24
Seminário “Tecnologia de estruturas com foco em desempenho e produtividade” Porto Alegre, 8 de dezembro de 2016 AVALIAÇÃO TÉCNICA DE PROJETO DE ESTRUTURAS ENG. EDUARDO BARROS MILLEN SÓCIO DIRETOR DA ZAMARION E MILLEN CONSULTORES EX-PRESIDENTE, ATUAL CONSELHEIRO E DIRETOR DA REGIONAL SP DA ABECE DIRETOR DE PUBLICAÇÕES DO IBRACON 1

obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

  • Upload
    voliem

  • View
    249

  • Download
    10

Embed Size (px)

Citation preview

Page 1: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

Seminário “Tecnologia de estruturas com foco em desempenho e produtividade”

Porto Alegre, 8 de dezembro de 2016

AVALIAÇÃO TÉCNICA DE PROJETO DE ESTRUTURAS

ENG. EDUARDO BARROS MILLEN

SÓCIO DIRETOR DA ZAMARION E MILLEN CONSULTORES

EX-PRESIDENTE, ATUAL CONSELHEIRO E DIRETOR DA REGIONAL SP DA ABECE

DIRETOR DE PUBLICAÇÕES DO IBRACON

1

Page 2: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

PORQUE A NECESSIDADE DA ATP?

Devido ao crescente número de acidentes em obras causados por

negligências, descuidos, pressa exagerada, erros de projeto, de

construção, de manutenção e de usos inadequados, fica evidente a

necessidade de ações preventivas que minimizem essas

causas. Esta apresentação pretende mostrar alguns exemplos de

desastres ocorridos e que poderiam ter sido evitados se tivesse

havido a ATP (Avaliação Técnica do Projeto).

2

Page 3: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

EDIFÍCIO REAL CLASS EM BELÉM – PA

28/01/2011 29/01/2011ERRO DE PROJETO

Page 4: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

ESTA OBRA É DE GRANDE PORTE?

CASO NA JUSTIÇA – ADVOGADO CONDENA CONSTRUTORA POR NÃO TER

CONTRATADO VERIFICAÇÃO DO PROJETO

Page 5: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

Laje de escola desaba e mata trabalhador

CASCAVEL – PR (jan. 2015)

ERRO DE PROJETO (APOIO INSUFICIENTE)

Page 6: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

LIGAÇÃO VIGA/VIGA ROMPIDA –

ARMAÇÃO INSUFICIENTE

ESTA OBRA É DE GRANDE PORTE?

Page 7: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

QUEDA DE VIADUTO EM BH - 2014

Laudo destaca erro de cálculo nas ferragens do bloco de fundação.

Falta de revisão, concreto e buracos abertos também são citados.

ERRO DE PROJETO

Page 8: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

BLOCO DE FUNDAÇÃO COM CERCA DE 1/10 DA ARMAÇÃO NECESSÁRIA

E ESTA, É UMA OBRA DE GRANDE PORTE?

Page 9: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

QUEDA DE SHOPPING EM MONTAGEM

SÃO BERNARDO DO CAMPO - 2011

FALTA DE SEQUENCIA

DE MONTAGEM

E CRITÉRIO DE

CONTRAVENTAMENTO

PROVISORIO

NO PROJETO

Page 10: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014
Page 11: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

QUEDA DE SHOPPING EM TERESINA – PI - 2013

DETALHE DE ARMADURA INADEQUADO. LAJE LISA. FALTA DE ARMADURA DE

COLAPSO PROGRESSIVO. RESTANTE DA OBRA FOI DEMOLIDA.

Page 12: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

ALGUNS ITENS IMPORTANTES DA NBR 6118:2014 E DE

OUTRAS NORMAS A SEREM AVALIADOS NOS PROJETOS

- Cobrimentos de armaduras conforme Classe

de Agressividade Ambiental (I, II, III ou IV)

- Concretos com fck até 90 MPa

- Diretrizes de durabilidade das estruturas - VUP

- Resistência ao fogo – TRRF

- Etapas estocagem, manuseio, montagem para pré-moldados

- Armaduras para evitar colapso progressivo.

- Especificações

para compra do

concreto. (fck,

a/c, taxa cim,

fcm)

Page 13: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

A ABNT NBR 6118:2003 5.3 Avaliação da conformidade do projeto

5.3.1 Dependendo do porte da obra, a avaliação da conformidade do

projeto deve ser requerida e contratada pelo contratante, a um

profissional habilitado, devendo ser registrada em documento

específico que acompanha a documentação do projeto citada em

5.2.3.

5.3.2 A avaliação da conformidade do projeto deve ser realizada antes

da fase de construção e, de preferência, simultaneamente com a fase

de projeto, como condição essencial para que seus resultados se

tornem efetivos e consequentes.

5.3.3 A seção 25 estabelece os critérios de aceitação e os

procedimentos corretivos quando necessários.

Page 14: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

25.Interfaces do projeto com a construção, utilização e manutenção

25.1 Aceitação do projeto

Cabe ao contratante proceder ao recebimento do projeto, quando cumpridasas exigências desta Norma, em particular aquelas prescritas na seção 5.

Verificada a existência de não-conformidades, deve ser emitido termo deaceitação provisório do projeto, do qual devem constar todas as pendências.

