Click here to load reader

Jornal o peixe ed02

  • View
    892

  • Download
    6

Embed Size (px)

Text of Jornal o peixe ed02

  • 10 anos de SINDASP-MG!

    REAJUSTES

    SINDASP-MG conquistaisonomia salarial com as demais Foras de Segurana do Estado.

    Pgina 2

    A LUTA CONTINUA...

    Plano de metas para 2015 so traadosem mbito nacional e estadual.

    Pgina 5

    O SINDICATO

    Conhea o departamentojurdico do SINDASP-MG.

    Pgina 7

    INFORMATIVO DO SINDASP SINDICATO DOS AGENTES DE SEGURANA

    PENITENCIRIA DO ESTADO DE MINAS GERAISANO I MARO DE 2015 N 02

    F undado em 2004, o Sindicato dos Agentes de Segurana Penitenciria de Minas Gerais (SINDASP-MG) completou 10 anos de histria e muita luta. Foram inmeros encontros e negociaes com o governo, militncias, passeatas, acampamentos, reunies na Assemblia Legislativa e na Cidade Administrativa angariando apoios e pressionando as autoridades a m de somar conquistas para a categoria. O intenso tra-balho resultou em grandes ganhos para os servidores penitencirios como a isonomia salarial e relevantes reajustes, criao de aproximadamente 6 mil vagas no concurso de 2012 e nomeao dos aprovados, porte de arma e aproveitamento do MEAF para registro de arma particular, dentre outros.Con ra nesta edio as lutas do Sindicato.

  • 2 Maro de 2015

    Publicao do Informativo do SINDASP

    Sindicato dos Agentes de SeguranaPenitenciria do Estado de Minas Gerais

    Site: www.sindaspmg.org.br

    E-mail: [email protected]

    Telefone: 31) 3271-4145

    Jornalista responsvel: Aracelle Fonseca

    Diagramao, Arte e Impresso:

    FUMARC - Fundao Mariana Resende Costa

    (31) 3249-7400 - www.fumarc.com.br

    E D I T O R I A L

    SINDASP-MG conquistaisonomia salarial comas demais Foras deSegurana do Estado

    C ompletamos 10 anos de exis-tncia em 2014. Mesmo sen-do relativamente recentes,

    j somamos conquistas de grande

    importncia para a categoria. Foram

    muitas lutas em prol da melhoria da

    carreira dos servidores do Sistema

    Prisional, sejam Agentes ou Adminis-

    trativos e Tcnicos, por condies de

    trabalho e salrios dignos e, principal-

    mente, pela regularizao e reconhe-

    cimento destes pro ssionais. Sabemos que ainda h muito o

    que se fazer e vamos continuar lu-

    tando pelos nossos direitos. Nesta

    segunda edio de O Peixe vocs

    podero conferir os resultados do

    nosso trabalho e as nossas lutas para

    2015. Boa leitura!

    Adeilton de Souza Rocha

    Presidente do SINDASP-MG D esde a reunio ocorrida no dia 10 de novembro de 2011, quan-do o SINDASP-MG conseguiu, junto Secretaria de Estado de Plane-jamento e Gesto (SEPLAG), a isonomia salarial dos Agentes Penitencirios com os Policiais Civis, grandes avanos foram conquistados. O aumento foi concedido por meio de uma emenda a ento PL 2571/2011, atual Lei 19973/2011, que estabelece diretrizes e parmetros para a poltica remuneratria dos servidores pblicos. A isonomia foi alcanada em

    dezembro do ano passado.Alm disso, a categoria foi includa

    nos reajustes para as foras de Seguran-a do Estado, distribudos da seguinte maneira: 10% em dezembro de 2011 (Salrio Base: R$ 1954,68), 12% em outu-bro de 2012 (R$ 2.189,24), 10% em outu-bro de 2013 (R$ 2.528,57), 15% em julho de 2014 (R$ 3.053,25), 12% em dezem-bro de 2014 (R$ 3.419,64) e 15% em abril de 2015 (R$ 4.098,45). A partir deste ano, todas as foras de segurana do Estado passam a ter salrios iguais.

    E X P E D I E N T E

    R E A J U S T E S

    SINDASP-MG pede apoio da SEDS proposta de isonomia salarial dos agentes peni-tencirios com os demais servidores do grupo de atividade de Defesa Social do Estado

    SINDASP-MG reivindica ao governador Antnio Augusto Anastasia a insero da pauta salarial nas discusses

  • Informativo do SINDASP - Sindicato dos Agentes de Segurana Penitenciria do Estado de Minas Gerais 3

    E m 30 de agosto de 2012 o gover-no lanou o Edital SEPLAG/SEDS n 03/2012, com 3.410 vagas para agentes penitencirios. O SINDASP-MG, negociando com o governo, conseguiu que 2.500 vagas fossem aprovadas, tota-lizando 5.910 vagas. Em janeiro de 2014, o SINDASP-MG tambm negociou a libe-rao do curso de formao para todos os candidatos aprovados. Porm, ao nal do ano, dos quase 6.000 candidatos aptos a assumir, quase metade ainda no tinham sido nomeados e o cronograma do concur-so estava sendo adiado pela quarta vez.

    O Sindicato ento se mobilizou junto com a Comisso de Representao do Cer-tame 2012 e demais candidatos para pres-sionar o governo e exigir sassem todas as nomeaes. Foram cerca de duas semanas de protestos na ALMG, com acampamen-tos e passeatas, que culminaram no acordo entre o SINDASP-MG e o ento Secretrio de Defesa Social, Marco Antnio Romanelli, de que o cronograma seria publicado e cumprido integralmente, sem mais nenhu-ma outra alterao, e as nomeaes do dia 24/12 seria adiantadas para o dia 23.

