Ata da reunião ordinária da Comissão de Residência Médica ... ?· Ata da reunião ordinária da…

Embed Size (px)

Text of Ata da reunião ordinária da Comissão de Residência Médica ... ?· Ata da reunião ordinária...

  • Ata da reunio ordinria da Comisso de Residncia Mdica da UNIFESP

    Aos vinte e trs de agosto de dois mil e dezessete s oito horas e doze minutos na cidade de So 1

    Paulo, no Anfiteatro Jandira Mansur, sito Rua Botucatu, 862 Prdio dos Anfiteatros Marcos 2

    Lindenberg reuniu-se ordinariamente a Comisso de Residncia Mdica - COREME, sob a 3

    coordenao do Professor Doutor Adagmar Andriolo, com a participao dos membros da 4

    COREME. Presentes: Dra. Marcia c. Mallozi, Prof. Dr. Jose Carlos Costa Baptista, Prof. Dr. 5

    Jorge Eduardo de Amorim, Profa. Dra. Andrea Fernandes de Oliveira, Dra. Ana Virginia Lopes 6

    de Sousa, Dra. Maria Lucia Martino Lee, Prof. Dr. Carlos Haruo Arasaki, Dr. Frederico Teixeira 7

    Barbosa, Dra. Elaine Cristina Soares Martins Moura, Prof. Dr. Nahas Nahas, Prof. Dr. Luiz 8

    Hirotoshi Ota, Dra. Lidia Sandre Vendrame Saes, Prof. Dr. Sergio Henrique Hirata, Sra. Simone 9

    (PRM em Dor e Anestesiologia), Prof. Dr. Valdir Ambrsio Moises, Prof. Dr. Orlando Ambrogini 10

    Junior, Dra. Ana Cristina de Castro Amaral Feldner, Dr. Eduardo Perrone, Profa. Dra. Ligiani 11

    Rezende Corral, Dr. Matheus Vescovi Gonalves, Dr. Otelo Rigato, Profa. Dra. Dayse Maria 12

    Machado, Dra. Vanessa Monteiro Sanvido, Dra. Daniela Betinassi Parro Pires, Prof. Dr. Marcelo 13

    Costa Batista, Profa. Dra. Mariana Carvalho de Moraes Barros, Profa. Dra. Maria Fernanda 14

    Branco de Almeida, Prof. Dr. Fabio Veiga de Castro Sparapani, Prof. Dr. Orlando Graziani 15

    Povoas Barsottini, Profa. Dra. Enedina de Oliveira, Prof. Dr. Luiz Celso Pereira Vilanova, Prof. 16

    Dr. Ivan Maynartt Tavares, Dr. Gustavo Tadeu Sanchez, Dr. Vitor Guo Chen, Dra. Milvia Simes 17

    e Silva Enokihara, Dra. Emilia Michelitti, Dra. Marina Carvalho de Moraes Barros, Dra. Catherine 18

    Gusman Anelli, Profa. Dra. Eloara Vieira Machado Ferreira Alvares da Silva Campos, Dr. 19

    Osvladir Custodio, Dra. Raquel Jales Leito, Dr. Daniel Zandona Santos, Prof. Dr. Artur da Rocha 20

    Correa Fernandes, Sra. Andrea Puchnick, Profa. Dra. Maris Salete Demuner, Profa. Dra. Rita 21

    Nely Vilar Furtado, Prof. Dr. Jose Alvaro Pereira Gomes, Dr. Matheus Vescovi Gonalves, Dra. 22

    Juliana Mansur, Prof. Dr. Joo Baptista Gomes dos Santos. Ausncias Justificadas: Profa. Dra. 23

    Emilia Inoue Sato, Prof. Dr. Gil Facina, Prof. Dr. Ramiro Anthero de Azevedo, Dra. Alzira Rosa 24

    Esteves, Profa. Dra. Lucila Bizari Fernandes do Prado, Profa. Dra. Lucia Christina Iochida, Profa. 25

