julho/ 2010 III Workshop de Petróleo da Unicamp Workshop ... ?· III Workshop de Petróleo da ... mundo…

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

III Workshop de Petrleo da Unicamp

A edio 2010 do Workshop dePetrleo da Unicamp reuniu grandesnomes da academia e da indstria paradebater o futuro da explorao e daproduo de petrleo no Brasil e nomundo. Em sua terceira realizao, oevento j se consolidou como vitrine dapesquisa e do mercado de trabalho nosetor, e reuniu palestrantes e alunos dediferentes pases para discutir osrumos da rea. O evento aconteceu de30 de junho a 02 de julho, na Facul-dade de Engenharia Mecnica-FEM. Oworkshop contou com palestras, mini-curso e mesa-redonda, que aconte-ceram diariamente das 8h s 17h.

Participaram do evento pesquisa-dores da Unicamp, Unesp e UFRJ, e asempresas Intech, OGX, Statoil, Pe-trobras, BG Brasil, CGG Veritas, BakerHughes e Schlumberger. O Workshopcolocou os participantes em contatocom as tendncias do mercado, novosprodutos e tecnologias e promoveu ainterao entre diversas reas. Almdisso, o evento buscou complementara formao dos alunos e fornecer aoportunidade para profissionaisaperfeioarem e ampliarem suascompetncias, promovendo a integraodeempresas,alunoseuniversidades.

O que eu mais gostei nessa ex-perincia foi a oportunidade de sentarcom estudantes de outros pases ediscutir a indstria de petrleo denossos pases, nossos trabalhos ecomo poderamos colaborar uns comos outros para suprir as necessidadesdo mercado atual, porque vital umarede de conexes entre profissionaisnesta rea , diz Jos Luis B. Goicetty,engenheiro qumico que veio daVenezuela para participar do evento.

No primeiro dia do evento a empresaOGX apresentou seu trajeto para setornar a maior empresa privada de leoe gs do Brasil. Logo aps, a Statoil,companhia energtica norueguesa quehoje uma das maiores companhias deleo e gs do mundo, fez umapalestra sobre poos multilaterais, comapresentao em portugus porCludio Lima e aprofundamentotcnico em ingls pelo noruegus

.

Programao

offshore

Gunnar Kjorsvik. O dia terminou com apalestra sobre empacotamento comgravel para conteno de areia em poosprodutores de petrleo no-revestidos,ministrada por Agostinho Calderon, daPetrobras.

O segundo dia comeou com palestrada empresa brasileira Intech sobreestado da arte em sondas, fluidos eferramentas para poos de petrleo. Amanh seguiu com palestra do pesqui-sador Paulo Tibana, gelogo e professordo Instituto de Geocincias da Unesp,sobre os reservatrios carbonticos noBrasil. Ele discutiu os desafios da explo-rao do pr-sal e a parceria vital deempresas com as universidades. Noincio da tarde, a empresa BG Brasil(brao nacional do grupo BG, lder mun-dial em gs natural) discutiu novas tec-nologias de perfurao. O dia acaboucom a discusso sobre interpretaossmica na explorao de petrleo e asnovas tecnologias 4D, ministradas pelosfranceses Jean-Luc Formento e DidierLecerf, da companhia francesa CGGVeritas. Neste dia tambm foi realizadoo mini-curso sobre CMOST, ministradopela empresa CMG, das 8h s 17h.

O ltimo dia do evento comeou compalestra de Darcy Correa, da BakerHughes, a terceira maior companhia domundo de servios de campo de petr-leo, sobre perfilagem de poos. Correaapresentou diferentes equipamentos e

mtodos de perfilagem e apontou aimportncia de sua aplicao paraeconomizar tempo e dinheiro, e princi-palmente para garantir a seguranadurante a perfurao. Em seguida, acompanhia Schlumberger, a maiorcorporao de servios em campo depetrleo do mundo, deu uma viso ge-ral sobre seus servios de consultoria.

O dia acabou com uma mesa redondaformada por Osvair Vidal Trevisan(professor da FEM e diretor do Centro deEstudos de Petrleo-CEPETRO), JosRoberto dos Santos (diretor da Comissode Estudos em Petrleo e Gs daSecretaria de Desenvolvimento doEstado de So Paulo) e Jos EduardoFrasc Poyares Jardim (Presidente daIntech Engenharia) discutindo os im-pactos do desenvolvimento dos camposdo pr-sal. A discusso envolveu alunose pesquisadores em um acalorado de-bate sobre o uso dos royalties doscampos do pr-sal . A mesa redondaabordando o tema dos impactos dodesenvolvimento do pr-sal adicionou,em ordem imensurvel, conhecimento.Foi um momento nico, onde foi poss-vel saber mais sobre um assunto poucodiscutido em salas de aula, que no estana TV e nem na mdia comum, apontaAndr Damiani Rocha, presidente doCaptulo Estudantil daUnicamp.

Mesa redonda

Workshop de Petrleo rene pesquisadores eempresrios para discutir rumos do setor

Captulo Estudantil da Unicamp faz abertura do III Workshop de Petrleo da Universidade

Foto

: C

hris B

ueno

julho/ 2010

III Workshop de Petrleo da Unicamp

Dois alunos do Departamento deEngenharia de Petrleo-DEP daFaculdade de Engenharia Mecnica-FEM da Unicamp ficaram com oprimeiro lugar no

,seletiva de trabalhos acadmicos daregio da Amrica Latina e Caribe.Fernando A. Grangeiro Filho, nadiviso Mestrado, e Nilo Ricardo Kim,na diviso Doutorado, agora vodisputar a seletiva mundial, no

, o maior e mais importanteevento sobre engenharia de petrleono mundo. Na diviso Graduao, opr imeiro lugar f icou com ovenezuelano Jose Luis BarriosGoicetty . A

fornece fundos de atUS$ 3.000 para os vencedoresregionais participarem da competiointernacional, que este ano aconteceem Florena, na Itlia, de 20 a 22 desetembro.

