Veganismo é uma filosofia utópica

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Afim de conseguir aquilo que a filosofia vegana propõe, os adeptos do veganismo boicotam empresas que exploram animais. E isso vai muito além da alimentação. É uma nova postura de vida e é uma coisa séria e gratificante. É aquela história do lixo no chão: mesmo que o chão esteja sujo, não jogue mais.

Text of Veganismo é uma filosofia utópica

  • Veganismo uma filosofia utpica?

    O veganismo a filosofia de vida que busca no causar sofrimentos a animais, humanos ou no. claro que em

    algum momento um vegano vai se envolver, mesmo que indiretamente, em alguma atividade que envolva sofrimento de

    animais. O fato de colaborar (de forma indireta) para algum sofrimento animal no justifica desistir e comear a causar

    sofrimento diretamente e conscientemente.

    Quando um cidado de bem decide no jogar lixo na rua, ele sabe que no vai acabar com todo o problema do lixo do

    mundo, mas nem por isso ele pensa ah, ento vou jogar e dane-se. Se uma pessoa acha que tudo bem jogar o lixo no

    cho se o cho j estiver sujo chama-se alienada e s age de acordo com a massa, no tem valores prprios.

    Quando uma pessoa decide ser vegana, ela sabe que sozinha ela no vai conseguir acabar com a dor e o sofrimento dos

    animais, mas nem por isso vai fazer parte dos nmeros monstruosos da indstria que explora animais. Mesmo com certa

    dificuldade de encontrar alimentao livre de produtos de origem animal, mesmo com tanta gente falando que utopia, a

    pessoa que vegana por respeito aos animais persiste.

    Uns afirmam:

    Um vegano jamais vai conseguir se ver livre da explorao de animais em todos os aspectos de sua vida.

    De fato, at no pneu do nibus onde um vegano viaja pode haver restos de animais. Algumas empresas usam um tipo de

    gordura na fabricao de pneus. Mas o veganismo consiste justamente em tentar mudar essa realidade, apresentando

    novas tecnologias e incentivando as empresas a adotarem prticas que no envolvam o sofrimento de animais (humanos

    ou no). Um exemplo: perfeitamente vivel para uma empresa que utiliza o corante cochonilha (saiba o que ) substitu-lo

    por outro, de origem vegetal. E sabe porque ela no faz isso? Porque ainda no recebeu um nmero considervel de

    reclamaes. muito mais barato usar cochonilha porque a matria-prima, no caso os pulges, se multiplica naturalmente.

    Se nigum reclama, t dando certo e barato, pra que mexer?

    Quando uma pessoa vegana entra em contato com a empresa para dizer que no vai consumir mais tal produto porque ele

    contm um ingrediente de origem animal, isso gera um pequeno alerta. Quando mais pessoas fazem o mesmo, a empresa

    para e se pergunta se aquele ingrediente mesmo indispensvel e insubstituvel. a que o veganismo e seu boicote

    comeam a fazer mais sentido.

    Afim de conseguir aquilo que a filosofia vegana prope, os adeptos do veganismo boicotam empresas que exploram

    animais. E isso vai muito alm da alimentao. uma nova postura de vida e uma coisa sria e gratificante.

    Outros dizem:

    Sou ovo-lacto vegeatriano e nunca vou me tornar vegano, pois nunca vou conseguir no me envolver com o

    sofrimento dos animais

    Na cabea da maioria dos ovo-lacto vegetarianos que dizem isso nunca passou a possibilidade de voltar a comer carne,

    ento por que continuar colaborando para o sofrimento dos animais sabendo que a indstria do leite e dos ovos to ou

    at mais cruel que a indstria da carne? Se uma pessoa ovo-lacto vegetariana pelos animais deveria seriamente

    considerar se tornar vegana, mesmo que aos poucos. Se for feito com base no respeito aos animais, no uma tarefa

    difcil.

    aquela histria do lixo no cho: mesmo que o cho esteja sujo, no jogue mais.