of 103 /103
CICLO DA VIDA NASCIMENTO Nome: força vital! O Talmud afirma (Berachot 7b): "Como sabemos que o nome da pessoa causa [eventos em sua vida]? Diz a Escritura: 'Vai e vê as obras do Eterno, que pôs destruição (shamot) sobre a terra.' Não leia shamot (destruição), mas shemot [nomes]. Maharsha explica: “Não podemos atribuir ao Eterno atos maus tais como destruição, portanto, os Sábios interpretam a palavra shamot como shemot, significando que as obras de D’us são atraídas para baixo por meio do nome da pessoa e assim, o nome é a causa.” Mais uma vez, no Talmud, encontramos que R. Meir faria deduções [sobre uma pessoa] a partir do nome, mas R. Yehudah e R. Yosse nada deduziriam. Em outro local, R. Yitschak declara: "Os espiões [enviados por Moshê à Terra de Israel] tinham nomes que refletiam suas ações." A noção de que o nome de uma pessoa nos informa a respeito de suas ações e caráter aplica-se não apenas a indivíduos, mas sobre a geração como um todo. Assim, o nome do Profeta Yermiyáhu indica que em seu tempo o Bet Hamicdash tornou-se arimon [vago], ou que em seu tempo um severo julgamento foi nisromema (despertado; as duas palavras compartilham letras comuns com seu nome]. Isso é confirmado no Zohar, onde o nome de Yermiyáhu (que predisse punição) está contrastado com aquele de Yeshayáhu, cujo nome (significando 'resgate de D’us") causou nossa redenção, e a restauração da Divina Luz a seu lugar de direito. Sefer Chassidim e Sefer HaBahir também nos advertem sobre nomes. Midrash Tanchuma comenta o versículo: "Lembra-te dos dias do mundo, entende os anos de cada geração" – a pessoa deveria sempre examinar nomes históricos, e escolher para seu filho um nome que o fará tornar-se um tsadic. Assim, vemos que o nome de uma pessoa indica os traços de caráter que ela provavelmente possuirá. A partir desse nome, podemos adivinhar que tipo de pessoa é, e como são suas ações. R. Yosef Karo escreve em Maguid Meisharim que alguém chamado Avraham tende a realizar atos de bondade, uma pessoa chamada Yossef é forte para resistir a tentações sexuais ilícitas, ou então alimenta e apóia os outros, como fez Yossef, que alimentou e apoiou seu pai e irmãos. A Escritura diz: "Naval é seu nome, e abominação (nevala) combina com ele." É isso também que Essav queria dizer quando afirmou: "Seu nome é Yaacov por nada? De fato, ele se afastou (vayaakeveim) de mim duas vezes." O Midrash Tanchuma declara que se nossa geração tivesse merecido, o próprio Eterno teria dado a cada indivíduo seu nome, e a partir de seu nome conheceríamos assim seu caráter e suas ações. O Nome da Pessoa é Sua Força Vital Está declarado nos sagrados livros que o nome pelo qual uma pessoa é chamada constitui sua alma e sua força vital. Isso significa que quando a alma habita o corpo, extrai vida para si por meio do nome, através de uma junção correta das letras. É explicado no Tanya, cap. 1 de Shaar HaYichud VehaEmunah, que para todas as coisas criadas no universo, o nome hebraico pelo qual são chamadas constitui – depois de progressivos estágios de descida evolutiva – o discurso literal dos Dez Pronunciamentos pelos quais o mundo foi criado. Esta descida ocorre por meio de sucessivos intercâmbios e ajuntamentos de letras nas 231 permutações, até que finalmente elas se incorporam à pessoa, para dar-lhe vida. Um nome tem duas características opostas. Por um lado, o nome está associado com a alma. Assim, quando chamamos alguém por seu nome, despertamos sua força vital. Isso aplica-se não somente ao nome próprio, mas também a um nome descritivo – quando chamamos alguém de "sábio", despertamos suas faculdades intelectuais; quando o chamamos de "misericordioso", despertamos sua piedade. Portanto, os discípulos de R, Shimon bar Yochai pronunciavam louvores a ele, para que isso despertasse os grandes poderes de seu mestre, que ele partilharia com eles. Tudo isso aplica-se muito mais ainda ao nome próprio, pois este desperta não apenas os poderes individuais, como também toda a alma. Por outro lado, sabe-se que todo o propósito de um nome é para o uso de outros, para que outra pessoa possa chamá-lo, e ele saberá que está sendo chamado. Mas para si mesma, a pessoa não precisa de nome; qual a utilidade do nome para alguém que mora sozinho? Assim, parece que o nome não está conectado com sua essência ou força vital, mas foi meramente estabelecido por convenção. A solução desse paradoxo é que o nome da pessoa é como a sefirá de Malchut: apenas um raio (ziv) que nada possui em si mesmo, mas está radicado em sua fonte original. Por este motivo, tem estas características opostas. Shir Hamalot: proteção para a mãe e o bebê À medida que as mulheres que esperam bebês vêem se aproximar a data do parto uma variedade de emoções tendem a surgir. Algumas mulheres ficam repletas de entusiasmo, antecipando ansiosas o dia em que conhecerão o bebê face a face. Outras ficam irrequietas, nervosas com as horas de trabalho de parto que se aproximam. Todas as mulheres rezam a D'us pedindo um filho sadio. Muitas mulheres judias ficariam empolgadas se soubessem que existe uma prece especial que tem sido um costume durante séculos em nossa tradição de salvaguardar tanto a mãe quando o bebê. Esta prece é Shir Hamalot (Canção das Ascensões, Tehilim 121). Os versículos desse Salmo declaram nossa dependência sob o Criador para nossa segurança e bem-estar e Seu compromisso de nos proteger em todas as horas.

Ciclo da Vida

Embed Size (px)

Text of Ciclo da Vida

CICLO DA VIDA NASCIMENTO Nome: fora vital! O Talmud afirma (Berachot 7b): "Como sabemos que o nome da pessoa causa [eventos em sua vida]? Diz a Escritura: 'Vai e v as obras do Eterno, que ps destruio (shamot) sobre a terra.' No leia shamot (destruio), mas shemot [nomes]. Maharsha explica: No podemos atribuir ao Eterno atos maus tais como destruio, portanto, os Sbios interpretam a palavra shamot como shemot, significando que as obras de Dus so atradas para baixo por meio do nome da pessoa e assim, o nome a causa. Mais uma vez, no Talmud, encontramos que R. Meir faria dedues [sobre uma pessoa] a partir do nome, mas R. Yehudah e R. Yosse nada deduziriam. Em outro local, R. Yitschak declara: "Os espies [enviados por Mosh Terra de Israel] tinham nomes que refletiam suas aes." A noo de que o nome de uma pessoa nos informa a respeito de suas aes e carter aplica-se no apenas a indivduos, mas sobre a gerao como um todo. Assim, o nome do Profeta Yermiyhu indica que em seu tempo o Bet Hamicdash tornou-se arimon [vago], ou que em seu tempo um severo julgamento foi nisromema (despertado; as duas palavras compartilham letras comuns com seu nome]. Isso confirmado no Zohar, onde o nome de Yermiyhu (que predisse punio) est contrastado com aquele de Yeshayhu, cujo nome (significando 'resgate de Dus") causou nossa redeno, e a restaurao da Divina Luz a seu lugar de direito. Sefer Chassidim e Sefer HaBahir tambm nos advertem sobre nomes. Midrash Tanchuma comenta o versculo: "Lembra-te dos dias do mundo, entende os anos de cada gerao" a pessoa deveria sempre examinar nomes histricos, e escolher para seu filho um nome que o far tornar-se um tsadic. Assim, vemos que o nome de uma pessoa indica os traos de carter que ela provavelmente possuir. A partir desse nome, podemos adivinhar que tipo de pessoa , e como so suas aes. R. Yosef Karo escreve em Maguid Meisharim que algum chamado Avraham tende a realizar atos de bondade, uma pessoa chamada Yossef forte para resistir a tentaes sexuais ilcitas, ou ento alimenta e apia os outros, como fez Yossef, que alimentou e apoiou seu pai e irmos. A Escritura diz: "Naval seu nome, e abominao (nevala) combina com ele." isso tambm que Essav queria dizer quando afirmou: "Seu nome Yaacov por nada? De fato, ele se afastou (vayaakeveim) de mim duas vezes." O Midrash Tanchuma declara que se nossa gerao tivesse merecido, o prprio Eterno teria dado a cada indivduo seu nome, e a partir de seu nome conheceramos assim seu carter e suas aes. O Nome da Pessoa Sua Fora Vital Est declarado nos sagrados livros que o nome pelo qual uma pessoa chamada constitui sua alma e sua fora vital. Isso significa que quando a alma habita o corpo, extrai vida para si por meio do nome, atravs de uma juno correta das letras. explicado no Tanya, cap. 1 de Shaar HaYichud VehaEmunah, que para todas as coisas criadas no universo, o nome hebraico pelo qual so chamadas constitui depois de progressivos estgios de descida evolutiva o discurso literal dos Dez Pronunciamentos pelos quais o mundo foi criado. Esta descida ocorre por meio de sucessivos intercmbios e ajuntamentos de letras nas 231 permutaes, at que finalmente elas se incorporam pessoa, para dar-lhe vida. Um nome tem duas caractersticas opostas. Por um lado, o nome est associado com a alma. Assim, quando chamamos algum por seu nome, despertamos sua fora vital. Isso aplica-se no somente ao nome prprio, mas tambm a um nome descritivo quando chamamos algum de "sbio", despertamos suas faculdades intelectuais; quando o chamamos de "misericordioso", despertamos sua piedade. Portanto, os discpulos de R, Shimon bar Yochai pronunciavam louvores a ele, para que isso despertasse os grandes poderes de seu mestre, que ele partilharia com eles. Tudo isso aplica-se muito mais ainda ao nome prprio, pois este desperta no apenas os poderes individuais, como tambm toda a alma. Por outro lado, sabe-se que todo o propsito de um nome para o uso de outros, para que outra pessoa possa cham-lo, e ele saber que est sendo chamado. Mas para si mesma, a pessoa no precisa de nome; qual a utilidade do nome para algum que mora sozinho? Assim, parece que o nome no est conectado com sua essncia ou fora vital, mas foi meramente estabelecido por conveno. A soluo desse paradoxo que o nome da pessoa como a sefir de Malchut: apenas um raio (ziv) que nada possui em si mesmo, mas est radicado em sua fonte original. Por este motivo, tem estas caractersticas opostas. Shir Hamalot: proteo para a me e o beb medida que as mulheres que esperam bebs vem se aproximar a data do parto uma variedade de emoes tendem a surgir. Algumas mulheres ficam repletas de entusiasmo, antecipando ansiosas o dia em que conhecero o beb face a face. Outras ficam irrequietas, nervosas com as horas de trabalho de parto que se aproximam. Todas as mulheres rezam a D'us pedindo um filho sadio. Muitas mulheres judias ficariam empolgadas se soubessem que existe uma prece especial que tem sido um costume durante sculos em nossa tradio de salvaguardar tanto a me quando o beb. Esta prece Shir Hamalot (Cano das Ascenses, Tehilim 121). Os versculos desse Salmo declaram nossa dependncia sob o Criador para nossa segurana e bem-estar e Seu compromisso de nos proteger em todas as horas.

