O Correio - Ed 884

  • View
    258

  • Download
    18

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Um jornal de verdade

Text of O Correio - Ed 884

  • LAGUNA/SC - ANO XVIII - EDIO 884 - LAGUNA/SC 29/09/2012 - R$ 2,00 - JORNAL BISSEMANAL O Senhor meu pastor, nada me faltar

    Laguna: 3646-5123 / 9926-6333Brao do Norte: 3658-2446 / 9627-3120

    Fone: 3646-2488Fone: 3646-2488

    Dr. Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra

    Rua. Voluntrio Fermiano. 60 Laguna SC

    A sade de sua criana merece a ateno de um especialistaDiretor Tcnico

    Mauro Srgio Fernandes da Silva CRM 8789 - Pediatra

    RQE 4329

    Agora em novo endereo px. a Colnia de Pescadores

    Temos sala de Vacinas

    Na noite de sexta-feira (28/09) o Centro Social e Cultural Santo Antnio dos Anjos abrigou O DEBATE "VOTO CONSCIENTE", com os candidatos a Prefeito do municpio de Laguna, promovido pelo SINDICATO DOS EMPREGADOS DO COMRCIO DE LAGUNA - SEC de LAGUNA, presidido por Nivaldo Rodrigues e que contou com o apoio do SINTAC Sindicato dos Porturios dirigido por Lcio Natal e Sindicato dos Servidores Pblicos Mu-nicipais presidido por Azomar Miranda. Presentes os candidatos Tanara Cidade, Tono Laureano e Ronaldo Rosinha. O candidato Everaldo dos Santos atravs sua coordenao comunicou que no se faria presente devido a outros compromissos.Realizado dentro das normas eleitorais e regidas por regras que obteve a concor-dncia de todos os debatedores, o debate contou com grande participao popular lotando as dependncias do Centro Cultu-ral Santo Antnio dos Anjos.

    DEBATE "VOTO CONSCIENTE"Candidatos apresentaram plano e propostas de governo

    CNPJ 16.242.7

    34/0001-17

    VALOR PUBLI

    CIDADE: R$ 7

    00,00

    Espetculo de Rua - Estardalhao com Trao Cia de Teatro/ FpolisSinopse:Um encontro de palhaos, em situaes de palhao, um estardalhao. Por meio de brincadeiras, truques e nmeros, eles revelam as fragilidades, o cmico e a riqueza gerada do encontro de diferentes indivduos. Proteja-se ou mergulhe.Concepo e Direo: O grupoPalhaos: Dbora de Matos, Egon Seidler, Greice Miotello e Paula BittencourtClassificao: livreDurao: 45 minutos.Dia:29/09 - sbadoHora: 15hLocal: Praa Repblica Juliana em frente ao Museu Anita Garibaldi - Centro

  • O CORREIO P. 02

    O PODER DA PALAVRA

    Advocacia & Assessoria

    Dr. Victor Baio PereiraOAB/SC 15.896

    Atanazio Lameira atanaziolameira@brturbo.com.br

    EXPEDIENTEFundado em 29.07.1995

    Direo Geral: PAULO SRGIO SILVAJORNAL O CORREIO. LTDA. ME.

    C.G.C. 03.002.178/0001-60 Insc. Mun. 54.0375

    Redao e Administrao:Rua Voluntrio Fermiano, 52 - Centro Fone: (48) 3644-3959 - Laguna/SC

    Nmero Avulso: R$ 2,00 Assinatura Semestral (Bissemanal) R$ 100,00

    Tiragem: 1.000 exemplaresOs artigos assinados so de

    responsabilidade de seus autores. Circulao quartas e aos sbados :

    Laguna, Capivari de Baixo, Tubaro, Garopaba, Imbituba, Paulo Lopes, Imaru e Jaguaruna.

    E-mail: ocorreio@ocorreio.net hp:http://www.ocorreio.net

    Este jornal filiado:

    Visite o meu: Blog: athanaziolameira.blogspot.com

    LAGUNA/SC 29/09/2012

    Hora do cafezinho

    Paulo Srgio Silva

    Reinventando o Profissionalartigo

    Mello Jr - www.gmtreinamentos.com.br - mello@gmtreinamentos.com.br

    Causas cveis: aes possessrias, indenizatrias e de famlia.

    Rua Raulino Horn - Centro - Fone 3644-6882 LAGUNA/SC

    Folha solitriaO amor se arriscar. Ir ao fundo do poo. Ex-plodir pontes. O amor se doar. No querer para si. Nem jurar eternidade de nada. O amor se avizinhar de lua, de mar. O amor no saber muito da vida. O amor talvez seja uma rosa. Quem sabe uma folha solitria deixada pelo vento. O amor pode ser o que sentiu, em seu tempo Florbela Espanca. A pedra A exemplo de Drummond no meio do camin-ho tinha uma pedra. A pedra da incompetncia. A pedra da covardia. A pedra que no podia ser removida. Ela estava l. Ningum queria, mas estava l. Nossa juventude tropeava na pedra. A pedra da intolerncia. A pedra da falta de empre-go. Da falta de escola. Da falta de professor sem vocao. A pedra do medo. Da falta de carter. A pedra sumiu. Meus problemas acabaram.Instante de palavras

    Eu sonho que sou poeta. Um poeta s. Um inven-tor de pequenos trechos da vida. Um pequeno instante de palavras. Um louco que enxerga s vezes, o que no poderia ser visto a olho nu. No tenho inspirao pura e simples cavalgo pe-las estradas vazias a procura de um tema um mote para continuar fazendo de conta que sou escritor de versos tristes. Sinfonia do acasoEu queria ser uma sinfonia do acaso. Uma cano suave que no ferisse seu ouvido. Eu queria ser qualquer coisa urgente que impulsionasse os ponteiros do relgio. O tempo pulasse o tempo mas que guardasse com ele algum tempo so-mente para ti. Numa alegoria de cores vibrantes. Sua imagem nua. Sua imagem refletida num lago dourado. Se o tempo parasse alguns segundos para observar sua beleza calmamente sem atropelos, nem envelhecimento.

