Click here to load reader

NBR 5427 Guia de Utiliza+º+úo da NBR 5426

  • View
    2.585

  • Download
    9

Embed Size (px)

Text of NBR 5427 Guia de Utiliza+º+úo da NBR 5426

Licena de uso exclusivo para ABC Cpia impressa pelo sistema CENWin em 28/11/2002

JAN 1985

NBR 5427

ABNT-Associao Brasileira de Normas TcnicasSede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 - 28 andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (021) 210 -3122 Telex: (021) 34333 ABNT - BR Endereo Telegrfico: NORMATCNICA

Guia para utilizao da norma NBR 5426 - Planos de amostragem e procedimentos na inspeo por atributos

Procedimento Origem: ABNT - NB-309-02/1977 CB-03 - Comit Brasileiro de Eletricidade CE-03:056.02 - Comisso de Estudo de Controle e Certificao de Qualidade NBR 5427 - Guide to the use of NBR 5426 - Sampling procedures and tables for inspection by attributes - Procedure Descriptors: Sampling. Inspection by attributes. Statistical analysis Incorpora Errata de OUT 1989 Palavras-chave: Amostragem. Inspeo 26 pginas

Copyright 1985, ABNTAssociao Brasileira de Normas Tcnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

1 Objetivo1.1 Esta Norma fornece instrues detalhadas e exemplos ilustrativos para aplicao e administrao dos procedimentos de amostragem por atributos estabelecidos pela NBR 5426. 1.2 Os planos de amostragem de inspeo por atributos da NBR 5426 tm, entre outros, os seguintes campos de aplicao: a) produtos terminados - os produtos terminados que podem ser inspecionados antes ou aps embalagem e expedio para embarque ou armazena-gem; b) componentes e matrias-primas - esses materiais podem ser inspecionados na origem, onde so fabricados, prximo recepo no ponto de montagem, ou em qualquer lugar conveniente ao longo do processo de montagem, onde so formados os produtos terminados; c) operaes - as operaes de trabalho podem ser inspecionadas por amostragem para determinar se as mquinas de produo e operadores esto desempenhando satisfatoriamente o trabalho; d) materiais em processamento - os materiais podem ser inspecionados por amostragem para se determinar a qualidade aps qualquer fase ao longo da linha de produo, bem como para se deter-minar a extenso do dano ou deteriorao durante

armazenagem temporria entre fases de produo, ou a qualidade antes do produto continuar at a prxima etapa do processo de produo; e) materiais estocados - os procedimentos e as tabelas de amostragem da NBR 5426 podem ser usadas para determinao da qualidade, de materiais estocados; f) operaes de conserto - estas operaes so normalmente executadas em materiais recuperveis para restaur-los condio de poderem prestar servios. Faz-se inspeo por atributos, depois de tais operaes terem sido executadas para determinar a qualidade do produto aps conserto; g) procedimentos administrativos - se os resultados de procedimentos administrativos puderem ser medidos na base de atributos, os planos de amos-tragem e os procedimentos previstos na NBR 5426 podero ser aplicados para sua avaliao e con-trole; h) dados ou relatrios - os procedimentos de inspeo por amostragem por atributos podem ser usados sempre que forem processadas grandes quantidades de dados (por exemplos: registros cont-beis, dados de custo, pedidos, contas de fretes, etc.) como uma base para determinao da preci-so e outras medidas da qualidade dos dados ou registros.

2 Documentos complementares

2

Licena de uso exclusivo para ABC Cpia impressa pelo sistema CENWin em 28/11/2002

NBR 5427/1985

Na aplicao desta Norma necessrio consultar: NBR 5425 - Guia para inspeo por amostragem no controle e certificao de qualidade - Procedimento NBR 5426 - Planos de amostragem e procedimentos na inspeo por atributos - Procedimento

3.1 Procedimentos tpicos O quadro a seguir ilustra uma seqncia tpica de operaes, quando se usam os procedimentos de amostragem e as tabelas de inspeo por atributos da NBR 5426. Exemplo: Foram prescritos, para uso no incio de um contrato para uma grande quantidade do produto

3 Condies gerais

Seqncia de operaes Operaes 1. Determinar o tamanho do lote Explicao Tamanho do lote, estabelecido pelos critrios de formao do lote, contidos nos documentos de aquisio, ou conforme acordo entre produtor e consumidor No incio do contrato ou produo aconselhvel usar nvel II. Podem ser usados outros nveis de inspeo, se o histrico da qualidade assim o indicar encontrado na Tabela 1 da NBR 5426 e baseado no tamanho do lote e no nvel de inspeo Geralmente usa-se o plano de amostragem simples. Podem, entretanto, ser usadas amostragem dupla e mltipla No incio do contrato ou produo utiliza-se inspeo em regime normal Baseados nos requisitos para inspeo simples e regime normal so encontrados na Tabela 2 da NBR 5426: o valor do NQA especificado e o cdigo literal do tamanho da amostra, o tamanho da amostra e o nmero de aceitao A amostra retirada do lote, ao acaso, na quantidade de unidades de produto, conforme determinado na Tabela 2 da NBR 5426 O nmero de defeituosos (ou defeitos por cem unidades) contado e comparado com o(s) nmero(s) de aceitao, adotando o critrio prprio para cada tipo de plano de amostragem (ver Anexo da NBR 5426) c) do lote de 1500 unidades retira-se ao acaso uma amostra de 125 unidades. Em cada unidade na amostra, inspecionam-se todas as caractersticas da qualidade especificadas para se determinar se a unidade defeituosa ou no; d) o lote inteiro de 1500 unidades ser aceito se forem encontradas sete ou menos unida-des defeituosas na amostra (as unidades defeituosas encontradas na amostra podem ser substitudas por unidades no defeituosas ou recuperadas para corrigir as deficincias). Se oito ou mais unidades forem encontradas na amostra, o lote deve ser rejeitado. 3.2 Recursos adicionais de inspeo