Na falta de habilitação técnica do contratante para a aceitação do projeto,ele deve designar um preposto legalmente habilitado para tal.

Uma vez sanadas as pendências, deve ser emitido o termo de aceitaçãodefinitiva do projeto.

Page 15: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

A ABNT NBR 6118:2014

15

Page 16: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

5.3 Avaliação da conformidade do projeto

5.3.1 A avaliação da conformidade do projeto deve ser realizada por

profissional habilitado, independente e diferente do projetista, requerida

e contratada pelo contratante, e registrada em documento específico

que acompanhará a documentação do projeto citada em 5.2.3.

5.3.2 Entende-se que o Contratante, pode ser o proprietário da obra,

numa primeira instância, desde que este tenha condições de

compreender o que está proposto e acertado neste contrato, cujo

conteúdo pode versar sobre termos técnicos, específicos da linguagem

do engenheiro. Nesse caso entende-se que o Proprietário tenha

conhecimentos técnicos e compreenda todo o teor técnico do contrato e

o autorize. O contratante pode ser também um representante ou

preposto do proprietário, respondendo tecnicamente pelo que há de

cunho técnico neste contrato, substituindo este último nas questões

exigidas, ou seja, nas responsabilidades próprias e definidas por esta

norma.

Page 17: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

5.3.3 O Contratante também definirá em comum acordo com o

projetista, as demais prerrogativas, exigências e necessidades

para atendimentos desta Norma, sempre que alguma tomada

de decisão resulte em responsabilidades presentes e futuras

de ambas as partes.

5.3.4 A avaliação da conformidade do projeto deve ser

realizada antes da fase de construção e, de preferência,

simultaneamente com a fase de projeto.

5.3.5 A seção 25 estabelece os critérios de aceitação do

projeto, do recebimento do concreto e aço e da confecção do

manual de utilização, inspeção e manutenção.

Page 18: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

ABNT NBR 9062 – 2016

PROJETO E EXECUÇÃO DE ESTRUTURAS DE CONCRETO

PRÉ-MOLDADO

5.7 Avaliação de conformidade do projeto

5.7.1 Entende-se por avaliação de conformidade do projeto de

estruturas de concreto pré-moldadas, a verificação e análise crítica do

projeto realizadas com o objetivo de avaliar se este projeto atende aos

requisitos das normas técnicas vigentes aplicáveis.

.

Page 19: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

5.7.2 A avaliação da conformidade do projeto de estruturas de concreto

pré-moldadas deverá contemplar, dentre outras, as seguintes atividades

(integral ou parcialmente):

a) Verificar se as premissas adotadas para o projeto estão de acordo com o

previsto nesta Norma e se todos os seus requisitos foram considerados;

b) Analisar o memorial de cálculo e verificar os cálculos nele existentes;

c) Analisar os desenhos que compõem o projeto, inclusive os detalhes

construtivos;

d) Analisar as orientações referentes à desmoldagem dos elementos

concretados, à movimentação das peças pré-moldadas e ao seu

armazenamento e transporte;

e) Avaliar os planos de montagem das estruturas pré-moldadas em relação

às fases transitórias;

f) Avaliar as orientações a respeito da manutenção das estruturas

executadas com elementos de concreto pré-moldados

Page 20: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

5.7.3 A avaliação da conformidade do projeto deve ser realizada por

profissional habilitado e independente em relação ao projetista da estrutura

de concreto pré-moldada. É recomendável que o profissional escolhido para

realizar a avaliação da conformidade do projeto possua experiência em

estruturas de concreto pré-moldadas. Ela deve ser registrada em

documento específico que acompanhará a documentação do projeto citada

nesta Norma

5.7.4 A responsabilidade pela escolha do profissional que realizará a

avaliação da conformidade do projeto caberá àquele que contratou o projeto

da estrutura de concreto pré-moldada..4 A responsabilidade pela escolha do

Esta responsabilidade pode ser do proprietário da obra, que, no caso de

não ter os conhecimentos técnicos necessários para a escolha do

profissional responsável pela avaliação da conformidade do projeto, poderá

designar um representante ou preposto para substituí-lo nesta tarefa.

20

Page 21: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

5.7.5 Deverão ser definidas em comum acordo com o projetista, as

prerrogativas, exigências e necessidades para atendimento a esta Norma,

sempre que alguma tomada de decisão resultar em responsabilidades

presentes ou futuras de ambas as partes.

5.7.6 A avaliação da conformidade do projeto deve ser realizada antes da fase

de construção e, de preferência, simultaneamente com a fase de projeto.

Page 22: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

RAZÕES PRINCIPAIS DA ATP

1. Resguardar vidas humanas

2. Garantir maior exatidão do projeto

3. Maior tranquilidade para o proprietário e para a construtora

4. Garantia de obediência às normas de desempenho e de

estruturas e estar conforme a legislação

5. Redução de reparos e seus custos

6. Redução nos prêmios de seguro

Page 23: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

RECOMENDAÇÃO ABECE 002:2015

AVALIAÇÃO TÉCNICA DO PROJETO DE

ESTRUTURAS DE CONCRETO

23

Page 24: obrigatoriedade segundo a ABNT NBR 6118:2014

Obrigado