Monografia Jeane Pedagogia 2010

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Pedagogia 2010

Text of Monografia Jeane Pedagogia 2010

  • 1. 1UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIADEPARTAMENTO DE EDUCAOCAMPUS VII - SENHOR DO BONFIM BA PEDAGOGIA: DOCNCIA E GESTO NOS PROCESSOSEDUCATIVOSRESIGNIFICANDO A CULTURA POPULAR Por JEANE FERREIRA LOULASENHOR DO BONFIM - BA2010

2. 2 JEANE FERREIRA LOULARESIGNIFICANDO A CULTURA POPULAR Trabalho Monogrfico apresentado Universidade do Estado da Bahia, Departamento de Educao, Campus VII como pr-requisito para a concluso do Curso de Pedagogia: Docncia e Gesto dos Processos Educativos. Orientadora: Prof. Msc. Maria Elizabeth Souza Gonalves. SENHOR DO BONFIM - BA 2010 3. 3 JEANE FERREIRA LOULARESIGNIFICANDO A CULTURA POPULAR Aprovada em: ____/____/_______________________________________Orientadora__________________________________Avaliador(a)__________________________________Avaliador(a) 4. 4A Deus, meu melhor amigo em todosos momentos. minha me Helena, meu exemplo decoragem, luta e amor vida.Ao meu pai Delson, pela sua f,serenidade, e oraes por mim.Aomeu av AdemarLoula (emmemria) pelo exemplo de carter euma rica histria de vida.Aosmeusirmos Jorge, Juara,Jacira, e meu sobrinho George portodo apoio e incentivo.Aomeu namoradoWagner, pelocompanheirismo e pacincia nesseperodo de elaborao da monografia.E a todos os amigos pelo carinho eateno. 5. 5 AGRADECIMENTOS Universidade do Estado da Bahia UNEB - Departamento de Educao -Campus VII Senhor do Bonfim Ba, direo, funcionrios e aos professores pornos proporcionarem momentos de interao, aprendizado, contribuindo para o nossocrescimento acadmico. professora, orientadora, Maria Elizabeth Souza Gonalves, pelo exemplo deprofissionalismo, empenho, amizade, e ensinamentos compartilhados durante odesenvolvimento dessa pesquisa.As professoras e direo do Centro Estudantil Fundame, pela colaborao, eespao cedido durante a elaborao deste trabalho. minha turma de curso, pelo tempo que Deus nos concedeu de convvio, epelas amizades, aprendizado que permanecero vivas em nossa mente e corao.A minha irm e colega de turma Jacira Lla, pelo compartilhar das angstias ealegrias durante todo o curso.Minhas amigas e colegas: Amanda, Aurelina, Eliciene, Valci, Viviane, Maisa,Clia, Jane, e Cristiane Pinto, entre outros pelo apoio e torcida.A todos que de alguma forma contriburam para a concluso desse trabalho. 6. 6RESUMOEssa pesquisa tem como objetivo identificar os significados que os professores da EducaoInfantil e sries iniciais do Ensino Fundamental do Centro Estudantil Fundame do a CulturaPopular. Esse estudo teve como suporte terico: Freire (1997), Fvero (1983), Aplle (1997),Gadotti (2007), Minayo (1994), Nidelcoff (2004), dentre muitos outros que nos auxiliaram afundamentar nosso estudo. O paradigma metodolgico foi qualitativo, por nos possibilitarcompreender melhor o espao e a chegar mais prximos aos sujeitos. Os instrumentos decoleta de dados foram: questionrio fechado, observao participante, e a entrevista semi-estruturada. A partir da utilizao desses instrumentos foi possvel obter algumasconsideraes que indicam que a cultura popular ainda no tem espao no currculo daescola, e sim um modelo de cultura hegemnico legitimado pelos meios de comunicao demassa e pelas polticas neoliberais distante da cultura vivenciada pelos educandos.Palavras-chave: Cultura Popular. Significados. Professores. 7. 7LISTA DE GRFICOSGrfico 4.1.1. Percentual quanto ao gnero.Grfico 4.1.2. Percentual quanto formao acadmica.Grfico 4.1.3. Percentual quanto carga-horria de trabalho.Grfico 4.1.4. Percentual quanto renda familiar.Grfico 4.1.5. Percentual quanto aos meios de comunicao.Grfico 4.1.6. Percentual quanto definio de cultura popular.Grfico 4.1.7. Percentual quanto o trabalho com a cultura popular na escola.Grfico 4.1.8. Percentual quanto aos contos populares na escola.Grfico 4.1.9. Percentual quanto utilizao dos contos populares.Grfico 4.2.1. Percentual sobre os significados da cultura popular.Grfico 4.2.2. Percentual sobre a cultura popular na escola.Grfico 4.2.3. Percentual sobre os contos populares na escola.Grfico 4.2.4. Percentual sobre os significados atribudos ao folclore. 8. 8SUMRIOINTRODUO...........................................................................................................10CAPTULO I...............................................................................................................12CAPTULO II..............................................................................................................18 CULTURA POPULAR........................................................................................18 2.1. Semelhanas e diferenas da Cultura Popular e Folclore.............212.2. Contos Populares..........................................................................24 2.3. Interpretando Significados.............................................................26 2.4. Professor: Formao e Prtica......................................................29 