Apostila comandos-eletricos-circuitos-e-diagramas-eletricos

Embed Size (px)

Text of Apostila comandos-eletricos-circuitos-e-diagramas-eletricos

  • APRESENTAO

    No nosso diaadia, executamos operaes que, embora paream muito simples, so exemplos claros da utilizao de tcnicas de comando de dispositivos. Ao acender uma lmpada, ligar um aparelho de televiso ou colocar em funcionamento uma banheira de hidromassagem estamos emitindo um sinal; o mesmo ocorre ao tocar um interruptor ou apertar um boto (causa), que ir desencadear uma ou vrias aes: acender uma lmpada, selecionar um programa, partir um motor (conseqncia). Essas causas e conseqncias tm uma forma padronizada de serem apresentadas, quer seja para anlise, instalao ou manuteno de equipamentos. Trata-se dos diagramas de comando eltrico, cujo principal objetivo a representao clara dos circuitos eltricos, seu funcionamento seqencial, localizao dos elementos, suas funes e interligaes conforme normas estabelecidas.

    Os diagramas so, portanto, ferramentas indispensveis para os especialistas da rea de automao e controle de equipamentos. Estamos certos de que os estudantes faro bom proveito do presente material, correspondendo assim ao esforo daqueles que participam da sua produo.

    1

  • CIRCUITOS E DIAGRAMAS ELTRICOS

    Tipos de Diagramas

    Diagrama tradicional ou multifilar completo

    como uma fotografia do circuito eltrico, ou seja, representada a forma com que este implementado. Sua aplicabilidade se torna invivel para circuitos complexos, devido ao grande nmero de linhas e smbolos a serem utilizados.

    2

  • Diagrama funcional

    Representa os caminhos de corrente, os elementos, suas funes, suas interdependncias e seqncia funcional, sendo subdividido em dois outros, a saber: circuito principal e circuito de comando, bastante prticos e de fcil compreenso.

    Diagrama de disposio ou layout

    Representa, de forma clara e objetiva, o arranjo fsico dos dispositivos. A combinao dos diagramas funcional e de layout define, de maneira prtica e racional, a melhor forma de elaborao de diagramas para anlise, instalao ou manuteno de equipamentos.

    Identificao dos componentes no diagrama funcional

    So representados conforme simbologia adotada e identificados por letras e nmeros ou smbolos grficos.

    3

  • Exemplo

    Identificao por letras e nmeros.

    Fig. 1.4

    Identificao por smbolos grficos.

    Rels e contatores auxiliares.

    Observao

    Nos dispositivos, contatores ou rels, os contatos so identificados por nmeros, que representam:

    Ordem ou posio representada pelo primeiro algarismo, indica entrada ou sada e a posio fsica em que se encontram nos contatores ou rels. Essa indicao nos diagramas geralmente acompanhada da indicao do contator correspondente ou dispositivo.

    Funo podem ser contatos do tipo abridores NF (normalmente fechado), cujos nmeros utilizados so 1 e 2, ou fechadores NA (normalmente aberto), cujos nmeros utilizados so 3 e 4.

    4

  • A figura 1.7 mostra um exemplo a fim de ilustrar o que foi descrito.

    Identificao literal de elementos Normas VDE

    Denominao Aparelhoa0 Disjuntor principala1,a2...(a11,a12......) Seccionadora, seccionadora sob carga,

    chave comutadora.a8 Seccionadora para terra (MT)a9 Seccionadora de cabo (MT)a21...........) Disjuntor para comandob0(b02......) Boto de commando desligab1(b12......) Boto de comando ligab2(b22......) Boto de comando esquerda/direitab3 Boto de comando desliga buzinab4 Boto de comando quitaob5 Boto de comando desliga lmpadasb6 Boto de comando teste lmpadas (teste

    sistema de alarme)b11 Chave comutadora para voltmetrob21 Chave comutadora para ampermetrob31 Chave fim de curso para carrinho (MT)b32 Tomada para carrinho (MT)b33 Chave fim de curso no cubculo (MT)b91 Chave para aquecimentoc1,c2,c3 Contator principald1.....(d11,d21,d23........) Contator auxiliar, rel de tempo, rel auxiliare1,e21, e3 Fusvel principale4,e5,e6 Rel bimetlicoe11.................. Fusvel para voltmetroe21.................. Fusvel para comandoe71.................. Rel de proteoe8 Segurana de sobretenso

    5

  • e91 Fusvel para aquecimentoe92 Termostato para aquecimentof1(f11.........) Transformador potencialf2(f21.........) Transformador de correntef25 Transformador de corrente auxiliarg11..........g14 Voltmetrog15.......... Frequencmetrog16 Voltmetro, duplog17 Frequencmetro, duplog18 Sincronoscpiog19 Contador de horas/indicador de seqncia

    de fasesg21......... Ampermetrog31 Wattmetrog32 Medidor de potncia reativag33 Cosfmetrog34 Contador watt-horag35 Contator de potncia reativah0(h02.............) Armao de sinalizao desligah1(h12.............) Armao de sinalizao ligah2(h22.............) Armao de sinalizao direita/esquerdah3 Armao de sinalizao alarmeh31 Buzinak1....................) Condensadorm1 Motor, transformador principalm2 Autotransformadorm31 Transformador de comandor91................ Aquecedors1.................. Travamento eletromagnticou1.................. Combinaao de aparelhosR1,S1,T1,N Circuito de comando C.AP1,N1 Circuito de comando C.CR11,S11,T11,N11 Circuito de medio, tensao, C.AR,S,T,N Circuito de medio, corrente, C.AA,B Fileira de bornes para AT e MTC,D Fileira de bornes para BT