    Dra. Julisa Chamorro L. Ribalta , Dra. Barbara Greggio, Dra. Beatriz Tavares Costa Carvalho, 26

    Prof. Dr. Clber P. Camacho, Prof. Dr. Alcides Augusto Salzedas Netto, Prof. Dr. Samuel 27

    Saiovici, Profa. Dra.Vera Lucia Sdepanian, Profa. Dra. Adriana Miachon, Dr. Joo Antonio 28

    Gonalves Garreta Prats, Prof. Dr. Ermelindo Della Libera Junior, Prof. Dr. Antonio Sergio 29

    Pretilli, Profa. Dra. Maria Lucia Cardoso Gomes Ferraz, Prof. Dr. Leonardo do Haddad, Dra. 30

    Jellin Chiaoting Chuang, Dr. Fabio Kenji Matsumoto, Prof. Dr. Onivaldo Cervantes. 31

  • Ata da reunio ordinria da Comisso de Residncia Mdica da UNIFESP

    Professor Adagmar Andriolo agradece a presena de todos e informa as ausncias justificadas. 32

    Inicia a reunio apresentando carta do Prof. Dr. Luiz Anderson Lopes do Departamento de 33

    Pediatria da UNIFESP citando a passagem de alguns residentes pelo Programa de Residncia 34

    Mdica em Pediatria elogiando a participao e o desempenho dos referidos, os quais so: Dra. 35

    Marcela Barros, Dra. Camila Veloso ambas do PRM em Cardiologia, Dr. Raul Valrio e Dra. 36

    Maria Garcia. Atravs da carta o Prof. Dr. Luiz Anderson Lopes registra seu contentamento e de 37

    uma maneira singela agradece aos residentes. Dando seguimento a pauta o Prof. Dr. Adagmar 38

    Andriolo comunica aos presentes em carter excepcional a ATA da reunio do 19/07/2017 no 39

    est disponvel para aprovao devido a demanda de trabalho por conta do Processo Seletivo de 40

    Residncia Mdica de 2018. Nesta semana foi possvel encerrar a elaborao do plano bsico do 41

    plano de trabalho do edital com previso de publicao para a prxima semana. Aps o trmino 42

    do trabalho iniciou-se a parte burocrtica que consiste em enviar os documentos para a FAP para 43

    emisso do oramento do plano de trabalho, este oramento vai para o Ncleo de Convenio e do 44

    Campus SP, aps o ncleo ser encaminhado para a Procuradoria para aprovao, segue para a 45

    Reitora para assinatura e a celebrao do contrato com a FAP. Com relao a ata da Plenria do 46

    dia 19/07/2017 a mesma ser enviada a todos posteriormente para que seja aprovada 47

    conjuntamente com esta na prxima Plenria. Prof. Dr. Adagmar Andriolo discorre sobre o edital: 48

    Com relao ao edital, tivemos algumas conversas sobre as eventuais redues de vagas. Se 49

    considerarmos os nmeros de vagas credenciadas na Comisso Nacional de Residncia Mdica e 50

    o nmero de vagas que sero oferecidas para 2018, observamos que teremos uma reduo de 20%. 51

    Infelizmente no uma reduo real para alguns PRMs j no estavam oferecendo vagas devido 52

    as especialidades no serem muito contempladas, porm de qualquer forma inmeros grupos para 53

    impressionar a administrao do Hospital So Paulo que estavam pressionando um pouco em 54

    relao a diminuio do nmero de vagas, ento temos 20% de reduo de nmeros de vagas entre 55

    as credenciadas e as oferecidas para 2018. Ns tivemos algumas alteraes em alguns PRMs por 56

    definio da Comisso Nacional de Residncia Mdica - CNRM e todas as alteraes foram 57

    atendidas e includas no Edital 2018, Cirurgia de Cabea e Pescoo passou ter o como pr-58

    requisito em otorrinolaringologia, Cirurgia Cardiovascular passa a ser Programa Acesso Direto e 59

    com 5 anos de durao. Prof. Dr. Adagmar Andriolo passa a palavra para o Prof. Dr. Carlos Haruo 60

