Qualidade de Processo de Software ISO 12207 e 15504

  • View
    531

  • Download
    0

Embed Size (px)

Transcript

QUALIDADE DE PROCESSO DE SOFTWARE NORMAS ISO 12207 E 15504

Prof. MBA MSc. Nihad Bassis nihad@ieee.org

1

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

FONTE DESTE MATERIAL

Ricardo de Almeida FalboTpicos Especiais Qualidade de Software Departamento de Informtica Universidade Federal do Esprito Santo

2

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

AGENDAQualidade de Processo de Software ISO/IEC 12207 ISO/IEC 15504

3

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

QUALIDADE DE PROCESSO Qualidade de software no se atinge de forma espontnea.

A qualidade dos produtos de software depende fortemente da qualidade do processo de software usado para desenvolv-los.Um bom processo de software no garante que os produtos de software produzidos so de boa qualidade, mas um indicativo de que a organizao capaz de produzir bons produtos de software .4

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

QUALIDADE DE PROCESSO DE SOFTWARE

A implantao de um Programa de Qualidade de Software comea, normalmente, pela definio e implantao de um processo de software. O processo de software deve estar documentado, ser compreendido e seguido.

Exemplo: Certificao ISO 9001. Questo: Por onde comear? O que considerar na definio de processos de software?5

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

PROCESSO DE SOFTWARE

Processo de Software

Sub-processos

Atividades Sub-atividades Pr-atividades Artefatos Insumos Produtos Recursos Humanos Software Hardware Procedimentos Mtodos Tcnicas Roteiros

6

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

QUALIDADE DE PROCESSO DE SOFTWAREReferencial: Padres de qualidade de processo de software. Normas

ISO/IEC 12207 e 15504

CMMI MPS.BR

7

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

NORMAS ISO DE QUALIDADE DE PROCESSO DE SOFTWARE

ISO/IEC 12207: Tecnologia de informao Processos de ciclo de vida de software

ISO/IEC 15504: Tecnologia de informao Avaliao (Assessment) de Processos

Verso Original (1995), Emenda 1 (2002) Emenda 2 (2004)

Parte 1 (2004): Conceitos e Vocabulrio Parte 2 (2003): Estrutura do Processo de Avaliao Parte 3 (2004): Recomendaes para Realizao de uma Avaliao Parte 4 (2004): Recomendaes para Melhoria de Processos e Determinao de Capacidade Parte 5 (FDIS): Exemplo de Aplicao

8

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207: HISTRICO

Em 1989 o JTC1 iniciou o desenvolvimento da ISO 12207, com o objetivo de identificar os Processos do Ciclo de Vida de Software. Foi desenvolvida com a participao de vrios pases, dentre eles o Brasil. Publicada em 1995 (verso NBR em 1998) Sofreu duas emendas:

Amd 1 (2002): introduo de novos processos e definio de propsitos e resultados esperados para cada processo. Amd 2 (2004): trata de um nmero de questes tcnicas e editoriais menores na Amd 1.

Nova reviso para alinhamento com a ISO 15288 (Engenharia de Sistemas Processos de Ciclo de Vida de Sistemas): 12207R WD3 (Junho de 2006)

9

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207Estabelece uma estrutura comum para os processos de ciclo de vida de software, com terminologia bem definida, que pode ser referenciada pela indstria de software. Aplica-se aquisio de sistemas, produtos e servios de software, para o fornecimento, o desenvolvimento, a operao e a manuteno de produtos de software, quer sejam executados interna ou externamente a uma organizao.10

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207Contm um conjunto de processos, atividades e tarefas projetado para ser adaptado de acordo com cada projeto de software. A estrutura cobre o ciclo de vida do software desde a concepo de idias at a descontinuao do software. O processo de adaptao consiste na supresso de processos, atividades e tarefas no aplicveis.11

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207

Descreve a arquitetura dos processos de ciclo de vida de software, mas no especifica os detalhes de como implementar ou executar as atividades e tarefas includas nos processos. No pretende prescrever o nome, formato ou contedo explcito da documentao a ser produzida. No prescreve um modelo especfico de ciclo de vida ou mtodos de desenvolvimento de software. As partes envolvidas so responsveis pela seleo de um modelo de ciclo de vida para o projeto e pelo mapeamento dos processos, atividades e tarefas dentro desse modelo. As partes envolvidas so tambm responsveis pela seleo e aplicao dos mtodos e pela execuo das atividades e tarefas adequadas ao projeto.