2.5. Escola e Currculo..........................................................................31CAPTULO III.............................................................................................................34METODOLOGIA...............................................................................................34 3.1. Tipo de Pesquisa...........................................................................343.2. Locus da Pesquisa........................................................................35 3.3. Sujeito de Pesquisa ......................................................................363.4. Instrumentos de Coleta de Dados................................................36 3.4.1. Observao Participante.........................................363.4.2. Questionrio Fechado..............................................37 3.4.3. Entrevista Semi-estruturada....................................37CAPTULO IV.............................................................................................................39ANALISE E INTERPRETAO DE DADOS....................................................394.1. Perfil dos Sujeitos.........................................................................394.1.1. Gnero..........................................................................39 4.1. 2. Formao Acadmica...................................................40 4.1. 3. Carga-horria de trabalho.............................................414.1. 4. Renda familiar..............................................................41 4.1. 5. Acesso aos meios de comunicao.............................42 4.1. 6. Definio de Cultura Popular........................................43 4.1. 7. O trabalho com a cultura popular na escola.................44 4.1. 8. Trabalho com os contos populares na escola..............444.1. 9. A utilizao dos contos populares pelos professores..454. 2. Analise da entrevista semi-estrutura............................................45 9. 94.2. 1. Significados de cultura popular....................................464.2. 2. Cultura popular na escola............................................484.2. 3. Contos populares na escola..........................................514.2. 4. Significados do folclore..................................................54CONSIDERAES FINAIS.......................................................................................56REFERNCIAS..........................................................................................................57ANEXOS..................................................................................................................61 10. 10 INTRODUOQuando falamos de cultura popular, primeiramente nos recordamos dos anos60, onde se acentuou no Brasil um movimento ideolgico contra uma classedominante. Nesse movimento, buscava-se o reconhecimento e o espao para osmovimentos educacionais, sociais, polticos e culturais das classes menosfavorecidas do pas. Toda herana cultural proveniente dos vrios grupos comonegros, ndios e portugueses, formaram assim um pas multicultural, porm, aindapermanece na sociedade um modelo hegemnico de cultura.A cultura popular dentro do contexto educacional visa integrar osconhecimento e realidade dos alunos, sua vivencia local, valorizando as diferenastanto de raa, cor, gnero, como tambm as aes produzidas pelos gruposculturais em diferentes pocas, buscando assim uma cultura onde o povo sejaprotagonista de sua histria.Dessa forma, no primeiro captulo deste trabalho, abordamos sobre osconceitos de cultura e cultura popular e a relao da mesma com os sujeitos dasinstituies escolares.No segundo captulo, apresentamos um referencial terico enfocando acultura popular dentro da sociedade e do sistema educacional, como tambm asdisparidades entre cultura popular e folclore. Dando seqncia, discorremos sobre oprofessor e sua prtica e a escola e o currculo nela inserido, bem como a suarelao com a cultura popular.O paradigma metodolgico foi discusso travada no terceiro captulo, bemcomo uma descrio dos sujeitos e do locus a serem pesquisados. Abordamostambm sobre os instrumentos de coleta de dados que foram utilizados e queauxiliou a presente pesquisa.No quarto capitulo, apresentamos a analise e interpretao dos resultados,refletindo sobre os significados que os professores atribuem cultura popular, frente 11. 11aos discursos dos autores que nos deram suporte para chegarmos s consideraesapresentadas.Por fim, destacamos que relevante se pensar a formao e a prtica dosprofessores, associado aos elementos da cultura popular, visto que a compreensoe a significao dos mesmos sobre a cultura popular ainda se apresenta limitada. 12. 12CAPITULO I Estamos inseridos numa aldeia global, numa poca ps-moderna, que inventadesejos, dita regras de comportamento, muitas vezes de forma mascarada utilizandocomo alguns dos recursos os meios de comunicao de massa, impondo umacultura imperialista, de elite. Conforme a abordagem de Sevcenko (1999)acompanhar o progresso significa somente uma coisa: