Click here to load reader

Revista Portuária 10 Janeiro 2014

  • View
    272

  • Download
    34

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Revista Portuária 10 Janeiro 2014

Text of Revista Portuária 10 Janeiro 2014

  • 4 Janeiro 2014 Economia&Negcios

    NDICE

    www.revistaportuaria.com.br

    EM ABRILIntermodal South America expe cenrio de mudanas e futuro promissor para aeconomia brasileira

    CADA VEZ MAIS PERTOBMW lana pedra fundamental da fbrica de Araquari, no Norte do Estado

    ESSENCIAIS E ESQUECIDASObras de infraestrutura fundamentais para a economia da regio no saem do papel h anos

    6

    QUANDO FEVEREIROCHEGARItaja sediaVelas Latinoamrica2014 22

    EM BUSCA DA LIDERANAItaja segunda cidade com maior PIB em Santa Catarina37

    Duas vezes por semana, a Revista Porturia atualiza o blog da publica-o, que tem sempre informaes exclusivas sobre tudo o que acon-tece no mundo dos negcios no Brasil. O informativo jornalstico en-caminhado duas vezes por semana para uma base de dados segura e criteriosamente construda ao longo de 15 anos de mercado, formada por mais de 90 mil empresas. Composto por notcias econmicas de interesse de empresrios, polticos e clientes, o blog trata de todo e qualquer tema que envolva economia, especialmente aqueles voltados aos terminais porturios de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Para-n. Se voc souber de alguma novidade, tiver informaes relevantes sobre temas econmicos e quiser contribuir com o trabalho da Revista Porturia, entre em contato com a reportagem no endereo eletrnico: [email protected]

    Revista Porturia tambm est na web com informaes exclusivas

    9

    16

    G

    illes Delacuvellerie

    Nelson Robledo

  • Economia&Negcios Janeiro 2014 5

    Editora BittencourtRua Jorge Matos, 15 | Centro | Itaja Santa Catarina | CEP 88302-130 Fone: 47 3344.8600

    DiretorCarlos Bittencourt [email protected]

    Jornalista responsvel: Leonardo Thom DRT SC 04607 [email protected]

    Diagramao:Solange Alves [email protected]

    Contato ComercialRosane Piardi - 47 8405.8776 [email protected]

    ImpressoImpressul Indstria GrficaTiragem: 10 mil exemplares

    Foto de Capa: Shutterstock

    Elogios, crticas ou [email protected] assinar: Valor anual: R$ 240,00

    A Revista Porturia no seresponsabiliza por conceitos emitidos nos artigos assinados, que so de inteira responsabilidade de seus autores.www.revistaportuaria.com.br twitter: @rportuaria

    ANO 15 EDIO N 167 JANEIRO 2014

    EDITORIAL

    Comercial para todo o Brasil

    VIRTUAL BRAZIL Ltda+55 48 3233-2030 | +55 48 9961-5473

    MAIL: [email protected]: [email protected]

    O ano novo chegou e com ele as melhores expectativas para a economia catarinense. Tambm pudera, para outubro deste ano est previsto o incio da produo dos carros de luxo da BMW em Araquari, no Norte do Estado. A primeira montadora de automveis da BMW na Amrica do Sul representa uma nova pgina para a indstria de Santa Catarina.

    E um sinal claro de que isso trar frutos o fato de que os setores de veculos automotores e autopeas e produtos de metais foram destaques da economia barriga-verde no ano passado. Ou seja, o setor j anda aquecido h algum tempo, com os alemes da BMW a tendncia de que a indstria automobilstica catarinense d um salto de qualidade e rentabilidade.

    Rentvel tem sido a economia de Itaja, que mais uma vez se posiciona como a segunda maior de Santa Catarina. A diferena para os ltimos rankings, entretanto, que dessa vez a cidade se aproximou bastante de Joinville, sendo que as duas tm o Produto Interno Bruto (PIB) na casa dos R$ 18 bilhes. Com o incremento das atividades nuticas e a explorao no pr-sal, a tendncia de que em breve Itaja se torne a maior economia de Santa Catarina.

    Uma parte disso est calcada nas atividades nuticas, na qual se inserem a regata Velas Latinoamrica e o Itaja Le Salon, ambos a serem realizados no prximo ms de fevereiro. A Revista Porturia Economia & Negcios tambm aborda um assunto que tem gerado polmica na regio, as emanci-paes municipais e o impacto que causam na economia.

    Como uma publicao no feita apenas de noticias boas, vamos lem-brar a voc, leitor, algumas obras de infraestrutura essenciais que, em contra-partida da extrema necessidade, parecem ter sido esquecidas pelas autorida-des, uma vez que apesar de fundamentais, seguem engavetadas ou andando a passo de tartaruga h anos. Estradas, aeroporto e um centro de eventos. Imagine se estivessem prontos, em que patamar o Litoral de Santa Catarina estaria? Bom, torcemos para que em 2014 as coisas andem para frente nessas obras.

    Como em dezembro do ano passado, com a retrospectiva de 2013, agora voc tem um panorama dos desafios e projees para 2014 no que se refere indstria de Santa Catarina. Nas seces fixas, como a Coluna Mercado, voc fica por dentro de tudo que aconteceu de mais importante na regio, no estado e no pas. J no espao Portos do Brasil, as ltimas novidades e movimentao nos portos da regio Sul.

