadepela qual empresas eorganizaes da sociedadecivil formam uma parceriapara comercializar umaimagem, produto ouservio, em benefcio dosdois lados 16. Cause-related MarketingWhat is it, where did it come from, andhow can I succeed at it?Monday, March 30, 4:15-5:30pm.James MuellerJames Mueller & Associates 46th AFPInternationalConference on Fundraising March 29 April 1, 2009 New Orleans, Louisiana 17. MRC: O que ? Nvies de envolvimento empresarial: Anncio / propaganda Patrocnio Custear um projeto MRC: Co-promoo MRC: Co-branding 46th AFP INTERNATIONAL CONFERENCE ON FUNDRAISING www.afpnet.org 18. Co-promoo A associao entre uma ONG e uma empresa parapromover produtos da empresa enquanto captarecursos para a ONG (Foundation Center / Mc feliz ). Inclui um acordo que esclarece as obrigaes ebenefcios de cada parte46th AFP INTERNATIONAL CONFERENCE ON FUNDRAISING www.afpnet.org 19. Co-brandingDo ponto de vista da empresa: Um estratgico stakeholder, que integra um tema socialou causa em um valor a marca e identidadeorganizacional para ganhar significante impacto na RSC responsabilidade social corporativa46th AFP INTERNATIONAL CONFERENCE ON FUNDRAISING www.afpnet.org 20. Co-brandingPonto de vista da ONG: Uma parceria estratgica que se baseia na expertise daassociao e os recursos da empresa para efetivamenteafirmar uma preocupao social (Sorriso)46th AFP INTERNATIONAL CONFERENCE ON FUNDRAISING www.afpnet.org 21. O que MRC para as empresas? Manter empregados satisfeitos Atender a presso dos clientes para ser socialmenteresponsveis. 80% dos consumidores trocariam uma marca paraajudar a uma causa se os preos forem equivalentes(Cone Inc). A propaganda pode aparecer mais no mercado jsaturado de anncios (midia expontnea). Melhora a marca e sua imagem.46th AFP INTERNATIONAL CONFERENCE ON FUNDRAISING www.afpnet.org 22. MRC: Onde tudo comeou1984 Jerry Welsh da AmericanExpress inventou o cause-relatedmarketing para gerar receitas parauma associao (ONG) atravs doaumento da vendas: O projeto derestauro da estatua da liberdade46th AFP INTERNATIONAL CONFERENCE ON FUNDRAISING www.afpnet.org 23. MRC: Onde tudo comeou AmEx doou 1 para o restauro da esttua da liberdadepara cada uso de seu carto. A campanha alcanou $1.7M O uso do carto da American Express cresceu 28% noprimeiro ms e a solicitao de novos cartes, 45%.46th AFP INTERNATIONAL CONFERENCE ON FUNDRAISING www.afpnet.org 24. O que a AmEx ganhou? Um hipottico clculo dos benefcios da AmEx. $1.7M significa 170M de transaes. A $20 por compra, os possuidores do carto gastaram $3.4B. O uso do carto subiu 28% no primeiro ms, o ganho projetado com o projeto foi $340M. A taxa do servio da AmEx de 4%, significa que a AmEx ganhou $13.6M em vendas durante a campanha. Como os novos cartes cresceram 45% durante a campanha a $50 por cada por 3 anos, significa mais $3.75M. 46th AFP INTERNATIONAL CONFERENCE ON FUNDRAISING www.afpnet.org 25. James Mueller & AssociatesContact Information:James Mueller2620 Windham CourtDelray Beach, Florida 33445847.708.5500 (c)561.499.7067 (o)JMueller@JMuellerAssociates.comwww.jmuellerassociates.com46th AFP INTERNATIONAL CONFERENCE ON FUNDRAISING www.afpnet.org 26. MARKETING DE RELAO COM A CAUSADicasO contrato firmado entre as organizaes deve preverque certo percentual da receita lquida das vendas dosprodutos ser destinado livre utilizao da entidade deTerceiro SetorOu seja, o destino dos recursos determinado pelaorganizao, de acordo com sua misso, sem influnciada empresa 27. MARKETING DE RELAO COM A CAUSADicasA