Exercicios Resolucoes Gabarito Genetica Molecular

Embed Size (px)

Text of Exercicios Resolucoes Gabarito Genetica Molecular

  • 1 | Projeto Medicina www.projetomedicina.com.br

    Exerccios de Biologia Gentica Molecular

    1) (UFC-2009) Considere as seguintes seqncias hipotticas de DNA extradas de alguns indivduos de espcies indeterminadas. Indivduo I: ATTGGCCATATGACC Indivduo II: TGAGCGAATGTTCTA Indivduo III: CCGTAGATCAGTACA Indivduo IV: ATATAGCTTTCACGG Indivduo V: GGATCATTGGAATGC Suponha que essas seqncias foram comparadas com seqncias de RNAm cujos processos em que esto envolvidas j so determinados e que esto disponveis em bancos de dados de RNA, segundo a tabela abaixo. Seqncias de RNAm provenientes de Processo associado seqncia bancos de dados de diferentes espcies

    CCUAGUAACCUUACG Produo de lactase

    GGCAUCUAGUCAUGU Deficincia no desenvolvimento e maturao de moncitos

    UAUAUCGAAAGUGCC Deficincia na produo de colecistocinina

    ACUCGCUUACAAGAU Produo do hormnio ecdisona

    UAACCGGUAUACUGG Produo de osteoblastos

    Utilizando as informaes acima, responda o que se pede a seguir. a) Que indivduo provavelmente corresponde a um artrpode? b) Que indivduo provavelmente tem a digesto de lipdeos deficiente? c) Que indivduo provavelmente mais propenso a infeces e doenas ao longo de sua vida?

    2) (UFC-2009) Leia os termos do quadro abaixo, que constituiro as respostas da questo.

    Conjugao - Transduo - Transformao - Plos sexuais - Plasmdeo - Mutao - Antibitico - Parede celular

    Analise as assertivas da primeira coluna, que versam sobre

    microrganismos, associe as expresses em negrito nelas contidas a um termo do quadro e transcreva-o para a coluna correspondente.

    Assertiva Termo associado

    a) Em um determinado experimento, placas de Petri contendo meio de cultura foram cultivadas com microrganismos. Passado certo perodo, bactrias comearam a colonizar tal placa. Porm, em regies prximas aos microrganismos inicialmente cultivados na placa de Petri, algo presente no meio impediu o crescimento bacteriano. ;

    b) A aquisio de resistncia pode se dar geneticamente sem interao com outros microrganismos. ;

    c) A recombinao gnica em bactrias pode proporcionar resistncia a antibiticos, envolvendo apenas dois organismos vivos. ;

    d) Um dos tipos de diagnose bacteriana o mtodo de colorao de Gram. Entretanto, as micoplasmas no apresentam a estrutura detectada por esse mtodo. A anlise ultraestrutural dessas bactrias revela uma estrutura gentica que as agrupam no Domnio Bacteria. ;

    e) A bactria Staphylococcus aureus apresenta-se como importante contaminante em infeces hospitalares. Alteraes no padro de resistncia destes microrganismos podem estar relacionadas ao de bacterifagos. ;

    f) Em biotecnologia, um gene de interesse pode ser introduzido em Escherichia coli atravs da absoro de DNA presente em meio cultivado. Por meio de estruturas ligantes de origem protica, a E. coli transfere

  • 2 | Projeto Medicina www.projetomedicina.com.br

    naturalmente o gene de interesse para Agrobacterium, bactria utilizada como vetor natural de manipulao gentica de plantas. Para tanto, a E. coli utiliza, como vetor, material gentico disperso no citoplasma. ;

    3) (Mack-2008) Recentemente um grupo de pesquisadores anunciou ter obtido sucesso na utilizao de terapia gnica para tratar um tipo de cegueira hereditria, denominada amaurose congnita de Leber, que pode ser causada por um par de genes autossmicos recessivos. A cegueira ocorre em consequncia de deficincia em um dos pigmentos responsveis pela absoro de luz na retina. A respeito desses fatos, considere as afirmativas abaixo. I. Esse tipo de tratamento se baseia na inoculao de um gene em um dos cromossomos da pessoa afetada. Uma vez inserido, o gene passa a funcionar, permitindo que a pessoa volte a enxergar. II. A luz absorvida pelos pigmentos da retina transformada em impulsos nervosos que so conduzidos para o nervo ptico. III. Se uma pessoa foi tratada e recuperou totalmente a viso, ela no tem probabilidade de ter filhos com a doena. Assinale a) se todas forem corretas. b) se somente I e III forem corretas. c) se somente I e II forem corretas. d) se somente II e III forem corretas. e) se somente I for correta. 4) (FUVEST-2008) O metano (CH4), o gs carbnico (CO2) e os clorofluorocarbonetos (CFC) esto relacionados, direta ou indiretamente, intensificao do efeito-estufa e destruio da camada de oznio. a) Qual (quais) desses gases pode(m) resultar de processos biolgicos? b) A camada de oznio filtra raios ultravioleta (UV) que atingem a atmosfera terrestre. A diminuio dessa camada aumenta a exposio dos seres vivos a esses raios, que podem induzir mutaes no DNA. Considere que os raios UV no penetram em nosso corpo alm da pele. 1. Como a exposio aos raios UV pode, a longo prazo, afetar nossa sade? Justifique. 2. Qual a conseqncia de nossa exposio aos raios UV para a gerao seguinte? Por qu? 5) (PUC - MG-2007) Alteraes no material gentico, quantitativas ou qualitativas, podem ocorrer durante os processos de preparao para duplicao e mesmo durante as divises mitticas ou meiticas.