O Rebe iniciou uma campanha para divulgar a importncia de Shir Hamalot para toda me judia e seu beb. Estas palavras sagradas contm o poder de proteger a me e o beb durante o processo de nascimento e o perodo de recuperao que se segue. por isso que to imperativo que quando a futura mame prepara sua maleta com todos os itens que planeja levar ao hospital, no se esquea do Shir Hamalot. S o fato de ter esta prece ao seu lado durante o parto fornece aquela dose adicional de proteo. Quando o beb nasce, costume colocar o Shir Hamalot sobre o bero. Esta uma maneira notvel de proteg-lo. costume tambm pendurar o Shir Hamalot nos batentes da casa, especialmente os do quarto do beb, antes de entrar com ele. importante notar que tudo aquilo que cerca um recm-nascido tem um efeito espiritual. A Tor nos ensina que aquilo que um beb v e ouve, mesmo durante seu primeiro dia de vida, ter uma influncia sobre ele por muitos anos. Os pais so encorajados a expor seus filhos a imagens sagradas desde que nascem. O Shir Hamalot uma maneira maravilhosa de comear. Por que voc nasceu? Numa reunio de famlia que celebrava o nascimento de uma criana, o Rebe explicou os trs motivos para se alegrar numa ocasio dessas: o jbilo de toda a nao pelo nascimento de um novo membro, a alegria dos pais por serem abenoados com um filho, e a alegria da criana por ter sido trazida ao mundo. "Mas como podemos celebrar quando ainda no sabemos o que a criana ser?" perguntou um homem. "O nascimento marca o momento em que a alma entra no corpo" disse o Rebe. "E como a alma est conectada diretamente a Dus, este motivo suficiente para se alegrar." Por que voc nasceu? Seu nascimento significa que voc filho de Dus. Seu nascimento no foi apenas um acidente; Dus escolhe cada um de ns para desempenhar uma misso especfica neste mundo, assim como o compositor organiza harmoniosamente cada nota musical. Tire uma nota que seja, e a composio se desintegra. Cada pessoa tem seu valor; cada pessoa insubstituvel. Sua vida est sempre o levando na direo de seu destino, e todo momento significativo e precioso. Muitas pessoas parecem sentir que, apenas porque no escolhemos vir ao mundo, nosso nascimento um golpe de coincidncia ou do acaso. Isso no poderia estar mais longe da verdade. O nascimento a maneira de Dus dizer que Ele investiu Sua vontade e energia para criar voc; Dus sente grande alegria quando voc nasce, o maior prazer imaginvel, pois o instante do nascimento engloba o potencial de todas as futuras realizaes. Quando, exatamente, comea a vida? No nascimento, a alma entra no corpo, criando uma vida que se sustenta, um ser humano autnomo. Um feto, obviamente, um organismo vivo completo com crebro em funcionamento, corao e membros. Mas somente uma extenso, embora viva, da me. Contm a vida, mas ainda no independente, sustentado por sua prpria fora. Portanto, o instante do nascimento assinala o incio de nossa misso na terra, que transformar nosso mundo material num veculo de expresso espiritual e Divindade. O processo da vida muito mais que simples biologia. Uma pessoa no est plenamente viva a menos que esteja sintonizada com o propsito mais elevado de sua alma, a menos que conhea sua misso. Muitos de ns sentimos um lado espiritual em nossa vida. Talvez o busquemos apenas de tempos em tempos. Mas como estamos to ocupados com nossa vida diria e to famintos pela gratificao instantnea, esquecemos ou jamais separamos tempo para aprender por que, para comear, estamos aqui. Cada um de ns tem uma opo: podemos estar meramente vivos no sentido biolgico ou podemos ser realmente vivos, espiritualmente vivos. Mesmo como adultos, podemos viver da maneira que um feto vive comendo, bebendo e dormindo, uma pessoa completa que carece de seu elemento mais vital: uma alma. Ou podemos aproveitar nossa capacidade para sermos espiritualmente sensveis, e participar do mundo. tentador passar nossa vida num estado semelhante ao do feto. At os Sbios admitem isso: mais agradvel no nascer do que nascer." No seria mais fcil passar pela vida aquecido e bem alimentado, protegido do mundo exterior, que suportar as difceis batalhas da vida que todos teremos de conhecer? De fato, muitos tentam se isolar, reagindo vida mas nunca se envolvendo nela por completo. Sob esta tica, vemos que o nascimento, acima de tudo o mais, um desafio, o primeiro e talvez o mais difcil que jamais enfrentaremos. Por um momento, pense sobre as experincias de um beb. Agora tente imaginar seu prprio nascimento. Que momento monumental! Que sentimentos voc teve? Que vozes escutou? Cientistas e psiclogos esto apenas comeando a reconhecer aquilo que a Tor tem ensinado durante milhares de anos: que nossas experincias como recm-nascido tm um profundo impacto em nossa psique interior. Um recm-nascido to receptivo como uma esponja seca. Escuta talvez ainda mais que um adulto; exatamente porque sua mente consciente ainda no funciona, e porque no entende as palavras, um recm-nascido muito mais impressionvel. Absorve tudo em seu ambiente na forma mais pura, sem ser adulterada pelo ego ou intelecto adulto. A educao, portanto, comea no momento em que a criana nasce. Isso nos apresenta uma profunda responsabilidade sobre como nos comportar na presena de uma criana, e como tratamos as crianas desde o instante do nascimento. Lembre-se: a alma de um recm-

nascido est completamente viva, com ouvidos abertos que escutam tudo. Um respeitado rabino, quando beb, era carregado com freqncia em seu cestinho para ouvir preces e canes. Ele cresceu e se tornou um grande erudito e, em reconhecimento maneira pela qual fora criado, era cumprimentado muitas vezes com a bno: "Abenoada seja aquela que lhe deu luz." Escolhendo o nome Judaico A importncia de um nome judaico refere-se quela parte de ns que verdadeiramente define a identidade judaica: a alma judaica. Um nome judaico o seu chamado espiritual, um ttulo que reflete seus traos particulares de carter e os dons concedidos por Dus. O fato de que o nome da pessoa representa sua fora vital insinuado pela palavra nesham (alma), cujas duas letras intermedirias formam a palavra shem (nome). As letras do nome de uma pessoa so como o cano atravs do qual a vida levada ao corpo. Portanto, a palavra shem, nome, tem o mesmo valor numrico que tzinor, cano. Nomear um recm-nascido judeu uma tarefa sagrada, parte do ciclo de vida da religio judaica. Um menino recebe o nome durante a cerimnia do brit mil, quando entra no pacto de Avraham Avinu; uma menina nomeada logo aps seu nascimento, na primeira oportunidade em que a Tor ser lida. Seu pai ento chamado na Tor e nesta oportunidade anuncia seu nome judaico. Ao escolher um nome para a criana recm-nascida, os pais passam em revista os nomes de seus entes queridos. Isso se baseia no preceito da Tor de que o nome do falecido no deve ser apagado de Israel. Ocasionalmente, uma criana recebe o nome de algum erudito de Tor, ou do maior tsadic da gerao, cuja vida foi consagrada Tor; ou ento uma menina recebe o nome de mulheres sbias e grandiosas da Tor, cuja vida serviu como inspirao a todos. Quando a criana recebe o nome de um parente falecido segundo o costume askenazi cumpre tambm a mitsv de honrar pai e me. Esta mitsv obrigatria no somente durante a vida deles, como tambm depois de sua morte. uma grande satisfao para a alma, e proporciona prazer s almas dos parentes falecidos, quando os descendentes recebem seus nomes. A Cabal afirma que os pais recebem inspirao Divina ao escolher um nome para seu filho. O nome registrado como pertencendo para sempre a esta criana. por este nome que o menino ser chamado Tor quando chegar a seu bar mitsv, aos treze anos; quando chegar vida adulta e ao casamento, seu nome aparecer na ketub; este nome mencionado na prece E-l malei rachamim oferecida em benefcio da alma aps 120 anos. Assim, o nome judaico acompanha o judeu por toda a vida e em todas as ocasies. Classificao de nomes judaicos Os nomes judaicos podem ser classificados em diferentes categorias: 1 Nomes bblicos nomes mencionados nos Cinco Livros da Tor, nos Profetas, ou nas Sagradas Escrituras. 2 Nomes talmdicos nomes originalmente encontrados no Talmud e Midrashim. 3 Nomes encontrados na natureza no mundo animal, alguns dos quais aparecem nas Escrituras, tais como Chava, Rachel, Devorah, Tziporah, Yonah, etc. H tambm nomes do reino animal no mencionados nas Escrituras como nomes de pessoas, tais como Aryrh, Zev, Tzvi; tais nomes originaram-se com as bnos de Yaacov e Mosh, que aplicaram os nomes de diversas coisas vivas s tribos de Israel. 4 Nomes encontrados na Natureza no mundo vegetal, alguns dos quais aparecem nas Escrituras, como Tamar, etc. Outros nomes desse tipo so Shoshana, Alon, Oren, Oranah, Aviva, etc. 5 Nomes que incluem o Nome de Dus dentro deles, e nomes que expressam agradecimentos a Dus. 6 Nomes de Anjos, que foram adotados como nomes humanos:Gabriel, Rafael, etc. 7 Nomes secundrios, que ocorrem em conjunto com o nome principal, embora ocasionalmente estejam sozinhos. Como fao para dar ou receber um nome hebraico? 1 Alm de sua escolha Geralmente, seu nome hebraico aplicado a voc por ocasio de seu nascimento ou pouco depois, escolhido por seus pais, que o nomeiam em homenagem a um ente querido falecido, geralmente um antepassado (costume ashkenazi) ou a um ente querido, como avs, ainda vivos, como forma de homenage-los (costume sefaradi). Ou, caso eles no tenham ningum para homenagear, talvez voc receba um nome hebraico da preferncia deles. Portanto na verdade voc no poder escolher seu prprio nome, a menos que no tenha recebido um at a idade adulta. 2 Por sua escolha Se voc no recebeu um nome hebraico at a idade adulta, ou seja, seus pais no lhe fizeram um brit (caso seja menino) ou no lhe deram um nome na primeira oportunidade em que foi lida a Tor logo aps seu nascimento (se for menina), voc pode selecionar qualquer nome hebraico normal que lhe agrade. 3 Opes de converso Um terceiro nome hebraico alternativo quando um no-judeu se converte ao Judasmo. O convertido pode escolher qualquer nome

hebraico, geralmente h escolha algo foneticamente semelhante ao nome existente: John talvez se torne Yonatan (hebraico para Jonathan), Mary pode se tornar Miriam. Situaes especiais Um menino que j nasceu circuncidado nomeado no hatafas dam bris, na presena de um minyan. Caso no haja um qurum de dez homens, poder ser nomeado na presena de dois. Se uma criana nasceu, e necessrio rezar pela sua sade, seu nome poder ser dado imediatamente, para que possam rezar em seu nome. Costuma-se apenas dar o nome neste caso, sem no entanto torn-lo pblico at o brit mil. Quando uma pessoa se encontra em situao de risco, como uma grave doena ou problemas de sade, Dus no o permita, costumase acrescentar outro nome ao seu nome judaico original. Desta forma pode-se alterar seu mazal, sorte e destino, e rezar pelo seu pronto restabelecimento e cura. Importncia vital O nome pelo qual a pessoa chamada o recipiente que contm a fora vital condensada inerente nas letras do nome. Como disse o Eterno aos Anjos: "A sabedoria de Adam maior que a sua", pois ele entendeu a fonte suprema de cada ser criado, e segundo este Ele o chamou por seus nomes. Portanto, descobrimos que quando desejamos reviver algum que desmaiou, chamamos seu nome. Ao chamar seu nome, despertamos a fora vital em sua fonte, e atramos vitalidade para o corpo. Similarmente, se algum est adormecido, ns o chamamos por seu nome. Ao falecer, quando a alma parte do corpo e chega perante a Corte Celestial, no lhe perguntado: "Qual seu nome hebraico" A pergunta feita simplesmente: "Qual seu nome?" Porque seu nome verdadeiro, sua essncia, est contida em seu nome hebraico. Atualmente, o maior problema para o povo judeu a assimilao e a ignorncia. Embora seja um grande problema, existem pequenas coisas que podemos fazer para lutar contra isso. Podemos assistir uma aula de Tor uma vez por semana ou por ms. Podemos celebrar o Shabat. E podemos usar nossos nomes hebraicos. Quando os usamos, lembramo-nos constantemente de quem somos, fortificando assim nossa identidade judaica e automaticamente lutamos contra a assimilao. Parafraseando Neil Armstrong, talvez seja um pequeno passo para um judeu, mas um salto gigante para o Judasmo! Devemos nos inspirar no exemplo fornecido por nosso povo na sada do Egito; no se assimilaram. Este fato deveu-se a trs fatores fundamentais que fizeram questo de conservar: o modo de se vestirem, a lngua (hebraico) e o nome (judaico). Quanto ao ltimo, disseram nossos Sbios: (Bamidbar Rabah 20:22) "Nossos antepassados mereceram ser redimidos do Egito porque no mudaram seus nomes." Devido a estes cuidados tiveram o mrito de serem redimidos e conduzidos outorga da Tor no Monte Sinai. Que possamos atravs de nossas boas aes e utilizao destas mesmas "vestimentas" que nos conectam nossa essncia, sermos merecedores de presenciar a recompensa neste mundo: uma poca sem guerras, onde a paz verdadeira ser restabelecida e o conhecimento de Dus transbordar no mundo inteiro. Enquanto aguardamos, continuaremos colocando nomes judaicos em nossos filhos e, nossos filhos em nossos netos. NOMES JUDAICOS MASCULINOS A Aharon, Aaron Aaron era o irmo trs anos mais velho que Mosh. Na corte do fara, ele foi o porta-voz de seu povo, e ao mesmo tempo lder do sacerdcio, o primeiro Cohen Gadol. Abba Do radical rabe ou srio, significa "Pai" e tem a conotao de governante ou lder. O nome era usado comumente entre os eruditos do Talmud. Abbe, Abbey, Abby Formas abreviadas de Abba ou Abbot. Estes nomes so tambm usados como formas femininas, geralmente diminutivo de Abigail. Tambm so usados como formas do nome Abiel. Abel Se tomado como cognato do assrio abalu, o significado campina, e significa fecundidade. Na Tor o significado hebraico "sopro". Abel era o irmo de Caim, filho de Adam e Eva. Abiel, Aviel Do hebraico, significando "Dus meu Pai". Aviel uma variante. Abner De origem hebraica, significa "a vela do pai". Tem a conotao de defensor (do nome do pai) ou luz e esplendor. Na Tor, Abner ben ner foi o tio do Rei Saul e comandante de seu exrcito. Absalom Do hebraico, significa "o pai da paz". Absalom foi o terceiro filho do Rei David. Adam

