2 edição - IBGE | Portal do IBGE .Estatística. I. IBGE. Coordenação de Indústria. II. ... O

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of 2 edição - IBGE | Portal do IBGE .Estatística. I. IBGE. Coordenação de Indústria. II. ... O

Presidenta da Repblica

Ministro do Planejamento, Oramento e Gesto

UNIDADE RESPONSVEL

Diretoria de Pesquisas

Dilma Rousseff

Nelson Barbosa

INSTITUTO BRASILEIRODE GEOGRAFIA EESTATSTICA - IBGE

Presidenta

Diretor-Executivo

RGOS ESPECFICOS SINGULARES

Diretoria de Pesquisas

Diretoria de Geocincias

Diretoria de Informtica

Centro de Documentao e Disseminao de Informaes

Escola Nacional de Cincias Estatsticas

Wasmlia Bivar

Fernando J. Abrantes

Roberto Lus Olinto Ramos

Wadih Joo Scandar Neto

Paulo Csar Moraes Simes

David Wu Tai

Maysa Sacramento de Magalhes

Coordenao de IndstriaFlvio Renato Keim Magheli

Rio de Janeiro 2015

Ministrio do Planejamento, Oramento e GestoInstituto Brasileiro de Geografia e Estatstica - IBGE

Diretoria de PesquisasCoordenao de Indstria

Srie Relatrios MetodolgicosVolume 31

Indicadores Conjunturais da Indstria

Produo

2 edio

Indicadores conjunturais da indstria : produo / IBGE, Coordenao de Indstria. - 2. ed. - Rio de Janeiro : IBGE, 2015..p. - (Relatrios metodolgicos, ISSN 0101-2843 ; v. 31)Acompanha um CD-ROM, em bolso.Inclui bibliografia.ISBN 978-85-240-4356-7

1. Levantamentos industriais - Metodologia. 2. Estatstica industrial. 3. Brasil - Indstrias - Estatstica. 4. Produtividade industrial - Brasil - Estatstica. I. IBGE. Coordenao de Indstria. II. Srie.

Gerncia de Biblioteca e Acervos Especiais CDU 311.21:338.45(81) RJ/IBGE/2015-16 ECO

Impresso no Brasil / Printed in Brazil

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica - IBGEAv. Franklin Roosevelt, 166 - Centro - 20021-120 - Rio de Janeiro, RJ - Brasil

ISSN 0101-2843 Srie Relatrios Metodolgicos Divulga as metodologias empregadas nas diversas fases do planejamento e execuo das pesquisas do IBGE.

ISBN 978-85-240-4356-7 (meio impresso)

IBGE. 2015

1 edio - 2004

2 edio - 2015

Elaborao do arquivo PDFRoberto Cavararo

Produo de multimdiaLGonzagaMrcia do Rosrio BraunsMnica Pimentel Cinelli RibeiroRoberto Cavararo

Capa

Ubirat O. dos Santos/Marcos Balster Fiore Coordenao de Marketing/Centro de Documentao e Disseminao de Informaes - CDDI

Sumrio

Apresentao

Introduo

O significado dos ndices de produo fsica

O sistema de estatsticas industriais

Metodologia

Caractersticas dos indicadores de produo industrial e da Pesquisa Industrial Mensal - Produo Fsica - PIM-PF

Relao entre os indicadores de produo industrial e a PIM-PFmbitoClassificao de atividades

Pesquisa Industrial Mensal - Produo Fsica - PIM-PFUnidades de investigaoDetalhamento geogrfico dos indicadores e seleo de atividadesSeleo de produtos e informantesCobertura da amostra de produtosAspectos dos procedimentos de coleta das informaes

Sistema de indicadores mensais de produo fsicaSistema de ponderaoMtodo de clculoEncadeamento das sriesAjuste sazonal

Disseminao dos resultados

Reviso dos resultados

Referncias

________________________________________________________________________ Indicadores Conjunturais da IndstriaProduo

Convenes- Dado numrico igual a zero no resultante

de arredondamento;

.. No se aplica dado numrico;

... Dado numrico no disponvel;

x Dado numrico omitido a fim de evitar a individualizao da infor-mao;

0; 0,0; 0,00 Dado numrico igual a zero resultante de arredondamento de um dado numrico originalmente positivo; e

-0; -0,0; -0,00 Dado numrico igual a zero resultante de arredondamento de um dado numrico originalmente negativo.

Lista de quadros e tabelas

Quadros

1 - Organizao das atividades CNAE 2.0 para a PIM-PF2 - Cdigos e descrio da classificao, por grandes categorias econmicas dos produtos selecionados para a PIM-PF

3 - Lista dos grupos e classes industriais selecionados para a PIM-PF

4 - Atividades selecionadas para a PIM-PF - Amazonas, Par, Regio Nordeste, Cear, Pernambuco, Bahia, Minas Gerais, Esprito, Rio de Janeiro, So Paulo, Paran, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso e Gois

5 - Lista de produtos informados na PIM-PF com unidade de medida em homem-hora

6 - Causas-cdigos utilizadas pelos informantes na PIM-PF

7 - Relao de produtos da PIM-PF, segundo Grupos industriais selecionados - Brasil (Disponvel no CD-ROM)

