Coletanea de Textos - 2º Ano

  • View
    1.696

  • Download
    17

Embed Size (px)

DESCRIPTION

TEXTOS PARA LEITURA E INTERPRETAO.

Transcript

  • O patinho feio

    Num bosque, perto de um lago, uma pata fez seu ninho.

    O patinho que nasceu por ltimo era feio e passou a ser

    maltratado pela me, pelos irmozinhos e pelos outros

    patos. Um dia, no suportando mais, o patinho feio foi embora.

    Ele viveu, ento, muitas aventuras e passou por outros

    sofrimentos. Finalmente, se viu num magnfico jardim. A

    encontrou trs belos cisnes e descobriu que ele era, na verdade,

    um cisne, um lindo cisne.

    http://www.contandohistoria.com/o_patinho_feio.htm

    Compreenso oral

    1. Onde nasceu o patinho feio?

    2. O que aconteceu com o patinho feio?

    3. O que ele encontrou?

    4. Se voc fosse o patinho feio o que faria?

    Irmo prtico

    Estamos com muito medo!

    O lobo passou por aqui e nossas casinhas caram.

    Tera-feira mudaremos para sua casa.

    At logo!

    Heitor e Ccero

    14/02/2015

    Compreenso oral.

    1. Quem eram os irmos prticos?

    2. De quem eram as casinhas que caram?

  • O mutiro da limpeza

    O leo papelo convocou uma reunio. Todos

    foram chegando: o gavio pimento, o pavo lilico,

    o leito bolo, o macaco limo e a rzinha bilinha.

    - por favor, faam silncio. O momento de ateno.

    Vocs viram como nossa floresta esta suja? Todos

    tragam gua, sabo, vassoura e pano de cho.

    - isso mesmo. Ningum respeita nada. Jogam tudo na mata.

    O gavio pimento e o leito bolo pegaram um escovo e

    comearam a lavar os portes e as janelas das casas.

    A rzinha, o pavo e o macaco limo foram catar os papis e

    as latas velhas. A floresta foi ficando linda! Tudo limpinho e

    brilhando. O leo papelo agora o capito. Se a sujeira comea

    a aparecer, convoca mutiro, com a vassoura na mo.

    http://chc.cienciahoje.uol.com.br/mutirao-de-limpeza/

    Compreenso oral.

    1. Qual o ttulo desse texto?

    2. Qual dos animais convocou todos os bichos para uma reunio?

    3. Essa reunio era pra discutir o que?

    4. Como ficou a floresta depois da limpeza?

    5. Se voc estivesse l, ajudaria? Por qu?

    6. Voc acha que s a floresta que deve ser limpa?

    Por qu?

    8. O que significa a palavra MUTIRO

  • Borboletas multicores

    Venham participar do arrasta p no jardim das margaridas na primeira noite de lua cheia na hora em que a coruja comear a cantar.

    A msica correr por conta do rouxinol azul. Vocs vo adorar.

    Dona lel, a joaninha que dana bal.

    Compreenso oral.

    1. O que aconteceu no jardim das margaridas?

    2. Qual o ttulo do texto?

    Raiozinho de sol

    Um raiozinho fugiu do sol e ficou escondido.

    Ele queria ver o que acontecia na floresta, quando

    acabava o dia Dentro da noite, o raiozinho parecia um sol.

    Por isso os passarinhos no foram para os ninhos, as abelhas zumbiam

    sobre as flores e as formigas carregavam alimentos

    - Eles diziam cansados:

    - Que dia comprido! No tem fim!

    Quando amanheceu de verdade, as aves dormiam fora dos ninhos, as

    abelha fora da colmeia e as formigas no caminho do formigueiro.

    O raiozinho viu que sua curiosidade havia atrapalhado a vida da

    floresta, no deixando os bichos descansarem.

    Arrependido, voltou para o seu pai sol.

    Isa R. De Azevedo Sousa. Pequenos contos para gente pequena. N 2. So paulo. Editora do

    Brasil

  • Compreenso oral

    1. Qual o ttulo desse texto?

    2. Que tipo de texto esse que voc leu?

    3. O Que aconteceu com os bichos quando amanheceu de verdade?

    4. O que fez a curiosidade de raiozinho?

    O pica-pau

    O que mais sinto falta do tempo em que morava na fazenda do barulho do pica-pau: Toque, toque, toque. L estava o pica-pau batendo o bico no tronco das rvores. Ele estava sempre procura do alimento que mais apreciava: larvas de insetos escondidos na madeira.

    Ah! Que saudade do toque, toque, toque do pica-pau.

    Compreenso oral.

    1. Quem faz barulho na fazenda?

    2. O que faz o pica pau com as rvores?

    3. O que o pica pau procura nas rvores?

    A bota do bode O bode viu uma bota. O bode colocou a bota numa pata. E ficou Muito gozado! Uma bota numa pata e trs patas sem botas! O bode deu a pata para o rato. E o rato sumiu na bota. O rato deu a bota para o galo. E o galo no andou com a bota! O galo deu a bota para o gato. O gato falou: - a bota uma boa casa! - uma casa? falou o galo. Veio a gata e falou: - uma casa para os nossos filhotes! Mary Frana e Eliardo Fran

  • Chico cochicho

    Esta a chcara do Chico cochicho

    Onde voc vai poder achar

    Muita planta, gente e bicho.

