Ptts Brt Natal Trabalho Final

  • View
    4

  • Download
    1

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Trabalho De Ateliê de Políticas Públicas UFRN

Text of Ptts Brt Natal Trabalho Final

Projeto de Trabalho Tcnico Social

Mobilidade Urbana - BRT

TERMO DE REFERNCIA PARA CONTRATAO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA EXECUO DO PROJETO DE TRABALHO TCNICO SOCIAL JUNTO S FAMLIAS REASSENTADAS PARA AS UNIDADES HABITACIONAIS DO PROJETO BRT NATAL, MEDIANTE CONVNIO ASSINADO ENTRE DA PREFEITURA DO NATAL, DO GOVERNO FEDERAL, POR MEIO DO MINISTRIO DAS CIDADES, CAIXA ECONMICA, BNDES E SOCIEDADE.

O presente termo de referncia visa contratao de empresa especializada em prestao de servios para executar as aes previstas no Projeto de Trabalho Tcnico Social, junto s famlias beneficiadas com unidades habitacionais pelo Ministrio das Cidades o qual est localizado no Municpio de Natal RN, selecionadas mediante edital municipal 010/2014, de 05/09/2014.

JUSTIFICATIVA

Para a efetivao do programa a ser desenvolvido, o Projeto de Trabalho Tcnico Social apresenta uma proposta voltada para o acompanhamento das famlias beneficiadas pelo programa de reassentamento de populaes afetadas, tendo como objetivo maior desenvolver mecanismos de mobilizao e organizao comunitria, proporcionando a integrao dos moradores no processo de implementao do projeto, bem como possibilitar a mudana de hbitos em relao ao ambiente, promovendo sua autonomia frente s questes de interesse individual e coletivo. O projeto deve prover condies que permitam sua reproduo social e econmica em situao, no mnimo, similar a anterior.O Projeto de Trabalho Tcnico Social visa, sobretudo, preparar a populao beneficiria para esse processo de integrao e pertencimento social nova comunidade e adaptao ao novo cenrio. Neste sentido, as aes apresentadas esto articuladas aos servios, programas e projetos desenvolvidos em mbito municipal, buscando a qualidade de vida e garantido o acesso dos beneficirios aos seus direitos, bem como os deveres partilhados socialmente.

Considerando que o Projeto de Trabalho Tcnico Social PTTS - ter a durao de nove meses.Para tanto se faz necessria contratao de equipe especializada para a operacionalizao total das aes previstas. Assim sendo, fica a empresa selecionada comprometida em executar todas as aes previstas no PTTS, aprovado pela Caixa Econmica Federal, disponvel na Secretaria de Planejamento e Habitao do Municpio de Natal-RN.

PROPOSTA

A presente proposta objetiva a contratao de empresa para desenvolvimento de oficinas informativas que proporcionem aes de convivncia, capacitao profissional, produo e distribuio de material educativo, sustentadas pelos seguintes eixos: Mobilizao e Organizao Comunitrias; Educao Sanitria e Ambiental; Capacitao Profissional e Gerao de Trabalho e Renda.O Trabalho Tcnico Social - TTS buscar desenvolver um conjunto de aes articuladas de forma individual e coletiva, visando o empoderamento e o pertencimento dos beneficirios e da comunidade do novo bairro, comprometendo-os com o zelo do local de moradia.

METODOLOGIAO trabalho dever ser desenvolvido a partir das atividades previstas no Projeto de Trabalho Tcnico Social PTTS - no perodo de nove meses.A metodologia dever contemplar o planejamento e as aes estabelecidas no anexo deste Edital. Para execuo do projeto em referncia a empresa contratada dever ser composta por profissionais com formao comprovada em Servio Social, Psicologia, Pedagogia, Tcnico Ambiental, Educao Social, Auxiliar Administrativo, e ainda responsabilizar-se pela contratao dos servios de terceiros necessrios ao cumprimento do escopo do PTTS.

PRODUTOS: Os beneficirios devero ser mobilizados mediante divulgao constante das aes a serem desenvolvidas, por meio de material impresso, visitas domiciliares ou chamamentos.Como proposta de gesto da interveno considera-se fundamental o acompanhamento das atividades pela Secretaria de Planejamento e Habitao, que poder ocorrer de forma direta ou indireta a partir dos seguintes procedimentos:

1. Acompanhamento tcnico da Secretaria de Planejamento e Habitao na execuo de aes previstas no PTTS.2. Apresentao de relatrios mensais comprobatrios da execuo do projeto, por parte da empresa contratada, considerando os cronogramas de execuo e desembolso. 3. Todas as oficinas devero ser registradas por meio de Listas de Presena, registros fotogrficos e avaliao dos participantes, mediante aplicao de questionrio..4. Ao trmino das horas executadas para cada oficina dever ser elaborado um relatrio avaliativo do tcnico responsvel pela execuo.5. Os relatrios de acompanhamento do Trabalho Tcnico Social RATTS - devero seguir o modelo constante no COTS Caderno de Orientao do Trabalho Tcnico Social conforme Caixa Econmica Federal.