Na narrativa bblica, Adam o nome do primeiro homem. Diversos significados lhe so atribudos, porm o mais comum "terra". Adam no era usado entre os judeus at recentemente. Akiba, Akiva Famoso erudito e professor do sculo I. De origem hebraica, similar ao nome Jacob, e interpretado como significando "suplantar, preso pelo calcanhar, ou proteger". Alan, Allan, Allen, Allyn Numa pesquisa feita em 1945, Alan era muito popular como primeiro nome, e o mais usado como segundo nome em meninos. A origem exata duvidosa, mas geralmente tirado do celta, significando "harmonia, paz", ou do galico, significando "bonito, de boa aparncia". Alex, Alexandre Alex a forma abreviada de Alexandre, que significa "protetor de homens". Segundo a lenda, quando Alexandre o Grande, da Macednia (356-323 AEC) entrou na Palestina, todos os meninos judeus nascidos naquele ano receberam o nome de Alexandre em sua honra. Alon Do hebraico, significa "carvalho". Ami Do hebraico, significa "meu povo". Amnon Nome popular em israel, significa "fiel". Amnon foi o filho mais velho do Rei David. Amram Pai de Mosh. Extrado do radical hebraico, significa "uma nao poderosa", ao passo que em rabe significa "vive, vida". Ari, Arie Uma forma hebraica de Aryay, que significa "leo", e tem a conotao de fora. Aryeh Do hebraico, e significa "leo" tendo a conotao de fora. Aryeh era um dos oficiais no exrcito de Pekach. O nome Benroy pode ser uma corruptela de Ben (filho de) Aryeh. Asher Do ingls antigo, significando "abenoado, afortunado ou feliz". Asher, o filho de Zilpah, foi um dos doze filhos de Yaacov e lder de uma das tribos. Avi Do hebraico, significando "pai". Abba a forma popular em aramaico. Avigdor Do hebraico, significando "pai protetor". Avital Do hebraico, significando "pai do orvalho". Usado como nome masculino e feminino em Israel. Avner

Uma variante de Abner, que significa "pai da luz". Abner era o primo do Rei Saul e general de seu exrcito. Avraham, Abraham, Abro, Avrum Uma variante de Abram, que a forma abreviada de Abraham. Avraham foi o primeiro judeu. Era chamado de hebreu porque vinha do "outro lado" (eber) do Eufrates. O nome original era Avram, que significa "pai exaltado". Mais tarde foi mudado para Avraham, que significa "pai de uma nao poderosa", ou "pai de uma multido". A letra hebraica "H", que o smbolo para Dus, foi adicionada (tornando Avram em Avraham) por causa da aceitao de um nico Dus por Avraham. B Baruch Do hebraico, significando "abenoado", e tendo a conotao de afortunado, feliz. Na Tor, Baruch era o filho e secretrio do Profeta Yirmyahu. Barzilai Do hebraico, significando "homem de ferro", e tendo a conotao de fora. Ben Do hebraico, significa "filho". Usado ocasionalmente como nome independente, mas com maior freqncia o diminutivo de Benjamim. Ben-Ami Do hebraico, significando "filho de meu povo". Benjamin Do hebraico, significando "filho de minha mo direita", com a conotao de fora. Benjamin era o mais jovem dos doze filhos de Yaacov na Tor. Benzecry Uma corruptela da forma patronmica (referente linhagem), significando "o filho de Zecariah". Ben Zion, Benzi Do hebraico, significando "filho excelente" ou "muito bom". Berger Uma variante de Burgess. Boaz Do hebraico, significando "fora e rapidez". Bisav do Rei David e marido de Ruth. Boris Do eslavo, significando "guerreiro que luta". Brand Do anglo-saxo, significando "corvo" ou "espada", com a conotao de fora ou guerreiro. C Caleb Vrios significados lhe so atribudos: "corao" ou "um co" do hebraico. "Sacerdotal, oficial, um mensageiro", do assrio. "Destemido, bravo" do rabe. Espio enviado a Cana por

Mosh. Chaim, Chai Do hebraico, significando "vida". Entre os judeus, freqentemente dado a algum que esteja gravemente enfermo, na esperana de que lhe seja concedida a continuao da vida. Chanan Graa D Dan Dan foi um dos doze filhos de Yaacov, e o nome de uma das tribos de Israel. Dan derivado do hebraico, significa "ele julgou". Dani Um nome israelense moderno, derivado de Dan; significa "meu juiz". Daniel Do hebraico, significando "Dus meu juiz". Daniel foi uma figura famosa na Tor durante o perodo do exlio babilnico e famoso por ter escapado da toca do leo. Dan e Danny so formas diminutivas populares. David O Rei David foi um personagem querido na histria bblica. Embora o nome fosse comumente usado por muitos sculos depois de seu tempo, no h um rabino sequer no Talmud que se chamasse David. Atualmente, est entre os nomes mais populares para meninos. David vem do hebraico, e significa "amado". Doran Presente Dotan Lei. Lugar em Israel Dov Do hebraico, significando "um urso", e derivado de um radical rabe que significa "caminhar suavemente, a passeio". Dror Liberdade. Pssaro Dvir Lugar Sagrado no Templo E Efraim, Efrem Um dos filhos de Yossef na narrativa bblica. Nome hebraico significando "frutfero". Efrat Do hebraico, significando "honrado, homenageado". Membro da tribo de Efraim. Elad Da Tribo de Efraim Elazar Filho de Aharon na narrativa bblica e um dos nomes bblicos mais usados no Talmud. Eli, Ely Do hebraico, significando "ascender, elevar-se, ofertar", tendo a conotao de altura, grandeza e proeminncia. tambm uma forma abreviada de Elijah ou Elisha. Na Tor, Eli (pronunciado Aylee) era um sumo sacerdote e o ltimo dos Juzes nos dias de Samuel. Eli (pronunciado Eelai) foi tambm o nome de um dos guarda-costas de David. Elias A forma grega de Elijah ou Elisha, Eliezer Do hebraico, significando "meu Dus ajudou". Eliezer aparece muitas vezes na Tor. Um Eliezer foi administrador de Avraham, outro foi um filho de Mosh, e um terceiro, um profeta na poca de Jehoshaphat. Elijah Do hebraico, significando "o Eterno meu Dus". O nome de um dos primeiros e mais famosos dos profetas hebreus, que viveu durante o reinado de Ahab and Jezebel. Elisha Do hebraico, significando "Dus minha salvao". O Profeta Elisha foi aluno e sucessor de Elijah. Enoch Do hebraico, significando "educado ou dedicado". Enoch foi o filho de Caim, nascido depois que este matou Abel. Ephraim Uma grafia alternativa para Efraim. Ezekiel Do hebraico, significando "Dus fortalecer". Um dos profetas bblicos mais conhecidos na poca do final do Primeiro Templo (6 sculo AEC). Ezra, Ezri Do hebraico, significando "ajuda". Ezra foi um lder dos judeus depois da destruio do Primeiro Templo. Os Iemenitas, notrio, jamais do o nome de Ezra a seus filhos. Eles alegam que quando Ezra tirou os judeus da Babilnia, no levou os Iemenitas junto. Ezri mencionado no Livro das Crnicas. G Gabriel Do hebraico, significando "Dus minha fora". Gabriel foi o anjo visto por Daniel em uma viso. Gabe e Gabby so formas abreviadas populares. Gad Do hebraico e rabe, significando "feliz, afortunado" ou "um soldado, um guerreiro". Um dos filhos de Yaacov. Gal Onda

diminutiva. Gamaliel, Gamliel Do hebraico, significando "Dus minha recompensa", e tendo a conotao de bno. Gedalia, Gedaliah, Gedaliahu Do hebraico, significando "Dus grande". Na Tor, Gedaliah foi o governador da Judia, designado por Nabucodonosor. Gidon (Gideon) Guerreiro e Heri Gil Jbilo Gilad Jbilo interminvel. Nome de uma montanha Guy Vale H J Haim, Haym Formas de Chaim, significando "vida". Hanan Do hebraico, significando "graa, gracioso". Haskel, Haskell Provavelmente uma corruptela da forma yidish Ezekiel, significando "fora". Hersch, Hersh Do yidish, significando "um cervo", e tendo a conotao de ligeireza. Hirsch, Hirsh, Herzel, Heschel e Heshel so variantes. Hillel Do hebraico, significando "elogiado ou famoso". Embora o nome aparea como o pai de um juiz judeu, no se tornou popular at ser usado pelo renomado erudito judeu que nasceu na Babilnia cerca de 75 AEC, e que fundou uma notvel academia. Hod Membro da tribo de Asher. Tambm significa "esplendor" I Idan Era, perodo histrico Ilan rvore Isaac Do hebraico, significando "ele rir". Isaac, o segundo dos trs Patriarcas, um dos nomes mais usados no Talmud. Isaiah Do hebraico, significando "Dus salvao", tem a conotao de ajudante. Um dos mais famosos dos profetas hebreus, ele profetizava em Jerusalm, de 740-701 AEC. Isa uma forma Jack, Jackie Formas diminutivas de Jacob. Veja Jacob para uma explicao completa. Jacob Do hebraico, significando "seguro pelo calcanhar, substituto, ou protegido". O terceiro dos trs patriarcas e pai dos doze filhos que foram os fundadores das tribos de Israel. O Livro de Bereshit descreve o encontro de Yaacov com um anjo e como ele recebeu o nome Israel, em complemento a seu nome original. Jacques A forma francesa de Jacob. James A forma inglesa do hebraico Jacob, significando "seguro pelo calcanhar, substituto, ou protegido". Jim, Jimmie, Jimmy e Jamie so formas populares abreviadas. Jeremiah, Jeremias, Jeremy Do hebraico, significando "Dus afrouxar (os vnculos)" ou "Dus elevar". Jeremiah um dos seis profetas hebreus cujo nome mencionado como um nome pessoal no Talmud. Pertenceu a uma famlia de sacerdotes que morava perto de Jerusalm e comeou a profetizar em 625 AEC. Job Do hebraico, significando "odiado e oprimido". Job famoso por sua pacincia e f em Dus. Jochanan, Johanan Do hebraico, significando "Dus generoso, misericordioso." Jochanan era extremamente popular nos tempos talmdicos. Mais de 52 pessoas no Talmud so chamadas Jochanan. Joel Do hebraico, significando "Dus est querendo". Joel foi um dos doze Profetas Menores cujas obras esto includas na Tor. Ishmael Do hebraico, significando "Dus ouvir". Israel O ltimo nome dado a Yaacov, o terceiro dos trs patriarcas. Do hebraico, significando "prncipe de Dus" ou "lutou com Dus", tendo a conotao de lutador ou governante. Issachar Na Tor, Issachar foi o filho de Yaacov e Leah. Foi o lder de uma das doze tribos de Israel. Derivado do hebraico, significa "h uma recompensa". Itai Um dos guerreiros de David. Tambm significa "amigvel" Itamar Do hebraico, significando "ilha de palmeira", com a conotao de "retido, graa". Filho de Aharon

Jonathan Do hebraico, significando "Dus deu", ou "presente de Dus". O primeiro Jonathan na histria foi o filho do Rei Saul, A amizade de Jonathan com David uma das histrias mais comoventes na Tor. Joseph Do hebraico, significando "Ele (Dus) acrescentar ou aumentar". Joseph era o filho de Jacob na Tor. Quase 25% do Livro de Bereshit devotado histria de sua vida. Josh Apelido de Joshua. Joshua Do hebraico, significando "o Senhor minha salvao". Joshua na Tor foi o sucessor de Mosh, e levou os Filhos de Israel at a Terra Prometida. Seu nome original era Hoshea. O prefixo Yah foi acrescentado mais tarde por Mosh. Judah Judah est entre os nomes bblicos mais usados no Talmud. O nome aparece pela primeira vez no Livro de Bereshit, onde Judah o quarto filho de Jacob. derivado do hebraico, e significa "louvor". K Kaufman Do alemo, e significa "um comprador", e tem a conotao de proprietrio, ou propriedade. Kedem Do hebraico, significando "velho, antigo" ou "vindo do leste". Kenneth Do celta e do escocs, significando "gracioso, atraente". L Lavi Do hebraico, significando "um leo". Lazar, Lazarus Formas gregas dos nomes bblicos hebraicos Elazar e Eliezer. Leib, Leibel Nomes yidish de origem germnica, significando "leo". Leo, Leon Leon derivado do grego, significando "leo" ou "da natureza do leo", e tem a conotao de fora. Leo a forma latina. Lev Do hebraico, significando "um corao", ou ento do yidish, significando "um leo". Levi Do hebraico, significando "reunido a", ou "atendente de" com a conotao de devoo, amizade. Levi na Tor era o terceiro dos doze filhos de Yaacov. Sua me era Leah. Os descendentes de Levi eram os sacerdotes e levitas que serviam no Templo de Jerusalm.

