BureauXpress - Edição 49

  • View
    213

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Acompanhe as notcias da Costa da Mata Atlntica e do Santos e Regio CVB na 49 edio do BureauXpress.

Transcript

  • Ano 1 Julho2014 Edio 49 visitesantoseregiao.com

    #acopaaqui

  • 2

    C riado em 08 de abril de 2002, o Santos e Regi-

    o Convention & Visitors Bureau uma entida-

    de sem fins lucrativos, formada a partir da uni-

    o de iniciativa privada, poder pblico e enti-

    dades de classe. Tem sede na cidade de Santos, em So

    Paulo, mas sua rea de atuao abrange nove cida-

    des: Bertioga, Cubato, Guaruj, Itanham, Monga-

    gu, Perube, Praia Grande, Santos e So Vicente.

    Apesar de estar voltado principalmente

    para fomentar o turismo de negcios, a enti-

    dade integra todos os segmentos econmi-

    cos e realiza um trabalho para fazer da regio

    um plo de negcios e lazer. O quadro associa-

    tivo do Santos e Regio CVB formado pelas

    principais empresas de diversos segmen-

    tos, alm de entidades de classe e das no-

    ve prefeituras da regio. Atualmente a entidade

    conta com mais de 120 associados de diferentes se-

    tores.

    Alm de trabalhar na captao e apoio a e-

    ventos e divulgar o destino nas feiras nacionais e interna-

    cionais, o Bureau trabalha na criao e produo de

    materiais de promoo turstica - folheteria, revistas,

    showcases, tarifrios de hotis e vdeos institucionais -

    para tornar a Costa da Mata Atlntica um destino conhe-

    cido internacionalmente.

    O Santos e Regio

    Convention & Visitors Bureau

  • 3

    Curta nossa pgina no Facebook e saiba tudo o

    que acontece na Costa da Mata Atlntica

    Associado Santos e Regio CVB Envie releases e sugestes de pauta para divulgarmos

    no informativo online semanal BureauXpress. Contate

    a nossa Assessoria de Comunicao pelo telefone

    (13) 3232-5080 ou pelo email

    comunicacao@srcvb.com.br.

    www.visitesantoseregiao.com

    INSTI

    TUC

    ION

    AL

  • 4

    Museu do Mar

    completa 30 anos

    Fonte: Museu do Mar

    E m 30 de junho o Museu do Mar co-memora 30 anos de atividades inin-terruptas, superando a marca de 1 milho de visitantes.

    Tudo comeou na dcada de 1960 com uma coleo de conchas que foi crescendo atravs de correspondncias com coleciona-dores brasileiros e estrangeiros. Com o passar dos anos, contando com o prestimoso apoio de pescadores, armadores de pesca e demais colaboradores, o acervo tornou-se mais diver-sificado: grandes tubares da costa brasileira, tartarugas marinhas, aves ocenicas, espon-jas, corais, crustceos, fsseis, etc.

    No final da dcada de 1970, uma pe-quena casa na Rua Repblica do Equador um bangal tpico do antigo bairro da Ponta da Praia - reunia um vasto acervo biolgico. A dimenso que tomara o trabalho aliada ao considervel nmero de pessoas que afluam ao local para apreciarem suas atraes de-monstrava que o acervo particular deveria ser disposto exposio pblica.

    Em meados de 1980, desafiando as in-certezas quanto ao futuro de uma empresa privada na rea cultural, a modesta habitao fora demolida para a construo de um pr-dio que melhor pudesse abrigar o acervo e receber o pblico visitante. Muitos obstcu-los foram enfrentados e vencidos at a i-naugurao do Museu do Mar, em 1984.

    Erigir e manter na cidade com recursos prprios, por trs dcadas, um dos maiores acervos de biologia marinha do Brasil moti-vo de grande orgulho para a diretoria da enti-dade. Nada disso seria possvel sem o idealis-mo dos fundadores e uma concepo empre-sarial baseada na preocupao de contribuir para o enriquecimento cultural da sociedade, oferecendo o melhor atendimento.

  • 5

    ATR

    ATI

    VO

    TU

    RS

    TIC

    O

    Ao longo dos anos, diversas agncias de turismo, colgios particula-res e pblicos, alm de universidades escolhem o Museu do Mar como parte integrante de seus roteiros culturais, retornando muitos deles perio-dicamente, dando diretoria a certeza de que trilha o caminho certo.

    Mas, parafraseando Henry Ford, tudo poder, sempre, ser feito me-lhor do que est sendo feito. No obstante o xito obtido em largos anos de experincia no campo cultural, a diretoria da Sociedade Museu do Mar tem plena conscincia das melhorias que podem e devem ser realizadas em seus servios.

    Exatamente em virtude do princpio do aprimoramento contnuo foi desenvolvido o projeto Expo-Museu do Mar, evento itinerante nico em todo o Brasil. Desde 1989, a exposio j percorreu seis estados brasilei-ros, tendo como principal atrao um esqueleto de baleia minke (Balaenoptera acutorostrata), medindo 8,5 metros de comprimento.

    Outra realizao indita a Expo-Museu do Mar na Escola, evento que rene conhecimento cientfico e educao ambiental, proporcionando aos alunos dos ensinos infantil, fundamental e mdio, em diversas cidades do litoral e do interior, a oportunidade de conhecer a rica biodiversidade marinha, despertando-os para a importncia de sua preservao.