A participao nesse evento j um reconhecimento aos esforos doestudante e excelncia do trabalhodesenvolv ido junto com seuorientador. A vitria, na categoria deDoutorado, foi motivo de entusiasmomostrando que o caminho trilhado foi

Latin American/

Caribbean Regional Paper Contest

Annual

Technical Conference and Exhibition-

ATCE

Society of Petroleum

Engineers-SPE

Alunos da Unicamp vencem seletivaregional de artigos acadmicos

correto e possi-bilitando queeu apresente osresultados numcenrio mun-dial, compe-tindo dessa vezcom pesquisasde todo o pla-neta, declaraNi lo R icardoKim.

A seletivaaconteceu para-lelamente ao IIIWorkshop dePetrleo da Uni-camp, nos dias30 de junho e01 de julho. 19candidatos par-ticiparam doevento, sendo 12 de Graduao, 4 deMestrado e 3 de Doutorado. A disputaregional reuniu alunos de Brasil,Argentina, Trinidad Tobbago eVenezuela. O evento tambm foiorganizado pelo Captulo Estudantil daUnicamp (

), que em 2009 recebeu oprmioem reconhecimento excelncia em

Unicamp SPE Student

Chapter

Outstanding Student Chapter

operaes estudantis na AmricaLatina e Caribe na rea de Engenhariade Petrleo, recebendo tambm aresponsabilidade de selecionar ostrabalhos da Amrica Latina e doCaribe que sero apresentados noprximo ATCE. A SPE realiza novePaper Contest regionais, selecionandoos candidatos para o ATCE.

Caracterizao integrada de reservatriosdiminui riscos de explorao

Os dados ssmicos de um resevatrioso essenciais para a anlise de risco docampo. Logo, quanto mais detalhados eprecisos esses dados, melhor aa v a l i a o d e s s e r i s c o e ,consequentemente, da explorao eproduo de petrleo. Em sua tese demestrado "Anlise de Incertezasatravs de Caracterizao Integrada deRe s e r va t r i o s d e Pe t r l e o " ,desenvolvida no Departamento deEngenharia Mecnica-DEP e orientadapelo Prof. Denis Jos Schiozer, OlivierGuillou analisa diferentes metodologiase seus impactos na anlise de risco decampo.

Segundo Guillou, as crescentesdificuldades encontradas na exploraoe produo de petrleo, como adiminuio das grandes descobertas, oa f a s t amen t o da co s t a e a sprofundidades cada vez maiores doscampos, criam uma necessidade

permanente de inovao. Com asnovas metodologias de integrao dessmica 3D desenvolvidas e integradasem um processo de otimizaobaseado em modelagem retroativa, possvel diminuir essas dificuldades etambm seus riscos.

O estudo compara os resultados deq u a t r o m e t o d o l o g i a s d ecaracterizao de reservatrio e oseus respectivos impactos na anlisede risco do campo. A caracterizao dereservatrios condicionada a atributosssmicos se revelou uma maneiraeficiente de melhorar a qualidadessmica dos modelos. Isso contribuipara melhor conhecer e dominar osreservatrios situados em regiesremotas. A seleo dos modelos porum critrio de qualidade melhora acoerncia global do estudo e permitemelhor acesso ao risco do projeto,afirma Guillou.

Primeiros colocadosno Latin American/Caribbean Regional

Paper Contest

Graduao

Mestrado

Doutorado

1 Lugar

2 Lugar

3 Lugar

1 Lugar

2 Lugar

1 Lugar

Jose Luis Barrios Goicetty -Venezuela

Diogo Melo Paes - Brasil

Ricardo Malagodi Caliari - Brasil

Fernando A. Grangeiro Filho -Brasil

Bruno Fagundes Flora Brasil

Nilo Ricardo Kim - Brasil

Jose Luis Barrios Goicetty, primeiro colocado na diviso Graduao

Foto

: C

hris B

ueno

Tese aponta aspectos da utilizaode ster na perfurao de poos

possvel haver uma invasoindesejada de fluidos da formao paradentro de um poo durante umaoperao de perfurao convencional.Isso aconteceria se a presso dentro dopoo ficasse menor do que a presso deporos do reservatrio. Como se evitarisso? o que procura responder a tesede doutorado Estudo do Compor-tamento PVT de Misturas de Metano eFluidos de Perfurao Base ster,desenvolvida por Nilo Ricardo Kim noDepar tamento de Engenhar i aMecnica-DEP e orientada pelo Prof.Paulo Roberto Ribeiro.

O objetivo do trabalho foi entender ocomportamento de misturas de metano,principal componente do gs natural,com emulses de ster, um compostoorgnico utilizado como base sintticapara fluidos de perfurao. Esse com-posto pode ser aplicado em casosespecficos de poos com caractersticaspeculiares de presso, temperatura,tipo de formao, sendo biodegradvele obtido a partir de fontes renovveis,em contrapartida a outras bases como an-parafina, de origem fssil, apontaKim.