Lior Eu tenho luz Lipman Uma corruptela de Liebman, do alemo, significando "amante do homem". Liron Eu tenho jbilo M Maimon, Maimun Do rabe, significando "sorte, boa sorte". A personalidade mais famosa com este nome foi Moses ben Maimon (tambm chamado Maimnides), um filsofo judeu que viveu de 1135 a 1204. Maimun uma variante. Malachai, Malachi Do hebraico, significando "meu mensageiro, ministro, ou meu servo." Malachai foi o ltimo dos profetas hebreus. Seu perodo de atividade mais intensa foi 460-450 AEC). Matatias Do hebraico, significando "presente de Dus". O primeiro Matatias foi um patriota e sacerdote judeu que morreu cerca de 167 AEC. Foi o pai dos cinco famosos irmos hasmoneanos, dos quais o mais famoso Judah, o Macabeu. Mayer Ou do hebraico, com o significado de "aquele que brilha, reluz", ou ento do alemo, com o significado de capataz, fazendeiro". Meir, Meiri Do hebraico, significando "aquele que brilha ou reluz". Menachem, Menahem Do hebraico, significando "aquele que conforta". A forma helenizada de Menachem durante o Perodo Grego era Menelaus. Este foi usado principalmente por judeus das camadas superiores da sociedade, incluindo os Sumos Sacerdotes. No Judasmo italiano, era comum traduzir Menachem em Tranquilus. Durante a Idade Mdia, era costume dar-se o nome de Menachem aos meninos nascidos no 9 dia do ms judaico de Av (um dia de luto nacional pelo Templo). Menasseh, Menashe Do hebraico, significando "faz esquecer". Na Tor, Menasse, ou Manasse, foi o filho mais velho de Yossef. Seu irmo era Efraim. Mendel Deriva do latim, significando "da mente", ou ento uma variante yidish de Menachem. Meyer, Myer Variante da grafia de Meir. Micah Do hebraico, significando "que como Dus". uma variante abreviada de Michael, e tem o mesmo significado.

Michael Do hebraico, significando "que como Dus". Anjo e mensageiro de Dus Micah uma forma abreviada derivada de Michael, que aparece no comeo da Tor, em Bamidbar, como membro da tribo de Asher. Moe, Moise Moe o diminutivo de Moses, e Moise a forma francesa e italiana de Moses. Mordecai, Mordechai Derivado do persa, significa "guerreiro". Primo da Rainha Ester. Moses, Mosh O nome da mais notvel figura bblica, que tirou os Filhos de Israel do Egito, aps sculos de cativeiro. Lder do povo judeu. O nome deriva do hebraico, significando "extrado ou salvo (da gua)", ou do egpcio, significando "filho, criana". N Nadav Doador Naftali, Naphtali Do hebraico, significando "lutar". Na Tor, Naftali foi o sexto filho de Yaacov, o segundo com sua esposa Bilhah. Nathan Do hebraico, significando "ele deu", e sugerindo um presente de Dus. Nathan foi o profeta na Tor durante os sculos 11 e 12 AEC, que pronunciou que a dinastia do Rei David seria perpetuamente estabelecida, mas ao mesmo tempo ele admoestou David por seu tratamento injusto a Uriah, o Hitita. Nathaniel Do hebraico, significando "um presente de Dus". O nome aparece muitas vezes na Tor. Um Nathaniel foi o quarto filho de Jesse, irmo de David. Negev Do hebraico, significando "sul, do sul". Nehemiah Do hebraico, significando "confortado do Senhor". Durante o sc. V AEC, Nehemiah, contemporneo de Ezra na Tor, foi Governador de Judah. Tinha trabalhado anteriormente como copeiro do Rei da Prsia, Artaxerxes I. Nir Campo Nissan Do hebraico, significando "vo" ou "padro, emblema". Nissan o nome do ms hebraico no qual ocorre a festa de Pssach. Nissim Do hebraico, significando "sinais ou milagres". Deriva do mesmo radical hebraico de Nissan. Nitzan

Companheiro Noah Do hebraico, significando "repouso, paz e tranqilidade". Na Tor, Noah foi o personagem principal do episdio do Dilvio. Noam Do hebraico, significando "doura ou amizade". O Omri Rei de Israel Obadiah Do hebraico, significando "servo de Dus". Na Tor, Obadiah foi o quarto dos doze profetas menores. Viveu no 6 sculo AEC. O Livro de Obadiah na Tor consiste de um s captulo. Ofer Cervo Oren Do hebraico, significando "uma rvore (cedro ou pinheiro)." Na Tor, Oren foi um descendente de Yehud. Oz Fora P Paz De ouro Peretz, Perez Do hebraico, significando "irromper". Pssach Do hebraico, significando "passar ou saltar por cima". o nome hebraico usado na Tor para os dias festivos de Pssach, o feriado da liberdade, comemorando o xodo do Egito e o salvamento dos primognitos israelitas durante a ltima das Dez Pragas. Pinchs, Phineas Do egpcio, significando "negro, de pele escura". Na Tor, Pinchs foi um sacerdote, neto de Aharon. Pinchs, Pincus, Pinkas Pinchs e suas variantes so as formas originais de Phineas, encontrado na Tor em hebraico. R Rafael Do hebraico, significando "Dus curou". Rafael foi o arcanjo e mensageiro Divino mencionado nos livros apcrifos de Enoch e Tobit, embora o nome aparea na Tor como um dos Levitas. Ram Altura Ravid

Ornamento Raviv Chuva, orvalho Raz, Razi, Raziel Nomes populares em Israel, derivados do aramaico, e significam "segredo, meu segredo, ou segredo do Senhor." Reuven, Reuben Do hebraico, significando "veja um filho!" Na Tor, Reuven foi o primeiro filho de Yaacov e Leah. Roi Meu pastor Ron, Ronel, Roni, Ronli Formas variantes derivadas do hebraico, significando "jbilo ou cano". S Saadiah, Saadyah Do hebraico, significando, "ajudante de Dus", e tendo a conotao de proteo. Saadiah ben Joseph foi um famoso erudito judeu nascido no Egito, que viveu de 882 a 942. Samson, Sampson, Shimshon Do hebraico, significando "sol". Na Tor, Samson foi um juiz israelita da tribo de Dan. Era famoso por sua fora e coragem, e teve sucesso na luta contra os filisteus, at que foi trado por Delilah. Na literatura, Samson tornou-se um sinnimo para "homem forte". Samuel Famosa figura bblica que viveu durante o sculo 11 AEC. Foi o profeta e juiz em Israel que ungiu Shaul como o primeiro rei. O nome deriva de um radical hebraico, e tem sido interpretado como significando tanto 'Seu nome Dus", como "Dus ouviu", ou "Dus ungiu ou dedicou." Saul Do hebraico, significando "pedido ou emprestado". Na Tor, Saul foi o primeiro rei a reinar sobre Israel (11 sculo AEC). Era o filho de Kish, da tribo de Benjamin. Samuel, o Profeta, ungiu-o rei somente por causa do clamor do populacho, e apesar de seu prprio melhor critrio. Set, Seth Filho de Adam Shalom, Shlomo, Sholom Nomes independentes com um radical comum. Do hebraico, significando "paz". Shlomo o nome hebraico correspondente a Salomo. Shamir Do hebraico, significando "uma substncia muito dura, como pedra", capaz de cortar o metal. H uma referncia a ele no Livro de Ezekiel. Segundo a lenda talmdica, foi criado na vspera do Shabat, ao anoitecer. Shammai Erudito palestino do primeiro sculo e lder que fundou uma

importante escola de pensamento. Do hebraico e aramaico, significando "nome", e tendo a conotao de reputao. Shapir Do aramaico, significando "belo". O sobrenome Shapiro derivado deste nome pessoal. Shai Presente Shalom Paz Shaul (Saul) Primeiro Rei de Israel (veja Saul). Shelomi, Shelomo Formas variantes de Shlomo, que a forma hebraica de Solomon. Shem Do hebraico, significando "nome", e tendo a conotao de "boa reputao". Na Tor, Shem foi o mais velho dos trs filhos de Nach. Sheraga, Shraga, Sheragai, Shragai Estes nomes so formas variantes derivadas do aramaico, e significam "luz". Em yidish, o nome hbrido Shraga-Feivel comumente usado. Shimon A forma hebraica de Simon ou Simeon. Filho de Yaacov Shmuel, Samuel Profeta e Juiz. Significa tambm "Dus ouviu" Shneur Nome yidish, derivado do latim, Senior, que significa "o idoso". Simcha, Simha Do hebraico, significando "jbilo", ou "ocasio feliz". Simeon, Simon Do hebraico, significando "ouvir" ou :ser ouvido". Na Tor, Simeon foi o segundo filho de Yaacov e Leah. Sivan Sivan o nono ms depois do Ano Novo Judaico, correspondendo a maio-junho. No Zodaco, seu signo Gmeos. T Tal Do hebraico, significando "orvalho ou chuva". Tamir Alto Tom Honesto Tomer

rvore Tzevi, Tzvi Do hebraico, significando "um cervo". U Uri, Uriah, Uriel Todos so nomes independentes, mas tm um radical comum do hebraico, significando "luz". Uri significa "minha luz". Uriah e Uriel significam "Dus minha luz". Uriah, o Hitita da Tor, foi um dos guerreiros de David cuja esposa, Bathsheba, mais tarde tornou-se esposa de David. Uriel, segundo uma antiga lenda judaica, era um dos quatro anjos que ministravam na Presena de Dus. Y Yaacov, Yaakov A forma hebraica de Jacob. Filho de Yitschac. Yashar, Yesher Do hebraico, significando "ntegro, honesto". Yesher um nome bblico, o filho de Caleb. Yehoshua (Joshua) Sucedeu Mosh como lder Yehuda, Yehudah Do hebraico, significando "louvor". A forma inglesa exata Judah. Judah foi o quarto filho de Yaacov e Leah, e fundador de uma das doze tribos. Yeshurun Um nome potico usado na Tor para designar a nao hebraica. Yeshurun significa "aquele que ntegro". Yigal Do hebraico, significando "ele redimir". O nome aparece diversas vezes na Tor. Igal uma variante. Yitschac (Isaac) Filho de Avraham. Significa tambm "riso" Yoel O nome hebraico do Profeta Joel, e significa 'Dus est querendo". Yonah (Jonah) Profeta. Significa tambm "pomba" Yonatan (Jonathan) Filho de Saul e amigo de David. Significa tambm "Dus doou" Yossef (Joseph) Filho de Yaacov e Rachel Yair Ele brilhar Yakir Precioso

Yaron Ele cantar Yigal Ele redimir Z Zachariah (Zachary), Zecharia Do hebraico, significando "a memria, ou lembrana do Eterno". Zachariah e Zachary so formas variantes de Zechariah. O mais famoso Zechariah foi o profeta que viveu na primeira metade do 6 sculo AEC, durante o perodo de retorno dos exlios babilnicos. Outro Zechariah foi o Rei de Israel, filho de Jeroboam o Segundo, no sculo 8 AEC. Profeta. Significa tambm "Lembrando Dus" Zamir Cano Zak Forma abreviada de Isaac, ou ento apelido de Zechariah e Zachary. Zebulun, Zevulun Do hebraico, significando "exaltar, honrar", ou "uma casa elevada". Na Tor, Zebulun era o sexto filho de Yaacov e Leah. Zev, Zevi, Zeviel Formas variantes do nome hebraico Tzvee, que significa "um cervo". Zev tambm possui o significado de "lobo". Zeviel significa "gazela do Senhor." Zevulun Grafia hebraica original para Zebulun. Ziv Reluzir Zohar Luz NOMES JUDAICOS FEMININOS A Adela, Adelia, Adele, Adelle Estes nomes, todos populares na Alemanha, significam "de origem nobre". Adena, Adina Do hebraico e do grego, significando "nobre, desejada, adornada". Tambm significa "delicada". Aderet Do hebraico, significando "uma capa, uma veste externa". Afra Do hebraico, significando "uma jovem cora". Ahava, Ahuva Do hebraico, significando "amor, ou amada".

