Click here to load reader

DOUTRINAS BÍBLICAS DOUTRINAS BÍBLICAS HOMEM Marcus Aurelius Lopes Domiciano junho/2010

  • View
    144

  • Download
    8

Embed Size (px)

Text of DOUTRINAS BÍBLICAS DOUTRINAS BÍBLICAS HOMEM Marcus Aurelius Lopes Domiciano junho/2010

  • Slide 1
  • DOUTRINAS BBLICAS DOUTRINAS BBLICAS HOMEM Marcus Aurelius Lopes Domiciano junho/2010
  • Slide 2
  • ? Que o homem
  • Slide 3
  • Sou mesmo o que os outros dizem de mim? Ou apenas sou o que sei de mim mesmo? Inquieto, saudoso, doente, Como um passarinho na gaiola, sempre lutando por ar, como se me sufocassem, Faminto de cores, de flores, s vezes de pssaros. () Quem sou eu? A prpria pergunta nesta solido, De mim parece pretender zombar. Quem quer que sempre eu seja, Tu me conheces, oh, meu Deus, SOU TEU. Dietrich Bonhoeffer
  • Slide 4
  • HOMEM HOMEM estado original 1
  • Slide 5
  • o homem foi criado por Deus A.
  • Slide 6
  • o homem foi criado por Deus Ele formou o homem do p da terra Ele formou o homem do p da terra A.
  • Slide 7
  • o homem foi criado por Deus Ele formou o homem do p da terra Ele formou o homem do p da terra Inspirou-lhe nas narinas um sopro de vida Inspirou-lhe nas narinas um sopro de vida A.
  • Slide 8
  • o homem foi criado por Deus Ele formou o homem do p da terra Ele formou o homem do p da terra Inspirou-lhe nas narinas um sopro de vida Inspirou-lhe nas narinas um sopro de vida O homem passou a ser alma vivente O homem passou a ser alma vivente (Gn 2:7 e 1 Cor 15:45) (Gn 2:7 e 1 Cor 15:45) A.
  • Slide 9
  • 7 diferenas entre Deus e os homens
  • Slide 10
  • Criao X Evoluo
  • Slide 11
  • Realidade final viso materialista: a realidade final a material impessoal. Deus no existe. viso crist: a realidade final um Deus infinito, pessoal, amoroso. Criao X Evoluo
  • Slide 12
  • Universo Viso materialista: o universo foi criado mediante eventos casuais, sem um propsito final. Viso crist: o universo foi criado amorosamente por Deus com um propsito especfico. Criao X Evoluo
  • Slide 13
  • Homem Viso materialista: o homem produto do tempo impessoal, mais acaso e mais matria. Viso crist: o homem foi criado por Deus Sua imagem e amado por Ele. Em vista disso, todos os homens so dotados de valor e dignidade eternos. Criao X Evoluo
  • Slide 14
  • Moralidade Viso materialista: a moralidade definida pelo indivduo, de acordo com seus pontos de vista e interesse. Viso crist: a moralidade definida por Deus e imutvel por ser baseada inerentemente no carter imutvel de Deus. Criao X Evoluo
  • Slide 15
  • Ps-vida Viso materialista: o ps-vida traz a aniquilao eterna (extino pessoal) para todos. Viso crist: o ps-vida envolve seja a vida eterna com Deus (imortalidade pessoal) ou a separao eterna dEle. Criao X Evoluo
  • Slide 16
  • o homem foi criado a imagem de Deus B.
  • Slide 17
  • o homem foi criado a imagem de Deus B. C. o pacto de Deus com o homem
  • Slide 18
  • o homem: corpo, alma e esprito D.
  • Slide 19
  • (1 Tes. 5:23) mentevontadeemoes o homem: corpo, alma e esprito D.
  • Slide 20
  • 2 HOMEM HOMEM estado de pecado
  • Slide 21
  • B a natureza do pecado (Gn 3) o incio do pecado no mundo (Gn 3) A.
  • Slide 22
  • B a natureza do pecado (Gn 3) o incio do pecado no mundo (Gn 3) A. a natureza do pecado B.
  • Slide 23
  • os efeitos do pecado C.
  • Slide 24
  • os efeitos do pecado C. culpabilidade diante de Deus
  • Slide 25
  • os efeitos do pecado C. culpabilidade diante de Deus perda de livre comunho com Deus perda de livre comunho com Deus
  • Slide 26
  • os efeitos do pecado C. culpabilidade diante de Deus perda de livre comunho com Deus perda de livre comunho com Deus morte espiritual morte espiritual
  • Slide 27
