BEM-VINDO 014 - ?s/Documents/Sonangol_Noticias_n32.pdf · KON 4 KON 2 KON 5 KON 8 KON 11 KON 15 KON…

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

notcias

Prmio Literatura

O Grande Prmio Sonangol de Literatura em mais uma edio em 2014.

Natal

A tradio e as origens da festa natalcia e como assinalada entre ns.

Lontra

Uma descoberta a grande profundidade cheia de promessas de bom rendimento.

Revista tRimestRal infoRmao GeRal DistRibuio GRatuita DezembRo 2013 n32

Adeus 2013

bem-vindo 2014

49 mAndeLAO hOmem que deixOu umA liO AO mundO.

destAque2013, AnO de CResCimenTOUma breve retrospectiva dos mais relevantes acontecimentos do ano 2013 e projeco para 2014.

04 editoRiALlontRa vai seR me

nAcionALumA nOvA desCObeRTA nO pOO lOnTRA que deixA exCelenTes sinAis de gRAndes pOTenCiAlidAdes

22

nAtALComo nasceu a tradio, como festejado em outros pases

30

nAcionALgRAnde pRmiO sOnAngOl de liTeRATuRAApresentado na Unio de Escritores Angolanos, o Grande Prmio Sonangol de Literartura vai reunir trabalhos de escritores dos PALOP, at Maro de 2014.

36

Colabore Com a revista sonangol notCias, mande os seus textos para hld.gCi@sonangol.Co.ao

edio gabinete de Comunicao e imagem: hld.gci@sonangol.co.ao director: Mateus Cristvo Benza tcnicos:Jos Mota, Sandra Teixeira, Nadiejda Santos, Lcio Santos, Sarissari Dinis, Paula Almeida assistentes Hlder Sirgado, Carlos Guerreiro, Kimesso Kissoka, Maria Nestor, Domingos Augusto, Henrique Artur, Jos Quarenta administrativos: Carvalho Neto, Diogo Lino, Daniel Bumba interlocutores: Andresa Silva, ngela Feij, Beatriz Silva, Lcia Anapaz, Olga Xavier, Snia Santos, Marta Sousa, Rosa Menezes, Miguel Mendona, Jos Oliveira, Pedro Lima, Mondlane

Boa Morte, Gil Miguens, Tiago Neto, Nelson Silva, Lus Alexandre e Estvo Flix impresso Damer Grficas, S. A. tiragem: 5000 exemplares design grfico, apoio editorial e produo:

conseLho de AdministRAo presidente: Francisco de Lemos Jos Maria administradores executivos: Anabela Soares de Brito Fonseca, Ana Joaquina Van-Dnem Alves da Costa, Fernando Joaquim Roberto, Fernandes Gaspar Bernardo Mateus, Mateus Sebastio Francisco Neto, Paulino Fernando Carvalho Jernimo administradores no executivos: Albina Assis Africano, Jos Guime, Andr Lelo e Jos Paiva.

revista disponivel nos voos da:

notA: Os textos assinados no vinculam necessariamente a Sonangol ou a revista, sendo de inteira responsabilidade dos seus autores.

PRoPRiedAde Sonangol, E.P.

sede Rua Rainha Ginga, 29/31 Caixa Postal 1316 LuandaTel.: 226 643 342 / 226 643 343Fax: 226 643 996www.sonangol.co.ao

14

ELIPSOIDE WGS84 - DATUM CAMACUPA 2186-DEC-13-GIS-GAD

'

8

7

6

5

34

19

21

35

37

18

22

36

38

KON 1

KON 4

KON 2

KON 5

KON 8

KON 11

KON 15

KON 3

KON 6

KON 9

KON 12

KON 16

KON 19

KON 21

91330'0"E

1330'0"E

130'0"E

130'0"E

1230'0"E

1230'0"E

120'0"E

120'0"E

80'

0"S

80'

0"S

830

'0"S

830

'0"S

90'

0"S

90'

0"S

930

'0"S

930

'0"S

100

'0"S

100

'0"S

103

0'0"

S

103

0'0"

S

0 10 20 30 405Km

1:1.250.000

Text

MAPA DO BLOCO 20POO LONTRA-1

Lontra-1

Bloco: 20/11Perfil: DescobertaOperador: CobaltParceiros: Sonangol P&P, BP Ob jectivo: Pr-SalInteresses da SNL P&P: 30%Lamina de gua: 1,500 metros

4 Dezembro 2013 - N32

edit

oR

iAL

lOnTRA vAi seR me

L ontra parece ter aguarda-do pelo estertor do ano, para dar o ar da sua graa e solicitar um minuto na ribalta das falas do mun-

do dos petrleos e familiares. O poo ainda no espirra, mas fo-ram aduzidos os elementos que permitem a anlise com a profi-cincia tcnica indispensvel, e pode afirmar-se efectivamente que Lontra est prenha e vai pa-rir gs. Lontra o nome de um poo do Bloco 20, explorado pela Sonan-gol, Cobalt e BP. A designao dos poos curiosa, e provvel que encerre alguma crena ainda que subjectiva, por parte daqueles que participam dos processos de bap-tismo. O animal que d nome ao poo, um mamfero marinho que garbosamente veste um agasalho de pele grossa, que por natural acaso o mais denso casaco do reino animal. Tambm por pura curiosidade a Lontra, o animal, gosta de ambientes em grandes profundidades marinhas e usa as rochas para abrir conchas.

