of 30 /30
Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de Infância de Santa Maria Projecto curricular de grupo Educadora: Margarida Avelino Sala: 1 Ano lectivo 2011/2012

Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

  • Upload
    voque

  • View
    215

  • Download
    0

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Centro Solidariedade e Cultura de Peniche

Jardim de Infância de Santa Maria

Projecto curricular de grupo

Educadora: Margarida Avelino

Sala: 1

Ano lectivo 2011/2012

Page 2: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 2 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

Índice I – Introdução ............................................................................................................................................... 3

II – Diagnóstico ............................................................................................................................................. 4

1 - Caracterização do grupo de crianças .................................................................................................. 4

2 – Caracterização das necessidades e interesses ................................................................................... 6

3 – Levantamento de recursos ................................................................................................................. 8

III – Fundamentação das opções educativas ................................................................................................ 9

IV – Metodologia ........................................................................................................................................ 10

V –Organização do ambiente educativo ..................................................................................................... 11

1 - Organização do grupo ....................................................................................................................... 11

2 – Organização do espaço .................................................................................................................... 12

3 – Organização do tempo (rotinas diárias/semanal) ............................................................................ 13

4 – Organização da equipa ..................................................................................................................... 14

5 – Organização do Estabelecimento educativo .................................................................................... 15

VI – Intenções de Acção para o presente ano lectivo ................................................................................ 15

1 – Definição dos objectivos operacionais ............................................................................................. 16

2 – Indicadores de avaliação .................................................................................................................. 17

3 – Estratégias e métodos ...................................................................................................................... 18

4 – Plano de actividades sócio-pedagógicas .......................................................................................... 20

5 – Plano de Formação/Informação ....................................................................................................... 26

6 – Outros aspectos relevantes .............................................................................................................. 26

VII – Previsão de procedimentos de avaliação ........................................................................................... 27

1 – Dos processos e dos efeitos ............................................................................................................. 27

2 – Com as crianças ................................................................................................................................ 27

3 – Com a equipa ................................................................................................................................... 27

4 – Com a família .................................................................................................................................... 27

5 – Com a comunidade educativa .......................................................................................................... 27

VIII – Relação com a família e outros parceiros educativos ....................................................................... 28

IX – Comunicação de resultados e divulgação de informação ................................................................... 28

Page 3: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 3 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

I – Introdução O projecto curricular de grupo representa o conjunto de objectivos a atingir ao longo do ano

lectivo 2011/2012.

Articula-se com o projecto educativo da Instituição “Missão Salvar” e tem por base as

Orientações Curriculares para a Educação Pré-escolar do Ministério da Educação. As

Orientações Curriculares estão organizadas em três grandes áreas de conteúdo: Formação

Pessoal e Social, Expressões e Conhecimento do mundo. Consideram-se áreas de conteúdo,

âmbitos de saber, com uma estrutura próprio sócio cultural e que incluem diferentes tipos de

aprendizagens. Por isso as três são transversais e são uma referência a ter em conta no

planeamento e avaliação de experiências e oportunidades educativas, não podendo nem

devendo ser abordadas separadamente.Permitem uma abordagem transdisciplinar do ensino e

da aprendizagem.

Ao elaborar este projecto procurei ir de encontro ás características das crianças, dos seus

projectos individuais, de pequeno ou de todo grupo, para que as crianças tenham acesso a

uma componente pedagógica orientada para o seu desenvolvimento pessoal e sociale

direcionada para a construção de pequenos cidadãos , conscientes e activos, autónomos,

responsáveis e participativos. Neste sentido, este projecto visa favorecer o desenvolvimento

global da criança permitindo-lhe construir um projecto de vida feliz, promovendo todos os

domínios do saber: SABER SER, SABER ESTAR, SABER FAZER.

Com este projecto pretendo contribuir para “ a Construção de uma sociedade sustentável

requer uma mudança na mente e no coração. E o que muda a mente e o coração mais do que

a educação?

In Carta da Terra

Page 4: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 4 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

II – Diagnóstico

1 - Caracterização do grupo de crianças O grupo de crianças que estou a caracterizar faz parte da valência do Jardim de Infância Santa

Maria.

Frequentam a minha sala dezanove crianças, com idades compreendidas entre os três e os

cinco anos. Apenas doze das crianças – de quatro e cinco anos – já frequentavam esta sala,

com a mesma educadora e a mesma auxiliar de acção educativa. As restantes sete crianças –

três anos – iniciaram a sua frequência em Setembro. Transitaram da creche Sª Ana/Sº

Joaquim. Este ano lectivo está a trabalhar comigo, nesta sala uma nova auxiliar de acção

educativa.

Caracterização do Grupo

Cliente Data

Nascimento Idade

Pela 1ª vez

neste J.Inf.

Do Grupo

anterior

Crianças

c/ NEE

Centro

Acolhim.

1 10-08-08 3 X

2 06-02-08 3 X

3 15-06-08 3 X X X

4 14-02-08 3 X

5 22-08-08 3 X

6 22-04-08 3 X

7 08-05-08 3 X

8 27-11-07 4 X

9 14-02-07 4 X

10 11-06-07 4 X

11 16-04-07 4 X

12 24-07-07 4 X

13 07-10-07 4 X

14 25-10-07 4 X

15 07-04-06 5 X

16 07-11-06 5 X

17 15-10-06 5 X

18 13-08-06 5 X

19 30-06-06 5 X

Page 5: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 5 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

Neste grupo existem, quanto ao sexo, doze crianças do sexo feminino e sete crianças do sexo

masculino.

Distribuição por género Nº

Masculino 7

Feminino 12

Todas as crianças residem no concelho de Peniche, com excepção de um menino que reside

no concelho do Bombarral. Deslocam-se até ao Jardim de Infância a pé, em transporte próprio

ou em transporte escolar.

Caracterização Sócio-Familiar

Cliente

Agregado Familiar

Comp.

Ag.

Fam.

