Hostel Vending Portugal #2

  • View
    228

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

 

Transcript

  • An

    o II

    Fev / 2013 -Mai / 2013 | n 2 Portugal

    Sob o signo da Inovao

    "Poderemos crescer mais de 50%

    apenas nos prximos dois anos"

    A Intel Corp. tem colaborado,

    desde longa data,

    com a indstria da

    distribuio automtica

    Catherine Piana

    Diretora-Geral da EVA

    Yves Dalton Dall'Olio,

    presidente da ABVA

    Jorge Cordova,

    Channel Manager da Intel Corporation Iberia

    VENDING - NA VANGUARDA DA INOVAO

    Permanente aposta no aperfeioamento

    VENDING CENTRO

    "Clientes procuram servio de qualidade

    e de preo competitivo"

    NOVO DECRETO-LEI MARCA INCIO DE ANO

    Setor obrigado ao registo das operaes

    VENDING 2012

    Um olhar retrospetivo

    Destaques:

    Feiras:

    ALIMENTARIA & HOREXPO LISBOA 2013

    "Novos Compradores, Novos Mercados, Novas Oportunidades

    "Uma mquina

    uma loja de caf de 1m2"

  • Fichatcnica / hostelvending

    / ficha tecnica HostelVendingPortugal

    FICHA TCNICA

    PROPRIETRIO/EDITOR

    INFOVEND Publicaes, Lda

    Edifcio Avenida,

    Av. Narciso Ferreira, n 25, R/C Loja 15

    4765-200 Riba de Ave (Portugal)

    Franchisado de HIPALA Communication S. L.

    DIRETORA

    Cristina Azevedo Silva (cristina.azevedo@infovend.pt)

    SEDE DA REDAO

    Edifcio Avenida,

    Av. Narciso Ferreira, n 25, R/C Loja 15

    4765-200 Riba de Ave (Portugal)

    NMERO DE REGISTO

    ERC 126277

    DEPSITO LEGAL

    MA-1140-2001

    N CONTRIBUINTE

    509 882 129

    TIRAGEM

    5000 exemplares

    PERIODICIDADE

    Quadrimestral

    TIPOGRAFIA

    Mota e Ferreira - Artes Grcas, Lda

    Rua Artes e Ofcios, n 135 4770-226 Joane VNF

    REDAO

    ngelo Ferreira (redacao@infovend.pt)

    MARKETING/COMERCIAL

    Cristiano Silva (cristiano.silva@infovend.pt)

    DESIGN

    Cristiano Silva (cristiano.silva@infovend.pt)

    MAQUETAO

    Nuno Santos (nunoazevedosantos@gmail.com)

    EDITORIAL

    Novo ano, novas metas!

    2013 chegou! Com ele, vieram novos desaos e projetos.

    Mas se muitos so os que aparecem, outros h que

    permanecem inalterveis, com especial relevo para a aposta

    contnua e ininterrupta na inovao.

    Para a maioria das empresas que desenvolvem atividade na

    indstria da distribuio automtica, ela continua a ser,

    efetivamente, um fator decisivo de diferenciao competitiva.

    Pese embora alguma inexatido, ela no outra coisa seno a

    tentativa de dar resposta, hoje, quilo que so os desaos do

    amanh. Pela importncia estratgica que assume, foi este o

    tema central escolhido para este segundo nmero.

    2013 trouxe, tambm, novas imposies legais. Regras que

    no so claras e geram dvidas na sua aplicao. Tentmos

    decifrar a letra da lei, para aferir da sua verdadeira implicao

    no vending, atravs de vrios contatos com a AT. Fizemos um

    pedido de informao vinculativa AT para acabar com todas as

    dvidas, mas, at ao fecho desta edio, no tnhamos ainda

    obtido resposta. Fica a promessa de voltar a este tema, assim

    que tivermos a interpretao clara do que o decreto-lei

    197/2012 implica para o mercado de venda automtica.

    E como no podia deixar passar em branco, quero deixar

    um agradecimento especial DouroVending que, atravs do seu

    scio Alfredo Cardoso, entregou-me o PIN de ouro DV, durante a

    realizao da Vending 2012. sempre recom-pensante ver o

    nosso trabalho reconhecido.

    Para nalizar, quero agradecer a todos os que contriburam

    para que esta edio fosse possvel. E como nossa inteno

    fazer sempre mais e melhor pelo vending em Portugal, deseja-

    mos que esta colaborao se mantenha.

    A Editora

    Cristina Azevedo Silva

    (cristina.azevedo@infovend.pt)

  • Um bom caf

    merece uma gua perfeita

    BRITA Professional - O especialista em ltrao de gua

    Escolhe gua BRITA

    As 3 vantagens:

    - Excelente qualidade da gua

    - Alta abilidade

    - Funcionamento simples

    Todos os ltros da gama BRITA respondem s exigncias

    do Certicado de Conformidade Sanitria (ACS)

    Desde 1992, a reciclagem est no corao da atividade

    internacional da BRITA, que dispe da sua prpria unidade de

    reciclagem de cartuchos.

