eSocial - 01.2015

  • View
    118

  • Download
    4

Embed Size (px)

Text of eSocial - 01.2015

  • Conhea o eSocial Pesquisa sobre a utilidade e o alcance do eSocial

    Baroni

    14/01/2015

    Mantido pela Receita Federal, o eSocial ter o primeiro mdulo dedicado ao trabalho domstico. Quando estiver em pleno funcionamento, o canal abranger todos os tipos de relaes trabalhistas, permitindo, por exemplo, o registro de trabalhadores da agricultura e de micro e pequenas empresas.

  • Sumrio

    CONHEA O eSOCIAL ................................................................................................................... 3

    O projeto eSocial uma ao conjunta dos seguintes rgos e entidades do Governo Federal3

    COMO GERAR O CDIGO DE ACESSO PARA O PORTAL eSOCIAL .......................................... 4

    Observaes ................................................................................................................................ 4

    Solicitao de Certificado ............................................................................................................. 4

    Renovao de Certificado ............................................................................................................ 4

    Revogao de Certificado ............................................................................................................ 4

    DOCUMENTOS PARA CADASTRAR O EMPREGADO ................................................................. 5

    ORIENTAES ............................................................................................................................... 5

    Legislao .................................................................................................................................... 5

    Manual do Trabalho domstico .................................................................................................... 5

    Cartilha do Trabalhador Domstico ............................................................................................. 5

    Saiba sobre o FGTS ..................................................................................................................... 5

    Regras para o FGTS no stio da Caixa ........................................................................................ 5

    Regras para a Previdncia Social ................................................................................................ 5

    GUIA FGTS .................................................................................................................................. 5

    PERGUNTAS FREQUENTES TRABALHO DOMSTICO ........................................................... 6

    NOTCIAS ...................................................................................................................................... 12

    Governo Federal lana portal eSocial ........................................................................................ 12

    Regulamentao proposta pelo governo mantm direitos da CLT para trabalhadores domsticos ................................................................................................................................. 12

    CRONOGRAMA ................................................................................................................................. 13

    Quanto a obrigatoriedade, ficou definida da seguinte forma: .................................................... 13

  • CONHEA O eSOCIAL

    A partir da regulamentao da Emenda Constitucional n 72/2013, a verso ter carter

    obrigatrio e outros recursos estaro disponveis para que o empregador possa cumprir com

    suas obrigaes.

    Quando for implantado em sua totalidade, o eSocial ser estendido todos empregadores,

    pessoas fsicas e jurdicas, trazendo diversas vantagens em relao sistemtica atual, tais

    como:

    Atendimento a diversos rgos do governo com uma nica fonte de informaes, para o

    cumprimento das diversas obrigaes trabalhistas, previdencirias e tributrias atualmente

    existentes;

    Integrao dos sistemas informatizados das empresas com o ambiente nacional do eSocial,

    possibilitando a automao na transmisso das informaes dos empregadores;

    Padronizao e integrao dos cadastros das pessoas fsicas e jurdicas no mbito dos

    rgos participantes do projeto.

    O projeto eSocial uma ao conjunta dos seguintes rgos e entidades do Governo Federal

    Caixa Econmica Federal,

    Instituto Nacional do Seguro Social INSS,

    Ministrio da Previdncia MPS,

    Ministrio do Trabalho e Emprego MTE,

    Secretaria da Receita Federal do Brasil RFB.

    O Ministrio do Planejamento tambm participa do projeto, promovendo assessoria aos

    demais entes na equalizao dos diversos interesses de cada rgo e gerenciando a

    conduo do projeto, atravs de sua Oficina de Projetos.

    Fonte: http://www.esocial.gov.br/Conheca.aspx

  • COMO GERAR O CDIGO DE ACESSO PARA O PORTAL eSOCIAL

    Informaes solicitadas para a gerao do cdigo de acesso

    CPF

    Data de nascimento

    Nmero dos recibos de entrega da declarao do Imposto de Renda Pessoa Fsica

    (DIRPF), dos ltimos dois exerccios, da qual o empregador seja titular.

    Caso o empregador no tenha feito declarao do Imposto de Renda Pessoa Fsica

    (DIRPF) nos dois ltimos exerccios, as informaes solicitadas para a gerao do cdigo

    de acesso so as seguintes:

    CPF

    Data de nascimento

    Ttulo de eleitor

    Observaes

    O empregador que apresentou declarao retificadora do Imposto de Renda dever

    utilizar o nmero do recibo de entrega da declarao retificadora.