PAI MÃE Irmãos

Idade Nac. H.Lit. Prof. Idade Nac. H.Lit. Prof. + velhos + novos

1 4 34 Port. 9ºano Des. 35 Port. Lic. Banc. 1

2 4 38 Port. 12ºano Empr. 44 Port. Lic. Prof. 2

3 4 32 Port. 12ºano Cami. 30 Port. 9ºano Cam. 1

4 3 33 Port. Eng.Agr. Eng.A 34 Port. Lic. ArªPg

5 3 38 Port. 7ºano Cam. 34 Port. 12ºano Emp. Bal.

6 4 38 Port. 12ºano Mot. 38 Port. 12ºano A.A.D. 1

7 3 50 Port. Lic. Admn. 44 Port. Lic. Prof.

8 Port. Port.

9 3 36 Port. 12ºano Past. 33 Port. Bach. T.Con

10 3 30 Port. 9ºano Des. 37 Port. Bach. Ed.So

11 32 Port. 8ºano Elect. 46 Port. 6ºano Op.fa

12 2 33 Port. 9ºano Vigil. 31 Port. 12ºan S.Bar

13 3 26 Port. 7ºano p.c.c. 26 Port. 9ºano Des.

14 2 36 Port. Lic. Form. 35 Port. Bach. Admn

15 5 43 Port. Canal. 44 Port. O.Lab 2

16 4 29 Port. 12ºano Emp. 29 Port. 9ºano Emp. Bal. 1

17 4 35 Port. 12ºano T.elec. 32 Port. Lic. Form. 1

18 3 30 Port. 9ºano T.Ind. 29 Port. 12ºa Admn

19 4 35 Port. 9ºano Tatuador 41 Port. Bach. Form. 1

Page 6: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 6 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

2 – Caracterização das necessidades e interesses 2.1 – Principais competências (perfil de grupo)

O grupo caracteriza-se por crianças muito activas, com capacidade para compreender e aplicar

a maior parte das regras existentes. É um grupo muito heterogéneo devido á sua constituição

em idade, sexo e grau de desenvolvimento.

Têm gostos próprios e interesses diversos. São crianças muito curiosas, participativas, com

iniciativa e espírito crítico. São crianças com personalidade forte, voluntariosas o que por vezes

torna difícil a aceitação de regras básicas de convivência.

As crianças de três anos não revelam dificuldades no seu processo de socialização.

Adaptaram-se bem ao novo espaço educativo, ás crianças e aos adultos.

São crianças meigas e afáveis, mas as vezes têm alguma dificuldade em partilhar os

brinquedos/jogos, recorrendo a situações conflituosas para obterem o resultado desejado. De

uma forma geral aceitam as regras da sala e de convivência em grupo.

Não tendo dificuldades sérias de linguagem, necessitam contudo de actividades que

privilegiem o desenvolvimento e aquisição de vocabulário e articulação correcta, bem como de

melhorar o nível de atenção e concentração que é ainda muito baixo ( variando de criança para

criança )

Não são totalmente autónomas, necessitando da intervenção do adulto para

abotoar/desabotoar, despir/vestir, ir á casa de banho, etc.

As crianças de quatro e cinco anos estiveram com a presente educadora nos anos lectivos

anteriores.

O grupo recebeu bem os as novas coleguinhas ( são todas meninas ) bem como a auxiliar de

acção educativa.

O seu carácter/personalidade está em profunda transformação. São muito conscientes do que

são e do que querem. São ainda muito egocêntricos, possuindo alguns comportamentos

agressivos uns com os outros, próprios da dificuldade da partilha. Necessitam de actividades

que melhorem a sua forma de interagir uns com os outros, actividades que apelem a uma boa

socialização.

Demonstram um grande interesse pela investigação e descoberta de coisas novas.

Page 7: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 7 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

Ao nível da linguagem, conseguem exprimir-se com pormenores ( contando por vezes coisas

que captaram ) com facilidade construindo frases longas e correctas. Algumas ainda

necessitam melhorar a articulação e a oralidade, necessitando de actividades que

desenvolvam estas competências.

Relativamente á leitura e á escrita mostram interesse pelas letras, pelo que está escrito e por

escreverem os seus nomes , dos pais e irmãos e dos coleguinhas. Reconhecem os nomes de

todas as crianças da sala ( mapa das presenças ) – 5 anos.

No domínio da matemática possuem um bom desenvolvimento. Conhecem os números até dez

( e mais ) nomeiam e identificam as cores bem como várias noções espacio temporais, formas

geométricas. Possuem um bom cálculo mental e participam com entusiasmo neste tipo de

actividades.

Quanto á autonomia asseguram as suas necessidades básicas ao nível da higiene, e na rotina

diária as crianças conseguem realizar muitas tarefas de forma autónoma. Conseguem escolher

e realizar muitas e diferentes actividades embora com alguns conflitos.

Gostam de se apoiar mutuamente e de apoiar o adulto.

Precisam melhorar o ritmo e interesse por actividades que exigem maior atenção e

concentração.

Preferem nitidamente actividades motoras de carácter global. Em relação á motricidade fina há

que continuar a promover actividades como o recortar e colar, o contorno, a pintura, o desenho

e a modelagem.

A socialização parece-me ser a grande necessidade do grupo. A sua forma de estar e brincar

revela uma grande tendência para falar alto. Entram em conflito facilmente partindo para a

agressão física (mais notória nalgumas crianças). A dimensão da sala também não ajuda, pelo

contrário, contribui para uma aglomeração das crianças num espaço pequeno o que por si só

promove situações conflituosas.

Interagir, cooperar, resolver conflitos, respeitar e valorizar o outro são aprendizagens

fundamentais a realizar. Uma educação para os afectos e o controlo da agressividade são

factores essenciais a trabalhar ao longo do ano lectivo de uma forma transversal a todas as

actividades.

Page 8: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 8 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

2.2.- Resultados desejáveis

Obter uma melhoria considerável ao nível da socialização.

