Click here to load reader

Poluição da Água

  • View
    22

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Poluição da Água. Bárbara Esther , Brenda Stefany & Jéssica Costa n°03,07,20 1°A Biologia Marcos Proença. Índice. Introdução 1 Poluição da Água 2,6 - PowerPoint PPT Presentation

Text of Poluição da Água

Poluio da gua

Poluio da guaBrbara Esther , Brenda Stefany & Jssica Costa n03,07,20 1A Biologia Marcos Proena

ndiceIntroduo 1Poluio da gua 2,6A gua no Brasil 7Poluio das guas 8,9,10,11 (Industrial,Agrcolas,Esgoto, Derramamento de Petrleo) Desperdcio de gua 12,13,14Concluso 15

Poluio da guaA gua tem vrias fontes de poluio. A maior delas est nas cidades. Afalta de saneamento bsicocontribui para que grande parte doesgotodas casas e das indstrias seja jogado nos rios e crregos. Muitas das estaes de tratamento de esgoto descartam o lixo produzido diretamente nas guas correntesOs lixos dosaterrosmunicipais quando vazam acabam indo para as guas subterrneas. Produtos qumicos usados nas casas e apartamentos como solventes de tinta e limpadores de forno so jogados no lixo ou no esgoto. De uma maneira ou de outra acabam sempre indo parar na gua que abastece as cidades.Achuva cida outra das grandes fontes de poluio da gua. Sua capacidade de destruio to grande que chega a acabar com a vida aqutica.Os produtosagrotxicosusados nas lavouras infiltram-se no solo e escorrem para os rios, lagos e at s guas subterrneas

A gua geralmente considerada poluda quando est impregnada de contaminantes antropognicos, no podendo, assim, ser utilizada para nenhum fim de consumo estritamente humano, comogua potvel ou para banho, ou ento quando sofre uma radical perda de capacidadede sustento de comunidades biticas (capacidade de abrigar peixes, por exemplo). Fenmenos naturais, como erupes vulcnicas, algas marinhas, tempestades eterremotos so causa de uma alterao daqualidadeda gua disponvel e em sua condio no ecossistema.H trs formas principais decontaminaode um corpo ou curso de gua, a forma qumica, a fsica e a biolgica:

a forma qumica altera a composio da gua e com esta reagem;a forma fsica, ao contrrio da qumica, no reage com a gua, porm afeta negativamente a vida daquele ecossistema;a forma biolgica, consiste na introduo de organismos ou micro organismos estranhos quele ecossistema, ou ento no aumento danoso de determinado organismo ou micro organismo j existente.

Alm das formas, temos duas categorias de como pode se dar a poluio:a) poluio localizada, onde a fonte de poluio origina-se de um ponto especfico, como por exemplo, uma vala ou um cano. Exemplos de tal forma so o despejo de impurezas, por parte de uma estao de tratamentos residuais, por parte de uma empresa ou ento por meio de um bueiro.b) poluio no localizada uma forma de contaminao difusa que no possui origem numa nica fonte. geralmente o resultado de acumulao do agente poluidor em uma rea ampla. A gua da chuva recolhida de reas industriais e urbanas, estradas bem como sua consequente utilizao geralmente categorizada como poluio no localizada.Como principais contaminantes da gua, pode-se citar:

elementos que contenham CO2 em excesso (como fumaa industrial, por exemplo)contaminao trmicasubstncias txicasagentes tensoativoscompostos orgnicos biodegradveisagentes patognicospartculas slidasnutrientes em excessos (eutrofizao)substncias radioativasComo recurso hdrico indispensvel, torna-se cada vez mais importante a conscientizao sobre a melhor forma de tratamento da gua como sustentculo da vida no planeta. Ainda mais se pensarmos que a maioria das comunidades espalhadas pelo planeta possuem pouca conscincia sobre a melhor forma de tratamento de um de seus recursos mais importantes.

A gua no BrasilO Brasil um pas privilegiado no que diz respeito quantidade de gua. Tem a maior reserva de gua doce da Terra, ou seja 12% do total mundial. Sua distribuio, porm, no uniforme em todo o territrio nacional.A Amaznia, por exemplo, uma regio que detm a maior bacia fluvial do mundo.

