APICETOMIA SEGUIDA DE OBTURAÇÃO RETRÓGRADA REPEO] Numero 2 Artigo 1.pdf · Revista de Endodontia…

Embed Size (px)

Text of APICETOMIA SEGUIDA DE OBTURAÇÃO RETRÓGRADA REPEO] Numero 2 Artigo 1.pdf · Revista de...

  • Revista de Endodontia Pesquisa e Ensino On Line - Ano 1, Nmero 2, Julho/Dezembro, 2005. 1ISSN - (Aguardando Registro) - http://www.ufsm.br/endodontiaonline

    APICETOMIA SEGUIDA DE OBTURAO RETRGRADA COM AGREGADO TRIXIDO MINERAL

    (MTA) RELATO DE CASO CLNICO

    APICECTOMY FOLLOWED BY RETROFILLING WITH MINERAL TRIOXIDE AGGREGATE (MTA) -

    CASE REPORT.

    Maria Gabriela Pereira de Carvalhoa

    Walter Blaya Perezb

    Sandro Borges Matterc

    Diego Segatto Blayad

    Ana Cludia Anhalde

    Resumo

    A Apicetomia com obturao retrgrada consiste no corte da poro apical da raiz do dente, seguido do

    preparo de uma cavidade na poro final do remanescente radicular e a obturao deste espao com um material

    adequado. Este procedimento est indicado em casos onde o tratamento endodntico convencional fracassou ou em

    casos de impossibilidade de acesso ao canal radicular por via coronria. No presente caso clnico, optou-se pela

    cirurgia porque o dente possua uma coroa prottica. Foi proposto o uso do Agregado Trixido Mineral (MTA) como

    material retro-obturador, devido as suas vantagens quando comparado a outros materiais. Dentre essas vantagens,

    podemos citar o menor grau de resposta inflamatria, formao de tecido duro sobre o material, menor infiltrao,

    hidrofilia, facilidade de manipulao, entre outras. O relato deste caso clnico tem por objetivo a demonstrao do

    uso do MTA. dentro das suas indicaes na clnica diria sendo observado um perodo de proservao suficiente

    exigido pelos requisitos clnicos quanto aos estudos de processos reparativos. As propriedades fsicas, qumicas e

    biolgicas do MTA somadas sua aplicabilidade clnica indicam uma atuao promissora desse material na

    Odontologia.

    PALAVRAS CHAVES: Endodontia, Apicetomia, MTA

    !" #

    $%

    $%

    &" #

    Apicetomia seguida de obturao retrgrada com agregado trixido mineral (MTA) relato de caso clnico

  • Revista de Endodontia Pesquisa e Ensino On Line - Ano 1, Nmero 2, Julho/Dezembro, 2005. 2ISSN - (Aguardando Registro) - http://www.ufsm.br/endodontiaonline

    Abstract

    Apicectomy with retrofilling consists of cutting the apical root portion of the tooth, preparing a cavity on the

    final portion of the remaining radicular and the obturation of that space with appropriate material. This procedure is

    indicated in cases where conventional endodontic treatment fail or in cases where it is impossible to access the

    radicular canal through the crown. In this presented case, a surgery was performed because the tooth had a prothesis.

    The use of mineral trioxide aggregate (MTA) was chosen as a retro-obturator material, due its advantages when

    compared to other materials. Less inflammatory level, hard tissue growth over the material, less infiltration,

    hydrophil, easy handling, among other, are some of the advantages of using MTA. The objective of reporting this

    clinical case is to show the use of MTA within its indications for the everyday practice, observing and checking it, for

    as long as it is required by clinical standards on repairing processes during studies. The physical, chemical and

    biological properties of MTA, plus its clinical applicability, indicate a very promising use of this material in

    Dentistry.

    KEYWORDS: Endodontia, Apicectomy, MTA

    Apicetomia seguida de obturao retrgrada com agregado trixido mineral (MTA) relato de caso clnico

  • Revista de Endodontia Pesquisa e Ensino On Line - Ano 1, Nmero 2, Julho/Dezembro, 2005. 3ISSN - (Aguardando Registro) - http://www.ufsm.br/endodontiaonline

    INTRODUO

    A apicetomia com obturao retrgrada consiste

    no corte da poro apical da raiz do dente, seguido do

    preparo de uma cavidade na poro final do

    remanescente radicular e a obturao deste espao com

    um material adequado. Este deve apresentar boa

    capacidade de selamento a longo prazo,

    biocompatibilidade, no interfira nos processos

    biolgicos do reparo, no seja reabsorvido, possua boa

    estabilidade dimensional, facilidade de preparo e

    insero, radiopacidade e seja insensvel umidade.

    Este procedimento est indicado em casos onde o

    tratamento endodntico convencional fracassou ou em

    casos de impossibilidade de acesso ao canal radicular

    por via coronria.

    O relato deste caso clnico tem por objetivo a

    demonstrao do uso do MTA (Agregado Trixido

    Mineral) dentro das suas indicaes na clnica diria

    sendo observado um perodo de proservao suficiente

    exigido pelos requisitos clnicos quanto aos estudos de

    processos reparativos.

