Divis££o Celular e V£­ O Ciclo Celular Int£©rfase G1 (Gap1 ): vida ¢â‚¬“normal¢â‚¬â€Œ da c£©lula G2 (Gap 2):

  • View
    3

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of Divis££o Celular e V£­ O Ciclo Celular Int£©rfase G1 (Gap1 ): vida...

  • Divisão Celular e Vírus

  • DNA na Intérfase

    DNA menos condensado (forma de cromatina)

    Carioteca

    Eucromatina: DNA desespiralizado –

    ATIVO!

    Nucléolo: região de produção

    de RNA ribossomal

    Heterocromatina:

    DNA espiralizado –

    INATIVO!

    heterocromatina eucromatina

    transcrição

    RNA

  • Na Divisão Celular

    DNA mais condensado

    (forma de cromossomo)

    DNA INATIVO

    Centrômero

    Cromátides

    DNA durante a divisão celular

    Em cada célula

    humana existem

    46 moléculas de

    DNA

    (cromossomos)

    Nesta

    micrografia,

    eles estão

    duplicados.

  • Cromossomos simples x duplicados

    Simples: 1 cromátide (1 molécula

    de DNA). São encontrados durante

    a fase G1 da intérfase;

    Duplicados: 2 cromátides-irmãs.

    São encontrados durante a fase S

    e G2 da intérfase e durante a

    divisão celular.

  • Cromossomos

    Constricções cromossômicas

    • Primárias  Centrômero

    • Secundárias  regiões de heterocromatina condensadas

  • Cromossomos

    Posição do centrômero determina tipos de cromossomos  cariotipagem!

    • Metacêntrico

    • Submetacêntrico

    • Acrocêntrico

    • Telocêntrico

  • Cromossomos - Cariograma e Idiograma

    Detecção de anomalias

    cromossômicas: Síndrome de

    Turner, de Klinefelter, de Down, de

    Edwards, de Patau, superfêmea e

    supermacho são as mais comuns!

    Interrupção da divisão celular na

    metáfase – colchicina!

  • Centrômero e cinetocoro

    Cinetocoro: Complexo de várias proteínas motoras situados na parte externa

    do centrômero de cada cromátide

  • Cromossomos e genes

  • HAPLOIDE

    (n)

    Analisando o DNA de 1 célula que por

    Ex: tenha 4 cromossomos

    Se forem todos diferentes

    (em relação aos genes)

    Se forem aos pares

    (cromossomos homólogos)

    DIPLOIDE

    (2n)

    Gene

    A

    B E

    D

    C J

    I

    H

    G

    F

    B

    A

    B

    A

    D

    C C

    d

    Célula humana é 2n = 46 ou seja

    possui 23 tipos diferentes

    Haploidia x Diploidia

  • Analisando o DNA de uma célula n = 2

    Se for haplóide terá 2

    cromossomos não

    homólogos

    Se for diplóide terá 4

    cromossomos (2 pares de

    cromossomos homólogos)

    Gene

    A B

    Fase S

    A A

    B B

    Fase S

    A A

    B B

    a a

    b b

    Gene

    A B

    Gene

    a b

    Haploidia x Diploidia

  • O Ciclo Celular

    Intérfase

    G1 (Gap1 ): vida

    “normal” da célula

    G2 (Gap 2):

    preparação para a

    divisão celular

    S (Synthesis):

    síntese de novo

    DNA e duplicação

    de centríolos

    Divisão Celular

    (M): mitose ou meiose

    G0 = céls nervosas

    e musculares!!

  • CÂNCER

    CONTROLE DO CICLO

    CELULAR:

    Pontos de checagem

    g1 e g2 – ciclina;

    Ponto de checagem M;

    Genes reguladores:

    protooncogenes e

    genes supressores de

    tumor;

    CÉLULAS CANCERÍGENAS

    São indiferenciadas

    Número anormal de

    cromossomos

    Empilham-se sobre a outras

    Dividem-se incontroladamente

  • Telômeros

    • Sequências repetitivas de DNA ao final do cromossomo, com função de proteção do mesmo  impede a degradação dos genes por DNAses;

    • A cada replicação o telômero é encurtado Ponto crítico;

    • SenescênciaIncapacidade de replicação

    Senescência replicativa;

    • Pode causar danos no DNA  apoptose

    Telos = final; meros = parte.