    6

  • Identificao literal de Elementos

    Normas UTE Contadores principais e contadores auxiliares. Utilizaremos uma designao por meio das iniciais que caracterizam sua funo:

    S sobe; D desce; F frente; A atrs; L linha; T translao; B broca etc.

    E para outros aparelhos:

    RT rels de proteo trmica; RI rels instantneos; S1, S2, S3 seccionadores; R1, R2, R3 resistncias; Fu1, Fu2 fusveis; B (seguido de uma letra ou de uma letra e de um nmero significativos) botes.

    Exemplo

    BM (marcha)Bp1 (parada 1)

    Sinalizadores V1, V2. Transformadores Tr. Retificadores Rd. Condensadores Cd. Placas de bornes (quando houver vrias) B1, B2. Bornes (identificao individual) 1, 2, 3, 4, etc.

    Siglas das principais normas nacionais e internacionais

    No projeto, construo e instalao de componentes, dispositivos e equipamentos eltricos, so adotadas normas nacionais e internacionais, cujas principais abreviaturas, significado e natureza so apresentados a seguir.

    ABNT Associao Brasileira de Normas Tcnicas Atua em todas as reas tcnicas do pas. Os textos das normas so adotados pelos rgos governamentais (federais, estaduais e municipais) e pelas empresas. H normas NB e TB (terminologia), SB (simbologia), EB (especificao), MB (mtodo de ensaio) e PB (padronizao).

    ANSI American National Standards Institute Instituto de normas dos Estados Unidos, que publica recomendaes e normas em praticamente todas as reas tcnicas. Na rea dos dispositivos de comando de baixa tenso, tem adotado, freqentemente, especificaes UL e da NEMA.

    BS Britsh Standard Normas tcnicas da Gr-Btetanha, j em grande parte adaptadas IEC.

    CEE International Comission on Rules of the Approvel of Electrical Equipment

    7

  • Especificaes internacionais, destinadas, sobretudo ao material de instalao.

    CEMA Canadian Eletrical Manufactures Association Associao canadense dos fabricantes de material eltrico.

    CSA Canadian Standards Association Entidade canadense de normas tcnicas, que publica as normas para concesso de certificado de conformidade.

    DEMKO Danmarks Elektriske Materiel Kontrol Autoridade dinamarquesa de controle dos materiais eltricos, que publica normas e concede certificados de conformidade.

    DIN Deutsche Industrie Normen Associao de normas industriais alems. Suas publicaes so devidamente coordenadas com a VDE.

    IEC International Electrotechnical Comission Essa comisso formada por representantes de todos os pases industrializados. Recomendaes da IEC, publicadas por esta comisso, so parcialmente adotadas pelos diversos pases ou, em outros casos, est se procedendo a uma aproximao ou adaptao das normas nacionais ao texto destas normas internacionais.

    KEMA Kenring Van Elektrotechnische Materialen Associao holandesa de ensaio de materiais eltricos.

    NEMA National Eletrical Manufactures Association Associao nacional dos fabricantes de material eltrico (USA).

    OVE Osterreichischer Verband fur Elektrotechnik Associao austraca de normas tcnicas, cujas determinaes, geralmente, coincidem com as da IEC e VDE.

    SEN Svensk Standar Associao sueca de normas tcnicas.

    UL Underwriters Laboratories Inc. Entidade nacional de ensaio da rea de proteo contra incndio nos Estados Unidos, que , entre outros, realiza os ensaios de equipamentos eltricos e publica as suas prescries.

    UTE Union Tecnique de lectricit Associao francesa de normas tcnicas.

    VDE Verband Deustscher Elektrotechniker Associao de normas alems, que publica normas e recomendaes da rea de eletricidade.

    Simbologia para diagramas de comandos eltricos e eletrnicos

    A simbologia aplicada generalizadamente nos campos industrial, didtico e outros fatos de natureza eltrica necessitam ser esquematizados graficamente. Tem por objetivo estabelecer smbolos grficos que devem ser usados para, em desenhos tcnicos ou diagramas de comandos eletromecnicos, representar componentes e a relao entre estes. A seguir, sero mostrados smbolos e significados de acordo com as normas ABNT, ANSI, UTE e IEC.

    8

  • Grandezas eltricas fundamentais

    Significado ABNT DIN ANSI UTE IECCorrente contnua. _____ _____ DC _____-------- _____

    Corrente alternada. AC

    Corrente contnua e alternada.

    Exemplo de corrente alternada monofsica 60Hz 1~60Hz 1~60Hz

    1 phase2wire-60Hz

    1~60Hz

    Exemplo de corrente alternada trifsica, 3 condutores, 60Hz, tenso d