2. Escolher o nvel de inspeo

3. Determinar o cdigo literal do tamanho da amostra

4. Escolher o plano de amostragem

5. Estabelecer a severidade da inspeo

6. Determinar o tamanho da amostra e o nmero de aceitao

7. Retirada da amostra

8. Inspeo da amostra

A, o nvel de inspeo II, amostragem simples, um valor de Nvel de Qualidade Aceitvel (NQA) de 2,5%, bem como os procedimentos de inspeo normal. Considerou-se adequado um tamanho de lote de 1500 unidades de produto A, levando-se em conta a taxa de produo e as caractersticas do produto. O plano de amostragem e os procedimentos so determinados como segue: a) encontra-se o cdigo literal do tamanho da amostra, K, na Tabela 1 da NBR 5426, baseado em um tamanho de lote de 1500 e no nvel geral de inspeo II; b) na Tabela 2 da NBR 5426 correspondente ao cdigo literal K e NQA de 2,5%, encon-tramse o tamanho de amostra de 125 peas e um nmero de aceitao (Ac) de 7;

NBR 5427/1985

Licena de uso exclusivo para ABC Cpia impressa pelo sistema CENWin em 28/11/2002

3

Quando for especificada proteo pela Qualidade Limite (QL) ou inspeo em regime severo (ou atenuado), devem ser adotados procedimentos similares conforme orientao detalhada em pargrafos subseqentes.

4 Condies especficas4.1 Nvel de qualidade aceitvel A definio, a escolha e a aplicao do Nvel de Qualidade Aceitvel (NQA) so discutidos, em termos gerais, na NBR 5425. Segue-se uma discusso mais detalhada dos NQAs que so usados especificamente nos planos de amostragem e nos procedimentos da NBR 5426.4.1.1 Porcentagem defeituosa e defeitos por 100 unidades

Os valores do NQA dados nas tabelas da NBR 5426 so conhecidos como NQAs preferenciais. No se aplicam estas tabelas se, para qualquer produto, for designado um NQA diferente dos NQAs preferenciais. Com isso, pre-tende-se limitar a quantidade de planos de amostragem a um nmero prtico. Para que se possa utilizar as tabelas necessrio igualar o NQA no preferencial ao valor prximo mais baixo de um NQA preferencial. Exemplo: suponha que o NQA especificado seja 5%. O valor do NQA preferencial de 4,0% o que dever ser designado se forem utilizados os planos de amostragem e os procedimentos da NBR 5426. Esta mudana para um valor mais baixo de NQA garantir uma qualidade de produto to boa ou melhor que a qualidade originalmente desejada. 4.2 Nveis de inspeo A NBR 5426 estabelece trs nveis gerais de inspeo e quatro nveis especiais de inspeo. Estes sete nveis permitem ao usurio equilibrar o custo de inspeo e a proteo da qualidade requerida.4.2.1 Escolha dos nveis de inspeo

Existem 16 valores especficos de NQA dados nas tabelas de amostragem da NBR 5426, variando de 0,01 a 10,0, que podem ser expressos tanto em porcentagem defei-tuosa quanto em defeitos por cem unidades (DCU). Esto previstos ainda dez valores especficos de NQA de 15 a 1000 que devem ser expressos somente em termos de defeitos por cem unidades. Os valores de NQA foram escolhidos de tal forma que cada um aproximadamente 1,5 vez maior do que o precedente (a relao mdia , mais precisamente, igual a 5 10 ).4.1.2 Tamanho de amostra NQAs 4.1.2.1 O significado das flechas nas tabelas

Os tamanhos de amostra dependem, de um certo modo, do valor do NQA. O efeito do valor do NQA pode ser observado ao se examinar a Tabela 2 da NBR 5426 onde so mostradas uma srie de flechas apontando para bai-xo e uma srie de flechas apontando para cima. Sempre que uma flecha estiver apontando para baixo usado o primeiro plano de amostragem abaixo da flecha. Sempre que uma flecha apontar para cima usado o primeiro plano de amostragem acima da flecha. Este procedimento ilustrado com os seguintes exemplos: a) usando-se a Tabela 2 da NBR 5426 e um NQA de 0,10%, o menor tamanho de amostras que pode ser escolhido 125 unidades, no importa se apli-ca qualquer dos cdigos literais de tamanho de amostra de A a J, conforme determinado na Tabe-la 1 da NBR 5426. Para um NQA de 1,0%, o menor tamanho de amostra de 13 unidades. b) usando a Tabela 2 da NBR 5426 e um NQA de 15 DCU, o maior tamanho de amostra pedido de 80 unidades. Para um NQA de 1,0% com cdigo literal de tamanho de amostra F, flecha aponta para cima para um tamanho de amostra de