Jornal Vitrine Lageana

  • View
    213

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Edio numero 58

Transcript

  • Lages, 21 de dezembro de 2012 - Ano 2 Ano 2 - Edio 58 - Lages, 21 de dezembro de 2012

    www.vitrinesc.com.br - R$ 2,00

    A terceira e ltima edio do caderno conta a histria das corridas de automveis do pas nos anos 40, 50 e 60.

    A fora do povo

    Sinotruck realidade em Lages

    Confira nesta edioo ltimofascculodo 12h

    Pgina 03

    Pgina 20

  • Lages, 21 de dezembro de 2012 - Ano 2 02Opinio

    O ministro da Fazenda, Guido Mantega, indicou que a Petro-bras certamente ir fazer um reajuste no preo da gasolina em 2013, com impacto na bomba. Segundo ele, no se trata de uma medida excepcional, j que houve um reajuste este ano no preo dos combustveis.

    Deixando claro que falava como ministro da Fazenda e no como presidente do Conselho Admi-

    nistrativo da Petrobras, Mantega disse que, no momento adequa-do, a Petrobras far o anncio.

    Segundo ele, 2013 ser muito melhor porque o Brasil tem feito reformas com nfase na compe-titividade e no crescimento eco-nmico, com mais investimentos. Ele destacou que o setor privado ter mais estmulos. Que o prxi-mo ano seja melhor o que todos esperamos.

    Falta de estatsticas, precarie-dade de programas de assistncia e de apoio s vtimas e a necessi-dade de mudana na legislao esto entre as principais conclu-ses da Comisso Parlamentar de Inqurito (CPI) do Trfico Nacional e Internacional de Pes-soas do Senado.

    O relatrio aponta que o nme-ro de inquritos instaurados pela Polcia Federal, que tratam do tr-fico internacional de pessoas com

    o fim de explorao sexual, baixo. O documento traz a minuta

    de um projeto de lei que torna mais rgida a legislao brasileira de combate ao trfico humano. A proposta estabelece pena de priso de quatro a dez anos para quem agenciar, aliciar, recrutar, transportar, transferir, alojar ou acolher pessoa, mediante grave ameaa, violncia, coao, fraude ou abuso. Penas mais duras para criminosos o que falta ao pas.

    O medo do desemprego entre os brasileiros caiu, segundo a pesquisa Termmetros da Socie-dade Brasileira, da Confederao Nacional da Indstria (CNI). Apesar de o desempenho da eco-nomia ter sido fraco, segundo a Confederao, o ndice do Medo do Desemprego (IMD) registrado em novembro de 2012 sofreu reduo de 1,1%, em relao a se-tembro, e de 2,6%, se comparado a novembro de 2011.

    De acordo com o coordenador da pesquisa, o economista da CNI Marcelo Azevedo, as perspectivas para esse ndice em 2013 so positivas, especialmente levando em considerao o desempenho da indstria em 2012, que foi tido como fraco. Segundo ele, um dos fatores que contribui para a queda do medo do desemprego foi a formalizao dos postos de trabalho em geral. Sinal de que as coisas esto mudando no Brasil.

    Gasolina

    Trfico de pessoas

    Sem medo

    Opinio do LeitorProteo e amparo ao idoso

    Espao reservado opinio de nossos leitores. Caso voc queira tambm se ex-pressar, nos envie um email com sua opinio ou sugesto para:jornalvitrinelages@gmail.com

    Diretoria da Associao Beneficente Lar do Menino Deus

    As Instituies de Longa Per-manncia para Idosos (ILPI) so locais para residncia coletiva, nas quais pessoas com idade avanada buscam a proteo e o amparo que, frequentemente, no encontraram no seu ambiente familiar e social.

    A Associao Beneficente Lar do Menino Deus uma Instituio de Longa Permanncia (ILPI), criada em 16 de julho do ano de 2001, tendo por finalidade a assistncia pacientes idosos, proporcionando moradia, alimentao, cuidados e lazer.

    A Instituio mantida com recursos advindos dos idosos - 70% (setenta por cento) do valor do benefcio previdencirio, con-forme prev a Lei N. 10.741, de

    Nossa OpinioNos prximos dias viveremos

    uma das pocas mais esperadas do ano. As pessoas esto frenticas nas ruas comprando os presentes que ainda faltam, as crianas j no dormem direito espera do Papai Noel e famlias arrumam as malas, ansiosas pelo esperado encontro com entes queridos que, talvez, h muito no veem.

    uma atmosfera de emoo e amor que envolve a todos. Gratificante para a maioria que, acredita, vale o esforo do tra-balho para organizar a ceia ou enfrentar a estrada. uma poca em que muitos so aqueles que se sentem gratos por tudo o que tem e podem viver. Pelo tempo de muito aprendizado, alegria e pou-cas tristezas que viveram, em que puderam crescer como pessoas e como profissionais, e fortalecer algumas crenas.

    Aproveitando este clima de

    ternura, compreenso e solida-riedade, aproveitamos para compartilhar um pensamen-to: Independente do cargo que ocupe, da instruo que detenha: coloque-se no lugar do outro.

    Esta uma filosofia de vida que falta a algumas pessoas seguir ou da qual outros se lembram apenas no ms de dezem-bro e muito bem descrita por Leila Ferreira: Resgate aquele velho exerccio que anda esquecido: aprenda a se colocar no lugar do outro, e trate-o como voc gostaria de ser tratada, seja no trnsito, na fila do banco, na empresa onde trabalha, em casa, no supermercado, na academia.