Ao nível da linguagem desenvolver a oralidade e melhorar a articulação

3 – Levantamento de recursos 3.1.- Recursos humanos

Grupo de crianças

Educadora

Auxiliar de acção educativa

Encarregados de educação, representantes legais e outros familiares

Docente de intervenção precoce

Psicóloga

Professor de educação física

Motorista

Professores de actividades extra curriculares:

Inglês

Expressão musical

Ciência divertida

3.2 – Recursos materiais

Equipamento do estabelecimento ( sala de actividades, casa de banho, refeitório,

espaços exteriores )

Material didáctico

Material de desgaste e de desperdício

Pavilhão polivalente - ginásio

Outros

Page 9: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 9 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

III – Fundamentação das opções educativas

Trabalhar com qualidade em educação de infância pressupõe educadores capazes de

responder às necessidades de todas as crianças, ao longo de todo o seu desenvolvimento e

observando as suas particularidades.

Requer ainda educadores sensíveis e atentos e, em especial educadores inovadores e

empreendedores. Compete a educadora articular o projecto curricular de grupo com o projecto

educativo da Instituição que tem nos seus objectivos gerais um conjunto de iniciativas de

educação para a cidadania, para a sustentabilidade e responsabilização social visando a

solução de problemas quer ambientais quer sociais – a partilhar por toda a comunidade e em

colaboração com os diversos parceiros educativos (pais, famílias e outros parceiros

educativos), num processo reflexivo de observação, planeamento, acção e avaliação.

As crianças desenvolvem-se e aprendem em interacção com o mundo que as rodeia. Quando

iniciam a educação pré escola, já sabem muitas coisas sobre o mundo, já construíram algumas

ideias sobre as relações com os outros e com o mundo natural.

Este projecto tem como finalidade fomentar e alargar oportunidades de contactar com novas

situações de descoberta e exploração do meio ambiente, de uma forma lúdica (a melhor forma

de aprender).

Ao escolher este tema tive como principal preocupação motivar e sensibilizar as crianças, os

pais e comunidade educativa, para a protecção ambiental como forma de garantir o futuro do

nosso “Planeta Azul”. O tema surgiu naturalmente na continuidade do projecto do ano anterior

(Uma gota de agua). As crianças interessaram-se muito e empenharam-se bastante nalgumas

actividades desenvolvidas, concretamente no Dia Mundial da Biodiversidade e no Dia Mundial

dos Oceanos, o que mostrou o seu interesse pelo reino animal. Trabalhar um projecto sobre

animais é sempre do agrado das crianças. A motivação está implícita e é inerente aos

interesses do grupo, o que vai com certeza facilitar as aprendizagens que pretendo que o

grupo venha a adquirir. A consciência do ambiente surge naturalmente nas crianças e deve ser

integrada como forma de vida (hoje mais do que nunca), em casa e na sala de aula, logo no

inicio da infância. Considero importante criar e desenvolver nas crianças uma consciência

ecológica e leva-los a serem portadores de uma nova mentalidade: conciliar desenvolvimento

com protecção da natureza e qualidade de vida.

Page 10: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 10 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

Devemos e podemos mudar as nossas atitudes e comportamentos.

A Carta da Terra – Valores e Princípios para um Futuro Sustentável – mostra-nos o caminho a

seguir. Este documento é um instrumento muito importante no processo educativo. É uma

Declaração de Princípios Fundamentais para a construção de uma sociedade que se quer justa

e conscienciosa dos seus deveres. O projecto educativo da nossa Instituição “Missão Salvar”

vai de encontro a esta filosofia que defende e promove uma cidadania mais activa, conciliadora

com o ambiente, o desenvolvimento social e económico das populações para o bem-estar geral

e melhoria da qualidade de vida.

IV – Metodologia O trabalho a desenvolver na sala, tem por base o conhecimento do grupo, as características

individuais de cada criança e as diferenças de idade das crianças. Considerando que a prática

pedagógica não se pode confinar a uma só metodologia, mas sim a uma convergência de

aspectos metodológicos que se devem ajustar e complementar, ao longo de todo o processo

educativo, tornando-o significativo, a minha prática pedagógica reflecte de forma abrangente

diversas teorias metodológicas.

O meu método de trabalho passa essencialmente por uma “ Aprendizagem Activa” (modelo

curricular High-Scope), recorrendo sempre que necessário a uma “Pedagogia de Projecto”.

Quando trabalhamos por projectos no jardim de infância estamos a aplicar um dos

fundamentos básicos desta etapa: estamos a globalizar. Podemos trabalhar todas as áreas

curriculares enquanto as crianças estão interessadíssimas, desfrutando de todas as novidades

que aparecem, das descobertas que surgem. A criança vai construindo a sua própria

aprendizagem. As actividades são centradas nos interesses das crianças e organizadas de

modo a respeitar as condições de realização de cada uma delas, variando de acordo com a

motivação e faixa etária. Cabe ao adulto organizar a informação, estabelecer objectivos,

planificar actividades e recursos, facilitando e orientando a acção da criança, para que possa

responder ás necessidades e interesses do grupo, preferindo que as sugestões partam dele.

Uma pedagogia centrada em pequenos projectos, que tem como suporte a actividade lúdica,

que se articulam entre si e permitem múltiplas aprendizagens.

A criança tem a possibilidade de realizar as actividades que mais gosta, com as quais se

envolve afectivamente de forma a ter sucesso. Tem oportunidade de explorar, manipular,

experimentar e expressar as suas dúvidas e descobertas – Pedagogia Activa.

Page 11: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 11 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

Promover a optimização da autonomia da criança adoptando a acção pedagógica á diversidade

dos modos de aprendizagem, reconhecendo a criança nas suas particularidades individuais

(Pedagogia Diferenciada) - estimular a inter-ajuda entre pares, promovendo a cooperação

(Pedagogia Interactiva ) – facilitando a descoberta pessoal, compreendendo-se a si próprio

para melhor compreender o outro, suscitando a auto-avaliação e autocrítica ( Pedagogia

Humanista Rodesiana ).

