ATA DA 3ª REUNIÃO COM OS CARROCEIROS

  • View
    212

  • Download
    0

Embed Size (px)

DESCRIPTION

ATA DA 3 REUNIO COM OS CARROCEIROS

Transcript

GOVERNO DO ESTADO DO PAR

SECRETARIA DE ESTADO DE MEIO AMBIENTE

DIRETORIA DE REAS PROTEGIDAS

Vila de Algodoal, 06 de Abril de 2011MEMRIA DA 3 REUNIO DE CONSTRUO DA NORMATIZAO DAS ATIVIDADES DOS CARROCEIROS.A 3 oficina de construo do acordo para normatizao das atividades dos carroceiros foi iniciada as 19:45 da noite do dia 06 de Abril de 2011, na Escola Maria de Lourdes Ferreira, vila de Algodoal, e contou com a presena dos tcnicos da SEMA Julio Meyer como facilitador da oficina e Adriana Maus com a funo de logstica, registro fotogrficos e ATA da reunio. Segundo lista de presena (em anexo) houve a presena de 23 carroceiros.

Julio iniciou explicando os objetivos e a importncia da oficina para a organizao das atividades dos carroceiros. Em seguida fez um resgate dos pontos j discutidos em reunies passadas e mostrou aos participantes onde parou a construo da normatizao.

Tendo os participantes nivelados acerca das informaes, Julio explicou a todos a metodologia da oficina, que consistir em primeiro uma leitura conjunta dos assuntos que iro compor a lei, informou que os itens podem ser retirados e ou acrescentados conforme sugestes e votao entre os prprios carroceiros.Em seguida haver colheita de sugestes de infraes que devero ser previstas na lei, votaes, e diviso em 3 grupos de trabalho que iro discutir as regras e penalidades para cada infrao apontada e preencher as planilhas (em anexo) que iro subsidiar a construo da lei. Tendo a anuncia de todos os presentes deu-se prosseguimento aos trabalhos.Foi perguntado por um participante, quem fiscalizar as atividades dos carroceiros? Julio explicou que a minuta de Lei que est sendo construda ser encaminhada a Prefeitura Municipal de Maracan, que ter como misso sancion-la, depois disso haver a necessidade da construo de um decreto de regulamentao desta lei, e neste decreto ser prevista a competncia de quem fiscalizar, mas que provavelmente est incumbncia ficar a cargo da prefeitura.

Dando sequencia as atividades Julio iniciou a leitura e explicao ponto a ponto do documento e juntamente com os carroceiros levantou algumas possibilidades de infraes a serem acrescentadas.

Foram sugeridas pelos carroceiros 3 novas possibilidades de infraes:

1. Animais amarrados ou abandonados em via pblica;

2. Destinao inadequada das fezes dos animais;

3. Colocao de uma tabela de preos fixada visivelmente em todas as carroas.

Tambm foi perguntado a respeito da fixao dos valores de trechos e valores de multas, se deveria vir previsto em lei? Julio informou que este assunto de deciso conjunta dos associados em reunies da associao e que valores no podem ser fixados em lei, pois variam conforme tempo, j com relao as multas quando o decreto regulamentar for construdo, ele poder prever valores.Julio explicou ainda que utilizou uma legislao pr-existente no Municpio de Belm, para construo da Lei, e explicou como funciona a soma de pontos negativos adquiridos com o cometimento de infraes.No havendo mais duvidas, passamos para votao dos itens sugeridos se iro compor a lei ou no.

TENS SUGERIDOSVotos SIMVotos NO

Animais amarrados ou abandonados em via pblica.230

Destinao inadequada das fezes dos animais185

Colocao de uma tabela de preos fixada visivelmente em todas as carroas221

Modelo de pontuao sugerido pelo Tcnico Julio, baseado na legislao pr-existente em Belm.230

Seguindo para a etapa final da reunio os participantes dividiram-se em trs grupos onde discutiram os assuntos abordados anteriormente.Aps o preenchimento dos formulrios os participantes devolveram ao moderador que far a sistematizao dos dados, e em seguida far uma apresentao dos resultados.

Nada mais tendo ocorrido.

o que tenho a relatar.

Adriana Maus Ferreira.

Tcnica em Gesto de Meio Ambiente

CUC/DIAP/SEMA

ANEXOS

Moderao da OficinaPerguntas, discusses e sugestes

Votaes

Discusses em grupos

Integrantes da oficina.