    Lidar com as ameaasQuando um candidato a empresrio me procura para obter informaes sobre o negcio que pretende abrir, normalmente, fao perguntas que o fazem pensar, pois este o grande segredo para quem deseja alar vos no mercado altamente competitivo de hoje. Um exemplo disso acon-teceu com um senhor que queria montar uma loja de artigos para surf. Perguntei-lhe o por qu e ele me respondeu que na sua cidade no havia nenhuma loja que atendesse este tipo de consumidor. Voltei a question-lo sobre o motivo que no havia, seria ele to esperto que foi o nico a perceber este nicho de mercado em sua cidade/regio? Baseado nisso, este senhor realizou uma pesquisa detalhada de mercado e descobriu algumas coisas interes-santes:1.Sua cidade no est no litoral - embora exista uma praia famosa a cerca de sessenta quilmetros de

    distncia;2.Nesta praia j existem lojas que vendem marcas famosas de surf e os amantes destes esportes por questo de vaidade compram num lugar fa-moso ou pelo ao menos conhecido da galera;3.Os fornecedores no se interessam em abrir mercado em cidades que no tm um perfil mnimo desejado;4.O surf no era praticado pelos jovens de sua cidade, seu pblico alvo inicial e supostos CLIENTES, mas sim gostavam de outros esportes e o mais radical deles era o Skate. O mercado se faz atravs de um trip: consumidor, concorrente e fornecedor. No caso citado claro que o nosso empreendedor teria srias dificuldades de ter sucesso no segmento escolhido inicialmente. Casos como este so comuns em nosso pas, j que a maioria de nos-sos candidatos a empreendedores no gosta de pensar, pesquisar e ter

    pacincia. Primeiro procuram ac-ontecer para depois planejarem. Para que seu sonho de montar um negcio no se torne em pesadelo responda uma pergunta que con-sidero fundamental para anlise e deciso: quais so as ameaas para o meu negcio? Pois todo negcio tem riscos, tem pontos fracos, tem ameaas e no adianta ser bom em produo, estar motivado e no conhecer gesto, vendas, compras... Costumo dizer que no papel voc pode quebrar, na vida real... di muito, principalmente para quem tem recursos limitados.Para finalizar, o nosso amigo re-solveu dar um tempo, est fazendo um bom plano de negcios, um planejamento estratgico e alguns cursos de capacitao. Mudou o foco e dever abrir um restaurante, ainda no sabe para que pblico, mas est aguardando a pesquisa para definir. Est pensando.

    A Estrada da Serra do Rio do Rastro, um dos maiores cones tursticos de Santa Catarina, est participando juntamente com outras 13 estradas de vrios pases, de um concurso em um site espanhol (www.20minutos.es), para eleger a estrada mais surpreendente do mundo.At a presente data, a Serra do Rio do Rastro lidera o concurso, com 28.076 pontos, ficando em segundo lugar a Ponte Storseisundet, na Rodovia do Atlntico na Noruega, com 7.595 pontos.Para votar no concurso, voc dever entrar no site www.20minutos.es e digitar a palavra carreteras no campo de busca localizado a direita da pgina. Em se-guida, v para o link ranking de las 14 carreteras ms asombrosas del mundo, e efetue seu voto.

    Se estende at o dia 30 de setembro em 364 municpios em todo o Brasil a 6 Primavera dos Museus, atravs do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC) com o tema A Funo Social dos Museus. Em Laguna, a Fundao Lagunense de Cultura e o Sesc iro promovem uma srie de aes culturais para o pblico em geral. Coordenada pelo Ibram, o evento tem por objetivo cha-mar a ateno de museus e sociedade para o debate em torno de assuntos atuais por meio de atividades, como exposies, seminrios, oficinas e palestras, etc.Segundo os meteorologistas o perodo inicia com tempo mais seco em SC. A partir do dia 04 h indicativos de chuva mais frequente para o Estado, devido passagem de uma frente fria e influncia de um sistema de baixa presso. A temperatura tende a ficar mais elevada neste perodo, sem influncia de onda de frio.

    SINTE LAGUNA realiza encontro com candidatos a prefeitura de Laguna em sua sede na rua Mauro Camilo s 19:00h. O tema principal a MUNICIPALIZAO DO ENSINO.O historiador Pedro Paulo Camilo (Nilo Camilo) que recentemente publicou um livro trazendo uma faceta da herona dos dois mundos Anita Garibaldi , com uma lin-guagem voltado ao estudantado, contendo curiosidades inusitadas, jamais lidas em outros livros do gnero, estar promovendo um novo e egrande evento.Tendo por local o Centro Administrativo Tordesilhas de 1 a 22 de outubro promover uma exposio intitulada De Volta ao Passado. Na oportunidade ser mostrado todo acervo pesquisado do escritor composto por vrios banners retratando a histria de Laguna. Participe!

  • O CORREIO P. 03

    AUTO POSTO BELA IGUABA

    Avenida Getlio Vargas, 381Magalhes - Laguna / SC

    Atendimento de alta qualidade

    (48) 3644-0381 / 9109-1803 / 105-4040

    LAGUNA/SC 29/09/2012

    VIUQREPRTERIMOBILIRIA LAGUNENSE

    REFERNCIA NO RAMO IMOBILIRIODecidida a transformar a sua vida profissional, ingressando no en-volvente e fascinante ramo imobil-irio, a bem suced