V –Organização do ambiente educativo O ambiente educativo deve oferecer às crianças, adultos e famílias uma realidade o mais

securizante possível. A necessidade de obedecer a vários princípios organizativos é vital para

que se possa desenvolver aqui todo o processo de desenvolvimento e aprendizagem com vista

ao sucesso de todos.

1 - Organização do grupo O funcionamento do grupo é organizado de acordo com as rotinas diárias, porque são pontos

de referência importantes mas também para que a criança sinta que não está num ambiente

estático, mas dinâmico e educativo.

O grupo é um meio por excelência de interacções sociais, onde as relações entre pares e com

os adultos acontecem sendo a base de todo o processo educativo. O grupo está organizado da

seguinte forma :

Momentos de trabalho entre pares oferecem a cada um uma partilha de saberes e

desenvolvimento de competências.

Momentos de trabalho em pequeno grupo são um recurso frequente (quase diário), apelando a

atitudes de cooperação

Em grande grupo, nos momentos em que são necessários definir as regras da sala e de

convivência, que permitem a concretização das intenções educativas e uma boa convivência

entre todos: mapa das presenças, hora do conto e outras rotinas diárias.

Page 12: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 12 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

2 – Organização do espaço O espaço está organizado de acordo com as características e necessidades do grupo. É

importante a autonomia da criança no acesso aos materiais por isso a sala está organizada em

cantos de livre acesso às crianças, existindo uma variedade considerável de material didáctico

e de desgaste á disposição, onde as crianças brincam ou trabalham em momentos de

actividades livres e ou orientadas.

A sala poderá ser, ao longo do ano, alvo de modificações conforme as necessidades sentidas

pelo grupo. As áreas de trabalho estão bem definidas e a orientação é sempre dirigida a

criança para que se sinta apoiada, tenha uma aprendizagem activa, explore a mesma,

descubra problemas, reflicta sobre eles e encontre forma de os resolver.

A sala está organizada em áreas de interesse específico, cada uma delas com os materiais

adequados ao tipo de brincadeira esperado nessa área.

Esta organização permite á criançamuitas alternativas, por em prática a possibilidade de

escolher, de tomar decisões, de independência em relação ao adulto. Em conjunto foram

definidas as regras da sala, que permitem a concretização das intenções educativas e uma boa

convivência entre todos. Foram criados símbolos das áreas disponíveis na sala permitindo á

criança efectuar a sua escolha, tornando-a responsável pelo funcionamento e arrumação da

mesma.

Área de reunião do grande grupo (manta)

Área da biblioteca

Área da casinha das bonecas

Área da oficina

Área da garagem e das construções

Área da modelagem, recorte e colagem

Área das mesas – servem de recurso ás actividades dirigidas e de desenho, jogos, etc.

Área do computador

A sala de actividades é pequena e pouco espaçosa. Para contornar este problema, utilizamos

muitas vezes (se as condições climatéricas o permitirem) os espaços exteriores: o relvado e o

pátio para actividades lúdicas e plásticas. A sala tem muita luminosidade, as janelas grandes

permitem a entrada de luz natural.

Page 13: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 13 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

3 – Organização do tempo (rotinas diárias/semanal) As rotinas são pontos de referência importantes de apoio ao desenvolvimento de competências

e de autonomia integrando ao mesmo tempo outras aprendizagens. Na organização temporal

existem tempos fixos, que dificilmente se alteram dada a necessidade da criança conseguir

prever situações, sentindo-se mais segura, o que contribui para a sua estabilidade a afectiva.

O horário de funcionamento do J. Infância Santa Maria é das 8.00 às 18.30

As rotinas diárias estão organizadas da seguinte forma:

MANHÂ

08.00 Horas – Entrada e acolhimento: Jogos de construção nas mesas

09.30 Horas - Entrada da educadora: Bom dia (canção), mapa das presenças, mapa do tempo

Conversas, registos

10.00 Horas – Higiene e reforço alimentar

10.15 Horas – Reunião na manta em grande grupo: “Hora do conto”, canções, lengalengas,

Adivinhas, planificação

10.30 Horas – Actividade orientada em peq. Grupo, gr. grupo ou individual,distribuição pelas

diversas áreas

11.30 Horas –Arrumação da sala

11.35 Horas – Actividades livres ou orientadas no recreio – espaço exterior

11.50 Horas – Higiene; Almoço

12.30 Horas – Higiene; recreio (se o tempo o permitir) ou actividades livres na sala

13.00 Horas – Repouso ( crianças com três anos)

Page 14: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 14 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

TARDE

14.00 Horas – Reunião na manta em grande grupo, reforço alimentar, história, conversas e ou

Actividade orientada em peq. ou gr. Grupo, brincadeira livre nas várias áreas

15.55 Horas – Higiene; lanche

16.30 Horas – Higiene; recreio (se o tempo o permitir) ou actividades livres na sala

16.30/18.30 – Saídas

As rotinas semanais são as seguintes:

Educação física (45 minutos) às quintas-feiras com um técnico especializado.

Actividades extra-curriculares (nas quais não participam todas as crianças)

- Inglês

- Expressão Musical

. – Ciência Divertida

As crianças que não participam nas actividades extra-curriculares ficam com a educadora

responsável ou com a auxiliar de acção educativa.

4 – Organização da equipa A equipa é constituída pela educadora titular de grupo e uma auxiliar de acção educativa. A

partilha de informações e troca de impressões sobre o funcionamento da sala e do grupo é

regular não havendo tempos específicos para a troca de informação. Contamos também com

a participação de uma docente de intervenção precoce ( para uma criança com NES), três

vezes por semana.

Page 15: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 15 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

5 – Organização do Estabelecimento educativo Para além da equipa mencionada no ponto quatro, temos mais três educadoras, quatro

auxiliares de acção educativa e duas de serviços gerais, um motorista (transporte escolar) três

funcionárias administrativas, uma cozinheira e duas ajudantes de cozinha.

