DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - ?· APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - As demonstrações…

Embed Size (px)

Text of DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - ?· APRESENTAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS - As...

  • DEMONSTRAES CONTBEIS PRODEPA 2015 .

    DEMONSTRAES CONTBEIS PRODEPA 2015

    .

    NOTAS EXPLICATIVAS S DEMONSTRAES CONTBEISCONTEXTO OPERACIONAL-A Empresa de Tecnologia da Informao e Comunicao do Estado do Par - PRODEPA uma empresa pblica dotada de personalidade jurdica de direito privado, na forma da Lei Estadual N. 5.460/88 que a transformou de Autarquia para Empresa Pblica. A PRODEPA tem por finalidade, planejar, programar, assessorar e executar as atividades relacionadas prestao de servios de tecnologia da informao e comunicao, prioritariamente para a administrao pblica Estadual. APRESENTAO DAS DEMONSTRAES CONTBEIS - As demonstraes contbeis da EMPRESA PRODEPA foram elaboradas e esto sendo apresentadas de acordo com as prticas contbeis adotadas no Brasil, incluindo as alteraes promovidas pelas Leis ns 11.638/07 e 11.941/09 e a norma NBC T Normas Brasileiras de Contabilidades. As demonstraes contbeis esto expressas em Reais (R$), salvo se indicado o contrrio. APLICAO DOS CPCS - A aplicao dos CPCs tem se dado nas elaboraes das demonstraes contbeis para o exerccio findo em 31 de dezembro de 2015, sendo as demonstraes anuais apresentadas em conformidade com as Normas Brasileiras de Contabilidades em todos os aspectos. PRINCIPAIS PRTICAS CONTBEIS - As Principais Prticas Contbeis descritas a seguir foram aplicadas de maneira de maneira consistentes a todos os

    DEMONSTRAO DA MUTAO DO PATRIMNIO LQUIDO Capital Social Integralizado

    Reservas de Lucros Reservas de Reavaliaes

    Lucros e Prejuizos Acumulados Total do Patrimnio Lquido

    Reservas de Incentivos Fiscais Terrenos/Edificaes

    Saldos em 31/12/2014 29.081.412,99 - 5.369.846,64 (11.482.832,25) 22.968.427,38

    AJUSTES DE EXERCCIOS ANTERIORES - 1.536.462,20 - 193.561,79 1.730.023,99

    CONSTITUIO DE RES. INCENTIVOS FISCAIS 1.877.860,05 1.877.860,05

    LUCRO LQUIDO DO PERODO - - - 1.251.083,74 1.251.083,74 Saldo Em 31/12/2015 29.081.412,99 3.414.322,25 5.369.846,64 (10.038.186,72) 27.827.395,16

    PARECER DO CONSELHO FISCAL SOBRE AS DEMONSTRAES FINANCEIRAS - O Conselho Fiscal da PRODEPA PROCESSAMENTO DE DADOS DO ESTADO DO PAR, no exerccio de suas funes legais e estatutrias, em reunio realizada nesta data, procedeu a anlise das Demonstraes Financeiras, compreendendo: Balano Patrimonial, Demonstrao de Resultados do Exerccio, Demonstrao das Mutaes do Patrimnio Lquido e Demonstrao do Fluxo de Caixa relativo ao exerccio social encerrado em 31 de Dezembro de 2015, e tendo por base as Notas Explicativas e o Parecer da Auditria Independente entende que os referidos documentos representam adequadamente a posio patrimonial e econmico-financeira da PRODEPA, aprovando-as por unanimidade, estando desta forma em condies de serem submetidos apreciao da Assembleia Geral Ordinria. Belm(PA), 04 de Maro de 2016 . ROBERTO PAULO AMORAS Presidente, JOS CLAUDIO CARNEIRO ALVES e NILO EMANOEL RENDEIRO DE NORONHA Membros

    BALANO PATRIMONIAL 2015 2014

    P A S S I V O 52.335.983,82 46.861.090,18

    CIRCULANTE 8.930.288,68 9.005.789,81

    Fornecedores 1.871.490,94 2.151.833,61 Obrigaes Trabalhistas 420.425,56 524.006,75

    Impostos e Contribuies a Recolher 206.953,59 118.940,94

    Impostos e Encargos Parcelados a Pagar 1.080.000,00 383.780,35

    Adiantamento de Clientes 144.943,39 143.953,24

    Provises para Frias e Encargos Sociais 1.350.000,00 2.838.090,80

    Convnios e Termos de Coop.Tecnicas 3.757.645,92

    -

    Outras Obrigaes 98.829,28 2.845.184,12

    NO-CIRCULANTE 15.578.299,98 14.886.872,99

    Impostos e Encargos Parcelados a Pagar 11.832.081,63 12.628.745,44

    Proviso Para Contigncia 3.746.218,35 2.258.127,55

    PATRIMONIO LIQUIDO 27.827.395,16 22.968.427,38

    CAPITAL SOCIAL 29.081.412,99 29.081.412,99

    Capital Social 29.081.412,99 29.081.412,99

    RESERVAS 8.784.168,89 5.369.846,64

    Reserva de Capital -

    -

    Reservas de Incentivos Fiscais 3.414.322,25

    -

    Reservas de Reavaliao 5.369.846,64 5.369.846,64

    Reservas Contigenciais - -

    LUCROS OU PREJUIZOS ACUMULADOS (10.038.186,72) (11.482.832,25)