  • Telômeros e Envelhecimento

    • Relógio molecular

    • Ovelha Dolly – artrite e doença pulmonar aos 6 anos de

    idade

    • Comprimento dos telômeros – genético!

    • Síndromes de envelhecimento acelerado – alterações

    teloméricas!

    Como estou velha!!!

  • Telomerase • Formada por proteínas e RNA  atua como

    Transcriptase reversa!

    • Presente em células-tronco,

    germinativas e tecidos

    renováveis!

  • DIVISÃO CELULAR

    MEIOSE MITOSE

    Crescimento do

    organismo

    Regeneração dos

    tecidos

    Renovação celular

    Reprodução:

    cissiparidade ou

    formação de gametas

    em vegetais

    EQUACIONAL!!

    REDUCIONAL!!

    Divisão ligada à mecanismos de

    REPRODUÇÃO

    Formação de gametos e esporos

    óvulo

    sptz

  • Mitose: 1 célula

    produz 2

    idênticas entre

    si e com o

    mesmo núm de

    cromossomos

    da célula-mãe.

    Meiose: 1 célula

    produz 4

    diferentes entre si

    e com a metade

    do núm de

    cromossomos que

    a célula original.

    Dividida em

    Meiose I e

    Meiose II

  • Condensação

    do DNA

    Alinhamento

    no meio da

    célula

    Separação

    das

    cromátides

    Duas células

    filhas iguais

    à original

    Mitose (divisão equacional)

    Cromossomo

    2 cromátides

    unidas pelo

    centrômero

  • Intérfase – S

     Duplicação do DNA

     Duplicação dos centríolos

  • Fases da Mitose - Prófase

     Condensação dos cromossomos

     Formação do fuso acromático

     Regressão do núcleo

  • Fases da Mitose - Prometáfase

     Desaparecimento da carioteca

     Ligação dos cromossomos ao fuso

  • Fases da Mitose - Metáfase

     Placa Metafásica

    Alinhamento de cromossomos!

  • Fases da Mitose - Anáfase

     Separação de cromátides irmãs!

  • Fases da Mitose - Telófase  Retorno às condições da Intérfase:

    cromossomos desespiralizam e a

    carioteca se reorganiza;

     Citocinese

  • CITOCINESE

    (separação das células)

    Célula Animal Célula Vegetal

    Centrípeta

    Centrífuga

    Placa de pectina

    (forma a lamela

    média)

  • O Ciclo Celular

    G1 G2 M novo

    G1

    S

    Intérfase

  • Meiose (R!) (divisão reducional)

    1 célula 2n

    4 células n

    Ex: óvulos e sptz

  • Fases da Meiose I – Prófase I

    Célula 2n = 4

    1 - Início da

    espiralização

    do DNA

    2 - Pareamento

    dos homólogos

    SINAPSE

    3 - Visualização

    da Tétrade

    4 – Visualização

    do crossing-over

    pelo quiasma

    5 – Final da

    prófase

  • Fases da Meiose I

    METÁFASE I Cromossomos homólogos

    pareados no meio da célula

    ANÁFASE I

    separação dos

    homólogos

  • Fases da Meiose II (parecida com a mitose)

    TELÓFASE I e

    METÁFASE II Cromossomos

    alinhados no meio

    da célula

    ANÁFASE II separação das

    cromátides

    TELÓFASE II

  • O Ciclo Celular

    G1 G2 M I

    novo

    G1

    S

    Intérfase M II

  • Importância da Meiose

    1. Redução do número de cromossomos da célula

    Manutenção da ploidia após a fecundação

    2. Recombinação Gênica (pelo crossing e pela separação aleatória dos cromossomos)

    Geração de variabilidade genética

  • Mitose x Meiose

    Fases/Tipo

    de divisão

    Mitose Meiose I Meiose II

    Metáfase Alinhamento

    dos

    cromossomos

    (célula 2n) –

    placa metafásica

    simples

    Pareamento dos

    cromossomos

    homólogos (célula

    2n) – placa

    metafásica dupla

    Alinhamento dos

    cromossomos (célula n) –

    placa metafásica simples

    Anáfase Separação das

    cromátides-

    irmãs

    Separação de

    cromossomos

    homólogos

    Separação de cromátides-

    irmãs

  • VÍRUS (descobertos em 1935)

    Gripe

    AIDS

  • Estrutura dos Vírus

    Capsídeo (Ptns`s virais)

    Contem Ácido

    Nuclêico

    (RNA OU DNA)

    Bacteri