Aliza, Alizah, Alitza, Alitzah Do hebraico, significando "jbilo, ou jubilosa". Amalia, Amaliah Do hebraico, significando "a obra do Senhor", ou "trabalhadeira". Ariel, Ariela, Ariella Do hebraico, significando "leoa de Dus", e tendo a conotao de fora. Ashira Do hebraico, significando "rica". Asisa Do hebraico, significando "suculenta, madura". Ateret Do hebraico, significando "uma coroa ou coberta". Avi Do hebraico, significando "meu pai", ou "meu senhor". Usado tanto como nome masculino como feminino. Aviva, Avivah Do hebraico, significando "primavera", sugerindo juventude, frescor. Ayala, Ayalah, Ayelet Do hebraico, significando "um cervo, uma gazela". Aziza, Azizah. Do hebraico, significando "forte". B Baila, bayle, Beylah Estes nomes so variantes yidish do hebraico Bilhaw (Bilhah) significando "problemtica, fraca, idosa", ou derivados do eslavo, significando "branca". Batsheba, Batsheva Batsheva a moderna forma israelense de Bathsheba, que derivada do hebraico e significa "filha de um juramento". Na Tor, Batsheba foi a esposa do Rei David. Shlomo, Salomo, que mais tarde se tornou rei, foi o segundo filho de David e Batsheba. Batya, Basya Do hebraico, significando "filha de Dus". Na Tor, Bitya (em ingls, Bithia) era a filha do fara que se casou com Mered, membro da tribo de Judah. Bela, Bella, Belle Pode ser uma forma de Isabella, significando "juramento de Dus", ou do hngaro, significando "nobremente brilhante", ou do latim, com o significado de "bela". Belle a forma francesa. Berura, Beruria Do hebraico, significando "pura, limpa". Em aramaico, a mesma palavra significa "devota, boa, honesta". Em assrio, tem o significado de "reluzente". Beruria foi a santa esposa do erudito talmdico Rabi Meir, que viveu no segundo sculo.

Ela a nica mulher mencionada no Talmud que participou de discusses legais. Berura um nome moderno usado em Israel. Bina, Buna Nomes hebraicos, significam "entendimento, inteligncia, sabedoria". Bluma Nome yidish anglicizado, significando "flor", derivado do alemo. C Chana, Chanah Formas hebraicas de Hana ou Hannah. Chaya Do hebraico, significa "vida, viver". Civia Uma forma do nome hebraico Tzivav, significando "cervo" e tendo a conotao de agilidade. D Dalia Do hebraico, significando "um ramo, um arco" ou "extrair gua". Dalice, Dalit Do hebraico, significando "extrair gua" ou "um ramo, um arco". Dania, Danya, Danice, Danit Formas variantes do nome masculino Dan, que derivado do significado hebraico "julgar". Dania e Danya significam "julgamento do Senhor". Daniela, Daniella, Daniele, Danielle Formas femininas do nome masculino Daniel, que derivado do hebraico e significa "Dus meu juiz". Deanna, Deanne Variantes de Diane ou Dina. Debbi, Debby Formas carinhosas de Deborah. Deborah, Debra Do hebraico, significando "um enxame de abelhas", ou :"dizer palavras bondosas". Na Tor, duas personagens encantadoras eram conhecidas por este nome: 1) Deborah, a enfermeira de Rebeca, e 2) A profetisa-juza, esposa de Lapidos, que viveu acerca de 1150 AEC, e liderou a revolta contra o rei canaanita e seu general, Sisera. Sua cano de vitria, conhecida como "Cano de Deborah", um dos poemas mais antigos preservados em hebraico. Deena, Dena, Denna Formas hebraicas variantes da Dinah bblica, significando "julgamento". Dena tambm derivada do anglo-saxo, significando "do vale". Devora, Devorah, Devra Formas hebraicas variantes de Deborah.

Dinah Do hebraico, significando "julgamento". Na Tor, Dinah era filha de Yaacov e Leah. E Eliana, Elianna Do hebraico, significando "Dus respondeu a mim".

Freida, Freide, Frayde Formas alternativas de Frieda e Freda, ou do yidish, e significam "jbilo". Fruma Nome yidish, significa "piedosa ". G

Eliora, Eleora Do hebraico, significando "Dus minha luz". Elisa, Elissa, Eliza, Elize Estas so algumas das muitas formas variantes derivadas de Elizabeth. Elisabeth, Elizabeth Do hebraico, significando "Juramento de Dus", ou "Dus um juramento". A forma hebraica original Elisheva. Na Tor, Elisheva (tambm grafado Elisheba) era a esposa de Aharon, irmo de Mosh. Elisabeth a forma que Elisheva recebeu na traduo grega da Tor. Elisheva Do hebraico, significando Dus meu juramento". Esta a forma hebraica exata do nome Elizabeth. Elza Do hebraico, significando "Dus minha alegria". Emuna, Emunah Do hebraico, significando "fiel". Usado na Idade Mdia, e atualmente em Israel. Ester, Esther Esther e suas diversas formas variantes so de origem persa, e significam "uma estrela". Na Tor, Ester foi o personagem central no livro de Ester. Era prima e filha adotiva de Mordechai, e mais tarde tornou-se a rainha do Rei Ahasuero. Seu nome hebraico era Hadassah, que significa "murta". Essia, Essie, Ettie, Estella e Estelle so algumas das variantes. Ethel Do teutnico, significa "nobre". Eva, Eve Eva a forma alem de Eve, que deriva do hebraico e significa "vida". Na Tor, Eva, mulher de Adam, foi a primeira mulher. Evelyn Pode ser diminutivo de Eve ou, do cltico, significando "agradvel, bom". F Faiga Do anglo-saxo, significa "a bela" ou um nome yidish derivado do alemo, significando "um pssaro". Feigel Nome yidish derivado do alemo, significa "um pssaro". Faiga uma variante.

Gabi, Gavi Forma abreviada de Gabriela. Gabriela, Gabriella, Gabrielle Formas femininas de Gabriel, significando "Dus minha fora", em hebraico. Gina Pode ser a forma abreviada de Regina ou vir do hebraico, com o significado de "jardim". Gita, Gitel Derivado do yidish. Significa "boa". Golda, Goldarina, Goldie, Goldy Do teutnico, significa "de cabelo dourado". H Hadassah Do hebraico, significando "uma rvore de murta", que o smbolo da vitria. Na Tor, Hadassah era o nome hebraico de Ester, prima de Mordechai. Hana, Hannah Do hebraico, significando "graciosa, misericordiosa". Na Tor, Hannah era a me de Samuel, esposa de Elkanah. Antes de tornar-se me, prometeu que se tivesse um filho ela o consagraria ao servio de Dus. Deu ao filho o nome de Samuel, que significa: "Dus ouviu minha splica". Hasia, Hasya Do hebraico, significando "protegida do Senhor". Hava Do hebraico, significando "vida" ou "existir". A forma inglesa de Hava Eve. Haviva Do hebraico, significando "amada". Haya Do hebraico, significando "vida". Variante da grafia de Chaya. Heidi Provavelmente uma variante de Hester e seu diminutivo, Hettie, ambos derivados de Esther. Hinda Do anglo-saxo, significa "gazela, cervo", e tem a conotao de rapidez. I

Iti, Itti Do hebraico, significando "comigo". J Jael Do hebraico, significando "cabra montanhesa" ou "subir", e tem a conotao de alturas. Jaffa, Jafit Do hebraico, significando "bela, graciosa". Jennifer Nome hebraico e latino, significando "porte gracioso". Usado tambm pelo significado gals, "bela". Jessica, Jessie Do hebraico, significando "Graa de Dus" ou, se tirado do mesmo radical que o masculino Jesse, tem o significado de "riqueza". Jochebed, Jocheved Do hebraico, significando "Dus glorioso", ou "a honra de Dus". Na Tor, Jochebed foi a esposa de Amram, e me de Mosh, Aharon e Miriam. Joela, Joella, Joelle Formas femininas de Joel, significando "Dus est querendo", em hebraico. Judith, Judi, Judie, Judy Do hebraico, significando "louvor". Na Tor, Judith era o nome da esposa de Essav. Tornou-se popular, no entanto, por causa da bela herona no livro de Judith (no Apcrifo) que conseguiu decapitar Holofernes, o general assrio. K Kalanit Nome de uma planta em formato de xcara, com flores coloridas, vista no interior de Israel. Keren Do hebraico, significando "chifre (de um animal)". Keret Do hebraico, significando "cidade ou colnia". Keshet Do hebraico, significando "um arco, um arco-ris". L Laila, Laili, Lailie, Laylie Do hebraico, significando "noturno", pertinente noite ou escurido. Lea, Leah Do hebraico, significando "estar fatigado", ou do assrio, com o significado de "proprietria, mandante". Lee a forma abreviada popular. Lia a variante italiana, e Lea a francesa, bem como a forma diminutiva. Na Tor, Leah era filha de Laban e a primeira das esposas de Yaacov.

Leeba Nome yidish, de origem germnica, e significa "amada". Leeba tambm usado em Israel, com origem hebraica significando "corao". Leila Do rabe e hebraico, significando "beleza oriental escura", ou "noite". Entre os persas, Leilah era usado como um nome significando "de cabelos escuros". Laila, Laili, Lailie e Laylie so formas variantes. Lela, Lelia Do teutnico, significando "leal, fiel". Lena, Lennie, Lenora, Lenore Formas de Eleanor. Veja Eleanor para um completa explicao. Lena usado tambm como um moderno nome israelense, derivado do hebraico, e significa "habitar" ou "alojar". Levana, Livana Do hebraico, significando "a lua", ou "branca". Levona, Livona Do hebraico, significando "tempero, incenso", usado durante o sistema de sacrifcios, e assim chamado por causa de sua cor branca. Levana, que significa "branco" em hebraico, deriva do mesmo radical que a palavra significando "tempero". Lia A forma italiana de Leah. Liba Variante da grafia de Leeba. Libbie, Libby Formas diminutivas de Elisabeth. Veja Elisabeth para uma explicao mais completa. Linda Do latim e espanhol, significando "bela" ou do teutnico, com o significado de "donzela gentil ou adorvel". Liora Variante da grafia de Leora, significa "luz", em hebraico. M Malka Do hebraico, significando "uma rainha". Margalis, Margalit, Margalith Nome hebraico derivado do grego, significa "prola". Margaret derivado do mesmo radical. Martha Do aramaico, significa "triste", ou "senhora". Mazal Do hebraico, significando "uma estrela". No sentido popular, tem o significado de "boa sorte". Menora, Menorah

Moderno nome israelense, derivado do hebraico, e significa "um candelabro". Mia Moderno nome israelense derivado de Michaela, significa "Quem igual a Dus?" em hebraico. Miriam Pode vir do hebraico, significando "mar de amargura, tristeza", ou do caldeu, "senhora do mar". Mary o nome mais popular que se desenvolveu a partir de Miriam, que, por sua vez, tem sido a fonte de uma grande variedade de outros nomes. Na Tor, Miriam era a irm de Mosh e Aharon. Mira, Miri, Mirit Formas populares de Miriam, usadas em Israel. Veja Miriam para uma explicao completa. Moriah, Morice, Moriel, Morit Do hebraico, significando "professora". Moriah e Moriel significam "Dus meu professor". N Naama, Naamah Do hebraico, significando "agradvel, bela". Naomi Do hebraico, significando "linda, agradvel". Na Tor, Naomi foi a sogra de Ruth, uma moabita que se converteu ao Judasmo. Naava, Nava, Navit Do hebraico, significando "bela, agradvel". Nechama, Nehama Nome hebraico, significa "conforto". O Odelia Do hebraico, significando "Louvarei a Dus", ou ento do alemo, com o significado de "nobre, rico". Odete uma variante francesa do alemo. Ora, Orah, Orit Do hebraico, significando "luz". Ora tambm tirado do latim, e significa "ouro". Orlice, Orlit Do hebraico, significando "luz". P Penina, Peninit Do hebraico, significando "coral ou prola". Pora, Poria Do hebraico, significando "frutfero".