    RELATRIO DO AUDITOR INDEPENDENTE SOBRE AS DEMONSTRAES CONTBEISAos Senhores Administradores da, PRODEPA PROCESSAMENTO DE DADOS DO ESTADO DO PAR 1. Examinamos as demonstraes contbeis da empresa, PRODEPA PROCESSAMENTO DE DADOS DO ESTADO DO PAR, que compreendem o balano patrimonial em 31 de dezembro de 2015 e a respectiva demonstrao do resultado de exerccio, para o exerccio findo naquela data. Responsabilidade da administrao sobre as demonstraes contbeis - 2. A administrao da sociedade responsvel pela elaborao e adequada apresentao das demonstraes contbeis de acordo com as prticas contbeis adotadas no Brasil, assim como pelos controles internos que ela determinou como necessrios para permitir a elaborao dessas demonstraes contbeis livres de distoro relevante, independentemente se causada por fraude ou erro.Responsabilidade dos auditores independentes 3. Nossa responsabilidade a de expressar uma opinio sobre essas demonstraes contbeis com base em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas normas requerem o cumprimento de exigncias ticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e executada com o objetivo de obter segurana razovel de que as demonstraes contbeis esto livres de distoro relevante. 4. Uma auditoria envolve a execuo de procedimentos selecionados para obteno de evidncia a respeito dos valores e divulgaes apresentados nas demonstraes contbeis. Os procedimentos selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliao dos riscos de distoro relevante nas demonstraes contbeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa avaliao de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaborao e adequada apresentao das demonstraes contbeis da Empresa para planejar os procedimentos de auditoria que so apropriados nas circunstncias, mas no para fins de expressar uma opinio sobre a eficcia desses controles internos da Empresa. Uma auditoria inclui, tambm, a avaliao da adequao das prticas contbeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contbeis feitas pela administrao, bem como a avaliao da apresentao das demonstraes contbeis tomadas em conjunto. 5. Acreditamos que a evidncia de auditoria obtida suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinio. Opinio sobre as demonstraes contbeis - 6. Em nossa opinio, as demonstraes contbeis acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posio patrimonial e financeira da empresa PRODEPA PROCESSAMENTO DE DADOS DO ESTADO DO PAR em 31 de dezembro de 2014, o desempenho de suas operaes e os seus fluxos de caixa para o exerccio findo naquela data, de acordo com as prticas contbeis adotadas no Brasil. Belm, 30 de Janeiro de 2015.Tadeu Manoel Rodrigues de Arajo-Contador CRC/PA002671/O-3-Auditor Independente

    RELATRIO DE ADMINISTRAO- A PRODEPA em 2015 deu seguimento aos projetos de ampliao e fortalecimento da Rede Estadual de Telecomunicao de alta capacidade, por meio de fibra ptica, aos municpios do Estado do Par, possibilitando acesso a alta tecnologia por rgos pblicos e incluso social ao cidado paraense.A grande Rede de Telecomunicao mantida com a colaborao de 181 parceiros entre rgos pblicos, prefeituras e entidades privadas. Entre os principais destacam-se: Prefeituras Municipais, CELPA, ELETRONORTE, UFPA, TJE-PA, BANPARA, SECTET, SEDUC, SEFA, entre outros. A METROBEL, Rede Metropolitana em fibra ptica de Belm, j alcana cerca de 200 km de extenso, considerando backbone e redes de acesso s instituies. A celebrao dessas parcerias foi relevante para os desafios enfrentados nos processos de manuteno e implantao de novas infovias e cidades digitais no Estado, abrangendo 1.400 unidades estaduais, federais e municipais conectadas nos 67 municpios, disponibilizando assim para o usurio acesso aos sistemas do Governo, com maior agilidade nos processos e procedimentos da gesto estadual, melhoria na qualidade da prestao dos servios, acelerao dos atendimentos, reduo dos custos gerais de operao e de funcionamento. Merece destaque a parceria entre Prodepa, Telebrs, Ministrio das comunicaes e Ministrio do Planejamento com o projeto Xingu Conectado que delibera sobre as condicionantes do Consrcio Belo Monte, onde foi aprovado recursos para a construo de mais 216 km de fibra ptica na regio do Xingu, a ser executado em 2016. Sero contemplados os municpios de Altamira, Vitria do Xingu, Brasil Novo, Medicilndia, Uruar, Placas, Pacaj e Anapu. A regio do Maraj recebeu recursos do Governo, tendo sido implantada a infovia Barcarena-Ponta de Pedras, interligando a regio inicialmente atravs de rdios de alta capacidade, que em 2016, atravs da parceria com a CELPA, ser feita em fibra ptica. Novas verses de sistemas foram disponibilizados para os rgos Estaduais proporcionando celeridade aos processos, reduo de custos e economia de espao fsico, assegurando tambm a funcionalidade nos processos