Dissertação André Galvão - 1 universidade catÓlica de pernambuco prÓ-reitoria acadÊmica coordenaÇÃo

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Dissertação André Galvão - 1 universidade catÓlica de pernambuco prÓ-reitoria acadÊmica...

1

1

UNIVERSIDADE CATLICA DE PERNAMBUCO PR-REITORIA ACADMICA

COORDENAO GERAL DE PS-GRADUAO PROGRAMA DE MESTRADO EM DIREITO

ANDR GALVO VASCONCELOS DE ALMEIDA

(RE)ESTABILIZAO DE EXPECTATIVAS NORMATIVAS: observaes sobre o precedente judicial

luz da teoria dos sistemas de Niklas Luhmann

Recife 2014

2

2

ANDR GALVO VASCONCELOS DE ALMEIDA

(RE)ESTABILIZAO DE EXPECTATIVAS NORMATIVAS: observaes sobre o precedente judicial

luz da teoria dos sistemas de Niklas Luhmann

Dissertao apresentada ao programa de Mestrado da Universidade Catlica de Pernambuco (UNICAP) como requisito parcial para obteno do grau de Mestre em Direito. Linha de pesquisa: Processo e Dogmtica. Orientador: Prof. Dr. Joo Paulo Fernandes de Souza Allain Teixeira

Recife 2014

3

3

ANDR GALVO VASCONCELOS DE ALMEIDA

(RE)ESTABILIZAO DE EXPECTATIVAS NORMATIVAS: observaes sobre o precedente judicial luz da teoria dos sistemas de

Niklas Lhumann.

Dissertao apresentada ao programa de Mestrado da Universidade Catlica de Pernambuco (UNICAP) como requisito parcial para obteno do grau de Mestre em Direito. Linha de pesquisa: Processo e Dogmtica. Orientador: Prof. Dr. Joo Paulo Fernandes de Souza Allain Teixeira

Dissertao defendida e aprovada em 22 de Maio de 2014 pela banca examinadora constituda pelos Professores:

______________________________________ Dr. Joo Paulo Fernandes de Souza Allain Teixeira

(UNICAP/UFPE)

_____________________________________________ Lcio Grassi de Gouveia

(UNICAP)

_____________________________________________ Artur Stamford da Silva

(UFPE)

4

4

Para Daniela, uma altrusta nata que sempre me estimulou a ingressar na vida acadmica e dividiu comigo as agruras desse caminho to difcil de percorrer. Sozinho e fora do seu contexto, eu nada seria e a lugar nenhum iria.

5

5

AGRADECIMENTOS

Agradeo a minha famlia que me deu foras para chegar a este momento to

importante em minha vida, em especial, a meus pais. Fora vital. Apoio incondicional.

Garantiram-me a retaguarda para eu pudesse seguir meu caminho. Seus exemplos de tica e

de solidariedade iro comigo para alm da vida.

Agradeo especialmente a Daniela Moser, uma companheira para todas as horas e

minha principal interlocutora, que esteve presente desde a primeira fagulha de pensamento at

a ltima palavra deste trabalho.

Meus agradecimentos Universidade Catlica de Pernambuco. Do mais singelo

funcionrio ao Coordenador do Curso, pois, de uma forma ou de outra, todos foram

importantes durante minha trajetria.

Fao um agradecimento especial tambm ao professor Joo Paulo Allain Teixeira, pela

disponibilidade e dedicao nas orientaes que deram origem a este trabalho. Qualquer aluno

do professor Joo Paulo descobre que ensinar no apenas uma simples transmisso de

informaes; fazer parte de um processo comunicativo que busque uma contnua construo

e desconstruo de ideias e pensamentos; ter a conscincia de que no existe monoplio do

conhecimento e de que a pedagogia apenas exercida plenamente quando se transforma em

instrumento de emancipao intelectual, porque o pensamento ltimo sempre o penltimo e

o que nos sobra apenas a capacidade de nos desenvolvermos e darmos continuidade a esse

processo.

Agradeo tambm ao brilhante e sempre generoso professor Artur Stamford da Silva,

pela acolhida no centro de pesquisa Moinho Jurdico da UFPE e pela oportunidade de fazer

parte do seu grupo de estudos sobre a obra de Niklas Luhmann. A convivncia com o

professor Artur e com os demais colegas do grupo foi imprescindvel para a minha

compreenso do pensamento luhmanniano.

Um agradecimento especial ao professor Lcio Grassi de Gouveia, pela confiana e

estmulo depositado no meu desenvolvimento acadmico. A disciplina por ele comandada no

PPGD da Unicap, Sistemtica e Hermenutica Processual, nos prova que no h mais como

6

6

pensar em dogmtica jurdica sem uma vinculao inarredvel ao estudo da teoria do direito.