R Rachel, Rachele, Rahel Do hebraico, significando "uma ovelha", o smbolo da pureza e gentileza. Na Tor, Rachel era a esposa de Yaacov e irm de Leah. Yossef e Benjamin eram os dois filhos de Yaacov com Rachel. Raizel, Rayzel, Razil Formas yidish de Rose ou Rosa. Rayna, Reyna Do yidish, significa "pura, limpa". Rebecca, Rebekah A linda Rebecca na narrativa bblica era a esposa de Yitschac e me de Yaacov e Essav. Rina Uma variante da grafia de Rena, significa "jbilo" em hebraico. Rivka A grafia hebraica de Rebecca. Ruth Nome usado em primeiro lugar pela personagem bblica cuja lealdade sogra, Naomi, conquistou a admirao de todos os povos, e um dos nomes modernos mais populares. derivado do hebraico e do siraco, e significa "amizade". S Samantha Do aramaico, significando: "ouvinte". Samara Do hebraico, significando "um guardio". Sara, Sarah, Sarai, Sarette, Sari, Sarita Sarah, a primeira das matriarcas e esposa de Avraham, derivado do hebraico, e significa "princesa, nobre". Seu nome na Tor era originalmente Sarai, e mais tarde mudou para Sara. Ela e Avraham foram os pais de Yitschac. Sarene, Sarina, Sarine Formas variantes de Sarah. Shaina, Shaine, Shayna, Shayne Do yidish, significa "linda". Sharon Nome de uma variedade de rosas encontrada abundantemente em Israel. O Rei Salomo teceu elogios s Rosas de Sharon no Cntico dos Cnticos (Shir Hashirim) na Tor. Shifra Do hebraico, significando "linda". Shira, Shirah, Shiri Do hebraico, significando "cano". Shoshan, Shoshana, Shoshanah Do hebraico, significando "lrio" ou "rosa". Shoshan tambm

usado como nome masculino em Israel. Shulamit, Shulamith Do hebraico, significando "pacfica". Salom a forma grega. Sima Do aramaico, significando "um tesouro". Simeona, Simona, Simone Formas femininas de Simeon e Simon, com o significado de "ouvir" ou "ser ouvido", em hebraico. Sivia, Sivya Do hebraico, significa "um cervo". Tambm pode ser grafado como Civia e Tzivya. Stella Do latim, significa "estrela". Esther a forma persa de Stella. Susan Do hebraico, significando "uma rosa ou lrio". Muitas formas variantes de Susan desenvolveram-se no decorrer dos sculos, especialmente como diminutivos. Os mais populares so: Sue, Suzie, Suzy, Sukie, Sukey, Susanne, Susette e Suzette. T Taga Do aramaico e rabe, significando "uma coroa". Tal, Talia, Talya Do hebraico, significando "orvalho". Talia e Talya significam "o orvalho do cu", e tambm "um cordeiro" em aramaico. Tamar, Tamarah Do hebraico, significando "uma palmeira", e tendo a conotao de ereta, ntegra, graciosa. Tamara Das ndias Ocidentais, significando "tempero", ou do hebraico, significando "palmeira", equivalente a Tamar. Temima Nome hebraico, significando "ntegra, honesta". Toba, Tobelle, Toby Toby e suas formas so do hebraico, significando "bom", ou Conselhos para uma futura mame

do yidish, com o significado de "pomba". Tova, Tovah Do hebraico, significando "boa". U Urice, Urit Do hebraico, significando "luz". V Varda, Vardice, Vardis, Varddit Do hebraico, significando "uma rosa". Y Yaffa, Yafit Do hebraico, significando "bela". Yehudit, Yudit, Yuta Nome hebraico para Judith. Na Tor, Yehudit aparece somente uma vez, como esposa de Essav. Yona, Yonina, Yonit, Yonita Diversas formas do hebraico, significando "pomba". Z Zila, Zilla, Zili, Zilli Do hebraico, significando "sombra". Zimra Do hebraico, significando "um ramo de frutos escolhidos" ou "cano de louvor". Zipporah, Tsipora Do hebraico, significando pssaro. Na Tor, Zippora era a esposa de Mosh e filha de Yitr. Ziva, Zivit Do hebraico, significando "brilho, esplendor". Zohar Do hebraico, significando "luz, brilho". Usado tambm como nome masculino.

Querida................, Obrigada por escrever. sempre bom receber boas notcias, especialmente boas notcias na famlia. Ento, voc est grvida! Mazal Tov! Estou lisonjeada por ser consultada e por favor, sinta-se vontade para ligar ou escrever a qualquer hora pedindo conselhos. Voc provavelmente no receber nenhum, mas procure-me de qualquer forma. Se eu no tiver conselhos a dar, provavelmente inventarei alguma coisa que seja agradvel. Em ltima instncia, farei voc rir um pouquinho, e todos sabem que rir a melhor coisa para bebs ainda no nascidos. Na verdade, o riso a melhor coisa que conheo para quase tudo. De qualquer forma, todas as bnos para uma gravidez fcil, com muitos momentos de aconchego. Um conselho tenho certeza que posso oferecer: d-se ao luxo de sentir-se cansada. sempre bom ter uma boa desculpa para ir para a cama e agora, finalmente, voc pode fazer isso sem sentir-se culpada. Pode ir para a cama e pensar consigo mesma: "No estou fazendo isso por mim, mas pelo beb." Certo? Certo. Ento, agora que voc est bem acomodada, precisar de boas coisas para ler. (J tentou uma pequena dose diria de salmos? Bastante confortador.) E, cobertores confortveis para as noites frias de inverno. Sugiro um pouco de incenso ou uma daquelas coisinhas que queimam leos perfumados.

claro que nada disso para voc. para aquele que vai nascer. Portanto, no h auto-indulgncia nenhuma. Apenas uma boa preparao para ser me. Certo? Certo. Agora, conselhos prticos: No: Olhe nada que seja feio. Leia sobre coisas desagradveis. E deixe assuntos polticos e sociais pesados para os outros. Sim: Olhe bastante pela janela, especialmente para as nuvens, rvores em flor e flores na primavera, e o sol faiscando sobre a neve recm-cada ou galhos cobertos de neve. Msica: Bastante. Vrias vezes ao dia. E no se esquea de cantar. O canto essencial. Faa isso a qualquer hora, mas tente de verdade. Prece: Algumas pessoas parecem acreditar que isso ajuda. Sou uma delas. Ele, como estou certo que voc sabe, desempenha um importante papel em toda a concepo, gravidez, processo de nascimento (alguns dizem que Ele o terceiro parceiro no evento), portanto, se eu fosse voc, no o ignoraria. Eu soube que Ele gosta de ser lembrado, e que Se lembra daqueles que lembram d'Ele. Alm de algum tempo regular para prece, como foi sugerido por nossos Sbios, recomendo tentar manter-se cnscia da presena de D'us em nossa vida o tempo todo. Voc pode mesmo achar-se tendo algum tipo espontneo de conversao com D'us (mas no diga a ningum que o faz, caso contrrio ser levada para o hospcio). Nestas conversas, permita-se fazer reclamaes, se tiver vontade, ou mesmo lamentar-se. E quando sentir vontade sincera, expresse sua gratido ao Todo Poderoso. Voc pode achar que quando pensa n'Ele, um sorriso brota em seu rosto, ou mesmo uma risada. E, bem, h muitos momentos para se ligar no Sr. Onipresente, se voc deseja estar presente para Ele. De qualquer maneira, estou certa de que voc tem suas prprias maneiras de dialogar com o Divino. Estou apenas tentando lembr-la a fazer isso to freqentemente quanto possvel, formal ou informalmente. Voc pode querer ter alguns objetos sagrados pela casa - mezuzot, caixinhas de tsedac (para caridade), e livros sagrados - para servirem como receptculos a quaisquer bnos desgarradas que flutuem procura de algo para se conectarem. Tambm acredito que aquilo que voc faz com seus olhos durante a gravidez (aquilo que voc olha) comunicado diretamente ao beb que est para nascer; assim tambm os sons e as vibraes de outros. Portanto, fique perto de pessoas que pensem positivamente, e evite qualquer pessoa negativa, ou que a deixe preocupada ou ansiosa. E, siga sempre seu corao quando se tratar do seu bem-estar e do beb. Prometo que tudo vai dar certo. Voc ter meses agradveis e felizes sua frente. O parto ser uma brisa. E seu beb ser saudvel e lindo. Voc e seu marido tero horas maravilhosas esperando por vocs, com todos aqueles sons e movimentos encantadores emergindo. E o carinho mtuo entre voc e seu marido durante estes meses incrivelmente especiais duraro para sempre, e so uma preparao para o que est para chegar. No fique intimidada ou hesitante em pedir a ele tudo que precisa para sentir-se mais feliz ou mais confortvel. No pense que egosta por causa disso. Lembre-se: tudo para o beb. O mais importante sobre ter filhos, pelo que sei, a ausncia de egosmo. Aprender a dar. Aprender que amar dar. Ento, por que no comear com vocs dois? Assim, quando o beb nascer, vocs dois estaro acostumados a ficar em segundo plano, a fim de estar l um para o outro, e para ele ou ela. Aprender a amar e doar-se um ao outro apenas outra maneira de preparar-se para ser pai ou me. Bem, preciso terminar. Espero ter notcias suas. E se no tiver, saiba que estou pensando em voc, rezando por voc, e enviando a voc, seu marido e o beb, montanhas de amor. Tudo de bom. A educao comea no nascimento A psicologia moderna descobriu e demonstrou que um beb comea a absorver impresses duradouras que moldaro sua personalidade e permanecero com ela por toda a vida conceito que o rei Salomo ensinava h mais de 2800 anos. Atravs de geraes, as mes judias faziam seus bebs adormecerem atravs da entoao de canes que exaltavam a beleza da Tor. Antes mesmo que a criana inicie a articulao das slabas de suas primeiras palavras, o processo educacional j comea no nascimento, pois no bero ela j observa e absorve o que se passa ao seu redor. Indo mais longe ainda, mesmo no perodo de gestao, o feto responde a estmulos e mantm ligaes que podem as vezes passar despercebidas como respostas estmulos como rudos, percepo de voz, sentimento de afeto, entre outros. A palavra hebraica Chinuch significa muito mais do que simplesmente educao no sentido de dar criana fatos e nmeros para serem assimilados. Chinuch significa moldar o carter da criana e gui-la, passo a passo, pelos caminhos que a ajudaro a torn-la uma pessoa ntegra e um bom judeu em sua totalidade. A escolha de um nome Quando D'us fez o primeiro homem, Adam, instruiu-o a dar nomes a tudo que Ele criara. Nossos sbios nos dizem que Adam compreendia as origens de todas as criaturas e assim era capaz de designar para cada coisa um nome apropriado correspondente sua fonte no cu. Semelhantemente, segundo a tradio, os pais recebem uma inspirao Divina ao selecionarem nomes para os seus filhos. Deste modo, no importa qual o nome judaico escolhido, certamente ele ser o mais adequado para aquele menino ou menina. Um nome ajuda a estabelecer um elo entre a criana e a herana do seu povo. Geralmente selecionado atravs do vasto tesouro de nomes encontrados na Tor e no Talmud ou em nomes tradicionais judaicos que foram dados a crianas judias no decorrer de geraes. O mero registro de um nome, atribudo semelhana dos nomes comuns do pas onde se reside, junto s autoridades civis para fins de diferenciao no basta, pois no suficiente para dar criana uma identidade judaica. O nome da pessoa est intimamente ligado essncia de sua alma. Se uma pessoa desmaiar, poder ser reanimada se algum sussurrar-lhe ao ouvido seu nome judaico.