    Arasaki para que falasse sobre dois processos de revalidao de diplomas apresentados, os quais 61

    foram enviados a Comisso Nacional de Residencia Mdica, Como supervisor do PRM em 62

    Cirurgia Geral do Departamento de Cirurgia foi incumbido de avaliar duas solicitaes para 63

  • Ata da reunio ordinria da Comisso de Residncia Mdica da UNIFESP

    validao do diploma em residncia de cirurgia geral no exterior, coincidentemente os dois 64

    solicitantes vem de uma mesma instituio onde realizaram a residncia. O primeiro candidato 65

    Dr. Jose Alberto Curay Gonzalez, formado em 2006 pela Universidade peruana em Lima Capital 66

    do Peru, solicitou a revalidao do diploma de graduao e obteve isso atravs da Universidade 67

    Federal de Minas Gerais em 2013, portanto ele j mdico com seu diploma validado e atua no 68

    estado do Amazonas, j possui CRM e tambm residncia fixa. Ele realizou uma residncia 69

    mdica em 2013 na Universidade Nacional Maior So Marcos em Lima no Peru por causa disto, 70

    por ter feito esta segunda especializao ele faz esta solicitao, ns temos tambm a solicitao 71

    do Dr. Wilbert Henry Carhuatanta Condori, com 45 anos de idade atualmente ele validou o 72

    diploma dele na Universidade de San Augustin no Peru que foi diplomado em 1997 mas ele 73

    conseguiu a validao do diploma de medico na Universidade Federal do Amazonas em 2014, 74

    pois ento ele tambm j tem uma residncia fixa tambm no estado do amazonas, atua como 75

    mdico desde ento, ele realizou est residncia em cirurgia geral, nesta Universidade Nacional 76

    Maior So Marcos, assim como o outro candidato o fez, localizada em Lima no Peru, s que ele 77

    mais antigo ele iniciou esta residncia em 2001 e terminou em 2003. Qual a caracterstica desta 78

    residncia feita nesta instituio? Este Candidato mais antigo, o Dr. Wilbert fez a sua residncia 79

    e havia um hospital maior onde ele realizava seu treinamento prtico. Segundo o candidato, 80

    diferente do Jose Alberto, ele tinha passagem por 10 hospitais por onde ele rodava o ciclo da 81

    cirurgia geral com diferencial em relao aos locais em que trabalha. A coordenao da residncia 82

    medica lana apenas uma nica questo, ela pede que o especialista brasileiro diga se h ou no 83

    concordncia com os programas de Lima no Peru e o daqui do Brasil. A resposta que eu dei para 84

    ambas as situaes foi no no h uma coincidncia em relao aos programas dentro das regras 85

    da Comisso Nacional de Residncia Mdica. Em que sentido estas regras no batem? No Peru 86

    so trs anos de cirurgia geral aqui no Brasil ainda so dois anos. Portanto estes dois candidatos 87

    tiveram mais tempo de treinamento prtico no Peru, isto verdico, em 2019 provavelmente ir 88

    comear a residncia de trs anos em cirurgia geral. Todavia os papeis enviados mostram que 89

    houve uma carga horaria para a atividade teoria e a atividade pratica, boa parte da atividade, 97% 90

    da atividade evidentemente pratica, apenas 3% desta carga horaria suportava a parte terica 91

    trezentas e seis horas de atividade terica. No Brasil exigida 10% da carga, 10% a 20%, mas o 92

    mnimo seria 10% da carga horaria em atividade terica que seriam pelos menos de quinhentas e 93

    poucas horas. Ento, h uma diferena entre a carga horaria pratica e terica no Peru e menor 94

    carga terica feita comparada com que exigida aqui no Brasil. Em razo desta menor carga 95

  • Ata da reunio ordinria da Comisso de Residncia Mdica da UNIFESP

    horaria, absolutamente menor foco nos cursos que j so listados pela Comisso Nacional de 96

    Residncia Medica envolvendo a pratica da cirurgia geral, vai desde os princpios de fisi