    REVISO DE BIBLIOGRAFIA

    A obturao do sistema de canais radiculares

    tem como objetivo selar toda a extenso da cavidade

    endodntica (Lopes e Siqueira 6) de forma

    tridimensional (Soares e Goldberg 10). O material

    obturador deve ser inerte ou anti-sptico que no

    interfira e de preferncia estimule o processo de reparo

    apical e periapical. Esse deve ocorrer aps a concluso

    do tratamento endodntico radical (Leonardo e Leal 5).

    Segundo Soares e Goldberg 10, a obturao o

    retrato da endodontia. Leonardo e Leal 5 confirmam isso

    afirmando que a incorreta execuo de uma das fases do

    tratamento levaria a dificuldade nas fases

    subseqentes, podendo trazer como conseqncia o

    fracasso total. Flores3 destaca ainda que perfuraes

    dentais, reabsores apicais, fraturas de instrumentos,

    extravasamento de material obturador, leses

    periapicais no reparadas, inacessibilidade ao pice

    podem ser resolvidos com o tratamento cirrgico. Dessa

    maneira, Lopes e Siqueira 6 consideram que, a despeito

    de ser um procedimento invasivo, a teraputica

    endodntica cirrgica hoje considerada como

    tratamento conservador, pois s atravs dela que o

    rgo dental ser preservado.

    Vrias so as denominaes para os

    procedimentos cirrgicos que envolvem o peripice:

    cirurgia periapical (Taylor e Bump 11), cirurgia

    paraendodntica (Leonardo e Leal5), cirurgia

    endodntica (Peterson e Colaboradores 7) ou ainda

    cirurgia perirradicular (Lopes e Siqueira 6).

    Os primeiros relatos de procedimentos de

    cirurgia paraendodntica foram descritos em 1843 por

    Desirabode, envolvendo somente a remoo da poro

    apical da raiz de um dente (Taylor e Bump 11).

    Segundo Leonardo e Leal 5, a cirurgia

    paraendodntica um conjunto de procedimentos, cujo

    objetivo bsico visa resolver complicaes decorrentes de

    um tratamento de canal radicular ou seu insucesso.

    Flores3 cita vrias modalidades de cirurgia

    paraendodntica: curetagem perirradicular, apicetomia,

    apicoplastia, cirurgia com obturao simultnea do

    canal, obturao retrgrada, retro-instrumentao com

    Apicetomia seguida de obturao retrgrada com agregado trixido mineral (MTA) relato de caso clnico

  • Revista de Endodontia Pesquisa e Ensino On Line - Ano 1, Nmero 2, Julho/Dezembro, 2005. 4ISSN - (Aguardando Registro) - http://www.ufsm.br/endodontiaonline

    retro-obturao, retro-instrumentao associada

    obturao retrgrada, rizectomia, odontosseco e

    cirurgia dos cistos radiculares.

    As principais indicaes das cirurgias

    paraendodnticas, segundo Lopes e Siqueira6, so:

    patologias perirradiculares persistentes aps o

    tratamento ou retratamento endodntico; obstrues

    que impeam o retratamento endodntico; fraturas

    transversais do tero apical; reabsores patolgicas e

    calcificaes radiculares; impossibilidade de tratamento

    endodntico adequado devido a grandes dilaceraes

    radiculares, desvios e perfuraes; manuteno da

    sintomatologia dolorosa; presena de exsudato

    persistente. So contra-indicaes do procedimento

    cirrgico: a no identificao das causas de insucesso do

    tratamento endodntico (Peterson e Colaboradores 7); a

    possibilidade de realizar tratamento/retratamento

    endodntico; risco de injria a estruturas anatmicas;

    suporte sseo insatisfatrio (Leonardo e Leal5, Peterson

    e Colaboradores 7 ); acesso cirrgico dificultado (Lopes e

    Siqueira 6, Leonardo e Leal5, Peterson e Colaboradores7); dentes com razes muito curtas ou que j sofreram

    apicetomia (Peterson e Colaboradores 7); e, complicaes

    sistmicas (Lopes e Siqueira 6, Leonardo e Leal5,

    Peterson e Colaboradores 7).

    A apicetomia com obturao retrgrada consiste

    no corte da poro apical da raiz de um dente, seguido

    do preparo de uma cavidade na poro final do

    remanescente radicular e a obturao deste espao com

    um material adequado (Leonardo e Leal5). Segundo

    Lopes e Siqueira 6, objetivo da obturao retrgrada o

    selamento hermtico da regio apical, propiciando o

    processo de cura e reparao. Trope e Colaboradores 15

    citam que os materiais seladores apicais constituem um

    ponto crtico, uma vez que devem ser no-txicos,

    estveis biologicamente e no-reabsorvveis. Lopes e

    Siqueira 6 adicionam ainda s propriedades ideais do

    material retro-obturador a adesividade, a estabilidade

    dimensional, apresentar presa rpida, ter

    radiopacidade, ser de fcil manipulao e presena de

    atividade antimicrobiana.

    Segundo Flores3, vrios so os materiais que

    podem ser utilizados na retro-obturao. Podem ser

    citados o amlgama, o cianoacrilato e o ionmero de