JOB SHADOWING - ETAP escola .outubro.16 marÇo.17 maio.17 maio.17 staff staff staff staff componente

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of JOB SHADOWING - ETAP escola .outubro.16 marÇo.17 maio.17 maio.17 staff staff staff staff componente

  • JOB SHADOWING

  • OUTUBRO.16

    MARO.17

    MAIO.17

    MAIO.17

    STAFF

    STAFF

    STAFF

    STAFF

    COMPONENTE

    COMPONENTE

    COMPONENTE

    COMPONENTE

    RICARDO LUS // JOO BARROSO

    CLUDIA LIMA // ROSLIA ROBEIRO

    JORGE OLIVEIRA // VITOR CERQUEIRA // DULCINEA FIQUEIREDO

    ANGELINA PRESA // PAULO ALVES // LILIANA FERNANDES

    INFORMTICA // MULTIMDA

    HOTELARIA

    MECATRNICA // ELETRNIA

    DIREO PEDAGGICA // SERV. ORIENTAO E PSICOLOGIA

    TORQUAY

    BRESCIA

    BARCELONA

    BRESCIA

    03

  • 04

    INFORMTICA // MULTIMDIATORQUAY

  • CONHECER QUEM RECEBE OS NOSSOS ALUNOS

    The Training Partnership Ltd (TTPL) foi fundada pelo CEO Jayne Stroud em 1996 parafornecer um ambiente seguro para os jovens inscritos em programas de formaoprofissional longe de casa.

    Em 20 anos contruram reputao de oferecer estgios excecionais com um programasocial animado. A TTPL incentiva o crescimento pessoal e a conscincia cultural, enquantomaximiza as oportunidades de empregabilidade individuais. Para o TTPL, o foco sobretoda a experincia - aprendizagem de qualidade, amizades feitas e experincias adquiridas.Nos ltimos dois anos, a TTPL hospedou cerca de 2000 formandos no Reino Unido,fornecendo experincia de trabalho, programas de formao e estudo da lnguaprofissional.

    Em 2016, a TTPL lanou um portflio global de programas que abrangem cincocontinentes e 15 pases, oferecendo experincias de melhoria de carreira para pessoas detodo o Reino Unido.

    05

  • WELCOME MEETING

    Iniciamos a nossa mobilidade com um meeting de boas vindas TTPL com a WendyWilliams, diretora financeira, no qual nos foi abordado o programa e explicadas todas asatividades planeadas para a nossa mobilidade.

    ENSINO NO REINO UNIDO E EXPERINCIAS DE TRABALHO

    Com o intuito de compreendermos o ensino e, assim assimilar o mximo de informaopossivel, iniciamos o nosso job shadowing com uma palestra sobre o Ensino no ReinoUnido e Experincias de Trabalho" com Frank Sobey, professor no South Devon College,consultor de negcios, jornalista, blogger e acolhedor de estagirios.

    O Sr. Sobey teve um discurso inspirador e entusiasmante onde houve troca de experinciasentre os diversos participantes, nomeadamente em termos de nveis e evoluo do ensinovocacional e de experincias com alunos estagirios.

    REUNIO DE BOAS VINDAS AOS ALUNOS

    Participamos na reunio de boas vindas com os estudantes/estagirios TTPL onde foramabordados assuntos como a segurana, boas prticas, contactos de emergncia, posturaprofissional, a logstica e atividades semanais. Foi uma oportunidade para os alunos seconhecerem e compreenderem as regras do jogo.

    06

  • HIGH SCHOOL AND VOCATIONAL SCHOOL

    Assistimos a aulas tericas e prticas de diversas reas. Ficamos a saber que os alunosnormalmente s tm 4 dias de aulas por semana, existe uma paragem semanal a meio dosperodos letivos, os docentes lecionam cerca de 20 horas semanais e o resto tempo paraa preparao de aulas e atividades.

    Quanto aos espaos, tm instalaes excelentes, vrios laboratrios, oficinas que ocupampavilhes e open spaces para os alunos poderem trabalhar e estudar nos tempos livres.Todo o trabalho burocrtico e administrativo e efetuado apenas por administrativos,deste modo, os docentes apenas tm que se preocupar com as atividades de naturezaletiva (preparao de aulas, avaliaes e investigao).

    A Gr-Bretanha voltou, nos ltimos anos, a apostar no ensino vocacional/profissional mastm sofrido, tal como ns, da poltica de escolaridade obrigatria at aos 18 anos e doNEET (Not Employed, in Education or Training), ou seja, muitos jovens que no estoempregados, no sistema educativo ou em estgio.

    07

  • 08

  • VISITAS A EMPRESAS

    Visitamos 3 work placements, isto , 3 empresas que normalmente acolhem alunosestagirios nas reas de informtica.

    A primeira estava inserida na rea de instalao, manuteno, reparao e configurao deequipamentos, sistemas e servios informticos.

    A segunda, onde encontramos os nossos alunos, est relacionada com a rea web, designe produo de vesturio personalizado. E a terceira inclua a rea de web developers,programao e sistemas de informao.

    Foi muito interessante a troca de conhecimentos entre empresrios, alunos e professorespois verificamos que estamos no bom caminho em termos de matrias e tecnologiaslecionadas, metodologias transmitidas e ferramentas utilizadas, e que estas colmatam asnecessidades das empresas e vo de encontro aos requisitos exigidos pelos empregadores.

