CLIPPING FAPEAM - 26.09.2013

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Clipping de notcias selecionadas com assuntos sobre CT&I no Estado do Amazonas.

Transcript

  • Veculo: Site Correio da Amaznia Editoria: Pag:Assunto: Turismo Comunitrio no Amazonas tema de livroCita a FAPEAM: Release da assessoria

    Release de outra instituio

    Matria articulada pela assessoria

    Iniciativa do prprio veculo de comunicao

    Contedo:- Positivo

    - Negativo

    Pesquisa financiada pela FAPEAM Publicado no site da FAPEAM:

    Programa: Data: 26/09/2013

    Turismo Comunitrio no Amazonas tema de livroPublicado em Quarta, 25 Setembro 2013 09:33

    Turismo Comunitrio da AmazniaTurismo Comunitrio da Amaznia

    Analisar as experincias de Turismo de Base Comunitria (TBC) existentes na regio metropolitana de Manaus e procurar entender a relao do desenvolvimento do turismo local por meio dos aspectos sociais, econmicos e ambientais, foi um dos fatores que levaram a Mestre em Cincias Cristiane Barroncas Maciel Costa Novo a desenvolver um estudo com essa temtica. A autora buscou sugerir mecanismos que colaborem para a implementao de politicas pblicas em torno do TBC como modelo alternativo de crescimento na regio.

    Aps a concluso do trabalho, a pesquisa transformou-se no livro intitulado Turismo Comunitrio na Amaznia. A publicao contou com o apoio financeiro da Fundao de Amparo Pesquisa do Estado do Amazonas (FAPEAM), por meio do Programa de Apoio a Publicaes Cientficas (Biblos). Alm da pesquisa, a participao da pesquisadora nos eventos 1 e 2 workshops de Turismo de Base Comunitria: protagonismo das populaes tradicionais e povos indgenas tambm contriburam para a formao do livro.

    Sobre os workshops, Barroncas explica que esses eventos propiciaram encontros entre pesquisadores renomados, representantes de populaes tradicionais e povos indgenas, que partilharam experincias concernentes as suas respectivas comunidades. Aos discentes foi proveitoso, pois, alm de participarem de discusses tericas, puderam ouvir relatos de comunidades que apresentaram seus projetos, na perspectiva do turismo como mais uma alternativa para o desenvolvimento econmico e social da regio amaznica, disse.

    Sim

    No

    Sim No

  • O livro compe-se de trs partes: a primeira, com reflexes terico-metodolgicas, permeada da prxis de pesquisadores que tem atuado na rea; a segunda, com alguns relatos de experincias das populaes tradicionais e povos indgenas e, a terceira, destinada apresentao de instituies governamentais e do terceiro setor que atuam como agentes e/ou parceiros das comunidades em atividades envolvendo o turismo.

    Com o propsito de socializar e compartilhar os resultados do estudo terico-metodolgico no mbito do turismo comunitrio, o livro ir compartilhar experincias a fim de suscitar o interesse de jovens pesquisadores por um novo campo de atuao e de promoo desse tipo de empreendedorismo realizado pelas populaes tradicionais e povos indgenas.

    O lanamento do livro est previsto para o ms de novembro durante o 3 Encontro de Turismo Comunitrio na Amaznia, evento organizado pelo grupo de pesquisa Desenvolvimento Socioambiental e Turismo na Amaznia, da Escola Superior de Artes e Turismo, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA).Barroncas foi bolsista da Fundao e considerou todo o apoio e ateno recebidos pela FAPEAM, durante o mestrado em So Paulo, como satisfatrio.

    Sobre a autora

    Cristiane Barroncas Maciel Costa Novo graduada em Administrao pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam) e em Turismo pelo Centro Integrado de Ensino Superior do Amazonas (Ciesa). Tem MBA em Turismo: Planejamento, Gesto e Marketing pela Universidade Catlica de Braslia, e especialista em Turismo e Gesto Territorial pela Ufam. Mestre em Cincias (Geografia Humana) pela Universidade de So Paulo (USP). facilitadora na rea de gesto de processos participativos. Atualmente, Barroncas professora da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) lotada na Escola Superior de Artes e Turismo (ESAT).

    Sobre o Biblos

    Consiste em apoiar a publicao de livros, manuais, nmero especial (temtico) de revistas e coletneas cientficas nos seguintes suportes: papel, mdia eletrnica e digital no Estado do Amazonas.

