Projeto crack

  • View
    1.301

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Text of Projeto crack

  • 1.
    • Crack
    • Cocana Medicaes
    • Controladas
    • Alguns tipos
    • de Drogas
    • Maconha Inalantes
    • lcool
    • Tabaco
  • 2.
    • Droga toda as substancias, naturais ou sintticas que introduzidas no organismo modificam suas funes;
    • Podem ser classificadas como Lcitas e Ilcitas;
    • Em relao aos adolescentes seu uso no permitido, por ser a adolescncia uma fase de mudana fsica, orgnica, emocional e social, ou seja, uma fase de transformao em diversas esferas.
    • O uso de medicaes controladas s permitido atravs de avaliaes e acompanhamentos mdicos.
    • As fases de experimentao e de vivncia de novas emoes, com as angstias e incertezas desta etapa, trazem o risco da busca de satisfao atravs das drogas.
  • 3. Inalantes
    • So substancias aspiradas ou pela boca ou pelo nariz que podem ser produzidas por diferentes princpios ativos.
    • Provocam em geral agressividade, sonolncia, confuso, perda do autocontrole, perda da coordenao motora, delrios, tremores, leses cardacas e cerebrais, como entre outros.
    Percentual de adolescentes que utilizaram
  • 4.
    • Atuando no S.N.C. provoca euforia, bem estar, sociabilidade. Pelo fato de que as pessoas no conseguem ter tais sensaes naturalmente, e de forma intensa, tende a querer usar cada vez mais.
    • O corao tende a acelerar, a presso aumenta e a pupila se dilata. O consumo de oxignio aumenta, mas a capacidade de capt-lo, diminui. Este fator, juntamente as com arritmias deixa o usurio pr-disposto a infartos.
    Cocana Percentual de adolescentes que utilizaram
  • 5. Maconha - Cnabis
    • Os trs principais tipos de produtos derivados da cnabis so a erva (maconha), a resina (haxixe) e o leo (leo de haxixe).
    • Alguns efeitos: Percepo alterada da realidade, euforia leve, sensao de bem-estar, relaxamento e reduo de estresse, aumento na percepo do humor, msica ou arte, introspeco, aumento da libido e outros.
    • Falhas na memria recente,taquicardia, boca seca, parania, agitao, falta decoordenao motora, dependncia psicolgica,bronquite, tosse.
    Percentual de adolescentes que utilizaram
  • 6. Alcoolismo e Tabagismo
    • A bebida alcolica pode ser considerada como a droga mais vendida no planeta, e o alcoolismo, dela decorrente, um srio problema de sade pblica mundial.
    • O consumo de tabaco, considerado o principal fator de estilo de vida causador de doenas crnicas nos pases desenvolvidos e foi identificado como o principal problema de sade pblica, (LAGRUE, 1996).
    Percentual de adolescentes que utilizaram
  • 7. Crack
    • Crack umadrogafeita a partir da mistura decocanacombicarbonato de sdiogeralmente fumada.
    • uma forma impura de cocana e no um sub-produto.
    • O nome deriva do verbo "to crack", que, em ingls, significa quebrar, devido aos pequenos estalidos produzidos pelos cristais (as pedras) ao serem queimados, como se quebrassem.
    • Chega aosistema nervoso central em dezsegundos, devido ao fato de a rea de absoro pulmonar ser grande e seu efeito dura de 3 a 10 minutos, com efeito de euforia mais forte do que o da cocana, aps o que produz muita depresso, o que leva o usurio a usar novamente para compensar o mal-estar, provocando intensa dependncia.
    • No raro, o usurio tem alucinaes, parania (iluses de perseguio).
  • 8. Crack
    • A droga tambm causa destruio deneurniose provoca a degenerao dos msculos do corpo ( aparncia esqueltica)
    • O crack inibe a fome, de maneira que os usurios s se alimentam quando no esto sob seu efeito narctico. Outro efeito da droga o excesso de horas sem dormir, e tudo isso pode deixar o dependente facilmente doente.
    • A maioria das pessoas que consome bebidas alcolicas no se torna alcolatra. Isso tambm vlido para outras drogas. No caso do crack, o usurio se torna completamente viciado na droga, ficando dependente com apenas trs ou quatro doses, s vezes at na primeira.
    • Aps o uso, a pessoa apresenta quadros de extrema violncia, agressividade que se manifesta a princpio contra a prpria famlia, desestruturando-a em todos os aspectos, e depois, por consequncia, volta-se contra a sociedade em geral, com visvel aumento do nmero de crimes relacionados ao vcio em referncia
  • 9. Crack
    • Seis vezes mais potente que a cocana, o crack tem ao devastadora provocando leses cerebrais irreversveis e aumentando os riscos de um derrame cerebral ou de um infarto;
    • Porm, ao contrrio do que se poderia imaginar, no so as complicaes de sade pelo uso crnico da droga, mas sim os homicdios que constituem a primeira causa de morte entre os usurios , resultantes de brigas em geral, aes policiais e punies de traficantes pelo no-pagamento de dvidas contradas nesse comrcio; outra causa importante so as doenas sexualmente transmissveis, como o HIV, por exemplo, por conta do comportamento promscuo que a droga gera .
  • 10.
  • 11. Projeto de enfrentamento ao Crack
    • Elaine - Aqui vou comear a apresentao do projeto. Precisamos ser breves na fala, pois ainda tem a fala de cada profissional nos seus eixos e a apresentao dos meninos.
    • Por gentileza me envia a tua parte do projeto para eu concluir os slides do projeto.
    • bjs
  • 12.
    • CAMINHO DO AMOR
    • CASE/Jaboato
  • 13.
    • METODOLOGIA
    • Foram escolhidos 10 adolescentes de forma criteriosa pela equipe psicossocial, para receber a cada ms um acompanhamento especfico;
    • Convidados seus familiares e responsveis para que o conhecimento possa transcender os muros do CASE;
    • O trabalho contar com a presena de uma equipe multiprofissional;
    • De acordo com Sullivan (1953) a personalidade influenciada, modificada e reforada pelos relacionamentos que a pessoa em desenvolvimento (adolescentes) mantm com outras pessoas (pais, professores, colegas, irmos, entre outros).
  • 14.
  • 15.
  • 16.
  • 17.
  • 18.
  • 19.