Revista TÁXI! - Edição 49

  • View
    219

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

A Revista do Taxista

Transcript

  • 2 Encontro Em homEnagEm aos pais taxistas

    Edio 49

    Txi na palma da mo

    aplicativos revolucionamo ramo taxista

    a revista do taxista

    www.revistataxi.com.br

    categoria se mobiliza contra proposta que prev regulamentao de clandestinosa importncia de administrar o estressee mais

    ago/13

    manuTeno gps pode ser um vilo

    do sistema eltrico

  • Municipal de Esportes, em sua primeira fase, o projeto ir cadastrar taxistas inte-ressados em participar de uma equipe de treinamento com instrutores especiali-zados, e que no final do ano ir correr na tradicional corrida de So Silvestre.

    Ainda nesta edio trazemos para os leitores um painel geral sobre os novos aplicativos para chamada de txis e paga-mentos de corridas. Aprovado como uma ferramenta que ir contribuir de forma inequvoca com o desenvolvimento da categoria, as novas tecnologias ainda so alvo de reclamaes por parte das co-operativas e associaes de rdio txis, que argumentam que as novas empresas tambm sejam enquadradas aos mesmos princpios e regras que norteiam a ativi-dade do txi na cidade. O debate ainda est em aberto.

    Outro tema que tem provocado tenso na categoria a possiblidade que empre-sas de turismo, agncias de viagens e lo-cadoras de automveis possam atuar no transporte de passageiros. Esta proposta da Secretaria Municipal de Transportes foi veementemente rejeitada por toda a categoria, que ameaa ir s ltimas con-sequncias para garantir os seus direitos.

    Edio 49

    Boa viagem e boa leitura. Os Editores

    o encontro realizado no dia 03 de agosto, no Bar O Torcedor do Es-tdio do Pacaembu, em homena-gem aos pais taxistas foi um importante momento de confraternizao, que con-tou com a participao de diversos repre-sentantes da categoria e tornou mais uma vez evidente a crescente qualificao dos profissionais que h tempos trabalha no sentido de alcanar a excelncia.

    Realizado em parceira com a Associa-o das Rdio Txis de So Paulo - Ar-tasp e com apoio do Museu do Futebol, o evento, que contou ainda com a parti-cipao de diversos patrocinadores, j se tornou um compromisso da Revista TXI! e faz parte da agenda de 2014, quando um novo encontro ser realizado em home-nagem a esses profissionais, que muitas vezes sacrificam a sua vida familiar para seguirem na sua jornada de prestao de servios cidade.

    O anncio do lanamento do projeto Taxmetro da Sade para o prximo dia 12 de agosto foi outro presente para a ca-tegoria e d continuidade a uma linha de trabalho que tem por objetivo garantir ao taxista uma melhor qualidade de vida. Formatado em parceria com a Secretaria

    Espao Do LEitorComentrios e sugestes sobre a Revista Txi! e sua cidade

    A revista do Taxista

    O preo da imobilidadeNo existe possibilidade de tirar os carros

    da rua se no forem realizados investimentos macios no transporte coletivo. Inacredit-vel que uma cidade do tamanho de So Pau-lo tenha uma malha de metr to pequena e os trens tenham uma qualidade to ruim. A mesma condio se d com os nibus, que so horrveis. E ns quem pagamos o preo.

    Larcio Ribeiro

    Devagar, quase parandoA proposta do prefeito Fernando Haddad de

    criar novos corredores de nibus sem dvida pode melhorar o trnsito da cidade, mas se os taxistas no forem liberados para tambm utilizarem esses corredores a categoria ser muito penalizada. Alm de no atrapalhar o fluxo dos corredores, porque ningum pega passageiro na faixa da esquerda, os taxistas ficaro presos nos congestionamentos.

    Carlos Emanoel

    homenagem aos pais taxistas

    ExpEDiEntE

    DiretoriaAdilson Souza de ArajoDavi Francisco da Silva

    Fbio Martucci Fornern(editora@portodasletras.com.br)

    RedaoEditor

    Waldir MartinsMTB 19.069

    Edio de ArteMauro Bufano

    Reportagem Arnaldo Rocha, Camila Silva

    e Cida Nogueira

    Colaboradores Davi Francisco da Silva

    e Fernando Lemos

    Fotografia de CapaDavi Francisco da Silva

    FotografiasDavi Francisco da Silva

    IlustraoEduardo Kakisaka

    Projeto GrficoEditora Porto das Letras

    RevisoNaira Uehara

    PublicidadeDiretor

    Fbio Martucci FornernFone: (11) 3392-1524

    publicidade@portodasletras.com.br

    Assessoria jurdicaPaulo Henrique Ribeiro Floriano

    ComercialSuporte Administrativo

    Ana Maria S. Arajo Silva

    Assinaturas e maillingassinatura@portodasletras.com.br

    Impresso

    GMA Grfica Ltda.

    Tiragem20.000 exemplares

    Distribuio Gratuita edio 49 , uma publicao da Editora Porto das Letras

    Ltda. Redao, publicidade, administrao e correspondncia: Rua do Bosque, 896, casa 24, CEP 01136-000. Barra Funda, So Paulo (SP). Telefone (11) 3392-1524. E-mail revistataxi@portodasletras.com.br. Proibida a reproduo parcial ou total dos textos e das imagens desta publicao, exceto as imagens sob a licena do Creative Commons. As opinies dos entrevistados publicadas nesta edio no expressam a opinio da revista. Os anncios veiculados nessa revista so de inteira responsabilidade dos anunciantes.