    Porque, no fim de tudo, voltare-mos para o mesmo lugar de onde samos, com os mesmos pertences.

    Saiba aproveitar a oportu-

    nidade de praticar o bem no s q u a n d o

    Natal, mas em dias comuns, em que a

    preocupao com a ro-tina parece ocupar toda a sua vida. Inclua a prtica da gentileza

    no dia a dia, mais do que apenas cumprir com as tarefas que

    lhe so dadas. Qualquer local o lugar ideal para isso, pois nas pequenas coisas que tantas pes-soas precisam de auxlio.

    Termine 2013 com a certeza de que de alguma forma voc contribuiu com o bem. Ainda h tempo. E que de uma maneira ou outra todos vocs, leitores deste texto, se sintam carinhosamente tocados por sentimentos como amizade e afeto.

    1 de outubro de 2003 (Estatuto do Idoso) , recursos dos entes pblicos - Municpio, Estado e Unio -, eventos promovidos pela instituio e doaes feitas pela sociedade em geral.

    Foi declarada de Utilidade P-blica pela Lei Municipal N. 2.890, de 3 de outubro de 2002, e Esta-dual N. 14.420, de 28 de abril de 2008, e Portaria N. 3.561, de 22 de outubro de 2009, do Minisrio de Justia.

    Est inscrita no Conselho Mu-nicipal de Assistncia Social sob N. 007, no Livro N. 001, Fo-lha N. 002, desde 3 de junho de 2011, e no CNPJ sob N . 04.570.238/0001-03.

    Alm dos quartos, que so divi-

    didos em duas alas, uma masculi-na e outra feminina, a Instituio possui um refeitrio e uma sala de estar com televiso, onde aqueles que se encontram abrigados se renem para se descontrair.

    AgradecimentosA Diretoria da Associao Be-

    neficente Lar do Menino Deus agradece a todos que ao longo deste ano contriburam para o bem estar das pessoas que se en-contram abrigadas na Instituio e desejamos a todos que ardua-mente batalham para a sua manu-teno, um Feliz Natal e Prspero Ano Novo, repleto de sade, paz e harmonia. Muito obrigado e que Deus ilumine a todos!

    Ernani FontouraDiretor Executivo

    Luciano MarinDiretor Administrativo

    Marcelo Vieira Muniz (Pakinha)Diretor Comercial

    O Jornal Vitrine uma publicao da Tendncia Comunicao LtdaOs artigos assinados no representam a linha editorial deste jornal

    Fones: (49) 3224-4091Email: redacao@vitrinelageana.com.br

    Jos Ferreira da SilvaJornalista Responsvel

    RGMT 0038

    VE itrinexpedienteVE itrinexpediente V Litrine ageanaV Litrine ageana

    Antonio ArmindoReprter

    Cassiane Vilvert Reprter

  • Lages, 21 de dezembro de 2012 - Ano 2 03PolticaDiplomao de Elizeu encerra solenidades

    A diplomao do prefeito, vice e vereadores de Lages, na noite de quarta-feira, 19, encerrou as sole-nidades dos candidatos eleitos para a prxima legislatura. A cerimnia aconteceu no Teatro Marajoara e foi conduzida pelo Juiz Eleitoral Jaime Machado Jnior.

    Alm do juiz, o prefeito eleito, Elizeu Mattos (PMDB), e o vereador Marcius Machado (PPS), o mais votado, foram os nicos a discursar.

    Receber o diploma mais uma eta-

    pa que marca o processo de transio administrativa, para Elizeu. Cada etapa vencida um passo adiante rumo a novo tempo para a nossa cidade. Faltam poucos dias para a posse e transmisso de cargo, quan-do implantaremos um novo modelo de gesto na prefeitura de Lages, afirmou.

    Elizeu venceu uma das eleies mais disputadas j vivenciadas em Lages. O eleito fez apenas 1.302 vo-tos a mais que o adversrio, Antnio

    Ceron (PSD). No total, foram 46.583 votos, 50,71% de todos os votos vli-dos. Antnio Ceron e Sirlei Rodrigues fizeram 45.281 votos, 49,29% dos vlidos.

    A coligao que elegeu Elizeu foi uma das maiores alianas partidrias j feitas em Lages. De acordo com ele, foi uma unio de foras em nome da mudana e da renovao. Temos uma grande caminhada pela frente e o time que est do nosso lado forte, coeren-te e consciente, enfatizou Elizeu.

    O primeiro prefeito da Amures (Associao dos Municpios da Re-gio Serrana) a receber o diploma foi o prefeito reeleito de Urupema, Amarildo Luiz Gaio (PMDB). A Solenidade aconteceu no Frum de So Joaquim, onde tambm foram diplomados os prefeitos de Bom Jardim da Serra, Edelvanio Nunes Topanoti (PSDB), e So Joaquim, Humberto Brilguenti (PMDB), e os

    respectivos vices.Gaio aproveitou a ocasio para

    reafirmar que o grande compro-misso do gestor pblico com a populao. Ele fez um apelo aos vereadores e prefeitos diplomados para que construam um pacto pela regio. Temos de estar juntos para compensar a diferena da depresso financeira que temos em relao s demais regies do Estado, disse.

    Prefeito, vice e vereadores recebemram diplomas

    O prefeito eleito de Urupema, Amarildo Luiz Gaio ( direita), acredita que compromisso do gestor pblico com a populao

    Foto: Marcelo Vieira

    Foto: Divulgao

    Primeiro diplomado de Urupema

  • Lages, 21 de dezembro de 2012 - Ano 2 04Poltica

    Shappo o maisexperientes dos e