    A esse respeito, correto afirmar, EXCETO: a) Recombinaes cromossmicas ocorrem somente durante a primeira diviso meitica. b) Mutaes gnicas ocorrem somente durante as divises celulares. c) Recombinaes gnicas iniciam-se na prfase da primeira diviso meitica. d) Alteraes cromossmicas, como as aneuploidias, podem ocorrer devido a no-disjunes tanto na primeira quanto na segunda diviso da meiose. 6) (PUC - MG-2007) Para ter a viso tricromtica, as retinas de primatas tm receptores de luz capazes de absorver comprimentos de onda curtos, mdios e longos entre o infravermelho e o ultravioleta, correspondendo, respectivamente, s seguintes cores do espectro: azul, verde e vermelha. Isso facilitou a eles, ao longo da evoluo, distinguir entre frutas verdes e frutas maduras avermelhadas. Alguns cientistas sugerem que a cor das frutas maduras tenha ficado mais vermelha para acompanhar a viso dos primatas. Camundongos normais tm viso bicromtica, isto , s enxergam a luz na faixa azul e verde do espectro. Recentemente, cientistas norte-americanos criaram camundongos capazes de enxergar em cores, aps receberem o gene humano para produzir o terceiro pigmento que faltava. Com base no texto acima e em seus conhecimentos sobre o assunto, assinale a alternativa INCORRETA. a) As frutas maduras podem ter sido selecionadas por se apresentarem mais vermelhas em um processo de coevoluo com primatas. b) A manipulao gnica referida no texto poderia ser til para o estudo e a correo do daltonismo em humanos. c) O fato de o cdigo gentico no ser o mesmo para homens e roedores pode ter dificultado a produo de camundongos transgnicos. d) Alguns animais so capazes de captar ou perceber radiaes do infravermelho, o que lhes facilita a atividade de predao. 7) (UNICAMP-2007) Todos os anos, cerca de 1.500 novos casos de cncer de pele surgem no Brasil. A grande maioria da populao brasileira se expe ao sol sem qualquer proteo. Dessa forma, os dermatologistas recomendam o uso de filtros solares e pouca exposio ao sol entre 10 e 16 horas, perodo de maior incidncia dos raios ultravioleta A e B (UVA e UVB). Os raios UVB estimulam a produo de vitamina D, entre outros benefcios, mas em doses excessivas causam vermelhido, queimaduras e o cncer de pele.

  • 3 | Projeto Medicina www.projetomedicina.com.br

    a) Pessoas com pele clara so mais sujeitas a queimaduras pelo sol e ao cncer de pele que pessoas com pele mais escura. Explique por qu. b) Raios UVA, ao penetrarem na derme, podem danificar as fibras e dessa forma causar o envelhecimento precoce. Indique que fibras podem ser encontradas na derme e por que o seu dano causa o envelhecimento precoce. c) A deficincia de vitamina D pode provocar problemas de desenvolvimento em crianas. Explique por qu. 8) (UEL-2006) Desenvolvimento significa, em grande parte, clulas tornando-se diferentes de maneira ordenada [...]. Muitos animais desenvolvem-se ao longo de eixos cartesianos, sendo os padres especificados independentemente ao longo de cada um. Uma maneira de produzir padres dar s clulas informao posicional, como em um sistema coordenado, e as clulas ento interpretam esses valores de maneiras diferentes. A importante implicao disto que no existe relao entre o padro inicial e o observado. Uma outra caracterstica comum parece ser a gerao de estruturas peridicas como segmentos, vrtebras, penas e dentes, que so construdas segundo o modelo bsico modificado pela informao posicional. Todas as interaes ocorrem a curta distncia - raramente ultrapassam mais que 30 dimetros de clula - e a maior parte da formao de padres acontece localmente, de forma que os embries so logo divididos em regies que essencialmente se dividem de maneira independente. (WOLPERT, Lewis. In: MURPHY, M. P; ONEILL, L.A.J. O Que vida? 50 anos depois. So Paulo: UNESP, 1997. p. 74.) Com base no texto e nos conhecimentos sobre o tema, correto afirmar: a) As clulas diferenciam-se de acordo com um padro intrnseco, contido no material gentico, que induzido a se expressar em resposta a fatores extrnsecos. b) O desenvolvimento envolve a expresso diferencial do material gentico e independe do micro-ambiente em que a clula est localizada. c) O desenvolvimento das diferentes regies de um organismo deve-se propriedade de interao clula-clula e da quantidade de informaes que a clula capaz de processar. d) A diferenciao caracteriza-se pela manuteno do padro morfolgico e pela alterao do padro funcional do tecido. e) O desenvolvimento ocorre como um domin, em que a diferenciao de um tipo celular induz outro tipo a se diferenciar. 9) (UFBA-2006) Plstico de soja, tecido de fibra de milho e at fibras prova de bala vm sendo criados por cientistas que pinam na natureza os genes que do caractersticas especiais a animais e plantas e os implantam em organismos qu