RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES FUNDAÇÃO PROJETO PESCAR .apresentação das demonstrações

  • View
    213

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of RELATÓRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES FUNDAÇÃO PROJETO PESCAR .apresentação das demonstrações

  • DEMONSTRAES CONTBEIS EM 31/12/2013

    PORTO ALEGRE/RS Relatrio FPP n 05/13

    FEVEREIRO/2014

    RELATRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES

    FUNDAO PROJETO PESCAR

  • FPP 05/13

    Rua Andr Puente, 238 90035-150 Porto Alegre/RS Brasil

    Fone: 55 51 3311.8555 Fax: 55 51 3311.4804 www.juenemann.com.br 2

    S U M R I O

    1 - RELATRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES ........................................................ 3

    2 - BALANO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Em Reais) .......... 6

    3 - DEMONSTRAO DO RESULTADO DO PERODO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 ............................................................................................................................................ 7 4 - DEMONSTRAO DAS MUTAES DO PATRIMNIO LQUIDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 ..................................................................................................... 7 5 - DEMONSTRAO DOS FLUXOS DE CAIXA EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 ....................................................................................................................................................... 8 6 - NOTAS EXPLICATIVAS S DEMONSTRAES CONTBEIS EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 .................................................................................................................. 9

  • FPP 05/13

    Rua Andr Puente, 238 90035-150 Porto Alegre/RS Brasil

    Fone: 55 51 3311.8555 Fax: 55 51 3311.4804 www.juenemann.com.br 3

    1 - RELATRIO DOS AUDITORES INDEPENDENTES

    Ilmos. Srs. Diretores da

    FUNDAO PROJETO PESCAR

    Examinamos as demonstraes contbeis da FUNDAO PROJETO PESCAR, que compreendem o

    balano patrimonial em 31 de dezembro de 2013 e as respectivas demonstraes do resultado do

    perodo, das mutaes do patrimnio lquido e dos fluxos de caixa para o exerccio findo naquela data,

    assim como o resumo das principais prticas contbeis e demais notas explicativas.

    Responsabilidade da Administrao pelas demonstraes contbeis

    A Administrao da Entidade responsvel pela elaborao e adequada apresentao dessas

    demonstraes contbeis de acordo com as prticas contbeis adotadas no Brasil, e pelos controles

    internos que ela determinou como necessrios para permitir a elaborao de demonstraes contbeis

    livres de distoro relevante, independentemente se causada por fraude ou erro.

    Responsabilidade dos auditores independentes

    Nossa responsabilidade a de expressar uma opinio sobre essas demonstraes contbeis com base

    em nossa auditoria, conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Essas

    normas requerem o cumprimento de exigncias ticas pelos auditores e que a auditoria seja planejada e

    executada com o objetivo de obter segurana razovel de que as demonstraes contbeis esto livres

    de distoro relevante.

    Uma auditoria envolve a execuo de procedimentos selecionados para obteno de evidncia a

    respeito dos valores e divulgaes apresentados nas demonstraes contbeis. Os procedimentos

    selecionados dependem do julgamento do auditor, incluindo a avaliao dos riscos de distoro

    relevante das demonstraes contbeis, independentemente se causada por fraude ou erro. Nessa

    avaliao de riscos, o auditor considera os controles internos relevantes para a elaborao e adequada

    apresentao das demonstraes contbeis da Entidade para planejar os procedimentos de auditoria

    que so apropriados nas circunstncias, mas no para fins de expressar uma opinio sobre a eficcia

    desses controles internos da Entidade. Uma auditoria inclui, tambm, a avaliao da adequao das

    prticas contbeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contbeis feitas pela administrao, bem

    como a avaliao da apresentao das demonstraes contbeis tomadas em conjunto.

  • FPP 05/13

    Rua Andr Puente, 238 90035-150 Porto Alegre/RS Brasil

    Fone: 55 51 3311.8555 Fax: 55 51 3311.4804 www.juenemann.com.br 4

    Acreditamos que a evidncia de auditoria obtida suficiente e apropriada para fundamentar nossa

    opinio de auditoria.

    Opinio dos Auditores

    Em nossa opinio, as demonstraes contbeis acima referidas apresentam adequadamente, em todos

    os aspectos relevantes, a posio patrimonial e financeira da FUNDAO PROJETO PESCAR em 31

    de dezembro de 2013, o desempenho de suas operaes e os seus fluxos de caixa para o exerccio

    findo naquela data, de acordo com as prticas contbeis adotadas no Brasil.

    Outros Assuntos

    As demonstraes do exerccio findo em 31 de dezembro de 2012 foram por ns auditadas, com

    emisso de relatrio dos auditores independentes sem ressalva, datado em 08 de fevereiro de 2013.

    Porto Alegre, 05 de fevereiro de 2014.