    Tantas conquistas permitiram em 1993 a transferncia Sociedade Museu do Mar do acervo do extinto Museu Histrico Naval de So Vicen-te, idealizado e fundado pelo engenheiro civil Carlos Alfredo Hablitzel (1919-1988). Em 2005, contando exclusivamente com seus prprios recur-sos, a diretoria da entidade inaugurou tambm no bairro da Ponta da Praia o Museu Martimo, preservando e mantendo na Baixada Santista um dos principais acervos de histria martima do pas.

    Um olhar retrospectivo para a histria do Museu do Mar em seus 30 anos mostra que possvel o sucesso de uma empresa privada cultural no Brasil, desde que o interesse particular observe sempre o interesse pblico e que em todo o trabalho seja empregado o mximo amor.

  • 6

    Festejos Juninos agitam as noites de inverno nos quatro polos culturais de Guaruj

    C om o objetivo de levar entretenimento s famlias de todas as partes de Guaru-j, neste fim de semana, os Festejos Ju-ninos prosseguem em quatro pontos da

    Cidade: Praa 14 Bis, Estacionamento do Guaib, Santa Cruz dos Navegantes e Perequ. A progra-mao acontece sempre de sexta a domingo, a partir das 19 horas.

    Entre as atraes deste fim de semana, destaque para o show da cantora de pop rock Anne Marie e Reles Relquias que volta a se a-presentar no evento, desta vez nesta sexta-feira (4), no Estacionamento do Guaib. O cantor de sertanejo universitrio Felipe Streparava, tam-bm se apresenta novamente na Cidade, no do-mingo (6), agora para o pblico que for prestigiar a festa na Praa 14 Bis. E Os De Paula, grupo irreverente que vem marcando a nova gerao da msica. (ver programao abaixo).

    Os quatro locais da Cidade que recebem o evento foram conceituados com temticas. A Praa 14 Bis corresponde ao Plo Tradies Nor-destinas; o Guaib, o Plo Tradies Sertanejas e do Interior; o Perequ o Plo Tradies Caia-ras e Santa Cruz dos Navegantes representa o P-lo Tradies Histricas.

    Os shows so ao vivo em todos os dias da Festa. A proposta deste ano oferecer atraes que atendam a todos os gostos, com msicas ro-mnticas, samba, forr, rock, repente e pagode. Os locais contam com barracas de comidas e be-bidas tpicas.

    Os Festejos Juninos vo at este domingo (6), no Perequ e Santa Cruz dos Navegantes. J na Praa 14 Bis, em Vicente de Carvalho, e no Es-tacionamento do Guaib a programao prosse-gue at o dia 13.

  • 7

    FESTE

    JO

    S J

    UN

    INO

    S

    Fonte: Assessoria de Comunicao da Prefeitura de Guaruj

    O evento ocorre na Praa 14 Bis, no Guaib, em Santa Cruz dos Navegantes e no Perequ.

    Destaque para os shows de Anne Marie, Felipe Streparava e

    Os De Paula

  • 8

    Lanado em So Paulo o Eventos Brasil 26 Congresso Brasileiro de Empresas e Profissionais de Eventos

    R evendo conceitos e conectando pessoas o tema central do Eventos Brasil - 26 Congresso Brasileira de Empresas e Profissionais de Eventos, apresentado para o mercado em caf da manh realizado na tera-feira (27/05), na Federao de Amigos de Museus do Brasil, em So Paulo. Uma iniciativa da Associao Brasileira de Em-

    presas de Eventos- ABEOC Brasil, o Congresso pretende reunir 500 participantes, alm de 1000 visitantes para a Exposio paralela, nos dias 7 e 8 de dezembro, no Centro de Convenes Re-bouas, na capital paulista.

    Nossa proposta que o setor de eventos se envolva com o Eventos Brasil para discutir solues para o mercado, que abrange muitos segmentos, mas ainda pouco reconhecido, analisa o presidente da ABEOC Brasil SP, Osvaldo Barbosa.

    Segundo a presidente nacional da ABEOC Brasil, Anita Pires, o setor de eventos abrange 52 segmentos que impactam a economia do pas. Estamos com muito entusiasmo e convida-mos vocs para estarem conosco juntos, em dezembro. Vamos trazer mais qualificao e mais negcios, afirma.

    Setor que deve crescer 14% em 2014, espera trazer as ltimas novidades para os participantes do Congresso que acontece nos dias 7 e 8 de dezembro no Centro de Convenes Rebouas, na capital paulista.

  • 9

    TUR

    ISM

    O D

    E E

    VEN

    TOS

    Fonte: Assessoria de Imprensa do Evento

    Anita foi muito aplaudida quando chamou a ateno para a im-portncia de olharmos a Copa do Mundo com otimismo. FIFA, gover-no, tudo isso passageiro, a nica coisa que perene a nao brasi-leira e para ela que ns temos que torcer. Torcer para termos uma Copa que apesar dos problemas vai ser maravilhosa, torcer para que a gente saiba aproveitar as oportunidades desse grande momento para gerar negcios, cidadania e estarmos juntos para construir um Brasil digno de todos os brasileiros, defendeu a presidente da Abeoc Brasil.

    O diretor de capacitao da ABEOC Brasil SP, Rodrigo Cordeiro, reforou a importncia da inovao no E