Hiria RDC 2013

  • View
    722

  • Download
    4

Embed Size (px)

DESCRIPTION

O Regime Diferenciado de Contratacoes Publicas foi instituido e regulamentado em 2011 e surgiu como uma nova modalidade de licitacao. Aplicavel a principio as licitacoes e contratos relacionados a Copa do mundo e Olimpiadas, o RDC foi estendido para obras do Programa de Aceleracao do Crescimento (PAC) e para obras e servicos no setor de saude e educacao a partir de outubro de 2012. Em decorrencia desta alteracao na extensao do RDC, muitas duvidas surgiram principalmente no que se refere a sua aplicacao e abrangencia, procedimento licitatorio, planejamento, peculiaridades da contratacao integrada e elaboracao de orcamento. O encontro ser promovido pela Hiria em 26/08 no Blue Tree Faria Lima. Mais detalhes em: www.hiria.com.br

Transcript

  • 1. 26 de agosto de 2013 Blue Tree Faria Lima So Paulo A Nova Modalidade de Licitao e as Implicaes na Execuo dos Contratos - Aplicao e abrangncia do RDC - Procedimento licitatrio e planejamento - Detalhamento da Contratao Integrada - Oramento na Contratao Integrada Vera Monteiro SUNDFELD ADVOGADOS Augusto Neves Dal Pozzo, DAL POZZO ADVOGADOS OAB - ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL Rafael Valim MARINHO&VALIM IBEJI Arthur Luis Pinho de Lima DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES DNIT Thiago Cardoso de Araujo PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DO RJ Pedro Estevam Alves Pinto Serrano TOJAL, TEIXEIRA FERREIRA, SERRANO & RENAULT Jose Antonio Pessoa Neto INFRAERO Alexandre Cordeiro Macedo MINISTERIO DAS CIDADES Marcelo Bruto da Costa Correia MINISTRIO DO PLANEJAMENTO RDC Apoio
  • 2. Como o encontro est estruturado CONHEA| a viso da esfera contratante sobre o Regime Diferenciado de Contrataes ENTENDA| a aplicao do RDC para obras de infraestrutura, contratao de servios, Copa e aes do PAC COMPREENDA| o Procedimento Licitatrio e aspectos do Planejamento APROFUNDE-SE| em contratao integrada e projeto e execuo nas licitaes SAIBA| como preparar o oramento de as obras e servios de engenharia no RDC ATUALIZE-SE| sobre as Experincias e Prticas em RDC RDC Regime Diferenciado de Contrataes Publicas Temas de Discusso Procedimento licitatrio e planejamento Detalhamento da Contratao Integrada Oramento na Contratao Integrada Aplicao e abrangncia do RDC www.hiria.com.br 11 5093 7847
  • 3. Os funcionrios, colaboradores e apoiadores da Hiria acreditam que este encontro pode contribuir de forma decisiva para que os profissionais discutam os principais pontos propostos pela lei 12.462 e os reflexos para o setor como um todo e para o processo licitatrio. No que acreditamos Cientes disso, desenvolvemos esta conferncia sobre RDC e Contratao Integrada, que reunir representantes dos setores pblico e privado, associaes do setor, escritrios de advocacia e especialistas, em painis estruturados de acordo com os principais questionamentos do mercado e com abordagens diferentes considerando as peculiaridades do objeto contratado e a viso da esfera contratante. PORQUE NOS REUNIREMOS EM agosto Munidos de informaes consistentes sobre o Regime Diferenciado de Contrataes Pblicas, as empresas estaro aptas para pensar em aes adequadas e se planejarem considerando sua posio no mercado e os reflexos do regime para o setor como um todo. Resultado O Regime Diferenciado de Contrataes Pblicas foi institudo e regulamentado em 2011 e surgiu como uma nova modalidade de licitao. Aplicvel a principio s licitaes e contratos relacionados Copa do mundo e Olimpadas, o RDC foi estendido para obras do Programa de Acelerao do Crescimento (PAC) e para obras e servios no setor de sade e educao a partir de outubro de 2012. Em decorrncia desta alterao na extenso do RDC, muitas dvidas surgiram principalmente no que se refere a sua aplicao e abrangncia, procedimento licitatrio, planejamento, peculiaridades da contratao integrada e elaborao de oramento. Macro cenrio de oportunidades Nosso Papel gabriela.silva@hiria.com.br + 55 11 99801.0199 Gabriela Silva Especialista www.hiria.com.br 11 5093 7847
  • 4. Contexto e objetivos do encontro Viso do Governo sobre o Regime Diferenciado de Contrataes Publicas A aplicao do Regime para obras de infraestrutura, contratao de servios, Copa e aes do PAC Detalhamento do RDC, Procedimento Licitatrio e aspectos do Planejamento Contratao integrada e elaborao de oramento Experincias e Praticas em RDC So Paulo , 26 de agosto de 2013 www.hiria.com.br 11 5093 7847