Quando necessário podemos contar com a psicóloga da nossa instituição e a Directora Técnica

para a valência da Infância com quem mantemos contactos formais (reunião todas as quartas-

feiras) e informais sempre que é necessário.

Fazem parte do nosso estabelecimento de ensino, regularmente, os professores das

actividades extra-curriculares (Inglês, Expressão Musical e Ciência Divertida) e o professor de

Educação Fisica, Eurico Cavaco.

Um Director de Serviços, Drº Jofre Pereira e a secretária da Direcção da Instituição Profª Dina

Raimundo, com os quais contactamos formal ou informalmente sempre que é necessário.

VI – Intenções de Acção para o presente ano lectivo Com base nos objectivos gerais patentes nas Orientações Curriculares para a Educação Pré-

escolar, as características do grupo e a idade das crianças para as quais se destina o projecto

e o tema do projecto educativo da Instituição, as prioridades curriculares são as seguintes:

1. Promover o desenvolvimento pessoal e social da criança educando-a para a cidadania

2. Promover o desenvolvimento integral da criança, a sua autonomia e auto-estima com

vivências no mundo real e no concreto

3. Proporcionar as crianças situações pedagógicas que lhes despertem o interesse e o

sentido crítico pela descoberta e que desenvolvam as seguintes capacidades:

- Autonomia

- Cooperação

- Responsabilização

- Tolerância

- Valores e princípios promotores de uma sociedade mais justa, sustentável e pacífica

4. Proporcionar á criança um ambiente saudável, ocasiões de bem-estar e segurança

5. Valorizar um clima de relação aberta com os pais de modo a construir um espaço de

confiança, essencial para uma acção educativa participada.

Page 16: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 16 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

1 – Definição dos objectivos operacionais A partir das prioridades e considerando a necessária intencionalidade que deverá ser adoptada

no desenvolvimento do currículo proposto identifico as seguintes competências essenciais a

serem desenvolvidas pelas crianças:

Compreender a importância de procurar informação para chegar ao conhecimento do

tema do projecto.

Escutar ativamente os colegas.

Levantar a mão para falar e respeitar a vez da palavra.

Comentar as diferentes experiências sobre o tema.

Escrever palavras relacionadas com animais.

Criar em grupo adivinhas, rimas, trava-línguas, relacionados com animais.

Utilizar diversas técnicas de expressão plástica para criar produções artísticas

referentes ao tema

Conhecer o mundo dos animais (ecossistemas) e tirar disso prazer.

Respeitar o seu trabalho e o trabalho dos outros.

Responsabilizar-se e partilhar as tarefas individuais e de grupo.

Desfrutar das atividades realizadas entre todos.

Conhecer as normas de comportamento que permitem uma adequada convivência.

Desenvolver as próprias vivências afectivas

Identificar as suas emoções, necessidades, bem como identificar e respeitar as dos

outros

Desenvolver as relações entre pares e adultos

Estimular a relação com o meio envolvente

Desenvolver a criatividade e a expressividade

Promover a auto-estima

Devemos partir das áreas básicas que integram o currículo da Educação de Infância:

Conhecimento de si mesmo e autonomia pessoal.

Conhecimento do Mundo.

Linguagens: comunicação e representação.

Page 17: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 17 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

E das competências básicas:

Competência para aprender.

Autonomia e iniciativa pessoal.

Competência em comunicação linguística.

Competência no conhecimento e na interacção com o mundo físico.

2 – Indicadores de avaliação O projecto que pretendo realizar exige, como é óbvio, um trabalho de coordenação constante,

intenso e dedicado visto implicar várias actividades que espero venham a contribuir para uma

boa e melhor aprendizagem mas sobretudo que contribua para despertar a consciência das

crianças para o mundo que as rodeia e para a responsabilidade que lhes cabe na preparação

do seu futuro.

A implementação de um projecto com objectivos e conteúdos definidos, através do qual se

desenvolve uma acção pedagógica, deve envolver um processo de avaliação adequado. Se 80%

das actividades planeadas forem realizadas considero-o como um bom indicador de avaliação.

Na Educação Pré – Escolar a avaliação tem como principais objectivos:

Planear conteúdos e estratégias para cada criança e para o grupo – Perfil de

desenvolvimento e Plano Individual.

Identificar crianças que possam necessitar de serviços ou intervenções especializadas

Avaliar o êxito do projecto e se este está a atingir os objectivos propostos

Assim podemos dizer que avaliar é observar registar e documentar de várias formas, aquilo

que as crianças fazem e como o fazem:

Observação regular e periódica das crianças em diferentes actividades e situações

O empenho das crianças

Diálogos entre colegas e adultos

Registos gráficos

Brincadeiras

Registo das actividades realizadas com interesse ou não

No ânimo das crianças em participar nas actividades propostas

Atitudes e comportamentos

O projecto poderá ser alterado, ou não, conforme o interesse e as necessidades das crianças

assim como o tempo de elaboração e conclusão do mesmo.

Page 18: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 18 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

3 – Estratégias e métodos

Para o desenvolvimento do projecto curricular e tendo em conta o projecto educativo

“MISSÃO SALVAR” pretendo utilizar as seguintes estratégias pedagógicas com base nas três

grandes áreas de conteúdo :

No âmbito da Formação Pessoal e social e dado que todas as componentes curriculares

deverão contribuir para promover nas crianças atitudes e valores que lhes permitam

tornarem-se cidadãos conscientes e solidários, capacitando-as para a resolução dos problemas

do quotidiano, esta é uma área privilegiada, este ano lectivo, uma vez que pretendo favorecer

( e de acordo com as fases do desenvolvimento das crianças) a aquisição de espírito critico e a

interiorização de valores espirituais, estéticos, morais e cívicos.