propaganda do produto devedestacar o acordo e darvisibilidade para a empresa e paraa organizao sem fins lucrativos(cuidado com a imagem doparceiro...) fundamental que a causa da organizao esteja alinhada com os negcios da empresa e que os parceiros compartilhem valores 28. MARKETINGDE RELAOCOM A CAUSA 29. MARKETINGDE RELAOCOM A CAUSA 30. MARKETINGDE RELAOCOM A CAUSA 31. MARKETINGDE RELAOCOM A CAUSA 32. http://causerelatedmarketing.blogspot.com.br/20 08/01/top-eight-cause-related-marketing.htmlhttp://www.causemarketingforum.com/site/c.bkLUKcOTLkK4E/b.6500023/k.1C6A/Cause_Marketing_Campaigns_of_2011.htmhttp://www.formomentum.com/Clients/Testimonials.aspx 33. MARKETING DE RELAO COM A CAUSA alinhamento de valores Planejamento epreparao Busca de um parceiro Alinhamento deobjetivos Conquista doenvolvimento ecompromisso desseparceiro 34. MARKETING DE RELAO COM A CAUSA Etapas para a implementao da estratgiaPlanejamento e preparao Busca de um parceiro Alinhamento de objetivos Conquista do envolvimento e compromisso desse parceiro Valores comuns, objetivos convergentes, benefcio mtuo, transparncia e reconhecimento dos ativos de cada parceiro devem orientar a negociao da parceria de MRC. 35. MARKETING DE RELAOCOM A CAUSA 36. MARKETING DE RELAO COM A CAUSAAdministre ativamente a parceria Estabelea metas com prazo e monitore. Crie um mapa do projeto / painel de controle e partilhe comseus stakeholders.Reporte qualquer problema imediatamente e comtransparncia. Informe progressos, surpresas, etc Sempre realize uma avaliao final. 37. http://www.idis.org.br/biblio teca/publicacoes/guia-mrc- revisado-final1.pdf/viewMarketing relacionado a causas Cause related marketing Caso American Express Brasil : Herbal - Avon Mac Donalds - Mary Key Havaianas Casa Hope Camila Klein Santander 38. MARKETING DE RELAOCOM A CAUSA 39. Publicidade Digital para uma boa causaMarketing,on line advertising & Fundraising 40. Click2call & Fundraising1. Custo. Pagamento somente de cliques - visitantes do site.2. Custo baixo de criao.3. Previso financeira (ROI)4. Controle e ajustes de processo em tempo real. 41. Como funciona Passo 1: Planejamento Estratgico & Mdia Passo 2: Resposta Direta (criatividade dosanncios) Passo 3: Otimizao das Landing pages Passo 4: Telemarketing Ativo 42. Campanha Mdicos Sem Campanha Mdicos SemFronteiras BrasilFronteiras Argentina 43. BIBLIOGRAFIABARBOSA, Maria Nazar Lins; Oliveira, Carolina Felippe de.Manual de ONGS FGV Editora.SZAZI, Eduardo. Terceiro Setor: Regulao no Brasil. SoPaulo: Editora Fundao Peirpolis Ltda.As Fundaes privadas e as associaes sem fins lucrativosno Brasil: 2002/IBGE, Gerncia do Cadastro Central deEmpresas. Rio de Janeiro: IBGE, 2004. 148 p. (Estudos epesquisas. Informaes econmicas, ISSN 1679-480x; n. 4).Eduardo Szazi, (org.)., et al. Terceiro setor: temas polmicos 1.So Paulo: Peirpolis, 2004 (Temas polmicos; 1). 44. BIBLIOGRAFIACRUZ, Clia e ESTRAVIZ, Marcelo. Captao de DiferentesRecursos para Organizaes Sem Fins Lucrativos. EditoraGlobal.NORIEGA, Maria Elena e MURRAY, Milton. Apoio Financeiro:Como Conseguir. Editora TextoNovo.KELLEY, Daniel Q. Dinheiro para sua Causa. EditoraTextoNovo, 1994.CICONTE, Barbara K. e JACOB, Jeanne Gerda. Fund RaisingBasics: A Complete Guide. Aspen Publication, 1997. AZEVEDO, Tasso Rezende. Buscando recursos para seusprojetos. TextoNovo1998.DAW, Jocelyne. Cause Marketing for Nonprofits. Wiley 2006 45. OBRIGADOARIGAT0 MERCI GRACIE THANKSGRACIASDANKETODA www.criando.net 11 8208-379011-2307-4495michel@criando.net