    Mas na chcara do Chico cochicho

    Voc nunca vai achar

    (no adianta procurar...)

    Estas coisas que eu vou falar:

    Menino choro, Poeira no cho,

    Chicote na mo, Chefe ou patro,

    Chave no porto.

    Ou chuva de algodo.

    http://www.earj.com.br/setor-brasileiro/Apres_Port_27fev

    Compreenso oral.

    1. De quem a chcara?

    2. O que encontramos na chcara?

    3. E o que no encontraremos nessa chcara?

    A foca

    Quer ver a foca ficar feliz?

    por uma bola no seu nariz.

    Quer ver a foca bater palminha?

    dar a ela uma sardinha.

    Quer ver a foca fazer uma briga?

    espetar ela bem na barriga

  • 1. Quais as palavras que rimam nesse texto?

    2. Quantas frases tem esse texto?

    3. Quantas palavras h em cada frase?

    Diferentes tipos de famlia

    Famlia uma confuso, porm seu significado,

    de paixo e de grande corao. O amor de famlia

    de verdade puro, e contm solidariedade.

    Muitas vezes a famlia muito engraada,

    Acabamos falando sem querer, um tanto de piada.

    Minha famlia no aquela sorridente da tv

    Somos a famlia engraada, cabea pra baixo, doidona que s

    quem est de perto e a gente consegue ver. Coraes feios ou

    partidos, sendo de famlias permanecem unidos.

    http://www.escolakids.com/familia-e-escola.htm

    1. Qual o significado de famlia nesse texto?

    2. E o amor de famlia como ?

    3. Como sua famlia?

    4. Quantas pessoas fazem parte de sua famlia?

    5. Quem o mais velho? E o mais novo?

    Navio

    O navio j vai longe.

    J partiu para o alto mar.

    Em barquinhos e jangada.

    Pescadores vo pescar.

  • 1. Quem vai pescar? 2. Voc gostaria de andar de navio? Por qu?

    3. O que faz um pescador?

    Bicicleta esperta Menino rico ou pobre, plebeu ou nobre, A sua origem no importa nem como ele se comporta. O desejo est ali, sempre presente. Deixa qualquer um contente. Pedalar, pedalar, pedalar... Em cima de duas rodas circularem em modernas ciclovias, h passeios todos os dias, radicalize magrela! 1. Qual o ttulo do texto?

    2. Voc gosta de andar de bicicleta? Por qu?

    Floquinha

    Era uma floquinha de neve que vivia no alto de

    uma montanha gelada. Um dia, se apaixonou pelo

    sol. E passou a flertar descaradamente com ele:

    Mas a nevinha no queria nem saber e continuava a olhar para o sol, que com seus raios a queimava de paixo. Ela nem percebia, o quanto se derretia e ficou ali um bom tempo, s se derretendo, se derretendo.

    Quando viu, era uma gotinha, uma pequena lgrima de amor descendo, com nobreza e delicadeza, a montanha. L embaixo um rio esperava por ela.

    Dila frate. Histrias para acordar. So paulo: Companhia das letrinhas, 1996

    1. Qual o ttulo desse texto? 2. Onde vivia floquinha? 3. Por quem floquinha se

    apaixonou?

  • Alegria

    Bom est com voc, brincar com voc deixar

    correr solto o que a gente quiser. Qualquer faz

    de conta a gente apronta bom ser moleque

    enquanto puder.

    super humano boneco de pano, menino

    ou menina que sabe o que quer. Em tudo que

    livre super incrvel tem cheiro de bala capim ou chul.

    Doce, doce, doce, a vida um doce e vida mel, escorre da boca feito doce pedao do cu.

    1. O que faz voc alegre?

    2. Pra voc o que alegria

    O urso e as abelhas

    Um urso topou em uma rvore cada que servia de depsito de mel para um enxame de abelhas.

    Ele comeou a farejar o tronco quando uma

    das abelhas voltou do campo de trevos.

    Adivinhando o que o urso queria, deu uma picada

    daqueles nele e depois desapareceu no buraco do tronco. O urso ficou louco de raiva e se ps a arranhar o tronco na esperana de destruir a colmeia.

    A nica coisa que conseguiu foi fazer o enxame inteiro sair atrs dele. O urso fugiu a toda velocidade e s se salvou porque mergulhou de cabea num lago.

    (jahn, helosa. Fbulas de esopo. 8. Ed. So paulo: companhia das letrinhas, 1999, p.24.)

  • Compreenso oral

    1 O que servia de depsito de mel para as abelhas?

    2 De onde voltou as abelhas?

    3 O que significa farejar?

    4 Por que o urso ficou louco de raiva da abelha?

    5 Qual a esperana do urso ao arranhar o tronco da rvore?

    6 O que significa ter esperana?

    7 Ao arranhar o tronco da rvore o que o urso conseguiu?