É uma área que pretende desenvolver:

Educação para os valores

Independência

Autonomia

Partilha do poder/democracia

Educação multicultural

Educação estética

Exemplos de actividades ou experiências possíveis:

Debates sobre diferentes perspectivas e valores

Distribuição de tarefas na sala

Registo e vivência dos direitos e deveres de cada um dentro da sala, em casa, em

sociedade (explicando os porquês)

Tomada de decisões, escolhas, preferências

No âmbito da expressão e da comunicação, é o meu objectivo:

- Organizar um ambiente de estimulação comunicativa, proporcionando a cada criança

oportunidades específicas de interacção com os adultos e com as outras crianças;

- Promover o desenvolvimento da linguagem oral de todas as crianças, atendendo, de modo

particular, às que manifestam dificuldades específicas;

- Favorecer o aparecimento de comportamentos emergentes de leitura e escrita, através de

actividades de exploração de materiais escritos;

- Favorecer o aparecimento de comportamentos emergentes do pensamento lógico-

matemático, através de actividades de exploração e a partir de situações do quotidiano,

intencionalizando momentos de consolidação e sistematização de noções matemáticas;

Page 19: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 19 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

-Promover de forma integrada, diferentes tipos de expressão plástica, musical, dramática e

motora, inserindo-os nas várias experiências de aprendizagem curricular;

- Organizar actividades e projectos que, nos domíniosdo jogo simbólico e do jogo dramático,

permitam a expressão e o desenvolvimento motor, de forma a desenvolver a capacidade

narrativa e a comunicação não verbal.

No âmbito da área conhecimento do mundo, que tem como base a curiosidade natural das

crianças e o seu desejo de aprender e saber o porquê das coisas, nela se engloba a descoberta

de si mesmo, dos outros, do ambiente natural, das relações entre as coisas, dos materiais e

objectos. Poderá ser entendida como uma sensibilização para as ciências, uma porta

maravilhosa para entenderem o nosso “Planeta Azul”.

Actividades possíveis:

- Observar a realidade, trazendo materiais para a sala ou fazendo visitas de estudo.

- Trocar experiências e vivências realizadas pelas crianças no seu contexto social e familiar.

- Pesquisar em livros, enciclopédias e internet

- Assistir a pequenos documentários sobre a vida animal e vegetal (TV, videos, etc).

Pretendo contribuir para a educação ambiental das crianças, informar, consciencializar da

realidade em que vivemos, tornando-os cidadãos responsáveis, críticos e activos na gestão

sustentável dos recursos naturais, garantindo o direito das gerações futuras a um património

natural proporcionador de qualidade de vida; e na educação para o consumo, informar e

consciencializar para o consumo excessivo, indiscriminado e compulsivo de bens sem qualquer

critério racional, acentuando problemas desestruturantes do bem-estar pessoal, como

problemas de saúde, da harmonia familiar e do equilíbrio dos ecossistemas naturais, em

resultado da degradação ambiental. Neste contexto é importante repensar os actos de

consumir gerados por uma sociedade egocêntrica e egoísta e inverter esta forma de estar e

pensar para uma outra, esclarecida, preocupada, responsável e sustentável.

A consciência do Ambientesurge naturalmente nas crianças quando é integrada como forma de

vida, em casa, na escola, logo no inicio da infância.

Estas vivências da infância podem depois amadurecer, na sua vida de adultos, transformando-

se num sentimento de ternura que não os deixa tratar a Terracomo um bem ou mercadoria que

têm o direito de explorar, mas antes como uma dádiva preciosa que têm a honra e o dever de

proteger, para as gerações vindouras.

Page 20: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 20 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

4 – Plano de actividades sócio-pedagógicas Todas as actividades planeadas devem acontecer num contexto lúdico e descontraído de

forma a fomentar o empenho da criança e criar o desejo de querer cada vez mais aprender e

interagir com o outro. Sem conceber actividades especificas estanques, entendo que numa só

actividade se pode abordar e alcançar vários objectivos, permitindo assim uma interligação e

globalização.

A organização e dinamização das áreas de actividade diferenciadas e identificadas dentro da

sala, contribuirão para o desenvolvimento das crianças em todas as áreas de conteúdo a

desenvolver ao longo do ano lectivo.

Consideram-se áreas de conteúdo como âmbitos do saber com estrutura própria e com

pertinência sócio-cultural, que incluem diferentes tipos de aprendizagem, não apenas

conhecimentos, mas também atitudes e saber-fazer.

Área de Formação Pessoal e Social

Competências Situações de aprendizagem

- Ser capaz de compreender os sentimentos, intenções e pensamentos dos outros. - Ser capaz de compreender os próprios sentimentos, motivos e comportamentos - Saber interagir com os outros - Respeitar as regras e direitos das pessoas e de todos os seres vivos - Adquirir hábitos de respeito e conservação da natureza - Expressar adequadamente as emoções -Evidenciar comportamentos assertivos - Saber ouvir, esperar e repartir - Desenvolver a auto-estima

- Organizar em cooperação partilhada o espaço e os materiais - conversas de grupo - Combinar regras da sala de utilização dos espaços e materiais, de funcionamento, de relação - Elaborar quadros: presenças, tempo, aniversários, tarefas, actividades - Distribuir tarefas e responsabilizar as crianças pela sua execução - Trabalhos de grupo - Passeios, visitas de estudo e de lazer - Festejar ocasiões especiais que apontam para a cidadania, baseadas na aquisição de um espírito critico e da interiorização de valores: Dia do Animal, Dia da Alimentação, Sº Martinho, Natal, entre outros - Valorizar e elogiar as crianças, nas atitudes e respeito pelas regras da sala

Page 21: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 21 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

- Desenvolver o sentido de responsabilidade

-Jogar e saber respeitar as regras de um jogo - Conversas em grande grupo/estabelecer diálogos sobre as várias temáticas. - Respeitar a individualidade de cada criança - Proporcionar um ambiente estável, rico em afecto e alegria - Participar em pequenos recados a pedido do adulto - Canções, lenga-lengas, rimas e histórias em grande grupo - Incutir /respeitar os direitos das pessoas, da vida e de todos os seres vivos - Partilha de brinquedos - Projecto: Planeta Azul