  • mundo txi Legalizar clandestinos

    seu txi na ponta do lpis

    Afinal, qual o seu negcio?

    manuteno GPS pode ser um

    vilo do sistema eltrico

    Volante seguro Sem estresse

    sua sade Colesterol na medida

    tecnologia Aplicativos, sites e inovaes

    agenda O que vai agitar a metrpole

    nas prximas semanas

    guias e roteiros Praa Victor Civita

    Especial Aplicativos revolucionam mercado

    homenagemDia dos pais

    Homenagem aos pais taxistas

    perfil taxista Irreverncia ao volante

    onde Fica Museu a cu aberto

    roda solta Curiosidades e humor

    sumrio

    guias e roteirospraa Victor civita

    24

    homenagem aos pais taxistas 2 encontro cria clima de confraternizaocapa36

    1416

    19

    24

    12

    46

    10

    manutenogps pode ser

    um vilo dosistema eltrico 10

    08

    36

    48

    seu txi na ponta do lpis

    afinal, qual o seu negcio?

    08

    26

    06

    50

  • 6 Txi! EDIO 49 7Txi! EDIO 49

    mundo TxiPor Waldir Martins

    Categoria se mobiliza contra proposta da SMT que pretende autorizar empresas de turismo e agncia de viagens a realizarem transporte de passageiros

    contra a legalizao dos clandestinos

    Em reunio realizada no dia 11 de ju-lho, nas dependncias da Secretaria Municipal de Transportes da Prefei-tura de So Paulo, a Dra. Maria Lucia Be-galli, administradora tcnica de projetos da SPTrans, anunciou a inteno da prefeitura em autorizar carros particulares, de empre-sas de turismo, agncias de viagens e de locadoras a realizar o transporte de passa-geiros de turismo em hotis, aeroportos, empresas, centros de eventos, shopping centers, entre outros, podendo para isso utilizar qualquer tipo de veculo.

    A principal justificativa dada pela re-presentante da SPTrans para adoo des-sa medida seria o fato de que os txis que trabalham junto a esses segmentos no conseguem atender de forma satisfatria turistas e hspedes de hotis, uma vez que no ficam suficientemente disposio dos passageiros. Begalli declarou ainda que a iniciativa tem como suporte a lei federal

    Nari

    sa

    11.771/2008, chamada como a Lei do Turis-mo, que faculta o transporte de passageiros fora da categoria taxista.

    Impossibilidade legal

    De acordo com o Dr. Nelson dos Santos, advogado da cooperativa de txi Cooperluxo Executive Drive, que trabalha diretamente no atendimento de executivos e turistas que visitam a cidade, esses argumentos no se justificam, uma vez que o transporte in-dividual de passageiros uma atividade cuja atribuio restrita ao segmento taxista.

    Essa lei (11.771/2008) define as atribui-es do turismo no mbito nacional e men-ciona modalidades de transportes. Toda-via, a lei federal do txi (lei 12.468/2011) determina que o transporte individual re-munerado de passageiros atividade priva-tiva de taxistas. De modo que, se houvesse um conflito entre essas leis, a lei do txi prevaleceria, revogando a lei do turismo

    naquilo em que esta divergisse daquela. Portanto, muito tranquilo afirmar que a prefeitura no pode se utilizar da lei fede-ral do turismo para autorizar o transporte de passageiros por quem no taxista., argumenta Dr. Santos.

    Repdio da categoria

    Para o representante da Associao das Rdio Txis de So Paulo - Artasp, Luiz Maranho, que participou do encontro na prefeitura, alm da proposta no ter amparo legal, ir resultar em graves prejuzos para os taxistas. J durante a reunio que rea-lizamos com a Dra. Maria Lucia Begalli, ma-nifestamos toda nossa insatisfao com essa proposta. Isso no tem como ser feito, esto propondo legalizar o que ilegal, que so os carros clandestinos, protesta.

    Diante da possibilidade de que, mesmo diante do repdio da categoria, um decre-to do executivo municipal fosse sancionado criando essa nova norma, uma nova reunio ocorreu no dia 15 de julho, desta vez no Sindicato dos Taxistas Autnomos de So Paulo, quando os representantes da catego-ria decidiram manifestar formalmente sua contrariedade em relao proposta, com o envio de um documento para a Secretaria Municipal dos Transportes.

    De acordo com o presidente do sindicato Natalcio Bezerra, a iniciativa teve por ob-jetivo marcar de forma clara a posio dos taxistas contra a viabilizao da proposta. Quando fomos informados sobre essa ideia da prefeitura, ns repudiamos de forma ve-emente. No podemos jogar pela janela todo o trabalho que o taxista realiza em benefcio da cidade. No sou de afrontar nenhuma au-toridade, mas, se insistirem com essa ideia, vamos mobilizar toda a categoria e parar a ci-dade, alertou o representante dos taxistas.

  • 6 Txi! EDIO 49 7Txi! EDIO 49

  • 8 Txi! EDIO 49 9Txi! EDIO 49

    seu txi na ponta do lpis

    Afinal