    09

  • COMMUNICATING WITH CONFIDANCE

    O dia comeou com o workshop Communicating with Confidence, no qual Ali Shorer,diretora especialista em "Articulacy, abordou o tema da arte da comunicao verbal.Fizemos um conjunto de atividades, exerccios e apresentaes relacionadas com ovocabulrio e a oralidade.

    BUSINESS AND VOCATIONAL ENGLISH

    Novamente com o Frank Sobey, desta vez com o workshop Business and VocationalEnglish fizemos exerccios de vocabulrio formal, linguagem no-verbal e auscultamosatentamente as recomendaes do que se deve dizer e no dizer, fazer ou no fazer nasprimeiras impresses e contactos com empresrios e clientes.

    10

  • SOCIAL MEETINGS

    De tarde visitamos a manso Torre Abbey,a sua histria, arte e esplendor e no mesmolocal foi realizado, nos seus jardins, umlanche-convvio entre o TTPL, os docentesparticipantes do programa e os alunosestagirios.

    Estivemos tambm com diversos alunosdos programas Erasmus (incluindo osnossos), que esto em parceria com o TTPL,num meeting semanal para troca deexperincias entre estudantes, no pubSpinning Wheel que eles denominam deLanguage Caf.

    Estas atividades permitem aos alunosconviver com as mais diferentes culturas eformas de estar, de todos os estagirios daTTPL.

    A partilha de experincias extremamentegratificante para os alunos.

    11

  • PARTILHANDO INFORMALMENTE

    Dia em Plymouth por comboio: visita cidade com o grupo de docentes proveniente daAlemanha, ao Plymouth Gin Factory, Mayflower Steps, Hoe, Smeetons Tower e DrakeCircus.

    Durante este dia houve uma maior interao informal com o grupo alemo e foi possvelsaber o seguinte: em termos de horas de aulas letivas e estgios para os alunos, muitosemelhante ao nosso; em termos de horas letivas para os docentes, tm 25 horas e meiaporque lecionam em blocos de 45 minutos ou hora e meia; em termos de aesdisciplinares, no tm grandes problemas e os que surgem normalmente resolvem comum dilogo com os alunos, com os psiclogos e/ou com os assistentes socias.

    Os ingleses, em termos de aes disciplinares, tm o detention, isto , ficam na escola decastigo a fazer trabalhos aps as aulas, tm que ter uma conversa com o diretor da escola(reitor) juntamente com o encarregado de educao.

    Existe tambm a possibilidade de fazerem trabalho comunitrio dentro da escola, tarefascomo: limpeza, jardinagem, cantina, etc. Em casos extremos mudam de escola ou tmhome tutoring (ensino em casa) mas, em ambos os casos uma vergonha/humilhaopara o aluno e para a famlia.

    Ficamos a saber tambm que tanto os ingleses como os alemes tm uma a duas semanasde paragem letiva a meio de cada perodo (tanto para os alunos como para os docentes,no tm aulas nem trabalham nessas semanas), alis, foi por esse motivo que o grupoalemo esteve em Torquay nessa semana.

    12

  • ENSINO

    Aposta forte no ensino vocacional e profissional.

    Melhores espaos, equipamentos, cursos e horrios.

    Mais organizao, tarefas bem definidas, separao da parte letiva eadministrativa.

    Foco na qualidade e pormenor e no na quantidade e disperso: menos mais.

    Planeamento e calendarizaes de tarefas mais detalhadas.

    Disciplina e pontualidade.

    ESTGIOS / EMPRESAS

    Envolvimento ativo na criao do plano curricular.

    Preocupao em adaptar o estgio aos interesses e perfil do estagirio.

    Contedos semelhantes mas com equipamentos de ltima gerao.

    Pontualidade e perfecionismo.

    ENSINO ESPECIAL E ORIENTAO VOCACIONAL

    Interveno de psiclogas e assistentes sociais nos casos de indisciplina e tambmno ensino especial e orientao vocacional desde tenra idade e ao longo dopercurso acadmico.

    13

  • 14

    HOTELARIABRESCIA

  • O programa da mobilidade em que participamos tinha como objetivo a realizao deatividades de Job Shadowing.

    Para tal, durante toda a semana estaramos integradas no CENTRO DE FORMAOPROFISSIONAL CANOSSA, que desenvolve a sua atividade formativa desde a dcada de70, tendo iniciado esta atividade para ministrar formao na rea de cozinha erestaurante a crianas com dificuldades auditivas.

    O objetivo seria ento assistir s aulas dos diferentes cursos e participar tanto quantopossvel no decorrer das mesmas.

    15

  • O grande lema do centro Aprender fazendo, em italiano Fare per imparare, e da agrande aposta das aulas da componente tcnica , para os alunos do quarto ano queesto em processo de obteno de diploma profissional, o conceito de Escola Empresa.

    Assim a estes alunos proposta a explorao do seu prprio negcio enquadrado naescola, sendo que devero ter a seu cargo todas as tarefas inerentes no s criao domesmo, mas tambm da sua gesto, desenvolvimento, promoo e marketing.

    As reas de negcio so o Restaurante (Restaurante Didtico e Restaurante Easy), aPastelaria e o Catering.

    Desde a venda de produtos feitos na prpria escola (azeite, sal, compotas e conservasbem como diversos produtos de pastelaria), diretamente ao cliente ou atravs dasvendas online na pgina da escola, at ao servio de refeies, mediante reserva prvia,s sextas e sbados no Restaurante Didtico, e todos os dias no Restaurante Easy, osalunos so levados a desenvolver uma postura orientada para o cliente e para