12

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207: EstruturaProcessos possuem propsito e resultado(s). Todos os processos possuem pelo menos uma atividade. Os processos, junto com suas declaraes de propsito e resultados, constituem um Modelo de Referncia de Processo.0..*

ProcessoNome, Propsito, Resultado(s)1 0..1

Atividades so unidades de construo usadas para agrupar tarefas relacionadas. A partir da Emenda 1, se uma atividade coesiva o suficiente, ela convertida em um subprocesso por meio da definio de propsito e resultados.Uma tarefa uma clusula detalhada para a implementao de um processo. Pode ser um requisito (deve - shall), uma recomendao (deveria - should) ou uma permisso (pode- may). Notas so usadas quando uma informao explanatria necessria para melhor descrever a inteno ou os mecanismos de um processo. Notas provem uma orientao considerando potenciais implementaes ou reas de aplicabilidade, tais como listas, exemplos and outras consideraes.

1..*

AtividadeNome1 1..*

Tarefa

1 0..*

Nota

13

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207 (AMD 1: 2002)

Propsito do Processo: O principal objetivo da execuo do processo. Convm que a implementao do processo fornea benefcios tangveis aos envolvidos. Resultado do Processo: Um resultado observvel da realizao com sucesso do propsito do processo. Um resultado pode ser:

um artefato produzido; uma mudana significativa de estado; e o atendimento das especificaes, como por exemplo: requisitos, metas etc.

Uma lista com os principais resultados do processo faz parte da descrio de cada processo no Modelo de Referncia de Processo (alinhamento com a ISO 15504). O Propsito e os Resultados fornecidos so uma declarao das metas da execuo de cada processo.

14

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207: CONFORMIDADEA conformidade a essa norma definida como a execuo de todos os processos, atividades e tarefas, selecionados no processo de adaptao para o projeto de software (12207:1995). Deve ser demonstrado que a implementao de qualquer processo do conjunto declarado pela organizao resulta na realizao do propsito e dos resultados correspondentes (Amd 1: 2002).

15

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207: CATEGORIAS DE PROCESSO

Os processos da ISO/IEC 12207 so agrupados em trs categorias:

Fundamentais: constituem um conjunto de processos que atendem s partes fundamentais (pessoa ou organizao / adquirente, fornecedora, desenvolvedora, operadora ou mantenedora do software). De Apoio: auxiliam um outro processo e contribuem para o sucesso e qualidade do projeto, podendo ser realizados, quando necessrio, por outro processo. Organizacionais: empregados por uma organizao para estabelecer e implementar uma estrutura subjacente, constituda de processos de ciclo de vida e pessoal associados, e melhorar continuamente a estrutura e os processos. So tipicamente empregados fora do domnio de projetos e contratos especficos.

H, ainda, o processo de adaptao, que define as atividades bsicas necessrias para executar as adaptaes.

16

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207 (1995): ProcessosPROCESSOS FUNDAMENTAIS PROCESSOS DE APOIO

AquisioFornecimento

DocumentaoGerncia de Configurao Garantia da Qualidade Verificao Validao Reviso Conjunta

OperaoDesenvolvimento Manuteno

AuditoriaResoluo de Problemas PROCESSOS ORGANIZACIONAIS Treinamento Melhoria Infra-estrutura17

Gerncia

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207 (2002): PROCESSOSProcessos Fundamentais Processos de Apoio

AquisioFornecimento

DocumentaoGerncia de Configurao Garantia da Qualidade Operao

VerificaoProcesso de Adaptao Validao Reviso Conjunta

Desenvolvimento

Auditoria Usabilidade Manuteno Gerncia de Resoluo de Problemas Gerncia de Solicitao de Mudanas Avaliao do Produto

Processos OrganizacionaisGerncia Gesto de Ativos Gesto de Programa de Reso Engenharia de Domnio Infra-estrutura Recursos Humanos18

Melhoria

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207: PROCESSOS E SEUS PROPSITOS

Aquisio: obter um produto e/ou servio que satisfaa a necessidade expressa pelo cliente. Fornecimento: fornecer um produto ou servio ao cliente que atenda aos requisitos acordados. Desenvolvimento: transformar um conjunto de requisitos em um produto de software ou um sistema baseado em software que atenda s necessidades explicitadas pelo cliente. Operao: operar o produto de software no seu ambiente e fornecer suporte aos clientes desse produto. Manuteno: modificar um produto de software/sistema aps sua entrega para corrigir falhas, melhorar o desempenho ou outros atributos, ou adaptlo a mudanas no ambiente.

19

Tpicos Especiais - Qualidade de Software 2007/1

ISO/IEC 12207: PROCESSOS E SEUS PROPSITOS

Documentao: des