    Um 2014 que promete crescimento e boas notcias para Santa Catarina

  • 6 Janeiro 2014 Economia&Negcios

    Entre os dias 1 e 3 de abril de 2014, no Transamrica Expo Center, em So Paulo, acontece-r mais uma edio da Intermodal South America - Feira Internacional de Lo-gstica, Transporte de Cargas e Comrcio Exterior. Em sua 20 edio, a feira cada vez mais consagra-se como a principal vi-trine de lanamentos e debates acerca da conjuntura nacional entre as empresas dos setores envolvidos. E, mais uma vez, a Re-vista Porturia Economia & Neg-cios estar presente em um dos maiores eventos de logstica e comrcio exterior no mundo.

    Integrante do Conselho Executivo da Lufthansa Cargo, Andreas Otto, um dos que atestam isso: A Intermodal um evento para o setor de logstica que acaba englobando a economia como um todo. Fiquei impressionado em 2013; maior do que imaginava e ficou claro que um termmetro do crescimento econmico do Brasil.

    Diretor presidente da Santos Brasil, Antnio Carlos Seplveda destaca o papel que a Intermodal exerce ao abrir a dis-cusso sobre temas atuais como a Lei dos Portos, que entrou em vigor no ano passa-do. uma oportunidade para discutirmos o papel das autoridades porturias e para que as empresas invistam em moderniza-o e em treinamento. Com alguns ajustes,

    o que j est sendo proposto e realizado, podemos alcanar o objetivo, que am-pliar a competitividade brasileira.

    Para o diretor de Negcios da Ame-rican Airlines Cargo, Eduardo Martim, a feira o ponto de referncia para as prin-cipais reunies de negcios internacionais. A produtividade enorme, porque en-contramos os principais atores do mercado no evento, afirma.

    O vice-presidente de Vendas e Ser-vios da Terex Port Solutions, Giuseppe Di Lisa, tambm comemora os bons resulta-dos advindos depois da participao na fei-ra. Para a Terex, participar da Intermodal foi a oportunidade de interagir com este mercado e o que mais nos impressionou foi a qualidade dos contatos que fizemos. Esta feira vai render bons negcios para a nossa empresa.

    Em visita feira em 2013, Ruy Du-arte, gerente logstico da Stemcor, uma das maiores empresas distribuidoras de pro-dutos siderrgicos, disse: Atuo h anos no setor logstico e sei que aqui encontro o que h de novo no setor. Outra visitante, Paola Bueno, analista da ITL (International Trade Logistics), destaca que estar na Inter-modal South America uma forma de ma-pear o setor, as inovaes que esto che-gando. Eu, por exemplo, encontrei novas alternativas em resoluo para armazns, transportadoras, conclui.

    EM ABRILIntermodal South America

    expe cenrio de mudanas e futuro promissor para a

    economia brasileira

  • Economia&Negcios Janeiro 2014 7

    Nmeros de 2013Entre os dias 2 e 4 de abril de 2013 todas as

    atenes de quem acompanha os rumos da econo-mia brasileira voltaram-se para a Intermodal South America 2013 - Feira Internacional de Logstica, Transporte de Cargas e Comrcio Exterior. Durante trs dias, a 19 edio do segundo maior evento do mundo para estes setores reuniu mais de 600 em-presas representando 26 pases e atraiu 48.500 visi-tantes, em grande parte embarcadores de carga.

    Quebramos recordes novamente. Alm do aumento de 23% na rea de exposio, tivemos 66 novos expositores e pavilhes da Alemanha, Blgica, Holanda e Itlia, afirmou Joris van Wijk, diretor da UBM Brazil, empresa organizadora do evento.

    Veja um resumo do que aconteceu em 2013 em painis

    que se repetiro em 2014

    Rail Cargo A Rail Cargo 2013, que tambm integrar o

    programa de eventos de contedo paralelos In-termodal South America este ano, lotou a sala de conferncias para que os principais representantes do setor ferrovirio e intermodal discutissem temas tais como Investimentos e Planos do Governo para 2014 e PPPs e Ferrovias.

    A palavra mais ouvida burocracia. Os proje-tos existem, os recursos existem, mas tudo fica para-do. Este encontro um estmulo para encontrarmos meios de superar estes obstculos, disse Vicente Abate, presidente da ABIFER (Associao Brasileira da Indstria Ferroviria), acrescentando: Os investi-mentos em infraestrutura para transportes represen-tam menos de 1% do nosso PIB. Temos que atin-gir o ndice dos anos 70, que era de 2%, e buscar aproximar-se de dois integrantes do BRIC, ndia e Rssia, que aplicam 5%.

    O Governo Federal deve investir R$ 91 bi-A Intermodal pode ser resumida em duas verdades

    imutveis, os negcios e os corredores lotados

  • 8 Janeiro 2014 Economia&Negcios

    lhes at 2020 no segmento ferrovirio e sentimos que, a cada edio da feira, o interes-se no transporte de cargas por trens cresce. No falvamos de ferrovias h cinco anos, mas hoje o Brasil precisa dos trens. Em 2020, o modal movimentar mais de 800 milhes de tonela-das, o que representar 34,35% de todo a operao com cargas do pas, frisou Rodrigo Villaa, diretor executivo da ANTF (A

Search related