    At as nomeaes do dia 27 de janeiro o governo vinha cumprindo o acordo. Porm, as nomeaes que deveriam ser publicadas no dia 11 de fevereiro no saram na data e o SINDASP-MG se mobilizou novamen-te junto aos agentes pressionando a nova gesto. No mesmo dia, o Sindi-cato esteve na Cidade Administrativa

    cobrando um posicionamento e me-didas urgentes diante da situao. Aps 10 dias corridos, as nomeaes foram publicadas no IOF.

    Faltando apenas 170 nomeaes, previstas para o dia 19 de fevereiro, o Governo mais uma vez descumpre o prazo. Neste mesmo dia, os agentes foram para a porta da ALMG e por l montaram um acampamento com o apoio do Sindicato, que fornece bar-racas, faixas e almoo.

    Paralelamente, o Presidente Adeil-ton Rocha, passou a tarde na Cidade Administrativa disposto a cobrar no-vamente um posicionamento do go-verno e, em reunio com o Secretrio Bernardo Santana, recebeu a informa-o que as nomeaes j estavam na SEPLAG e que seriam publicadas em breve. Aps muita presso, as nome-aes finalmente saram com um ms de atraso.

    Alm disso, o Sindicato j traba-lha junto Comisso do Concurso de 2013 cobrando do Governo a criao de um cronograma das etapas do certame, cronograma de nomeao e posse, convocao de todos os ex-cedentes da 5 etapa para realizao do Curso de Formao, seguida de nomeao e posse.

    SINDASP-MG conquista a chamada de todos os excedentes do concurso de 2012

    N O M E A E S

    Presidente do SINDASP-MG, Adeilton Rocha, vai ALMG cobrar as nomeaes dos agentes excedente

    Presidente do SINDASP-MG, Adeilton Rocha, e Diretor Executivo, Carlos Alberto, intermediados pelo Deputado Federal e Presidente da Unio Geral dos Trabalhadores

    de Minas Gerais (UGT-Minas), Ademir Camilo, cobram do Secretrio, Bernardo Santana, nomeaes dos 170 agentes restantes e agilidade no certame de 2013

  • 4 Maro de 2015

    D e 2004 para c, grandes avan-os foram conseguidos tam-bm em relao ao porte e registro de arma de fogo. A legislao mineira saiu na frente da nacional no favorecimento da categoria. A partir da publicao da Lei 14.695 de julho 2003, que determinou a criao da car-reira de Agente de Segurana Peniten-cirio no Estado, alteraes e projetos de complementao a favor do porte e registro de armas foram sendo institu-das graas aos trabalhos do Sindicato junto categoria.

    Esta era uma luta antiga do SIN-DASP-MG que foi reforada em 2013. Entre as reivindicaes colocadas em pauta e apresentadas ao governo no incio do referido ano estava a con-cesso do porte de arma para os ser-vidores penitencirios. Este item foi cobrado insistentemente pelo Sindi-cato, tanto em mbito estadual como nacional, e, no dia 27 de dezembro de

    2013 veio o primeiro resultado deste trabalho com a promulgao da Lei n 21.068 que dispe sobre o porte de armas de fogo pelo Agente de Segu-rana Penitencirio.

    E a conquista no parou por a, no ano seguinte a legislao tambm fa-

    voreceu o porte de arma no mbito nacional, conforme almejado pela ca-tegoria, com a publicao Lei Federal n 12.993, de 17 de junho que conce-de o porte de arma funcional aosinte-grantes do quadro efetivo de agentes e guardas prisionais.

    Luta antiga do Sindicato, legislaomineira libera o porte de armas de fogopara os servidores penitencirios antes

    da Lei Federal n 12.993

    P O R T E E R E G I S T R O D E A R M A S

    Assemblia para a discusso do Projeto de Lei 4040/2013, que dispe sobre o porte de arma de fogo fora de servio a nvel Estadual

    Primeira reunio entre o SINDASPMG e o ento Secretrio de Defesa Social, Rmulo, para a discusso do veto presidencial ao PLC 87 que trata do porte de arma fora de servio

  • Informativo do SINDASP - Sindicato dos Agentes de Segurana Penitenciria do Estado de Minas Gerais 5 A L U T A C O N T I N U A . . .

    Plano de metas para 2015 so traadosem mbito nacional e estadual

    O s planos e pautas de reivin-dicaes para 2015 esto es-tabelecidos, tanto em nvel nacional quanto estadual. Antes mes-mo de o governo terminar de ajeitar a casa, o SINDASP-MG j comeava os trabalhos formulando e apresentando a pauta de reivindicaes ao Deputado Federal Laudivio Carvalho, logo na pri-meira semana do ano, a m de angariar apoio junto ao executivo.

    Logo na semana seguinte o Sindi-cato, apoiado pelo vereador de Una, Eugnio Ferreira, esteve na Cidade Administrativa em reunio com o novo Secretrio de Defesa Social, Ber-nardo Santana, expondo as condies do Sistema Prisional e apresentando as reivindicaes da categoria. Este

    primeiro contato com a nova gesto tambm serviu para firmar o compro-misso por parte desta em manter as portas abertas para o Sindicato.

    Menos de 24 horas aps o encontro com o Secretrio, o presidente, Adeil-ton Rocha, e o diretor executivo, Carlos Nogueira, j estavam em Braslia, no 3 Congresso da Federao Sindical Na-cional dos Servidores Penitencirios (Fenaspen) para tratar de assuntos rela-cionados ao reconhecimento e regulari-zao da carreira dos Agentes.

    Ficou-se ento definido, em m