8 - Relao de produtos da PIM-PF, segundo Classes industriais selecionadas - Brasil (Disponvel no CD-ROM)

9 - Nomenclatura completa dos produtos selecionados na PIM-PF, segundo cdigo, descrio e unidade de medida dos produtos (Disponvel no CD-ROM)

Tabelas

1 - Cobertura da Amostra intencional de Produtos em Termos do Valor de Transformao Industrial - VTI - 2010

2 - Cobertura da Amostra intencional de Produtos em Termos do Valor de Transformao Industrial - VTI - Brasil, Minas Gerais, Rio de Janeiro, So Paulo, Paran, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Amazonas, Par, Regio Nordeste, Cear, Pernambuco, Bahia, Esprito Santo, Mato Grosso e Gois - 2010 (Disponvel no CD-ROM)

3 - Nmero de produtos investigados e a participao em termos do Valor da Transformao Industrial - VTI na Indstria Geral, Sees e Atividades - Brasil, Minas Gerais, Rio de Janeiro, So Paulo, Paran, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Amazonas, Par, Regio Nordeste, Cear, Pernambuco, Bahia, Esprito Santo, Mato Grosso e Gois (Disponvel no CD-ROM)

4 - Pesos dos produtos na Indstria Geral, Sees e Atividades - Brasil (Disponvel no CD-ROM)

5 - Pesos dos produtos segundo sua finalidade de uso preponderante, de acordo com a Classificao por Grandes Categorias Econmicas - CGCE - Brasil (Disponvel no CD-ROM)

6 - Relao dos pesos por Classificao por Grandes Categorias Econmicas - CGCE - Brasil (Disponvel no CD-ROM)

7 - Relao de produtos - Insumos Tpicos da Construo - ICC - Brasil (Disponvel no CD-ROM)

Apresentao

A comparao do desempenho econmico ao longo do tempo um fator fundamental na anlise econmica e uma condio para a formulao e monitoramento de polticas. Os indicadores de curto prazo desempenham um relevante papel nesse contexto, fornecendo indicadores de comparao. Entre estes indicadores de curto prazo, o ndice de produo industrial tem sido historicamente um dos mais conhecidos e bem utilizados. O ndice mede as mudanas de volume de produo industrial de uma economia e, portanto, fornece uma medida que est livre das influncias das variaes de preos, tornando-se um indicador interessante para muitas aplicaes.

A experincia do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica - IBGE na elaborao desse ndice tem origem no incio dos anos de 1970, e suas revises ao longo do tempo estiveram associadas liberao de informaes estruturais sobre a composio das atividades e sobre a oferta de produtos. Este documento apresenta a configurao metodolgica adotada a partir de janeiro de 2012.

Esta nova edio do relatrio metodolgico descreve os objetivos, os procedimentos operacionais adotados, tanto no desenho da amostra da pesquisa bsica quanto no clculo dos ndices, e as formas de apresentao dos resultados.

Roberto Lus Olinto RamosDiretor de Pesquisas

Introduo

Desde a dcada de 1970, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatstica - IBGE divulga ndices mensais relativos produo industrial, calculados a partir da Pesquisa Industrial Mensal-Produo Fsica - PIM-PF.

A varivel levantada pela pesquisa a produo fsica de uma srie de produtos previamente selecionados. Considera-se que a variao de quantum dessa cesta de produtos serve como uma medida aproximada da evoluo de curto prazo do valor adicionado da indstria. Logo, o objetivo no o de gerar informaes para cada um dos produtos, mas calcular a taxa de variao mensal da produo das atividades produtivas industriais1. Para tal, faz-se necessrio definir um sistema de ponderao que permita agregar as informaes individuais de quantidades produzidas, relacionando-as ao desempenho da atividade industrial.

As revises do sistema de indicadores conjunturais da indstria, ao longo do tempo, objetivaram atualizar, simultaneamente, a lista de produtos e informantes da PIM-PF e o sistema de peso subjacente construo dos indicadores, de forma a refletir a estrutura mais atual possvel da indstria brasileira. Para tal, at 1985, os Censos Econmicos e, de forma complementar, as pesquisas anuais, eram as fontes de informaes utilizadas para implementar as revises. A partir da dcada de 1990, o IBGE abandona o modelo baseado nos censos

1 Cada produto est associado de forma unvoca a uma atividade. Logo, somente na produo de alimentos so fabricados carnes, derivados de soja, leite, biscoitos, pes, etc. Na de calados, tnis de material sinttico, calados de couro etc. E assim por diante.

________________________________________________________________________ Indicadores Conjunturais da IndstriaProduo

quinquenais e passa a estruturar as estatsticas econmicas tendo como referncia o Cadastro Central de Empresas - Cempre e as pesquisas anuais2.

A reformulao da PIM-PF busca cumprir os objetivos de adequar os indicadores Classificao Nacional de Atividades Econmicas - CNAE, verso 2.03; atualizar a amostra intencional de atividades, produtos e informantes; atualizar a estrutura de ponderao dos ndices com base em estatsticas industriais mais recentes, de forma a integrar-se s necessidades do projeto de implantao da Srie de Contas Nacionais - referncia 2010; e atualizar a infraestrutura tecnolgica dos instrumentos de coleta, apurao e anlise dos indicadores.

Com a reviso da