O Lontra, no o macho da Lontra referida mas o poo, vai gerar do pr salfero em guas profundas angolanas, tendo oferecido du-rante o teste um fluxo estvel de dois mil e quinhentos barris de condensados por dia e trinta e nove milhes de ps cbicos de gs no mesmo perodo. O proces-so requereu uma perfurao at uma profundidade de quatro mil cento e noventa e cinco metros, para revelar uma descoberta escala internacional e oferecer de bnus a demonstrao de que contm mais gs natural do que o previsto.A presente descoberta e a anterior no campo Lira do Bloco 15 muscu-lam as perspectivas alentadoras, em relao a alavanca em que o gs natural se vai tornando, para a implementao da estratgia de desenvolvimento, decrscimo da importao e o consequente crescimento da produo interna bruta.

At breve!

Mateus Cristvo

5

Dentro de pouco tempo teremos nas montras das lojas, apa-relhos electrodomsticos com a etiqueta made in Angola, da marca Inovia.A fbrica, num investimento de mais de cinco mil milhes de Kwanzas de capitais privados, foi inaugurada pela ministra da indstria, Eng. Bernarda Gonalves da Silva numa cerimnia que reuniu centenas de convidados.Computadores, tablets, televisores, frigorficos, arcas, foges

sairo em breve das trs linhas de montagem. Para j, a Inovia, situada na ZEE (Zona Econmica Especial), ocupa 200 traba-lhadores, com perspectiva de duplicar quando laborar na sua plenitude.Na ocasio, o PCA da Inovia, Eng. Domingos Ingls, exaltou os empresrios angolanos a desenvolverem uma classe empre-sarial dinmica por forma a tornar o pas menos dependente das importaes.

mAde in AngOlA

6 Dezembro 2013 - N32

Ac

tuA

Lid

Ad

e AssOCiAO AngOlAnA de pROvedORes de seRviOs de inTeRneT (AApsi) lAnOu umA RevisTA denOminAdA "ip A RevisTA de inTeRneT"

O eventO cOntOu cOm a presena dO ministrO das telecO-municaes eng. JOs carvalhO da rOcha, bem cOmO de cOn-vidadOs de diferentes sectOres

A Associao Angolana de Pro-vedores de Servios de Internet - AAPSI, uma Organizao sem fins comercias que rene

provedores de Servios, Acessos e con-tedos de Internet. Com o objectivo de promover o desenvolvimento da internet em Angola, a AAPSI lanou a IP uma revista dedicada ao sector das teleco-municaes, cujo objectivo principal o de permitir que Angola, tenha acesso Internet em qualquer parte do pas e a baixo custo.A AAPSI tem como objectivo ser um ponto de encontro para a Indstria da Internet, de modo a garantir que o potencial da Internet seja explorado ao mximo, pelos consumidores e pro-fissionais.A criao da Revista IP cujo nome foi inspirado no protocolo de Internet, visa criar um espao onde os utilizadores, os Fornecedores de servios, de equipa-mentos, Tcnicos, Especialistas, Gesto-res de Empresas e Instituies possam fazer troca de experincias.O evento contou com a presena do Ministro das Telecomunicaes, Eng. Jos Carvalho da Rocha, bem como de convidados de diferentes sectores. A conferncia foi aberta com momento cultural intitulado "Viagem Digital" de Frederico Ningi, seguido de um discurso do Presidente da AAPSI e Director da revista IP, Eng. Silvio Almada e, por fim, a apresentao da revista por Leo-nel Augusto, secretrio da Associao da AAPSI.A revista ter uma periodicidade trimes-tral e a segunda edio ser lanada em Janeiro de 2014.

7

8 Dezembro 2013 - N32

sOnAngOl lOgsTiCA

O 22 Conselho de Direco da Sonangol Logstica, reunido em Benguela, trabalhou com uma agenda em que foram abor-dados temas como o Balano das Recomendaes da reu-nio anterior no Namibe, e a Apresentao do Relatrio de Desempenho relativo ao 3 trimestre de 2013.O encontro abordou tambm o Desempenho das Unidades de Negcios (Instalaes e Terminais), a Apresentao do Sistema de Controlo Interno da empresa, a Reviso da Ges-to do GQSSA, a Viso HCM, a Avaliao de Desempenho,

o Novo Regime Jurdico das Actividades Petrolferas, assim como o Oramento Operacional para 2014. A sesso de abertura foi presidida pelo Vogal da Comisso Executiva da Sonangol Logstica, Manuel Sobrinho, em repre-sentao do PCE do Negcio, Lus Maria. A Certificao, a Formao de Quadros, bem como as alte-raes ao nvel do Conselho de Administrao da Sonangol E.P. foram aspectos que mereceram particular ateno no discurso de abertura proferido por Manuel Sobrinho.

Conselho de direco analisou o relatrio de desempenho no terceiro trimestre entre outros trabalhos

9

siind FesTeJOu O TeRCeiRO AniveRsRiO

A Sonangol Investimentos Industriais - SIIND, festejou o seu terceiro aniversrio em ambiente de festa ao qual se asso-ciaram os colaboradores da subsidiria no passado ms de Outubro.Na ocasio, o vogal da Comisso Executiva da SIIND, Ernesto Maria Domingos, enalteceu a actividade da empresa em fase de bom crescimento e pronta a assumir novos desafios.

Ernesto Domingos falava em representao do Presidente da Comisso Executiva do Negcio, Eugnio Bravo da Rosa. Com um total de 22 fbricas a funcionar actualmente, a SIIND foi criada com o objectivo de promover, desenvolver e coorde-nar a gesto dos projectos industriais da Sonangol, a imple-mentar