Quando dado o nome Um menino recebe seu nome na cerimnia de Brit Mil (circunciso), enquanto que o da menina dado na sinagoga no dia em que lida a Tor. Alguns pais costumam dar nome filha na primeira leitura da Tor, que se segue ao nascimento; outros ainda preferem esperar at o primeiro Shabat. ( costume Chabad d-lo na primeira oportunidade). Durante a leitura da Tor, uma prece especial recitada pela sade da me e da filha, quando ento dado o nome. Em geral, um Lechayim ou Kidush segue-se ao servio. Antes da realizao desta cerimnia, o pai deve conhecer seu prprio nome hebraico, o de seu pai, sua descendncia (Cohen, Levi ou Israel), o nome judaico de sua mulher, da me dela e finalmente o nome hebraico a ser dado ao recm-nascido. Tradies diferentes Entre os judeus ashkenazim costume dar ao filho ou filha o nome de um parente prximo j falecido, cuja vida foi uma inspirao para todos, e cujas qualidades os pais gostariam de ver renascidas e emuladas em sua prpria criana. Os judeus sefaradim, frequentemente do a seus filhos o nome de um av ou de uma av estimados, ou ainda de um outro parente vivo como forma de homenage-lo. Outro costume, amplamente difundido, o de dar criana o nome de uma grande personalidade da Tor, formando assim um elo espiritual entre os dois. Identidade Quando o povo judeu era escravo no Egito, esse pas era o centro do mundo civilizado e havia atingido o que ento era considerado o pice da cultura secular. Embora os judeus permanecessem em cativeiro por mais de duzentos anos, nunca perderam sua identidade como nao. Nossos sbios atribuem este fato trs elementos que os fizeram merecer a liberdade da escravido: a conservao do seu prprio idioma (hebraico), o fato de se vestirem seguindo suas tradies e a conservao de seus nomes judaicos. A fala Assim que a criana comea a falar, inicia-se uma nova fase em sua vida. Versculos da Tor lhe so ensinados, a recitao do "Shem Israel", antes de dormir, "Mod ani", ao acordar, demonstrando desta forma, em cada ato e em cada pequena prece, que existe um Criador que nos cuida e nos envia bnos a cada dia e quer que a gente cumpra Seus mandamentos, as mitsvot, atravs da Tor, Seu Guia de vida. O quarto de um beb no deve ser "ornamentado" somente no aspecto fsico, que engloba dezenas de brinquedos e objetos coloridos. A preocupao de seus pais deve ser de proporcionar uma paz e proteo espiritual atravs da aquisio de livros sagrados entre os quais o Sidur, Chumash e Tehilim. Uma caixinha de Tsedac (caridade) dever ser colocada na prateleira de seu quarto, como um lembrete constante e encorajamento a repartir a sua mesada com os menos favorecidos, no decorrer de cada dia de sua vida. A escola Aprendemos que "a Tor a rvore da vida, para aqueles que se atm a ela". A escola que escolhemos para nossos filhos deve, portanto e antes de tudo, possuir uma apropriada atmosfera de Tor na qual a atuao de seus diretores seja um exemplo vivo, coerente e de total compatibilidade com os ensinamentos da Tor. Igualmente importante a postura demonstrada pelos professores. Eles devem ser indivduos tementes a D'us, cujo comportamento seja exemplar, pois o estudo da Tor completamente diferente de qualquer outro no poder jamais ser encarado como mais uma matria do currculo escolar. Um professor deve ser coerente, se espera que seus alunos pratiquem o que ele ensina. Somente atravs da combinao dos esforos do lar aliados ao da escola poderemos ter certeza de que a criana ser uma fonte de alegrias judaicas para seus pais, a famlia e o povo de Israel. Nossos fiadores Antes de doar a Tor a Israel, D'us pediu fiadores que garantissem seu contnuo estudo e prtica de Seus mandamentos. Primeiramente os ancios foram sugeridos, mas D'us os rejeitou; depois os lderes foram apresentados, mas tambm foram considerados inaptos. A quem D'us finalmente aceitou como fiadores de seu sagrado legado? Foram as crianas pela sua pureza s quais seriam ensinadas e educadas pelos seus pais e professores para se comprometerem com uma vida plena e significativa de Tor. nossa obrigao e responsabilidade fornecer aos nossos filhos uma genuna educao judaica baseada nos ensinamentos da Tor e no comprometimento com as mitsvot. Desta forma permanecero para sempre, fiadoras do legado Divino e de Suas eternas bnos de vida e continuidade judaica. BRIT MIL Brit Mil: trauma ou alegria? (In)Deciso Nenhum outro costume, hbito ou ritual tem atravessado tantas eras e vencido tantas perseguies. A circunciso seja na paz ou na guerra, tem sobrevivido, de Avraham Avinu at os dias de hoje.

Atualmente, no entanto, muitos judeus tm deixado de realizar a mistv de Brit Mil em seus bebs, um dos mais antigos preceitos ordenados por D'us na Tor. Alegam as mais diversas razes para isto, indo desde trauma psicolgico, diminuio da tolerncia dor at a diminuio do desejo sexual. Sem base cientfica, ou fatos que apontem para qualquer uma destas concluses, o resultado tem sido desastroso. Estes mitos e medos transformam-se em desafios onde a nica lgica na deciso a tomar a proteo natural que pais desejam garantir ao futuro e ao bem estar de seus filhos. "Porque eu deveria fazer o brit mil em meu filho? cruel. No posso fazer algo to brbaro que o marcaria psicologicamente para o resto da vida!" "Por que o faria sem dar-lhe o direito de escolha?" "Este procedimento arcaico, fora de moda e arriscado." "No sou religioso e nem acredito nisto. Estaria sendo hipcrita!" Mas porque, antes de tomar qualquer iniciativa ou deciso, no escutam o outro lado da questo? Afinal, deve haver prs, seno, nenhum judeu, e felizmente ainda h muitos, arriscariam a vida emocional de seus filhos submetendo-os ao Brit Mil. Ento, que tal dar uma chance? Do ponto de vista mdico Um estudo no New England Journal of Medicine (1990) registrou uma taxa de complicao por volta de 0,19% quando a circunciso realizada por um mdico. Quando feita por um mohel, a taxa cai para 0,13%, aproximadamente 1 em 1.000. Quando ocorre uma complicao, geralmente trata-se de sangramento excessivo, que facilmente contornvel. Nenhum outro procedimento cirrgico chega a tais ndices de operaes livres de complicaes. Um estudo mostrou que em torno do oitavo dia, os nveis de protombina atingem 110 por cento do normal. Uma razo pela qual h to poucas complicaes envolvendo o sangramento deve-se aos agentes coaguladores mais importantes, a protombina e a vitamina K, quando no atingem os nveis mximos no sangue at o oitavo dia de vida. Os nveis de protombina so normais ao nascer, caem a nveis muito baixos nos dias seguintes, e voltam ao normal no fim da primeira semana. Um estudo demonstrou que por volta do oitavo dia, os nveis de protombina atingem 110% do normal. Nas palavras do Dr. J. Quick, autor de diversas obras sobre controle de hemorragia, "No parece acidental que o ritual da circunciso fosse adiado at o oitavo dia pela Lei Judaica." Alm disso, a circunciso conhecida por oferecer proteo praticamente completa contra o cncer peniano. Segundo um recente artigo no New England Journal of Medicine, nenhum dos mais de 1.600 homens com este tipo de cncer no estudo tinham sido circuncidados na infncia. Nas palavras dos pesquisadores Cochen e McCurdy, a incidncia de cncer peniano nos Estados Unidos "praticamente zero" entre homens circuncidados. Diversos estudos relataram que meninos circuncidados tinham de 10 a 39 vezes menos probabilidade de desenvolver infeces do trato urinrio durante a infncia que meninos no circuncidados. Alm disso, a circunciso protege contra bactrias, fungos e infeces parasitrias, alm de uma srie de outros problemas relacionados com a higiene. A taxa extremamente baixa de cncer cervical em mulheres judias (de 9 a 22 vezes menor que entre mulheres no-judias) atribuda prtica da circunciso. Como resultado de estudos como esses, diversas organizaes mdicas de prestgio reconheceram os benefcios da circunciso, e a Associao Mdica da Califrnia tem endossado a circunciso como uma "efetiva medida de sade pblica." No entanto, no por nenhuma destas razes que realizamos a mitsv de Brit Mil. Uma conexo espiritual A circunciso tem sido praticada em judeus do sexo masculino h quase 4.000 anos, desde que Avraham assim foi ordenado por D'us. A verdade que no h argumento "lgico" para cortar um pedao de carne de um beb indefeso. Em lugar algum a pessoa tem mais potencial para expressar comportamento "brbaro" que no desejo sexual. por isso que o Brit feito neste rgo especfico. Se trouxermos santidade em nossa vida ali, tornaremos fcil a tarefa de trazer santidade em todas as outras partes de nosso ser. O judasmo nos direciona a sermos os verdadeiros donos de nossos impulsos e emoes e a controlar nossos desejos mais primitivos direcionando-os a buscas espirituais. Em termos cabalsticos, o prepcio simboliza uma barreira que impede o crescimento. Quando a Tor fala sobre aproximarmo-nos de D'us, nos conclama a "remover a Orlah, (o invlucro) de seu corao" (Devarim 10:16). Quando Avraham fez sua prpria circunciso aos 99 anos, D'us adicionou a letra "heh" ao seu nome. "Heh" parte do prprio nome de D'us, significando que por meio do Brit Mil, o ser humano acrescenta uma dimenso de espiritualidade ao corpo fsico. Mdico ou mohel? A escolha no to difcil se voc conhecer os argumentos. Os mtodos so diferentes, as circunstncias so diferentes, e os resultados so diferentes. A circunciso feita no hospital, longe da me da criana, realizada com tenazes dolorosas e pode demorar at 15 minutos. Em contraste, o trabalho de um mohel completado em segundos. No hospital, uma prtica cirrgica: luzes, ambiente frio, uma equipe de estranhos "homens de branco" debruados, mos e pezinhos do beb amarrados numa mesa impessoal cirrgica, ao passo que num Brit ele repousa no colo tranquilo de um vov carinhoso, em um ambiente aquecido e familiar. Estas e outras diferenas foram registradas em 1997 pela Associated Press, que relatou serem as "circuncises judaicas mais suaves" que aquelas realizadas em ambientes seculares, e que os "mohels, hbeis praticantes do antigo ritual judaico da circunciso, parecem infligir menos dor nos recm-nascidos que a maioria dos mdicos." Cicatrizes psicolgicas, anestesia, barbarismo e crueldade - tudo isso fala da circunciso ao estilo do hospital. Nas palavras de um mohel da Califrnia, "Se eu tivesse de fazer um brit usando a tcnica hospitalar, no desejaria ser um mohel."

Uma livre escolha? "E quanto livre escolha de nossos filhos, podemos nos impor sobre este direito?" Como pais, nossa obrigao nos impor a nossos filhos. E na verdade, isso que fazemos. Escolhemos seu quarto (antes mesmo de nascerem!) suas roupas, babs e escolas. Os vacinamos pontualmente para que no estejam expostos a riscos e contraiam doenas. O que estamos fazendo? Impomos nossos padres de comportamento! Como pais responsveis nos sentimos no dever de incutir em nossos filhos valores, na esperana de que quando eles crescerem, tambm os adotarem. No deveramos fazer o mesmo com a identidade e valores judaicos? Se o brit o smbolo do Judasmo da pessoa, por que no podemos "imp-lo," com tudo aquilo que representa, ao nosso filho recm-nascido? Algum poderia argumentar: "Mas a circunciso diferente, porque possui carter permanente." Certo, mas as impresses feitas na mente e no corao de uma criana tambm so permanentes. Tudo na verdade que os pais fazem afeta profundamente os filhos. Se para os pais o Judasmo ocupa um significativo espao em suas vidas, ento a responsabilidade de introduzi-lo e torn-lo desde cedo familiar a seus filhos passa a ser fundamental. O Brit apenas o primeiro passo na direo destes valores. Do contrrio, jamais podero reivindicar uma posio judaica no futuro. Fomos o povo instrudo a utilizar nosso corpo e toda a matria existente a fim de elev-los a nveis espirituais. No sabemos at aonde estes nveis so capazes de nos conduzir, mas com certeza, ao conduzir nosso filho em nossos braos e entreg-lo por segundos nas mos hbeis de um mohel pode ser justamente este o nico gesto que garantir nossa identidade mais ntima como judeus e nossa mais profunda e eterna relao com D'us. Brit Mil: Circunciso O que O Brit Mil um preceito positivo da Tor na qual D'us ordena realizar a circunciso de todo menino judeu. um dos rituais mais sagrados e como efetuado sem a conscincia da criana, significa um ato de f acima da lgica, mantido atravs das geraes; sinnimo de uma aliana viva e eterna entre o homem e D'us. O primeiro Brit Mil o sinal especial que tem distinguido o judeu dentre as naes, desde quando o patriarca Avraham circuncidou a si mesmo e a todos os de sua casa, por ordem Divina, na idade de 99 anos. Quando Yishmael, o primeiro filho de Avraham, fez o Brit mil, j possua 13 anos, estava completamente capacitado a compreender este mandamento. Estava orgulhoso de sua deciso em submeter-se racionalmente a um preceito de D'us. Sua aceitao do Brit Mil estava limitada razo. Yitschac, por outro lado, nasceu um ano aps ter sido ordenado a Avraham fazer o Brit e foi circuncidado com apenas oito dias, um beb sem o desenvolvimento intelectual. Lei Judaica Pela Halach, Lei Judaica, um judeu deve circuncidar seu filho no oitavo dia aps o nascimento, quando sua faculdade da razo ainda no est desenvolvida. Isto significa que um judeu est ligado e comprometido com D'us o mais cedo possvel, de um modo absoluto e abrangente, que transcende sua razo e percepo. Shalom Zachor Na primeira sexta-feira aps o nascimento de um filho, feita uma cerimnia conhecida pelo nome de Shalom Zachor, traduzido como boas vindas e agradecimento a D'us pelo nascimento do beb. Recebe na verdade esta designao por ser no Shabat, (tambm conhecido como Shalom, paz), quando nos reunimos para saudar o recm-nascido (Zachor). Costuma-se convidar amigos para celebrar a chegada do novo membro logo aps a refeio de Shabat noite, quando ento servem-se alimentos e bebidas alm do prato essencial desta noite: gro-de-bico, conhecido como arbis ou nahit, que simboliza luto. Por que luto em uma ocasio to festiva? Para lamentar o fato de que ao nascer, a criana esqueceu a Tor que estava aprendendo no tero materno. Este aprendizado inicial da Tor lhe d, mais tarde, a capacidade de adquirir o conhecimento e a sabedoria de D'us, por si mesma. O dia do Brit Mil O Brit executado no oitavo dia subsequente ao nascimento da criana. Por exemplo, se a criana nasceu no domingo (do pr-do-sol de sbado at o pr-do-sol de domingo) o Brit realizado no domingo seguinte. Isto se aplica mesmo quando o oitavo dia cai num Shabat ou em algum Yom Tov (desde que o nascimento tenha sido de parto normal caso tenha sido de cesariana, o Brit adiado para o dia seguinte). A circunciso realizada atravs de um "Mohel", homem temente a D'us, cumpridor dos preceitos judaicos e versado na prtica da circunciso, conforme as leis da Tor. o Mohel que decide se a criana est apta ou no a ser circuncidada. Se decidir que ela no est fisicamente capacitada a se submeter circunciso no tempo prescrito, por estar com ictercia, se encontrar abaixo do peso mnimo exigido (kg) ou algum outro problema, o Brit adiado. Uma vez atrasada a cerimnia, ela no poder ter lugar num Shabat ou em um Yom Tov, mas dever ser realizada na primeira oportunidade. Sempre que praticvel, o Brit deve ser realizado pela manh como sinal de nossa urgncia em cumprir uma mitsv, a vontade de D'us. Nunca deve ser realizado noite. No se costuma convidar as pessoas para o Brit, mas simplesmente inform-las sobre a hora e o local, pois no seria apropriado que elas declinassem de um convite para um evento, no qual Eliyhu, o profeta, estar presente.