Área de Conhecimento do Mundo

Competências Situações de aprendizagem

- Ser criativa - Saber explorar os objectos - Identificar as diferentes partes do corpo humano - Conhecer os cinco sentidos - Adquirir noções de tempo e perceber sequências temporais -Desenvolver o interesse pela natureza em geral e as modificações a que está sujeita -Ter atitudes de preservação da Natureza

- Elaborar quadros das presenças, tempo e dos aniversários - Registo do fim de semana - Conversar sobre o meio ambiente e a sua preservação - Manter a sala arrumada e limpa - Observar os aspectos físicos do tempo (estações do ano, noite e dia) - Compreender as relações existentes entre Homem/Plantas - Recolha de materiais de desperdício

Page 22: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 22 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

- Descobrir o mundo dos animais e das plantas - Conhecer a problemática da Biodiversidade

- Cuidar do espaço-escola: não deitar lixo para o chão - Observar a evolução de alguns animais (bicho da seda) - Observar o crescimento das plantas e os cuidados a ter - Sequenciar imagens sobre a evolução dos seres vivos - História: O cão Simão e O gato Torcato

Área de Expressão e Comunicação

Dominio da Expressão Motora

Competências Situações de aprendizagem

- Aquisição de controlo motor de socialização, compreensão e aceitação de regras - Sentir prazer e alegria - Desenvolver a motricidade global - Desenvolver a tonicidade - Aprender a dominar o corpo - Interiorizar o esquema corporal - Desenvolver a motricidade fina - Tomar consciência dos diferentes segmentos do corpo, das suas possibilidades e limitações

- Proporcionar situações de movimento através de jogos, histórias, canções mimadas e de roda - Proporcionar sessões de movimento orientado e livre - Fazer jogos de imitação - Realizar jogos para exploração da lateralidade - Proporcionar actividades que desenvolvam as diferentes capacidades (equilíbrio, força ,velocidade) - Correr, saltar, marchar, rastejar… a vários ritmos - Dançar

Page 23: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 23 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

Domínio da Expressão Dramática

Competências Situações de aprendizagem

- Expressar-se e comunicar com facilidade - Dialogar abertamente - Desenvolver o jogo simbólico - Desenvolver o jogo dramático - Representação de cenas simples

- Dramatização de histórias, poesias, canções - Jogo simbólico - Mimar situações - Exploração de vários materiais (sombras chinesas, fantoches,etc - Exprimir situações da vida quotidiana

Domínio da Expressão Plástica

Competências Situações de aprendizagem

- Comunicar - Ser criativa - Ter imaginação - Adquirir sentido estético

- Elaborar diferentes actividades plásticas com materiais diversos: pintura com pincel, recortar e colar, desenho com lápis de cor, cera, marcadores, giz. Digitinta. - Modelar com vários materiais: plasticina, barro, massa de cores, etc. - Utilizar técnicas mistas - Estampagem - Utilização de materiais reciclados - Elaboração de livros (álbuns, registos de trabalhos relacionados com o projecto) - Execução de adereços para o Natal, Carnaval, Páscoa, etc. - Elaboração de prendas para o dia do pai, dia da mãe, dia da criança, etc. - Actividades relacionadas com dia temáticos sinalizados no plano anual de actividades.

Page 24: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 24 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

Domínio da Expressão Musical

Competências Situações de aprendizagem

- Saber estar com atenção e concentração - Adquirir memória auditiva - Saber ouvir em silêncio - Ampliar o reportório de canções - Enriquecer o vocabulário - Adquirir estruturas rítmicas

- Realizar jogos de associação e de identificação de sons - Ouvir vários sons como: vozes de animais, sons da natureza… - Cantar, aprender novas canções - Imitar e reproduzir sons - Fazer jogos de ritmo, lenga-lengas, canções - Ouvir e conhecer vários estilos de musica

Domínio da Linguagem Oral e Abordagem à escrita

Competências Situações de aprendizagem

- Conseguir Expressar-se - Exprimir oralmente ideias e sentimentos - Enriquecer o vocabulário - Criar gosto por ouvir histórias e contar histórias - Criar gosto pela linguagem escrita - Perceber a importância dos livros - Ampliar o reportório de rimas, lengalengas Adivinhas e histórias - Dominar a linguagem não-verbal - Saber fazer uso de códigos de leitura/escrita

- Ouvir histórias com e sem apoio do livro - Conversas, diálogos em grande grupo - Contar acontecimentos e situações vividas - Aquisição de novas palavras (elaboração do dicionário do ão ) - Fazer jogos de palavras - Contar, recontar e inventar histórias - Registar histórias, rimas, trava-linguas, etc - Fazer o registo diário das actividades da sala em grupo - Contactar com diferentes livros e revistas - Visita á biblioteca municipal

Page 25: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 25 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

- Fazer registos sobre mensagens ecológicas - Aprender a ler histórias com pictogramas - Estimular o reconhecimento do nome sem uso da fotografia - Registar, lendo em voz alta para a criança

Domínio da Expressão Matemática

Competências Situações de Aprendizagem

- Saber as cores - Conhecer e identificar formas geométricas - Lidar com quantidade e numero - Saber seriar, classificar, emparelhar - Ter noção do tempo - Usar o calculo mental - Ter a noção de grandeza e medida - Conhecer: alto/baixo, Largo/estreito, pesado/leve, comprido/curto

- Elaboração do mapa do tempo - Jogos de contagem - mapa das presenças - Estabelecer relações entre objectos - Manipular e comparar objectos - Fazer jogos de encaixe e construção - usar/jogar com os blocos lógicos - Jogos de seriação e ordenação - Aprender a série numérica de 0 até 10 - Formar conjuntos - Fazer dominós - jogos de correspondência um a um - Jogos de associação do objecto ao numero

Page 26: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 26 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

5 – Plano de Formação/Informação Estão contempladas no plano anual de actividades 2011/2012, duas visitas de estudo/ lazer

A primeira no dia 21 de Novembro, ao teatro Tivoli para ver um musical, a segunda, o nosso

passeio final de ano , no mês de Junho, ainda não está estipulado onde vamos.