FORMA DE APRESENTAO DOS PRODUTOS: Lista de presenas, Registros fotogrficos impressos e legendados coloridos, Relatos das reunies realizadas e/ou atas, impressas em duas vias e uma cpia em mdia DVD, Questionrios. Relato ou dirio de campo das atividades realizadas;

DESCRIO DAS AES PS-CONTRATUAIS:

As aes da fase ps-contratual compreendem:

1. Entrega das Chaves: Atividade festiva que proporcionar recreao s crianas e moradores do empreendimento, visando iniciar o processo de integrao entre as famlias. Toda a equipe tcnica do PTTS deve estar presente.2. Acompanhamento da Administradora do Condomnio: a equipe do PTTS dever acompanhar as reunies de explicao da Conveno e Regimento Interno, na Assembleia de Eleio do Sndico e demais assembleias gerais.3. Agendamento e Organizao das mudanas: A equipe do PTTS dever administrar o agendamento das mudanas e acompanhar o processo de organizao das famlias.4. Planto Social: Ocorrer ao longo de todo o PTTS, com atendimento em duas vezes por semana, sendo que um dos dias acontecer em escritrio social a ser locado no centro da cidade, no horrio das 11h s 14h e o outro no local do empreendimento no turno da noite, 18h s 21h. Os atendimentos sero realizados pelo Assistente Social e pelo Psiclogo, com o objetivo de prestar orientaes e dar encaminhamento s redes de servios: processo de transferncia escolar, cadastramento em unidades de sade e assistncia social, bem como para outras entidades quando necessrio. Estes atendimentos sero registrados mediante assinatura dos usurios em formulrio especfico de atendimento.5. Aes direcionadas integrao dos beneficirios.- Ciranda pedaggica com as crianas e adolescentes: Ocorrer concomitante s oficinas do eixo de Mobilizao e organizao comunitria com participao e informao, conforme temtica de cada atividade, atravs do uso jogos pedaggicos infantis e juvenis. As mesmas devero ser realizadas no empreendimento, em espao distinto das oficinas, pelo pedagogo e o educador (responsveis pelo planejamento e execuo) e devero totalizar 56h de atividades.- Atividades esportivas para adolescentes e adultos: A serem propostas em duas edies, como forma de incentivar a prtica de todos os esportes e de integrao entre os moradores. Devero ser realizados em local apropriado (locado), com utilizao de uniformes (locados) e materiais esportivos, tais como: bolas de futebol, bola de vlei, apito. Estas atividades devero ser acompanhadas pelo Educador, de preferncia aos sbados. Devero ser observados os custos previstos no cronograma de desembolso (anexo II) para aquisio de vale transporte de ida e volta para os participantes se deslocarem at o local da atividade.- Atividades culturais para crianas, adolescentes e adultos: sero propostas duas peas teatrais a serem contratadas conforme composio dos custos (Anexo I), que abordem a temtica do Estatuto da Criana e Adolescente e Convvio Familiar.- Visitao a local de construo do BRT Regio da antiga Moradia: O objetivo dessa visita propiciar uma vivncia atravs da aproximao com o espao e a interao dos participantes. A ao tambm prev uma maior integrao entre as crianas e adolescentes dos realocados. Para esta ao sero aceitas inscries de at 150 participantes. Os tcnicos do PTTS, em especial o Assistente Social, psiclogo e pedagogo devero acompanhar a visitao. O ingresso e transporte esto previstos na composio dos custos (Anexo I).6. Oficina de CidadaniaAs aes da oficina de cidadania devem compreender 12 horas de atividades, divididas em trs encontros de 4 horas, pautando os seguintes contedos: Direitos e Deveres; Participao Social; Programas e Servios Sociais e Elaborao de um Contrato de Convivncia, a ser realizado por um assistente social e/ou um psiclogo. A atividade dever se realizadas no turno da noite e aos sbados pela manh.7. Oficina de Mobilidade UrbanaAs aes da oficina de mobilidade urbana devero compreender 10 horas divididas em dois encontros de 5 horas, com vistas promoo de aes educativas direcionadas a orientar a populao sobre: regras de trnsito, utilizao adequada das vias e equipamentos de uso comum, circulao e acessibilidade urbana, atravs de materiais informativos e uma caminhada educativa com os beneficirios que dever ser planejada, organizada e acompanhada pelo pedagogo e educador para que assim decidam conjuntamente quais sero as regras da mobilidade dentro do residencial. Conforme composio dos custos (Anexo I) devero ser adquiridas placas sinalizadoras que sero afixadas no empreendimento para observao dos pedestres e motoristas.8. Aes direcionadas a Educao Sanitria e Ambiental

8.1 Oficina de Educao AmbientalEssas aes visam um processo de reflexo sobre o uso adequado dos recursos naturais e a realizao de atividades educativas e preventivas na rea ambiental a serem realizadas por um tcnico ambiental no perodo de 12 horas tcnicas (divididas em 2 vezes semanais), onde sero propostas:

A) Palestra sobre o uso adequado da gua e energia eltrica, do esgotamento sanitrio e manejo de resduos slidos;B) Visitao Central de coleta seletiva solidria do municpio de Natal buscando a sensibilizao para separao adequada de resduos. Aos participantes ser fornecido transporte coletivo a ser locado, conforme composio dos custos (Anexo I).

8.2 Oficina Paisagismo SustentvelSero propostas 12 horas de atividade conduzidas por um t