  • DEUS queda DEUS Esprito alma corpo Gn 2:7 Gn 2:16 e 17 Gn 3:6
  • Slide 28
  • os efeitos do pecado C. culpabilidade diante de Deus perda de livre comunho com Deus perda de livre comunho com Deus morte espiritual morte espiritualsofrimento
  • Slide 29
  • os efeitos do pecado C. culpabilidade diante de Deus perda de livre comunho com Deus perda de livre comunho com Deus morte espiritual morte espiritualsofrimento escravido moral escravido moral
  • Slide 30
  • os efeitos do pecado C. culpabilidade diante de Deus perda de livre comunho com Deus perda de livre comunho com Deus morte espiritual morte espiritualsofrimento escravido moral escravido moral herana nefasta herana nefasta
  • Slide 31
  • 3 HOMEM HOMEM estado restaurado
  • Slide 32
  • Jesus Cristo, a expressa imagem de Deus
  • Slide 33
  • somos vivificados em Cristo 1 Corntios 15:22 1.
  • Slide 34
  • Jesus Cristo, a expressa imagem de Deus somos vivificados em Cristo 1 Corntios 15:22 andamos em amor Efsios 5:1 e 2 1. 2.
  • Slide 35
  • Jesus Cristo, a expressa imagem de Deus somos vivificados em Cristo 1 Corntios 15:22 andamos em amor Efsios 5:1 e 2 andamos na verdade 2 Joo 1 1. 2. 3.
  • Slide 36
  • Jesus Cristo, a expressa imagem de Deus somos vivificados em Cristo 1 Corntios 15:22 andamos em amor Efsios 5:1 e 2 andamos na verdade 2 Joo 1 andamos na luz Efsios 5:8 1. 2. 3. 4.
  • Slide 37
  • 4 HOMEM HOMEM estado transformado
  • Slide 38
  • a obra de santificao A. a obra de santificao A.
  • Slide 39
  • a volta de Cristo a obra de santificao A. a obra de santificao A. B.
  • Slide 40
  • a volta de Cristo Trplice dimenso a obra de santificao A. a obra de santificao A. B.
  • Slide 41
  • a plenitude da imagem de Deus no homem C.
  • Slide 42
  • a ressurreio do Corpo D.
  • Slide 43
  • a ressurreio do Corpo o corpo criao de Deus, e muito bom D.
  • Slide 44
  • a ressurreio do Corpo o corpo criao de Deus, e muito bom o corpo objeto da salvao de Deus D.
  • Slide 45
  • a ressurreio do Corpo o corpo criao de Deus, e muito bom o corpo objeto da salvao de Deus o corpo santurio do Esprito D.
  • Slide 46
  • a ressurreio do Corpo o corpo criao de Deus, e muito bom o corpo objeto da salvao de Deus o corpo santurio do Esprito o corpo dignificado pela encarnao do verbo de Deus D.
  • Slide 47
  • a ressurreio do Corpo o corpo criao de Deus, e muito bom o corpo objeto da salvao de Deus o corpo santurio do Esprito o corpo dignificado pela encarnao do verbo de Deus corpo-esprito: a vida plena prometida por Deus D.
  • Slide 48
  • a ressurreio do Corpo D. 1 Corntios 15:42-53
  • Slide 49
  • Corpo corruptvel x corpo incorruptvel a ressurreio do Corpo D.
  • Slide 50
  • 1 Corntios 15:42-53 Corpo corruptvel x corpo incorruptvel Desonra x glria a ressurreio do Corpo D.
  • Slide 51
  • 1 Corntios 15:42-53 Corpo corruptvel x corpo incorruptvel Desonra x glria Fraqueza x poder a ressurreio do Corpo D.
  • Slide 52
  • 1 Corntios 15:42-53 Corpo corruptvel x corpo incorruptvel Desonra x glria Fraqueza x poder Corpo natural x corpo espiritual a ressurreio do Corpo D.
  • Slide 53
  • 1 Corntios 15:42-53 Corpo corruptvel x corpo incorruptvel Desonra x glria Fraqueza x poder Corpo natural x corpo espiritual Corpo mortal x corpo imortal a ressurreio do Corpo D.
  • Slide 54
  • Que o homem A Bblia responde claramente que cada um de ns uma personalidade criada propositadamente por Deus Sua prpria imagem. Ela ensina que temos significado eterno e que nossas almas valem mais do que o mundo inteiro (Mc 8:36). O prprio Deus diz que tem um plano e um propsito para cada um de ns, que somos moralmente responsveis diante dEle e que podemos atender pela f. Cada um tem um destino eterno - ou na Sua presena eternamente, ou eternamente separado dEle. ?