Click here to load reader

Teoria Da Comunicação Revisão

  • View
    24.177

  • Download
    3

Embed Size (px)

DESCRIPTION

aulas de teoria da comunicação para os alunos do 1o. ano básico de comunicação social da Universidade de Mogi das Cruzes

Text of Teoria Da Comunicação Revisão

  • 1. Teoria da Comunicao Profa. Dra. Luci Mendes de Melo Bonini
  • 2. Comunicar Tornar comum
  • 3. PROCESSO COMUNICACIONAL A B EMISSOR RECEPTOR
  • 4. ELEMENTOS DA COMUNICAO EMISSOR RECEPTOR MENSAGEM REFERENTE CANAL CDIGO
  • 5. ELEMENTOS DA COMUNICAO EMISSOR RECEPTOR REFERENTE CANAL CDIGO RUDO
  • 6. ELEMENTOS DA COMUNICAO EMISSOR RECEPTOR MENSAGEM REFERENTE ?????? CANAL CDIGO RUDO
  • 7. ELEMENTOS DA COMUNICAO EMISSOR RECEPTOR MENSAGEM REFERENTE CDIGO RUDO
  • 8. ELEMENTOS DA COMUNICAO EMISSOR RECEPTOR MENSAGEM REFERENTE CANAL CODE RUDO
  • 9. PROCESSO COMUNICACIONAL A B EMISSOR RECEPTOR
  • 10. A B PROCESSO COMUNICACIONAL EMISSOR RECEPTOR
  • 11. PROCESSO COMUNICACIONAL A B EMISSOR RECEPTOR
  • 12. ELEMENTOS DA COMUNICAO EMISSOR RECEPTOR MENSAGEM REFERENTE CANAL CDIGO REDUNDNCIA RUDO
  • 13. A B PROCESSO COMUNICACIONAL EMISSOR RECEPTOR
  • 14.
    • Mensagem: grupo de signos extrados de um repertrio, reunidos numa determinada estrutura
    • Rudo: signos indesejveis que se interpem ao processo comunicacional
    • Redundncia: facilita a compreenso da mensagem
  • 15. A ESTRATGIA DO CONHECIMENTO
    • Trabalha por um lado, a partir das redundncias (repeties, regularidades, princpios de ordem) e por outro lado a partir do rudo e do aleatrio
    • Sem deixar de conceber a complexidade, seus processos de entropia
  • 16. Conhecimento e evoluo humana
    • Sociedades orais: as mensagens so recebidas no mesmo contexto em
    • que so produzidas;
    • Sociedades com a escrita: possvel ler uma mensagem 5 sculos depois de produzida ou a 5oo km de distncia, fora de seu contexto original (A Imprensa condicionou o desenvolvimento da cincia moderna);
    • Cibercultura: co-presena de mensagens de volta a seu contexto em uma rbita completamente diferente.
  • 17. Dado, Informao e Conhecimento I
    • Dados - quantificveis
    • Informao grupo de signos extrados de um repertrio, reunidos numa determinada estrutura
    • Conhecimento decodificao da informao pelo receptor, acrescentando-se a isto seu repertrio, subjetividade, utilidade, originalidade; enfim seus mecanismos de produzir semiose
  • 18. Dado, Informao e Conhecimento II
    • Meios de comunicao digital informaes construdas com os dados das diversas bases instaladas.
    • Segundo Setzer:
    • http://www.ime.usp.br/~vwsetzer/dado-info.html "...dados so puramente sintticos enquanto informao contm, necessariamente, semntica. Conhecimento uma abstrao interior (...) relacionada a alguma coisa existente no mundo real e do qual temos uma experincia direta".
    • Informao e conhecimento dependem interpretante para se constiturem
    • Informao conhecimento: habilidades tcnicas para a captao dos dados e sua formatao em informaes relevantes e de um repertrio terico que possibilite uma abstrao da informao e um vislumbre de sua aplicao prtica
  • 19.
    • A Teoria da comunicao
    • caracteriza-se pela diversidade de perspectivas que confluem para o seu vasto mbito
  • 20.
    • Para Colin Cherry, comunicao significa "compartilhar elementos de comportamento ou modos de vida, pela existncia de um conjunto de regras".
    • Berlo, entende comunicao "como sendo o processo atravs do qual um indivduo suscita uma resposta num outro indivduo, ou seja, dirige um estmulo que visa favorecer uma alterao no receptor por forma a suscitar um resposta"
    • Abraham Moles, define comunicao "como o processo de fazer participar um indivduo, um grupo de indivduos ou um organismo, situados numa dada poca e lugar, nas experincias de outro, utilizando elementos comuns"
  • 21. Conceito Etimolgico
    • Comunicao vem do latim communis, comum, dando idia de comunidade.
    • De acordo com o Padre Augusto Magne, comunicar significa participao, troca de informaes, tornar comum aos outros idias, volies e estados dalma.
    • Esse conceito preza o fato das pessoas poderem entender umas s outras, expressando pensamentos e at mesmo unindo o que est isolado, o que est longe da comunidade.
  • 22. Conceito Biolgico
    • Nesse conceito, a comunicao relacionada com a atividade sensorial e nervosa do ser humano.
    • atravs da linguagem que exprimido o que se passa em seu sistema nervoso.
    • Algumas espcies tm a necessidade de intercambiar informaes apenas para multiplicar-se, enquanto a espcie humana procura comunicar-se intensamente com outros porque necessita participar ativamente da sua prpria evoluo biolgica.
    • Primeiro a coleta de informaes pela atividade nervosa, a armazenagem, a disposio da informao, a circulao das mesmas para os centros da ao e o preparo de ordens que resultam no envio de mensagens.
    • Um conceito parcial, pois a comunicao no se resume a impulsos nervosos.
  • 23. Conceito Pedaggico
    • A comunicao uma atividade educativa que envolve troca de experincias entre pessoas de geraes diferentes, evitando-se assim que grupos sociais retornem ao primitivismo.
    • Entre os que se comunicam, h uma transmisso de ensinamentos, onde modifica-se a disposio mental das partes envolvidas.
    • Pedagogicamente, essencial que a educao faa parte de uma comunidade, para que os jovens adaptem-se vida social, sem que cometam erros do passado.
  • 24. Conceito Histrico
    • Baseada na cooperao, a comunicao no conceito histrico funciona como instrumento de equilbrio entre a humanidade, neutralizando foras contraditrias.
    • Desse ponto de vista, o conceito propicia o resgate diacrnico imprescindvel ao avano do homem em direo ao futuro.
    • No fossem os meios de comunicao, ampliando as possibilidades de coexistncia mais pacfica entre os homens, estes j estariam extintos em meio s disputas por poder.
    • E no menos importante que os conceitos anteriores, a comunicao atua na forma de sobrevivncia social e no fundamento da existncia humana.
  • 25. Conceito Sociolgico
    • O papel da comunicao de transmisso de significados entre pessoas para a sua integrao na organizao social.
    • Os homens tm necessidade de estar em constante relao com o mundo, e para isso usam a comunicao como mediadora na interao social, pois compreensvel enquanto cdigo para todos que dela participam.
    • Alm desse aspecto, os socilogos entendem a comunicao como