    Desenvolvimento sustentado:

    Certicado:ACSconform

    BRITA Iberia, S.L.U

    Rambla Catalunya, 18 - 4 izq

    08007 Barcelona - Spain

    PPD-ES@brita.net

    Tel.: +34 93 342 7570

    www.profesional.brita.es

  • Toda a atualidade em Toda a atualidade em Toda a atualidade em www.hostelvending.com.pt www.hostelvending.com.pt www.hostelvending.com.pt

    Toda a atualidade em Toda a atualidade em Toda a atualidade em www.hostelvending.com.pt www.hostelvending.com.pt www.hostelvending.com.pt

    ho

    ste

    lven

    din

    gport

    ugal

    23 / 24 / 25 Catherine Piana, Diretora-Geral da

    EVA

    Anlise ao segmento das mquinas de bebidas quentes

    28 / 29 / 30 Yves Dalton Dall'Olio, presidente da

    ABVA

    "O consumidor busca agilidade no atendimento e variedade na

    oferta

    40 / 41 Jorge Cordova, Channel Manager da Intel

    Corporation Iberia

    A Intel est profundamente envolvida em todas as reas que

    podem melhorar a vida das pessoas e empresas.

    26/ HotVending

    Mquinas Selfmat e Pharmat 24, uma aposta na versatilidade

    38 / ONEsw

    Novas solues para o Vending

    4 / 5 / 6 / 7 / 8 Vending - Na vanguarda da

    inovao

    Permanente aposta no aperfeioamento

    18 / 19 / 20 / 21 Vending Centro

    Clientes procuram servio de qualidade e de preo

    competitivo"

    31 / 32 / 33 / 34/ Novo Decreto-Lei marca incio

    de ano

    Decreto-Lei n. 197/2012 de 24 de Agosto

    44 / 45 Lojas do caf online Uma nova soluo ao servio dos consumidores

    Entrevistas

    Empresas Especiais

    Reportagens

    Catherine Piana

    Diretora - Geral da EVA

    ...a mquina de venda automtica

    um lugar onde a informao

    pode ser partilhada

    de maneira informal

  • Toda a atualidade em Toda a atualidade em www.hostelvending.com.pt www.hostelvending.com.pt

    36 / 37/ Comesterogroup

    Sistemas de pagamento cashless

    42 / 43 Nayax

    Um mundo de solues para pagamento

    cashless + telemetria

    11 / 12 / 13 / Vending 2012

    Um olhar retrospetivo

    Fotoreportagem

    14 / Sandwich & Snack 2013

    Mercado em crescimento

    14 / Vendexpo Rssia 2013

    Abertura a mercados do leste

    16 / Alimentaria & Horexpo Lisboa

    2013

    "Novos Compradores, Novos Mercados,

    Novas Oportunidades

    Internacional

    Feiras

    Twitter: @hostelvendingpt

    Facebook: /hostelvendingpt

  • reportagem / HostelVendingPortugal

    4 / reportagem / HostelVendingPortugal

    VENDING - Na vanguarda da inovao

    Ao falar-se do vending, inevitvel a

    aluso inovao, considerada um dos

    valores mais prioritrios para o setor.

    Comprometido intimamente com a

    inovao tecnolgica, o setor da

    distribuio automtica traz consigo,

    desde tempos longnquos, o selo dessa

    permanente aposta no aperfeioa-

    mento. Alis, o investimento contnuo

    das empresas nos departamentos de

    I+D a conrmao mais cabal da busca

    de solues mais inovadoras e vanguar-

    distas.

    Noutro domnio, as mltiplas

    competies a nvel nacional, mas

    tambm internacional, destinadas a

    distinguir os esforos mais signicativos

    ao nvel da conceo e desenvolvimento

    de solues novas, adequadas

    satisfao das mais dspares exigncias

    dos consumidores, atestam, de novo, a

    ampla importncia do valor da inovao.

    Se o investimento nesta premissa

    comporta custos ou encargos bvios,

    no menos verdade que, em contra-

    partida, isso representar, para quem o

    zer, um diferencial competitivo deci-

    sivo.

    As mudanas drsticas vericadas

    ao nvel dos ritmos e estilos de vida dos

    consumidores so, em boa verdade, uma

    das razes com maior inuncia na

    evoluo gradual do setor. Muito

    concretamente, fatores como a mudan-

    a dos padres de compra, os ritmos

    agitados e apressados impostos pelas

    rotinas quotidianas, os gostos sostica-

    dos do pblico mais jovem, as crescen-

    tes preocupaes ambientais e a maior

    sensibilidade s questes da sade,

    estiveram na origem de uma aposta

    notria no desenvolvimento constante

    de solues.

    Apesar de alguns estigmas que

    parecem ainda dominar o imaginrio

    coletivo dos consumidores, a trajetria

    que o vending tem percorrido ultima-

    mente revela que, longe de ter assumido

    uma postura de conformismo e resigna-

    o, sempre procurou superar as suas

    limitaes e falhas, numa busca inin-

    terrupta de aperfeioamento das suas

    mltiplas funcionalidades / recursos.

    No presente, a distribuio autom-

    tica, como circuito complementar e

    alternativo aos ditos convencionais, j

    no se contenta somente em oferecer ao

    consumidor um mero produto. Mais do

    que um simples artigo, procura tambm

    proporcionar-lhe uma experincia de

    compra que, alm de atrativa e excitan-

    te, possa ser algo de inesquecvel e

    arrebatador.

    Permanente aposta no aperfeioamento

  • reportagem / HostelVendingPortugal

    5 / reportagem / HostelVendingPortugal

    Com a crescente integrao das

    novas tecnologias interativas, conside-

    rada uma das principais tend