O Profeta Eliyhu Na cerimnia de cada Brit Mil o Profeta Eliyhu uma visita ilustre que traz muita honra. H muito tempo, um dos reis de Israel, influenciado por maus conselheiros, aboliu a cerimnia da circunciso. Eliyhu, que vivia naquela poca, clamou ento a D'us relatando que o povo de Israel havia abandonado Sua valiosa aliana. A partir de ento, D'us o instruiu a estar presente e a testemunhar todas as circuncises. Por esta razo uma cadeira especial designada em honra ao Profeta Eliyhu, em cada Brit Mil. O Mohel Embora a Tor aponte o pai para circuncidar seu filho, o Brit geralmente feito por um Mohel, pois a maioria dos pais no est qualificada para executar tal ato. O homem escolhido para fazer o Brit deve ser observante e temente a D'us, e estar adequadamente habilitado e treinado. A circunciso realizada atravs de um cirurgio judeu, mas que no seja um Mohel, adulterar inteiramente o significado do Brit Mil, pois este ato o elo espiritual que liga a criana a D'us. Sandec, Kvater e outras honras Juntamente com o Mohel, o Sandec, a pessoa que segura a criana durante a circunciso, deve ser algum de grande estima da famlia e da comunidade. O dia do Brit Mil visto como uma festa para o Sandec, tal como para o pai e o Mohel. Geralmente, um casal (de noivos ou casados) escolhido para servir de Kvater (aqueles que trazem a criana para o aposento onde o Brit ter lugar). A mulher toma a criana dos braos da me e por sua vez a entrega ao homem que a levar para o aposento. Ele ou ainda outro homem coloca ento a criana sobre a cadeira reservada ao Profeta Eliyhu. A tradio nos diz que ao dar a honra de ser Kvater a um casal ainda sem filhos, confere-se a este uma bno especial para que se torne frtil e tenha seus prprios filhos. Em seguida, o pai coloca o beb no colo do Sandec. Depois que o Mohel executa a circunciso, mais dois homens podem receber honras especiais: um, a de segurar a criana, enquanto o outro recita a bno e a prece especial onde em seguida anunciado a todos o nome judaico da criana. Na refeio que se segue costume acender velas em honra da Simch, porm, nenhuma bno especial recitada. No Bircat Hamazon, Bno de Graas recitada aps uma seudat mitsv, refeio festiva, vrios pedidos so acrescentados para o bem-estar do nen recm circuncidado, por seus pais, o Sandec e o Mohel. Atravs do Brit Mil um menino se identifica como judeu logo no incio de sua vida e permanece, por toda ela, ligado sua Fonte. Dando nome ao beb Pergunta: Minha mulher entrou no stimo ms de gravidez, e comeamos a discutir nomes para nosso beb. Ela deseja algo tradicional, mas eu quero que meu filho seja um indivduo e estou pensando em algo mais extico. O que diz o Judasmo sobre dar nome a um filho? Resposta: Escolher um nome no tarefa fcil. O nome da pessoa no uma mera etiqueta, pois expressa a essncia do portador. As letras que formam seu nome, seu som e seu significado so descries de sua alma. Somente um profeta tem a viso e a perspiccia para saber que nome combina com a alma de seu filho. Voc este profeta. A Cabal ensina que os pais recebem uma profecia temporria para escolher o nome certo para o filho, Este lampejo de perspiccia pode chegar a qualquer hora, mas quando vem, voc sabe que escolheu o nome certo. Um determinado nome comea a aparecer na sua cabea e gradualmente o influencia. uma inspirao Divina, levando-o a dar o nome que realmente pertence ao seu filho. Para uma alma judia, o nome da alma est em hebraico. O hebraico o idioma original, sagrado, o idioma que Dus usou para criar o mundo. Os nomes hebraicos tm significados elevados, tm mltiplas camadas, h tantas pessoas com o mesmo nome mas mesmo assim cada qual nica, dependendo de qual camada de significado sua alma expressa. Ser chamado pelo seu nome hebraico desperta a alma para ser mais manifesta em sua vida diria. Examine os nomes dos grandes personagens da Histria Judaica, ou nomes de avs falecidos. Se algum desses nomes saltar para voc, isso pode indicar que a criana tem uma centelha da alma daquela pessoa, e vai imitar os traos positivos daquela pessoa. A alma tende a continuar na mesma famlia, e uma criana que recebe o nome de um ente querido que se foi continuar a carregar aquela chama. A originalidade no deveria ser um fator decidivo na escolha de um nome. Tentar ser diferente de todo mundo significa basear sua escolha em todo mundo. Isso no pode ser chamado de individualidade. Porm dar ao seu filho um nome hebraico com o qual tanto voc quanto sua mulher concordam, significa dar um nome que verdadeito para a alma nica de seu filho. Lembre-se voc no est apenas dando nome a um beb. Est tambm dando nome a um adolescente, um adulto e um cidado idoso. Os nomes da moda de hoje estaro ultrapassados quando seu beb estiver ganhando os dentinhos. Os nomes hebraicos tm permanecido em voga por 4000 anos. Use sua chance de ser profeta por um dia, e escolha um nome que descreva a alma de seu filho.

Por que fazer a Brit Mil? O brit um smbolo fsico do relacionamento entre Dus e o povo judeu. um lembrete constante daquilo que a misso judaica acarreta (um lembrete de que os homens precisam mais que as mulheres). Vejamos alguns detalhes: Se Dus deseja a circunciso, por que no nascemos circuncidados? Dus criou o mundo imperfeito, e nos deu a misso de aperfeio-lo. Dus criou o trigo, os seres humanos fazem o po. Dus criou a selva, os seres humanos criaram a civilizao. A matria prima nos dada, e devemos usar nossa engenhosidade para melhorar o mundo onde nascemos. Isso simbolizado pelo brit nascemos incircuncidados, e cabe a ns terminar o trabalho. Isso tambm verdadeiro metaforicamente. Todos ns temos instintos e tendncias naturais que so inatos, mas precisam ser refinados. Eu nasci dessa maneira no desculpa o comportamento imoral devemos podar os traos negativos, no importa o quanto sejam inatos. Por que Dus escolheria a circunciso para representar algo sagrado? A espiritualidade judaica torna o mundo fsico sagrado. Nossa maneira de comer, dormir, trabalhar e procriar deve ser imbuda com a mesma santidade com a qual rezamos; nossos lares devem ser to santificados quanto nossas sinagogas. Encontramos Dus na terra assim como (e talvez mais) que nos cus. Portanto colocamos um sinal no rgo mais fsico e potencialmente mais baixo, para dizer que ele pode e deve ser usado de maneira sagrada. Na verdade, na sexualidade que podemos tocar a parte mais profunda da nossa alma, quando a abordamos com santidade. Por que circuncidar um beb? A declarao no seria mais poderosa se fosse feita por um adulto amadurecido? A circunciso realizada quando a criana ainda no tem conscincia do que est acontecendo. Isso porque a conexo judaica com Dus intrnseca se nossas mentes acreditam ou no em Dus, se nossos coraes amam ou no a Dus, nossas almas conhecem a Dus. Ns podemos entrar no pacto com Dus mesmo sem estarmos cnscios dEle, porque subconscientemente ns j O conhecemos. Por que especificamente no oitavo dia? O nmero sete representa a natureza sete dias da semana, sete cores do arco-ris, sete notas musicais; o nmero oito o nmero que sobrepuja sete, e assim representa o miraculoso, que est alm da natureza. Fazemos o brit no oitavo dia porque o povo judeu sobrevive de milagres. Nossa histria desafia as leis da natureza. Recepcionamos um novo menino judeu a esta miraculosa existncia no oitavo dia de sua vida, como para expressar: Espere milagres! PIDYON BECHOR Pidyon Haben: a mitsv de redimir o primognito A Tor menciona que todo primognito sagrado para D'us. Esta mitsv mencionada trs vezes na Tor. O que Cada judeu (exceto cohen ou levi) deve redimir seu filho primognito nascido (de parto natural, sem aborto anterior) de me judia (no filha de cohen ou levi) no 31 dia de vida, com cinco shecalim (moedas de prata equivalentes a 101 g de prata pura). Esta quantia de resgate deve ser entregue, em prata, ao cohen durante a cerimnia. Se o 31 dia coincidir com Shabat ou Yom Tov, (que probe transaes comerciais) deve ser adiada para o dia seguinte. Origem Os primognitos foram inicialmente escolhidos por D'us para exercerem os deveres do sacerdcio (kehun) em virtude de terem sido poupados quando o Criador matou os primognitos egpcios. Entretanto, quando os primognitos judeus executaram os rituais sacerdotais diante do bezerro de ouro, esse chamado sagrado foi transferido para os cohanim. A fim de libert-los legalmente dessa obrigao original, eles devem ser resgatados com cinco moedas de prata (shecalim), pagos a um cohen. O procedimento deste resgate no se aplica a um primognito cujo pai um cohen ou levi, ou a me filha de cohen e levi. Procedimento costume cumprir esta mitsv luz do dia; entretanto a festa que se segue pode se estender at a noite. Prepara-se uma refeio (que deve conter po e carne), em honra ao resgate do primognito. Esta refeio considerada seudat (refeio de) mitsv. A cerimnia do pidyon realizada aps a bno sobre o po antes de servir a refeio. Se, por alguma razo, o primognito no foi resgatado no tempo prescrito, isto deve ser feito na primeira oportunidade, mesmo sendo o menino j adulto. (Neste caso, ele prprio deve resgatar-se perante um cohen.) O pai deve escolher um Cohen observante e bem versado na Lei Judaica para redimir seu filho na frente do qual apresenta o filho primognito e as cinco moedas de prata as bnos especficas. Bnos do resgate O pai da criana declara: Ishti hayisreelit yaled li ben z habechor. "Minha esposa israelita deu luz para mim este filho primognito." O cohen pergunta: Bemai ba'it tef, bevinch vechorcha, o becha-mish sela'im dimchayvta liten, befidyon binch bechorcha z?

"O que preferes ter - teu filho primognito ou as cinco moedas de prata que deves [me] dar pelo resgate de teu filho primognito?" O pai responde: Be'in bivni vechori z, vehelach chamish sela'-im befidyon dimchayvna bh. "Prefiro este meu filho primognito e eis as cinco moedas de prata exigidas de mim pelo resgate." Ao entregar ao cohen a quantia do resgate, o pai recita as seguintes bnos: Baruch At A-do-nai, E-lo-h-nu Mlech haolam, asher kideshnu bemitsvotav, vetsivnu al pidyon haben. "Bendito s Tu, A-do-nai, nosso D'us, Rei do Universo, que nos santificou com Seus mandamentos, e nos ordenou sobre o resgate do filho." Baruch At A-do-nai, E-lo-h-nu Mlech haolam, shehecheynu vekiyemnu vehiguinu lizman haz. "Bendito s Tu, A-do-nai, nosso D'us, Rei do Universo, que nos deu vida, nos manteve e nos fez chegar at a presente poca." Com um clice de vinho na mo (contendo no mnimo 86 ml), o cohen recita a bno sobre o vinho imediatamente aps o resgate, bebendo-o em seguida: Baruch At A-do-nai, E-lo-h-nu Mlech haolam bor peri hagfen. "Bendito s Tu, A-do-nai, nosso D'us, Rei do Universo, que cria o fruto da vinha." Na concluso da refeio recita-se o Bircat Hamazon, Bno de Graas. Resgate do primognito (adulto) O pidyon haben no deve ser adiado. Porm, um primognito cujo pai no o redimiu deve resgatar a si prprio, to logo seja p