    O nmero do recibo de entrega deve ser informado com 10 dgitos (sem DV).

    Caso o empregador no saiba o nmero do recibo de entrega poder recuper-lo

    no Portal do e-CAC ou numa Unidade de Atendimento da RFB, mediante solicitao.

    COMO OBTER, RENOVAR OU REVOGAR UM CERTIFICADO DIGITAL

    Solicitao de Certificado O interessado na obteno de um certificado digital e-CPF dever escolher uma das Autoridades Certificadoras Habilitadas para o preenchimento e envio da solicitao. Para maiores informaes clique aqui.

    Renovao de Certificado O pedido de renovao de um certificado e-CPF dever ser feito dentro do seu perodo de validade, na internet, diretamente na pgina da autoridade certificadora credenciada.

    Revogao de Certificado

    Revogar um certificado digital implica torn-lo invlido, impossibilitando, a partir da

    revogao, o seu uso. Para revogar seu certificado digital, o usurio dever acessar a

    pgina de revogao da Autoridade Certificadora Habilitada e preench-la com os dados

    solicitados.

  • DOCUMENTOS PARA CADASTRAR O EMPREGADO

    Para efetuar o cadastramento do empregado domstico voc precisa das seguintes

    informaes:

    Nmero, srie e UF da CTPS;

    Nmero do NIS (NIT/PIS/PASEP);

    Nmero do CPF;

    Data de nascimento;

    Data da admisso;

    Data da opo pelo FGTS;

    Valor do Salrio Contratual;

    Escolaridade;

    Raa/Cor;

    Endereo residencial;

    Endereo do local de trabalho;

    Nmero do Telefone;

    E-mail de contato.

    ORIENTAES

    Legislao

    Manual do Trabalho domstico

    Cartilha do Trabalhador Domstico

    Saiba sobre o FGTS

    Regras para o FGTS no stio da Caixa

    Regras para a Previdncia Social

    GUIA FGTS

  • PERGUNTAS FREQUENTES TRABALHO DOMSTICO

    considerado empregado domstico aquele que presta servios de natureza contnua e de finalidade no lucrativa pessoa ou famlia no mbito residencial destas, conforme estabelecido pela Lei n. 5.859, de 1972. So exemplos de ocupaes dos empregados domsticos, dentre outros: mordomo, motorista, governanta, bab, jardineiro, copeira, arrumador, cuidador de idoso e cuidador em sade.

    2- Com a publicao Emenda Constitucional n. 72, de 2013, quais so os direitos vigentes para o empregado domstico?

    Salrio mnimo;

    Irredutibilidade de salrio;

    Garantia de salrio, nunca inferior ao mnimo, para os que percebem remunerao varivel;

    Dcimo terceiro salrio;

    Proteo do salrio na forma da lei;

    Durao do trabalho normal no superior a oito horas dirias e 44 horas semanais, facultada a compensao de horrios e a reduo da jornada, mediante acordo ou conveno coletiva de trabalho;

    Repouso semanal remunerado, preferencialmente aos domingos;

    Remunerao do servio extraordinrio superior, no mnimo, em cinquenta por cento do normal;

    Gozo de frias anuais remuneradas com, pelo menos, um tero a mais do que o salrio normal;

    Licena gestante, sem prejuzo de emprego e do salrio, com a durao de cento e vinte dias;

    Licena paternidade;

    Aviso prvio proporcional ao tempo de servio, sendo no mnimo de trinta dias;

    Reduo dos riscos inerentes ao trabalho, por meio de normas de sade, higiene e segurana;

    Aposentadoria;

    Reconhecimento das convenes e acordos coletivos de trabalho;

    Proibio de diferena de salrios, de exerccio de funes e de critrio de admisso por motivo de sexo, idade, cor, ou estado civil;

    Proibio de qualquer discriminao no tocante a salrio e critrios de admisso do empregado portador de deficincia;

    Proibio de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito anos.

  • 3- Quais os direitos que dependem de regulamentao para entrar em vigor?

    Relao de emprego protegida contra despedida arbitrria ou sem justa causa;

    Seguro desemprego, em caso de desemprego involuntrio;

    Fundo de Garantia do Tempo de Servio - FGTS;

    Remunerao do trabalho noturno superior do diurno;

    Salrio famlia pago em razo do