A todos os professores que compem o corpo docente do Programa de Ps-Graduao

em Direito da Universidade Catlica de Pernambuco, pelo exemplo de profissionalismo e pelo

comprometimento com o ensino jurdico.

Sou grato, ainda, a todos os juristas citados no presente trabalho. Sem suas obras, o

caminho trilhado para a consecuo desta pesquisa seria impossvel.

Por fim, agradeo a meus colegas turma, em especial queles de primeira hora, to

importantes nos momentos mais difceis desta caminhada.

Andr Galvo de Almeida

7

7

Quanto futuro ser necessrio para que se possa viver sensatamente no presente, isso

constitui uma varivel essencialmente evolutiva, e a reside o ponto onde as mudanas nas

necessidades sociais invadem o direito (Niklas Luhmann1 ).

1LUHMANN, Niklas. Sociologia do Direito. Vol. II. Traduo Gustavo Bayer. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1985. p. 166.

8

8

RESUMO Como reao hipercomplexidade que tomou conta da sociedade (ps)moderna acntrica (ou melhor, policntrica), as palavras do legislador passaram a ter carter cada vez mais vago e impreciso, dando margem de liberdade ao juiz na realizao do direito. Essas tcnicas legislativas representam verdadeiros poros/aberturas do sistema jurdico na busca por uma maior dinamicidade e adaptabilidade realidade social. Transfere-se o dogma da segurana jurdica estrita cerrada nos cdigos, para a ideia de justia construda no mbito processual. Embora importante, essa abertura pode provocar o efeito colateral de produzir decises cada vez mais dspares, aumentando a possibilidade de que casos iguais tenham tratamento diferente, gerando imprevisibilidade, desconfiana e, sobretudo, violao ao princpio da igualdade. Alm disso, com a interiorizao das contingncias sociais em alto nvel, o sistema jurdico torna-se potencialmente mais complexo e vem apresentando dificuldades em sua capacidade de reduo de complexidade, generalizao congruente de expectativas normativas e, consequentemente, produo de comunicao (jurdica) diferenciada. Assim, luz da teoria dos sistemas de Niklas Luhmann, busca-se demostrar a importncia dos precedentes judiciais no sistema jurdico brasileiro, de modo que passariam a figurar como instrumentos de fortalecimento do direito como meio de comunicao simbolicamente generalizado aptos a promover a reestabilizao das expectativas normativas, restaurando a confiana e a unidade do sistema jurdico e, representando, ao mesmo tempo, estabilidade e dinamicidade, consistncia jurdica e adequao social. Palavras-chave: Teoria dos Sistemas de Niklas Luhmann. (Re)estabilizao de expectativas normativas. Precedentes judiciais. Consistncia jurdica e adequao social.

9

9

ABSTRACT

As a reaction to the hyper complexity that gripped acentric (or rather, polycentric) (post) modern society, the words of the legislator began to have character increasingly vague and imprecise, giving leeway to the judge in carrying out the law. These legislative techniques represent true pores/openings of the legal system in the search for greater dynamism and adaptability to social reality. Transfer the dogma of strict tight legal security codes, to the idea of "justice" built in the process context. While important, this opening may cause "side effect" of producing disparate decisions, raising the possibility that similar cases have different treatment, generating unpredictability, mistrust and especially violation of the principle of equality. Moreover, with the internalization of social contingencies at a high level, the legal system becomes potentially more complex and is having difficulties in their ability to complexity reduction, consistent generalization of normative expectations and, consequently, differentiated production of communication (legal). In the light of the theory of Niklas Luhmann, we seek to demonstrate the importance of judicial precedents in the Brazilian legal system, which would appear as able to promote (re) stabilization of normative expectations symbolically generalized media, restoring confidence and the legal system unit, representing at the same time, stability and dynamics, legal consistency and social adequacy. Keywords: Niklas Luhmann's Systems theory. Normative expectations (re) stabilization. Judicial precedents. Dynamic stability. Legal consistency and social adequacy.

10

10

ABSTRACTO Como reaccin a gran complexidad que se apoder de la sociedad (post) moderna acntrica (o ms bien, policntrico), las palabras del legislador comenz a tener carcter cada vez ms vaga e imprecisa, dando margen para que el juez en el ejercicio de la ley. Estas tcnicas legislativas representan verdaderos poros/aberturas del sistema legal en la bsqueda de un mayor dinamismo y capacidad de adaptacin a la realidad social. Transferir el dogma de cdigos estrictos de seguridad legales ajustados a la idea de la "justicia", construida en el contexto procesal. Aunque importante, esta apertura puede causar "efectos secundarios" de producir decisiones cada vez ms dispares, que plantea la posibilidad de que los casos similares tienen un tratamiento diferente, generando imprevisibilidad, la desconfianza y en especial la violacin del principio de igualdad. Adems, con la internalizacin de las contingenci