    See more at: http://www.correiodaamazonia.com.br/index.php/amazonas-cultura/5967-turismo-comunit%C3%A1rio-no-amazonas-%C3%A9-tema-de-livro#sthash.ZPUNSGoD.dpuf

    http://www.correiodaamazonia.com.br/index.php/amazonas-cultura/5967-turismo-comunit%C3%A1rio-no-amazonas-%C3%A9-tema-de-livro

  • Veculo: Site Rede Amaznica Editoria: Pag:Assunto: Fucapi abre inscries para cursos profissionalizantes gratuitos em ManausCita a FAPEAM: Release da assessoria

    Release de outra instituio

    Matria articulada pela assessoria

    Iniciativa do prprio veculo de comunicao

    Contedo:- Positivo

    - Negativo

    Pesquisa financiada pela FAPEAM Publicado no site da FAPEAM:

    Programa: Data: 26/09/2013

    Fucapi abre inscries para cursos profissionalizantes gratuitos em ManausAo todo so 1,8 mil vagas. Os recursos para a realizao dos cursos foram subsidiados pelo governo federalFapeamFucapi (Foto: Fapeam)

    Manaus A Fundao Centro de Anlise, Pesquisa e Inovao (Fucapi) deu incio na segunda-feira (23), as inscries para cursos profissionalizantes gratuitos para trabalhadores que estejam desempregados e sejam cadastrados no Sistema Nacional de Emprego de Manaus (Sine/Manaus). Os interessados devem se matricular na Fucapi, que fica na Avenida Danilo Matos Areosa, no Distrito Industrial.

    Ao todo so 1,8 mil vagas. Os recursos para a realizao dos cursos foram subsidiados pelo governo federal atravs do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT). Das 1,8 mil vagas, 1,5 mil so para atender as demandas do Polo Industrial de Manaus (PIM).

    Cursos para formados no ensino mdio:

    Os cursos so para tcnico em informtica, tcnico em gesto e logstica, profissional de serigrafia, profissional em metrologia, desenhista projetista eletrnico, profissional soldador 1 e 2, tcnico em gesto de qualidade, tcnico de televiso e profissional almoxarife. Os interessados devem ter concludo o Ensino Mdio para fazer essas aulas, que tm carga horria de 200 horas e sero ministradas das 13h s 18h.

    Sim

    No

    Sim No

  • Petroleo e Gs Fundamental Completo

    As outras 300 vagas so voltadas para o Polo de Petrleo e Gs com cursos de profissional armador, profissional carpinteiro, profissional pedreiro, profissional encanador, profissional pintor predial, profissional eletricista predial e profissional soldador ponteador. Neste caso, os candidatos devem ter Ensino Fundamental completo.

    As aulas sero pela manh e a carga horria tambm de 200 horas. Quem tiver alguma dvida pode entrar em contato com a coordenao do curso atravs dos nmeros 2127-3070 e 9111-2930.

    See more at: http://www.redeamazonica.com.br/amazonasfm/educacao-2/fucapi-abre-inscricoes-para-cursos-profissionalizantes-gratuitos-em-manaus/#sthash.68VMlzr2.dpuf

    http://www.redeamazonica.com.br/amazonasfm/educacao-2/fucapi-abre-inscricoes-para-cursos-profissionalizantes-gratuitos-em-manaus/

  • Veculo: Site G1.Globo Editoria: Pag:Assunto: Gel de glicose ajuda a proteger prematuros de danos no crebroCita a FAPEAM: Release da assessoria

    Release de outra instituio

    Matria articulada pela assessoria

    Iniciativa do prprio veculo de comunicao

    Contedo:- Positivo

    - Negativo

    Pesquisa financiada pela FAPEAM Publicado no site da FAPEAM:

    Programa: Data: 26/09/2013

    Gel de glicose ajuda a proteger prematuros de danos no crebroUm em cada dez bebs que nascem antes do tempo apresentam baixo nvel de acar no sangue, o que pode causar danos permanentes.

    Uma dose de acar em forma de gel quando esfregada na parte de dentro da bochecha pode ser uma forma barata e eficaz de proteger bebs prematuros de desenvolver danos no crebro, dizem especialistas.

    Um em cada dez bebs nascidos antes do tempo afetado por um nvel baixo de acar no sangue, o que, se no for tratado, pode causar leses permanentes.

    Pesquisadores da Nova Zelndia testaram a terapia que usa gel de glicose em 242 bebs que estavam sob seus cuidados e, com base nos resultados, sugeriram que a medida fosse adotada como tratamento de primeira linha. O estudo foi divulgado na revista cientfica "The Lancet" desta quarta-feira (25).

    HipoglicemiaO tratamento com gel de glicose custa um pouco mais de R$ 3,50 por beb, e mais fcil de administrar que a glicose dada por terapia intravenosa, disseram Jane Harding e sua equipe da Universidade de Auckland.

    O tratamento tpico atual envolve alimentao suplementar e exames de sangue regulares para medir os nveis de acar.

    Sim

    No

    Sim No

  • Mas muitos bebs acabam em Unidades de Tratamento Intensivo (UTI) e passam a receber glicose intravenosa quando os nveis de acar no sangue permanecem baixos condio que os mdicos chamam de hipoglicemia.

    O estudo procurou avaliar se o tratamento com acar em gel pode ser mais eficaz que a alimentao suplementar em reverter a hipoglicemia.

    Custo-benefcioNeil Marlow, do Instituto de Sade da Mulher da University College de Londres, disse que, embora o gel de glicose tenha cado em desuso, esses resultados sugerem que ele pode ser "ressuscitado" como um tratamento.

    "Agora temos boas evidncias de que o gel tem seu valor", disse Marlow.

    Para Andy Cole, diretor-executivo da Bliss, instituio de caridade para bebs prematuros, "essa uma pesquisa muito interessante, e estamos sempre abertos a tudo o que possa ajudar no tratamento de bebs nascidos prematuros o