Monografia Reanata Pedagogia 2012

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Pedagogia 2012

Text of Monografia Reanata Pedagogia 2012

  • 1. UNIVERSIDADE DO ESTADO DA BAHIA - UNEB DEPARTAMENTO DE EDUCAO CAMPUS VII SENHOR DO BONFIM BAHIA RENATA SILVA DE FREITAS SANTOSA LUDICIDADE COMO ELEMENTO MEDIADOR DA APRENDIZAGEMNA PERSPECTIVA DA INCLUSOSENHOR DO BONFIM BAHIA 2012

2. RENATA SILVA DE FREITAS SANTOSA LUDICIDADE COMO ELEMENTO MEDIADOR DA APRENDIZAGEMNA PERSPECTIVA DA INCLUSO Trabalho monogrfico apresentado como pr-requisito de Licenciatura Plena em Pedagogia, Docncia e Gesto em Processos Educativos pelo Departamento de Educao Campus VII Senhor do Bonfim- BA. Orientadora: Pr. Ms.c Rita de Cssia Oliveira Carneiro.SENHOR DO BONFIM BAHIA 2012 3. RENATA SILVA DE FREITAS SANTOS A LUDICIDADE COMO ELEMENTO MEDIADOR DA APRENDIZAGEM NA PERSPECTIVA DA INCLUSOMonografia submetida aprovao, como requisito parcial obteno do grau deLicenciatura emPedagogia pela Universidade do Estado da Bahia UNEB/Departamento de Educao Campus VII, pela seguinte banca examinadora:_______________________________________________________________Prof Ms.c Rita de Cssia Oliveira Carneiro Orientadora______________________________ _________________________________Avaliador(a)Avaliador(a) Aprovada em: ________de ______________________ de 2012. 4. DEDICATRIADedico aos meus queridos pais, M Raimunda,Mrio e ao meu esposo Samuel que sempre meapoiaram e nunca deixaram que eu desistisse. 5. AGRADECIMENTOSAgradeo em primeiro lugar a Deus, por me possibilitar conseguir alcanar mais umobjetivo. Por me proteger e da fora nos momentos de fragilidade, mantendo-meconfiante diante dos entraves encontrados. minha orientadora, a professora Ms. Rita de Cssia Oliveira Carneiro pelas suasorientaes e contribuies para que meu trabalho fosse enriquecido, por suadedicao, compreenso e compromisso durante todo o processo de orientao dapesquisa.Aos professores do Curso de Pedagogia, por colaborarem na construo de novosconhecimentos proporcionando-me uma viso crtica da realidade.Aos meus pais e esposo, por estarem sempre ao meu lado, agradeo imensamentepela compreenso e apoio em todos os momentos.As minhas colegas e amigas do curso de Pedagogia Voneide, Jeame, Sandra, JoerlyEdilene, Luclia e Cleane, cada uma com seu jeito peculiar e inesquecvel e que juntastrocamos e compartilhamos experincias e conhecimentos durante os anos deFaculdade.Aos professores da Escola Municipal Tomz Guimares por colaborarem com minhapesquisa. 6. RESUMOEste trabalho rene reflexes sobre os processos pedaggicos desenvolvidos na educao depessoas com necessidades educacionais especiais, com nfase no uso dos recursos ldicoscomo elementos mediadores da aprendizagem. Discorre sobre os conceitos de EducaoEspecial, Educao Inclusiva, necessidades educacionais especiais e ludicidade, relatandoimpresses colhidas pela autora em pesquisa qualitativa realizada com docentes que atuamnesta prtica em escola pblica regular de Ensino Fundamental do Sistema de Ensino domunicpio de Senhor do Bonfim, no semirido nordestino. Baseia-se teoricamente, em trabalhose publicaes de diversos autores, entre eles: Amaral (1995), Mazzotta (2001), Zavareze(2009),Sassaki (1997), Raia e Oliveira(1990), Raia( 2006), alm de documentos legais e ouadministrativos como Declarao de Salamanca(1994), LDB(1996), Silva (2009) e naConstituio Federal (1988), dentre outras. Conclui, apontando a grande necessidade de sereconhecer a ludicidade como um recurso alternativo que ainda pouco utilizado, porm,reconhecido como alternativa que, se incorporada aos processos de educao de pessoas comnecessidades educacionais especiais, poder contribuir significantemente para torn-los maiseficientes na integrao, estmulo e aprendizagem desses educandos.PALAVRAS-CHAVE:EducaoEspecial. Compreenso. Educao Inclusiva.Ludicidade. 7. LISTA DE FIGURASFigura 4.1.1 Percentual referente gneroFigura 4.1.2 Percentual referente faixa etriaFigura 4.1.3 Percentual referente formao profissionalFigura 4.1 4 Percentual referente ao tempo de docnciaFigura 4.1.5 Participao em cursos na rea de Educao EspecialFigura 4.1.6. Recursos ldicos utilizados com alunos que possuem necessidadeseducacionais especiais 8. SUMRIOINTRODUO................................................................................................. 9CAPTULO I1.INCLUSO E LUDICIDADE: SITUANDO A QUESTO ............................................ ...11 11 CAPTULO II2.ALUNOS COM NECESSIDADES EDUCACIONAIS ESPECIAIS: O LDICOCOMO UM PROCESSO MEDIADOR DA APRENDIZAGEM .......................... 192.1.A compreenso do processo272.2.O ldico como elemento mediador do ensino/aprendizagem 302.3.Formao do Professor ................................................................................. 36CAPTULO III3.ABORDAGEM METODOLGICA ................................................................... 403.1.Lcus e sujeitos da pesquisa ....................................................................... 413.2.Instrumentos de Coleta de dados ................................................................. 