    Juenemann & Associados Paulo Rogrio Martinez Nunes Auditores e Consultores Contador CRC/RS 052469/O-2

    CRC/RS n 1.979 Scio Responsvel

  • FPP 05/13

    Rua Andr Puente, 238 90035-150 Porto Alegre/RS Brasil

    Fone: 55 51 3311.8555 Fax: 55 51 3311.4804 www.juenemann.com.br 5

    DEMONSTRAES CONTBEIS

    EM 31/12/2013

  • FPP 05/13

    Rua Andr Puente, 238 90035-150 Porto Alegre/RS Brasil

    Fone: 55 51 3311.8555 Fax: 55 51 3311.4804 www.juenemann.com.br 6

    FUNDAO PROJETO PESCAR 2 - BALANO PATRIMONIAL EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Em Reais) ATIVO 2.013 2.012 Circulante Disponibilidades 10.773 101.518 Aplicaes Financeiras (nota 4) 305.365 388.691 Contribuies a Receber (nota 5) 227.458 114.868 Contas a Receber - 4.031 Adiantamentos 25.155 11.768 Impostos a Recuperar 20 Despesas Antecipadas 2.273 2.041 Total do Ativo Circulante 571.044 622.917 Ativo no Circulante Aplicaes Financeiras (nota 4) 3.097.852 2.871.101 Investimentos (nota 6) 981.362 981.362 Imobilizado (nota 7) 108.237 143.745 Intangvel 20.153 31.650 Total do Ativo No Circulante 4.207.604 4.027.858 Total do Ativo 4.778.648 4.650.775

    PASSIVO 2.013 2.012 Circulante Prestadores de Servios a Pagar 1.725 10.185 Obrigaes Trabalhistas e Sociais (nota 8) 37.225 31.490 Obrigaes Tributrias (nota 9) 16.770 19.555 Proviso de Frias e Encargos 144.737 69.373 Contas a Pagar 2.709 1.300 Total do Passivo Circulante 203.166 131.903 Passivo no Circulante Fundo de Sustentabilidade (nota 11) 3.101.788 2.875.101 Total do Passivo No Circulante 3.101.788 2.875.101 Patrimnio Lquido (nota 12) Patrimnio Social 1.631.572 1.631.572 Supervit/(Dficit) Acumulados (157.878) 12.199 Total do Patrimnio Social 1.473.694 1.643.771 Total do Passivo 4.778.648 4.650.775

    (As notas explicativas so parte integrante das demonstraes contbeis)

  • FPP 05/13

    Rua Andr Puente, 238 90035-150 Porto Alegre/RS Brasil

    Fone: 55 51 3311.8555 Fax: 55 51 3311.4804 www.juenemann.com.br 7

    FUNDAO PROJETO PESCAR 3 - DEMONSTRAO DO RESULTADO DO PERODO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Em Reais)

    2.013 2.012 Receitas de Doaes (nota 13.a) Doaes de Mantenedores Institucionais 763.429 684.203 Doaes de Mantenedores da Rede Pescar 1.486.674 1.449.973 Outras Doaes 118.788 114.952 Doaes de Trabalho Voluntrio 45.169 - Receita Operacional da Atividade 2.414.060,00 2.249.128 Trabalho Voluntrio Fundao Projeto Pescar (45.169) - Unidade Pescar Funcriana (93.901) (36.408) Despesas com Pessoal (nota 14.a) (2.032.163) (1.860.189) Despesas com Funcionamento (nota 14.b) (808.753) (811.891) Despesa Operacional da Atividade (2.979.986) (2.708.488) Despesas Financeiras

    (7.578)

    (19.487)

    Receitas Financeiras 33.287 40.681 Resultado Financeiro 25.709 21.194 Outras Receitas e Despesas Operacionais (nota 15) 370.141 450.365 Outras Receitas e Despesas Operacionais 370.141 450.365 Supervit/(Dficit) do Exerccio (170.076) 12.199 4 - DEMONSTRAO DAS MUTAES DO PATRIMNIO LQUIDO EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Em Reais)

    Patrimnio Social

    Fundo Patrimonial

    Supervit/(Dficit) Acumulados Total

    Saldos em 31/12/11 3.702.623 14.525 568.050 4.285.198 Transferncias (2.071.051) (14.525) (568.050) (2.653.626) Supervit do Exerccio - - 12.199 12.199 Saldos em 31/12/12 1.631.572 - 12.199 1.643.771

    (Dficit) do Exerccio - - (170.076) (170.076) Saldos em 31/12/13 1.631.572 - (157.878) 1.473.695

    (As notas explicativas so parte integrante das demonstraes contbeis)

  • FPP 05/13

    Rua Andr Puente, 238 90035-150 Porto Alegre/RS Brasil

    Fone: 55 51 3311.8555 Fax: 55 51 3311.4804 www.juenemann.com.br 8

    FUNDAO PROJETO PESCAR 5 - DEMONSTRAO DOS FLUXOS DE CAIXA EM 31 DE DEZEMBRO DE 2013 E 2012 (Em Reais)

    2.013 2.012 Atividades Operacionais Resultado do Exerccio (170.076) 12.199 Ajustes para Conciliao com Caixa Depreciao e amortizao 78.376 88.438 Reverso de Depreciao de Imobilizado Baixado - (27.243) (91.700) 73.394 (Aumento) Reduo do Ativo Contribuies a Receber (112.590) 21.812 Contas a Receber de Venda de Imobilizado 4.031 (4.031) Adiantamentos (13.387) 4.018 Impostos a Recuperar (20) 15 Despesas Antecipadas (232) (2.041) (122.198) 19.773 Aumento (Reduo) de Passivo Fornecedores (8.460) 5.625 Obrigaes Trabalhistas e Sociais 5.735 (10.379) Obrigaes Tributrias (2.785) 19.392 Proviso para Frias e Encargos 75.364 (2.649) Contas a Pagar 1.408 (18.004) Fundo de Sustentabilidade (65) 4.000 71.198 (2.015) Caixa Gerado nas Operaes (142.700) 91.152 Atividades de Investimentos Aquisies de Imobilizado (29.371) (17.139) Baixas de Imobilizado 40.060 Aquisies de Intangvel (2.000) (808) Caixa Aplicado nas A