Poluio das guasA poluio das guas proveniente de vrias origens, dentre muitas as principais so:

Poluio IndustrialA maioria das indstrias no faz o tratamento de seus dejetos, assim so conduzidos natureza sem maiores cuidados, quase sempre so escoados para rios e lagos, como so produtos qumicos deixam um rasto de destruio ambiental em plantas e animais.

Insumos Agrcolas Na atividade agrcola so usados diversos agrotxicos e fertilizantes, porm, alm de matar pragas e adubar o solo, esses elementos qumicos favorecem a contaminao dos mananciais.

EsgotoEsse tipo de poluio das guas acontece, muitas vezes, pela omisso do Estado que no disponibiliza tratamento de esgoto sua populao, com isso todos os dejetos de origem humana so despejados diariamente em rios e lagos.

Derramamento de PetrleoNo mundo os desastres ecolgicos pelo derramamento de petrleo acontecem freqentemente. E o petrleo tem efeitos terrveis sobre o meio ambiente marinho. Esses derramamentos ocorrem atravs dos acidentes com os navios petroleiros.

Desperdcio de guaEntre acaptaode fontes de abastecimento at a torneira do consumidor final, o Brasil perde grande quantidade de gua nos processos de tratamento e distribuio. Segundo dados do estudo Atlas do Saneamento 2011, realizado pelo IBGE (Brasileiro de Geografia e Estatstica), em cada dez municpios, seis com mais de 100.000 habitantes registraram perdas de volume de gua entre 20 a 50%.Esse percentual de perda ficou em 20% em cidades com menos de 100.000 habitantes. No incio do sculo XXI (21), omundotem se conscientizado a respeito da falta de gua e da necessidade de se economizar, porm, o percentual dodesperdcio de gua no Brasilest em nveis preocupantes. Apesar do pas ser um dos campees em existncia de aquferos e de fonte de gua potvel no mundo, no podemos desperdiar.Em 64,1% das cidades brasileiras, a gua distribuda para a populao na rede geral captada em poos profundos; sendo 56,7% oriunda de captao superficial. H casos tambm de obteno de gua por meio de poo raso e por via adutora com gua bruta ou tratada.

No Norte do Brasil, entre os anos 2000 e 2008, o percentual de gua tratadaevoluiude 67,6% para 74,3%, porm a regio manteve-se distante da mdia nacional de distribuio de gua tratada. Nas demais regies do Brasil, 90% da gua distribuda recebe algum tipo de tratamento. Em todo mundo, 10% da utilizao da gua vai para o abastecimento pblico, 23% para a indstria e 67% para a agricultura

Cerca de 70 % do corpo humano formado por gua. Perdemos por dia em condies normais: Urina - 1,2 litro Transpirao - 0,6 litro Evacuao - 0,1 a 0,3 litros TOTAL (aproximadamente) - 2,5 litros

Concluso Entendemos que tem vrios tipos de poluio na gua, mas a afetada na gua so as maioria das pessoas que jogam os produtos txico nas guas, que so tambm os produtos de limpezas , alimentos , sacolas plsticas , lixos. Os mais prejudicados so lagos,rios,oceanos,esgotos ,crregos , bueiros gua geralmente considerada poluda quando est impregnada de contaminantes antropognicos, no podendo, assim, ser utilizada para nenhum fim de consumo estritamente humano, comogua potvel ou para banho, importante a conscientizao sobre a melhor forma de tratamento da gua como sustentculo da vida no planeta. Ainda mais se pensarmos que a maioria das comunidades espalhadas pelo planeta. Segundo dados do IBGE publicados em 2013, 78% dos municpios brasileiros tm investido na rede de distribuio de gua, sendo o maior percentual de investimentos na Regio Sul do pas. Houve melhorias em 49,5% dos municpios em projetos de melhorias na captao de gua; 43,7% no tratamento; 36,1% na reservao; e 19,9% na aduo.