423.2.1 Questionrio fechado .................................................................................... 423.2.2 Entrevista semiestruturada ........................................................................... 43 CAPTULO IV4.ANLISE E INTERPRETAO DOS DADOS ................................................. 454.1 Anlises do questionrio fechado ................................................................ 454.1.1 Gnero ............................................................................................................. 454.1.2 Faixa etria ...................................................................................................... 474.1.3 Formao profissional ................................................................................... 484.1.4 Tempo de docncia ........................................................................................ 494.1.5 Participao em cursos na rea de Educao Especial ............................ 50Recursos ldicos utilizados com alunos que possuem necessidades4.1.6educacionais especiais ................................................................................ 524.2 Anlise da entrevista semiestruturada ........................................................ 534.2.1.Conceito de necessidade educacional especial ......................................... 534.2.2.As dificuldades mais frequentes com alunos especiais ............................ 544.2.3.Educao inclusiva ........................................................................................ 554.2.4.Educao especial X educao inclusiva .................................................... 564.2.5.Incluso na prtica ......................................................................................... 584.2.6.Formao para trabalhar com alunos especiais ......................................... 594.2.7.Entrosamento para incluso ......................................................................... 604.2.8.Instrumentos mais utilizados para mediar aprendizagem ...................... 614.2.9.O uso de elementos ldicos .......................................................................... 614.2.10. Dificuldades no uso de elementos ldicos .................................................. 634.2.11. Alunos especiais em salas convencionais .................................................. 644.2.12. Vantagem da ludicidade no processo educativo de alunos especiais ..... 64CONSIDERAES FINAIS ............................................................................. 67REFERNCIAS ................................................................................................ 69APNDICES ................................................................................................... 73 9. INTRODUOA ludicidade na educao especial uma modalidade que vem sendo discutida no meioeducacional, como uma maneira significativa e prazerosa de promover a aprendizagemde alunos especiais. O ldico utilizado como instrumento mediador do ensino-aprendizagem,objetiva umaprtica pedaggica mais agradvel,prazerosa,diversificada e eficaz que contempla a interao dos alunos com necessidadeseducacionais especiais no meio social, podendo assim contribuir para um bomdesenvolvimento individual, cognitivo e social.Entende-se que o aluno com necessidades educacionais especiais tm suasdificuldades no seu processo de escolarizao, assim como qualquer outro aluno ecomo qualquer criana. Diante disso, apresentamos nosso trabalho monogrfico tendocomo ttulo: A ludicidade como elemento mediador da aprendizagem na perspectiva daincluso, tendo como objetivo identificar o papel da ludicidade na educao de alunoscom necessidades educacionais especiais, como tambm compreender de que maneiraos professores trabalham com alunos especiais utilizando atividades ldicas.Por entendermos que o professor o sujeito apropriado e capaz de modificar e deelevar o entendimento dos alunos especiais por meio de metodologias e vivnciassignificativas e alegres, que possibilite o ensino/aprendizagem de maneira mais ldica,nos interessamos em investigar de que maneira os professores esto utilizando aludicidade no ensino/aprendizagem de alunos com necessidades educacionaisespeciais. Sendo assim a construo da nossa pesquisa ficou organizada em quatrocaptulos, da seguinte forma:No captulo I apresentamos a problemtica da incluso de crianas com necessidadeseducacionais especiais na escola regular e a responsabilidade do Estado de garantir9 10. seu desenvolvimento tanto cognitivo, como afetivo, social, cultural e fsico, procurandosituar a nossa questo de pesquisa que compreender de que maneira os professoresesto utilizando os elementos ldicos como recurso incentivador e estimulador doensino/aprendizagem na educao de alunos especiais.No captulo II, apresentamos nossa discusso terica sobre a temtica da incluso eludicidade, tendo o aporte terico de vrios autores que proporcionaram o suportenecessrio s anlises dos dados e compreenso do nosso objeto de pes