Jornal Anunciai - Junho 2011

  • View
    220

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edição de Julho

Text of Jornal Anunciai - Junho 2011

  • INFORMATIVO MENSAL

    Arquidiocese de Olinda e Recife - Pernambuco

    ESPRITO SANTO REPOUSA SOBRE NS

    Ano 1 - N 04 PARQUIA NOSSA SENHORA DO PERPTUO SOCORRO

    www.igrejansperpetuosocorro.com

    Pg 02Editorial - Corpus Christi - A Igreja vive da Eucaristia

    Programao - Solenidade de Corpus Christi

    Nesta Edio...

    Jovens em Renovao

    Se voc me ama...

    Quero uma prova de AmorSo Francisco Sales - Rogai por ns!!!

    Padroeiro dos Comunicadores Catlicos

    "O Esprito da Verdade que vem do Pai, ele dar testemunho de mim e vs tambm dareis testemunho..." (Jo 15 26-27).

    Pg 04

    Pg 06

    Pg 07

    Da mesma forma, o Esprito vem em auxlio nossa

    fraqueza, porque no sabemos o que devemos

    pedir, nem orar como convm, mas o prprio Esprito

    intercede por ns com gemidos inefveis (Rm 8: 26)

    Mas o que Pentecostes?

    O prometido por Jesus: "...ordenou-lhes que no se afastassem de Jerusalm, mas que esperassem a realizao da promessa do Pai a

    qual, disse Ele, ouvistes da minha boca: Joo batizou com gua; vs, porm, sereis batizados com o Esprito Santo dentro de poucos dias" (At 1,4-

    5). Esprito que procede do Pai e do Filho: "quando vier o Parclito, que vos enviarei da parte do Pai, o Esprito da Verdade que vem do Pai, ele dar

    testemunho de mim e vs tambm dareis testemunho..." (Jo 15 26-27). O Esprito Santo Deus com o Pai e com o Filho. Sua presena traz

    consigo o Filho e o Pai. Por Ele somos filhos no Filho e estamos em comunho com o Pai.

    Quem o Esprito Santo?

    Pentecostes, do grego, pentekost, o qinquagsimo dia aps a Pscoa.

    Comemora-se o envio do Esprito Santo Igreja.

    Origem de Pentecostes

    Era para os judeus uma festa de grande alegria, pois era a festa das colheitas.

    Ao de graas pela colheita do trigo. Vinha gente de toda a parte: judeus saudosos que

    voltavam a Jerusalm, trazendo tambm pagos amigos e proslitos. Eram oferecidas as

    primcias das colheitas no templo. Era tambm chamada festa das sete semanas por ser

    celebrada sete semanas depois da festa da pscoa, no qinquagsimo dia. Da o nome

    Pentecostes, que significa "qinquagsimo dia". No primeiro pentecostes, depois da

    morte de Jesus, cinqenta dias depois da pscoa, o Esprito Santo desceu sobre a

    comunidade crist de Jerusalm na forma de lnguas de fogo; todos ficaram cheios do

    Esprito Santo e comearam a falar em outras lnguas (At 2,1-4). As primcias da colheita

    aconteceram naquele dia, pois foram muitos os que se converteram e foram recolhidos

    para o Reino.

    Qual a sua Misso?

    Introduzir-nos na comunho do Filho com o Pai, santificando-nos e fazendo-nos filhos com Jesus. Fortalecer-nos para a misso de

    testemunhar e anunciar Jesus ao mundo. Para isso recebemos a plenitude de seus dons bem como a capacidade de proclamar a todos a quem

    somos enviados o Evangelho de Jesus. O Esprito Santo o AMOR do Pai e do Filho derramado em nossos coraes. O amor fogo que arde,

    chama que aquece e fora que aproxima e une. O milagre das lnguas este: tomados pelo amor de Deus os homens passam a viver uma

    profunda comunho e entre eles se estabelece a concrdia e a paz destruda pelo orgulho de Babel, raiz da discrdia e da confuso das lnguas.

    Guiar a Igreja nos caminhos da histria para que ela permanea fiel ao Senhor e encontre sempre de novo os meios de anunciar eficazmente o

    Evangelho. E isto o Esprito Santo o faz assistindo os pastores, derramando seus carismas sobre todo o Povo e a todos sustentando na misso de

    testemunhar o Evangelho. pelo Esprito Santo que Jesus continua presente e atuante na sua Igreja.

    Quem o recebe?

    Todos os que so batizados e crismados. Quem dele vive? Somente aqueles que procuram guardar a Palavra do Senhor no esforo de

    converso, na orao e no empenho em testemunhar e anunciar o Evangelho de Jesus.

    Quem cr no Esprito Santo e procura viver Dele, feliz. Amm.

    Nele, acontece a plenificao da Pscoa, pois a vinda do Esprito sobre os discpulos manifesta a riqueza da Vida Nova do Ressuscitado no

    corao, na vida e na misso dos discpulos. O Pentecostes , portanto, a celebrao da efuso do Esprito Santo. Os sinais externos, descritos no

    livro dos Atos dos Apstolos, so uma confirmao da descida do Esprito: rudos vindos do cu, vento forte e chamas de fogo. Para os cristos, o

    Pentecostes marca o nascimento da Igreja e sua vocao para a misso universal

    Pentecostes a coroao da Pscoa de Cristo

    Textos adaptado - Fonte: www.cancaonova.com.br / www.comshalom.org

    Dom Eduardo Benes (Bispo diocesano de Lorena/SP)

    Estudando a nossa F

    Qual a origem dos festejos de So Joo?

    Santo do Ms

    So Cirilo de Alexandria

    Bispo e Doutor da Igreja

    Junho - 2011

    01

  • Rua Jardim Floriano

    Socorro - Jaboato

    dos Guararapes

    Fone: 3257-2263

    Maternal ao 5 Ano - Manh e Tarde

    Ingls, Espanhol, Informtica

    da ed i ds or e A

    v Bin C

    U

    ESCOLATr

    ansp

    orte

    Esco

    lar

    www.igrejansperpetuosocorro.com02

    PARQUIA NOSSA SENHORA DO PERPETUO DO SOCORRO - FLORIANO - JABOATO DOS GUARARAPES - PE

    Seja um BenfeitorDivulgue no Jornal Anunciai

    (81) 9141-3741

    (81) 8725-1143

    (81) 9915-8432

    (81) 8214-2750

    Claro

    Oi

    Tim

    Vivo

    pascomperpetuosocorro@gmail.com

    O PO NOSSO DE CADA DIA

    3249-9645

    ELIANEZA

    ICADIF ON RA AP

    Desde 1987

    Floriano - Jaboato dos Guararapes

    EditorialCorpus ChristiE-mail: pascomperpetuosocorro@gmail.com

    Citaes bblicas: Bblia Ave-Maria

    Por Givanildo MartinsA Igreja vive da Eucaristia

    JHS

    Floriano - Jaboato dos Guararapes

    Estamos no ms de junho e geralmente o associamos s festas dos santos juninos mais queridos

    e famosos: Santo Antnio de Pdua (dia 13), So Joo Batista (dia 24) e os apstolos So Pedro e So

    Paulo (dia 29). Todavia, esse ms celebra uma das mais importantes solenidades litrgicas catlicas A

    Solenidade de Corpus Christi.