  • 5. Palestrantes Marcelo Bruto Da Costa Correia MINISTRIO DO PLANEJAMENTO Diretor de Programa de Rodovias e Ferrovias da Secretaria do PAC no Ministrio do Planejamento, Oramento e Gesto. especialista em polticas pblicas e gesto governamental do Ministrio do Planejamento e atuou na Subchefia de Articulao e Monitoramento da Casa Civil da Presidncia da Repblica. Alexandre Cordeiro Macedo MINISTERIO DAS CIDADES Casado, 36 anos, brasiliense, Advogado, Economista, com extenso em Economia Internacional e Economia Poltica Internacional na Universidade de Harvard; ps- graduado em Processo Administrativo Disciplinar pela UNB e em Direito Pblico pelo Instituto Processus. Auditor de carreira da Controladora-Geral da Unio desde 2006, onde foi Assessor e Chefe de Gabinete do Corregedor-Geral da Unio. Atual Secretrio- Executivo do Ministrio das Cidades, assumindo a pasta desde maro de 2012. Vera Monteiro SUNDFELD ADVOGADOS - Coordenadora do Curso de Especializao em Direito Administrativo Programa de Educao Continuada em Direito da FGV- SP (GVLaw) Scia de Sundfeld Advogados. Doutora em Direito Administrativo pela USP. Mestre pela PUC/SP. Professora da Graduao da DIREITO GV. Coordenadora do Curso de Direito Administrativo do Programa de Ps-graduao Latu Sensu da DIREITO GV. Pedro Estevam Alves Pinto Serrano TOJAL, TEIXEIRA FERREIRA, SERRANO & RENAULT Pedro Estevam Alves Pinto Serrano Mestre e Doutor em Direito do Estado pela PUC/ SP. Professor nas matrias de Direito Constitucional, Fundamentos de Direito Pblico e Prtica Forense de Direito Pblico da Faculdade de Direito da PUC/SP. Foi procurador do Estado de So Paulo e consultor especial da Cmara Municipal de So Paulo. scio fundador do escritrio TOJAL, TEIXEIRA FERREIRA, SERRANO & RENAULT e Membro efetivo do Instituto de Direito Administrativo de So Paulo. Augusto Neves Dal Pozzo DAL POZZO ADVOGADOS | OAB Doutorando em Direito Administrativo, Mestre em Direito Administrativo e Especialista em Direito do Estado pela Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo (PUC-SP). Professor de Direito Administrativo e Fundamentos de Direito Pblico na Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo (PUC-SP). Diretor da Revista Brasileira de Infraestrutura (RBINF). Ps-graduado em Management Program for Lawyers e Corporate Governance pela Yale School of Management. Primeiro Vice-presidente do Instituto Brasileiro de Estudos Jurdicos da Infraestrutura (IBEJI). Rafael Valim MARINHO&VALIM | IBEJI Doutorando em Direito Administrativo pela Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo; Mestre em Direito Administrativo pela Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo; Especialista em Direito Constitucional pela Universidad de Castilla La Mancha Espanha; Bacharel em Direito pela Pontifcia Universidade Catlica de So Paulo PUC/SP; Diretor Executivo do Instituto Brasileiro de Estudos Jurdicos da Infraestrutura IBEJI; Secretrio da Comisso Especial de Direito da Infraestrutura do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil - OAB; Arthur Luis Pinho de Lima DEPARTAMENTO NACIONAL DE INFRAESTRUTURA DE TRANSPORTES DNIT Coordenador Geral de Cadastro e Licitaes do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) Bacharel em Cincias Militares pela Academia Militar das Agulhas Negras, Ps-graduado em Operaes Militares com nfase em logstica militar terrestre e Bacharel em Direito pela Universidade de Braslia. Atua na rea de licitaes e contratos pblicos desde 1997. Licitou a obra e os servios de engenharia que possibilitaram a instalao do gasoduto Coari-Manaus em 2004. Como Coordenador-Geral de Cadastro e Licitaes do DNIT est implementando profundas mudanas nas condues dos certames licitatrios do rgo, como a utilizao do prego para servios comuns de engenharia e o RDC para as obras. Thiago Cardoso de Araujo PROCURADORIA GERAL DO ESTADO DO RJ Mestre em Direito Pblico (2009) pela UERJ . Doutorando em Teoria e Filosofia do Direito, desde 2011, pela mesma instituio. Atualmente Procurador do Estado do Rio de Janeiro, alocado na Secretaria de Obras do Governo do Estado do Rio de Janeiro como Assessor Jurdico Especial e Professor da graduao e da ps-graduao da Escola de Direito do Rio de Janeiro da Fundao Getulio Vargas Jose Antonio Pessoa Neto Superintendente de Licitaes e Compras - INFRAERO Superintendente de Licitaes e Compras da Infraero. Graduado em Administrao de Empresas pela UNICAP, possui especializao em Planejamento e Gesto Organizacional pela UPE, MBA Gesto de Negcios pela UFPE e Mestrado em Administrao pela UFRPE. Experincia de 20 anos no setor pblico, exercendo atividades na rea de Licitaes e Contratos desde 1994. Presidiu diversas Comisses de Licitaes na Infraero, inclusive pelo novo Sistema de Contrataes Pblicas - RDC. Palestrante em eventos na rea de licitaes e contratos. Ocupou na Infraero diferentes funes gerenciais nas reas de administrao, licitaes e contratos. Atualmente ocupa o cargo de Analista Superior/Auditor e a funo de confiana de Superintendente de Licitaes e Contratos na Infraero. www.hiria.com.br 11 5093 7847
  • 6. Programao do Evento Segunda-feira| 26 de agosto de 2013 Palestra de Abertura 08h30| Parecer sobre o Regime Diferenciado de Contrataes e sua aplicao para obras de infraestrutura, contratao de servios, Copa e aes do PAC Marcelo Bruto Da Costa Correia, Diretor do Departamento de Infraestrutura de Logstica MINISTRIO DO PLANEJAMENTO Alexandre Cordeiro Macedo, Secretrio Executivo MINISTERIO DAS CIDADES 09h30| Intervalo para Caf e Troca de Cartes Painel 1 Detalhamento do RDC 10h00| Detalhamento sobre a aplicao do Regime Diferenciado de Contrataes Publicas a licitaes e contratos segundo Decreto n 7.581 e Lei n 12.722 Este briefing trar informaes sobre a nova modalidade de licitao, quanto a sua aplicao e procedimentos para a execuo das funcionalidades do RDC. Pr-qualificao, Projeto bsico e executivo Inverso das fases da licitao Disputa aberta e