No ano passado recebemos a visita de um grupo de enfermeiras do centro de saúde de

Peniche, no âmbito da saúde oral, para as crianças e para os pais. Este ano contamos com a

participação destes parceiros educativos, mas seria interessante abordar novas temáticas.

6 – Outros aspectos relevantes Despertar da Fé

É um projecto paralelo ao projecto educativo da nossa Instituição, que tem no seu ideário os

princípios da Doutrina Social da Igreja Católica.

Pretendemos favorecer o crescimento espiritual da criança, ajudando-a a descobrir o seu

intimo ao mesmo tempo que explora e descobre o mundo que a rodeia. Educar para os

valores, formar integralmente a pessoa humana – espiritualmente, psicologicamente e

fisicamente. E porque a família tem a primeira responsabilidade no processo educativo, é

nosso objectivo colaborar com as famílias na educação dos seus filhos, mediante um processo

harmonioso e integral da criança na sua dimensão pessoal, social e religiosa.

Algumas actividades:

Dia de Todos os Santos

Advento/Natal/Epifania

Quaresma e Páscoa

Mês de Maria

Acção de Graças

Oração

AECs

As actividades extra curriculares vieram enriquecer a pedagogia educativa da nossa Instituição.

Este ano lectivo são: Inglês, Expressão Musical e Ciência Divertida. Estas actividades são

leccionadas uma vez por semana, durante quarenta e cinco minutos e fora da componente

lectiva.

As crianças que não participam nestas actividades ficam com a educadora responsável ou com

a auxiliar de acção educativa.

Page 27: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 27 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

VII – Previsão de procedimentos de avaliação

1 – Dos processos e dos efeitos A melhor forma de avaliar é através dos perfis de desenvolvimento, da planificação e

respectiva avaliação mensal, bem como através dos planos individuais. No final do ano

fazemos o relatório de avaliação do projecto curricular de grupo.

2 – Com as crianças Através do empenho que demonstram na realização das actividades proposta.

Através do seu interesse em procurar informação relacionada com o nosso projecto de

sala

Através dos diálogos entre criança/adulto e dos seus registos gráficos.

Através das suas atitudes e comportamentos.

3 – Com a equipa Nas reuniões semanais de educadoras, espaço em que partilhamos informações da

componente pedagógica, ideias e saberes.

4 – Com a família Através dos contactos informais no acolhimento, nas reuniões de pais ou durante o nosso

horário de atendimento aos encarregados de educação – 2ª feira das 16:30 ás 17:30.

Na forma como as famílias participam nas campanhas solidárias que realizamos durante o

ano lectivo ( Alimentação, Natal, Corrida Solidária) e nas festas de Natal e Final de ano em que

participam com muito empenho.

5 – Com a comunidade educativa Através das festas de Natal, Carnaval, Final de ano ; campanhas solidárias; visitas ao lar de

idosos; festival paroquial da canção cristã e Momento de Oração (vivência da fé na

comunidade educativa)

Page 28: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 28 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

VIII – Relação com a família e outros parceiros educativos “A família e a instituição de educação pré-escolar, são dois contextos sociais, que contribuem

para a educação, da mesma criança; importa por isso que haja uma relação entre os dois

sistemas” (Ministério da educação, Orientações Curriculares para a Educação Pré-escolar)

Um dos objectivo da educação pré- escolar, é o de encontrar respostas adequadas, á

população que a frequenta. Não sendo o acto educativo exclusivo de um único interveniente, é

fundamental que o binómio Familia/Instituição, alie esforços, para melhor responder ás

necessidades da criança.

Assim, pretendemos envolver as famílias em actividades a desenvolver ao longo do ano:

Comemoração de efemérides

Na realização de actividades

Na recolha de materiais de desperdício e outros

Na realização de campanhas solidárias

Reuniões de pais para a divulgação e acompanhamento do projecto curricular

de grupo e ou outras informações, sempre que necessário.

IX – Comunicação de resultados e divulgação de informação O tema do projecto curricular de grupo foi dado a conhecer, na primeira reunião de Pais em

vinte de Outubro 2011. Mais se informou que o tema nasceu dalgumas actividades realizadas

com as crianças no ano lectivo anterior, em que o seu empenho e entusiasmo foi notorio. Os

pais concordaram e aprovaram o tema e mostraram disponibilidade para participarem no que

fosse possível.

O projecto depois de concluído vai estar á disposição dos pais que o quiserem consultar, na

próxima reunião de pais ou se o preferirem no horário de atendimento da educadora.

Foi enviado para casa de todas as crianças, o Plano Anual de Actividades, que permite a

família saber com antecedência, as actividades que vão ser realizadas durante este ano

lectivo , os dias festivos e temáticos, os passeios anuais, as reuniões de pais, bem como os

dias que o jardim de infância encerra.

Na sala está afixado o plano mensal de actividades ( em anexo) que pode ser consultado pelos

pais sempre que o desejarem. Junto á porta encontra-se o registo diário, onde são descritas as

actividades realizadas no dia.

Este ano também começamos a utilizar o “caderno diário” , para cada criança, que pretende

facilitar a comunicação entre a família e o jardim de infância.

Page 29: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 29 de 30 IMP01.00.PC04 - INF

Também divulgamos o nosso projecto nas festas de Natal, no desfile de Carnaval realizado no

centro da cidade e noutros eventos como a festa de final de ano.

Estamos sempre receptivos a novas ideias, sugestões que de alguma forma possam contribuir

melhor desempenharmos as nossas funções no acto de educar.

Validação do Projeto Pedagógico de Grupo

Data: Educadora responsável: Diretora Técnica: Auxiliar Acção Educativa:

Page 30: Centro Solidariedade e Cultura de Peniche Jardim de ... · PDF fileCreche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Creche Santa Maria / Creche Santana e São Joaquim

Jardim Infância Santa Maria / Jardim Infância João Paulo II

Projeto Curricular de Grupo

Página 30 de 30 IMP01.00.PC04 - INF