    Esses prprios santos manifestaram, em suas palavras, a pequenez de suas existncias e a

    grandiosidade do Senhor da Vida. Disse Santo Antnio: meu Senhor Jesus, eu estou pronto a seguir-te

    mesmo no crcere, mesmo at a morte, a imolar a minha vida por teu amor, porque sacrificaste a tua vida

    por ns. J So Joo proclamou: "Depois de mim vem outro mais poderoso do que eu, ante o qual no sou

    digno de me prostrar para desatar-lhe a correia do calado. (Mc 1,7). So Pedro confirmou: Tu s o Cristo,

    o Filho de Deus vivo! (Mt 16,16) e So Paulo declarou: Eu vivo, mas j no sou eu; Cristo que vive em

    mim. A minha vida presente, na carne, eu a vivo na f no Filho de Deus, que me amou e se entregou por

    mim. (Gl 2,20).

    Dessa maneira devemos enaltecer e respeitar mais e mais to indescritvel mistrio sacramental,

    sustentculo da F Catlica, institudo pelo prprio Cristo na ltima Ceia e perpetuado na Santa Missa.

    Ser que estamos seguindo dignamente o pedido que Nosso Senhor fez naquela noite?: Fazei isto em

    memria de mim! (Lc 22,19). Num trecho de seu artigo intitulado Mater Ecclesiae, Dom Estevo

    Bettencourt esclarece: "Fazei isto em memria de mim. memria e sacrifcio, e a memria equivale a

    mesmo e nico sacrifcio de Cristo; Memria equivale oferta do sacrifcio do Corpo e Sangue de Jesus.

    No se trata de uma "recordao psicolgica", mas perpetua e torna presente o sacrifcio da Cruz (sem o

    multiplicar). Ela renova e multiplica sim, a Ceia do Senhor. Cristo ofereceu-se uma vez na Cruz, para se

    tornar presente tantas vezes quanto celebrarmos a Santa Missa. Por isso que na Missa, ns catlicos

    reconhecemos sua real presena divina, para que ns nos tornssemos presentes em Jesus toda vez

    quando celebramos a Ceia Eucarstica. O que vemos hoje so alguns pseudo-liturgistas, ignorantes em

    doutrina e liturgia catlicas, indiferentes s orientaes da Santa S, introduzindo novidades, copiadas

    de outras doutrinas, na celebrao da Santa Missa, alegando serem para dinamiz-la e moderniz-la, para

    assim atrair mais pblico.

    Meus caros, quanta sandice: no se pode alterar o que por si s j completo, perfeito e inefvel. A Missa no programa de

    auditrio para dar Ibope. No se pode particulariz-la, adaptando-a aos caprichos de determinados grupos. A Missa para todos, sob

    pena de corrermos o risco de profan-la. No temos o direito e nenhuma autoridade nos foi dada para macul-la ou alter-la, pois foi o

    prprio Cristo quem disse: O cu e a terra passaro, mas as minhas palavras no passaro. (Mt 24,35). Modernizar os ritos da Santa

    Missa , alm de anti-litrgico, uma ofensa ao prprio Salvador.

    Portanto, neste ms de junho comemoremos sim, com alegria, os santos juninos, mas celebremos com respeito, amor e f ainda maiores, a

    magnfica Solenidade da Instituio da Eucaristia Corpus Christi. E juntos, nesse dia, entoemos um dos belos trechos cantados na solene

    seqncia de Corpus Christi: Faz-se carne o po de trigo,/ faz-se sangue o vinho amigo:/ Deve-o crer todo cristo./ Deve-o crer todo cristo.

    Solenidade de Corpus Christi Igreja celebra Corpus Christi (Corpo de Cristo) como Festa de Contemplao, Adorao e Exaltao,

    onde os fiis se unem em torno de sua herana mais preciosa deixada por Cristo, o Sacramento da sua Aprpria presena. Programao da Solene Festa da Eucaristia - 26 de Junho de 2011

    s 06h30 - Missa de preceito

    A partir das 10h30, Adorao ao Santssimo Sacramento, coordenada pelos rgos

    paroquiais escalados;

    s 17h00 - Missa de preceito

    s 18h00 - Procisso com o Santssimo Sacramento (pelas ruas prximas)