Ata de Reunião Ordinária do Conselho Administrativo do ... Reuniao... · Ata de Reunião Ordinária… page 1
Ata de Reunião Ordinária do Conselho Administrativo do ... Reuniao... · Ata de Reunião Ordinária… page 2
Ata de Reunião Ordinária do Conselho Administrativo do ... Reuniao... · Ata de Reunião Ordinária… page 3

Ata de Reunião Ordinária do Conselho Administrativo do ... Reuniao... · Ata de Reunião Ordinária…

Embed Size (px)

Text of Ata de Reunião Ordinária do Conselho Administrativo do ... Reuniao... · Ata de Reunião...

  • I n s t i t u t o d e P r e v i d n c i a d o s

    S e r v i d o r e s P b l i c o s M u n i c i p a i sd e U b e r a b a - M G

    I P S E R V

    1-3

    Ata de Reunio Ordinria do Conselho Administrativo do Instituto de Previdncia dos Servidores Pblicos Municipais de Uberaba - Exerccio de 2.010 Aos 13 (treze) dias do ms de agosto de 2.010, s quatorze horas, na sede do

    IPSERV (Instituto de Previdncia dos Servidores Pblicos Municipais de

    Uberaba), localizada na Rua So Sebastio, n 41, Centro, realizou-se reunio

    ordinria do Conselho Administrativo, exerccio/2010. Compareceram

    reunio: o Suplente do Codau: Jorge Luiz Soares, Suplente do Representante

    dos Servidores Inativos: Mnica Maria Pacheco, Suplente da Secretaria de

    Governo: Maria Batista Teodoro Varotto e Washington Luiz Marques Madeira.

    Alm dos conselheiros mencionados, estava presente o Presidente do IPSERV

    Afrnio Machado Borges Prata e Angela Maria Borges Alves, Superintendente

    de Benefcio do IPSERV. Foi designada para auxiliar nos trabalhos como

    secretria ad hoc, Lusa Alves Rodrigues da Cunha. Aps a verificao de

    quorum, o Presidente do IPSERV, declarou aberta a reunio, aps decorridos

    mais de quinze minutos do horrio designado para a realizao da presente

    reunio, declarando que a pauta da mesma, conforme convocao, consiste na

    apresentao do modelo de aplicaes financeiras, prestao de contas da

    festa junina, implantao do novo modelo do plano de sade oferecido pela

    UNIMED, diretrizes acordadas com o NAP (Ncleo Atuarial Previdencirio),

    relatrio anual do recadastramento e outros. Aps a leitura da pauta, deu-se

    incio aos trabalhos. O Presidente do IPSERV explicou aos presentes, por meio

    de demonstrativos financeiros, o modo pelo qual vem sendo aplicados os

    recursos financeiros do IPSERV e que tais aplicaes so feitas levando-se em

    considerao as orientaes do Ministrio da Previdncia Social e as

    ponderaes constantes em ata e efetuadas pelo consultor financeiro

    contratado por este Instituto e pertencente empresa Crdito e Mercado

    Ltda. Salientou que toda poltica de investimento dos regimes prprios devem

    ser aprovados pelo Ministrio da Previdncia e todo esse procedimento pode

    ser conferido pela internet no site do Ministrio. Salientou que a preocupao

    do IPSERV refere-se aos rendimentos do dinheiro pertencente ao Instituto e

    com a finalidade de angariar o maior rendimento possvel, ser evitada

    qualquer movimentao dos recursos aplicados, uma vez que, em razo de

  • I n s t i t u t o d e P r e v i d n c i a d o s

    S e r v i d o r e s P b l i c o s M u n i c i p a i sd e U b e r a b a - M G

    I P S E R V

    2-3

    possveis alteraes no comando do instituto no h como fazer aplicaes a

    longo prazo, por exemplo, dez anos. Em seguida, o Presidente do IPSERV,

    explicou aos presentes que, em razo da segregao de massas feita entre os

    servidores do municpio, suas autarquias e Pode Legislativo, procedeu-se, para

    fins de facilitar o controle dos aportes e repasses financeiros, a uma nova

    diviso, sendo que as contribuies relativas a cada ente so separadas e

    aplicadas separadamente. Em seguida, a Sra. Maria Batista perguntou se os

    pagamentos dos parcelamentos esto sendo feitos e foi-lhe respondido que

    sim. Quanto prestao de contas da festa junina, foi dito que sua realizao

    foi possvel em razo das doaes feitas pela Caixa Econmica Federal e

    Banco do Brasil, sem nenhuma participao de dinheiro pblico pertencente ao

    IPSERV, mas foram lidas as despesas realizadas. J em relao UNIMED

    foram apresentados slides contendo as diferenas entre os planos de sade

    regulamentados e no regulamentados. O Sr. Washington disse estar tendo

    problemas com os aposentados em razo do inadimplemento advindo do envio

    de boleta de cobrana diretamente para o usurio, sem desconto em folha de

    pagamento, e o Presidente do IPSERV comprometeu-se a enviar ofcio para a

    UNIMED a fim de que esta informe o nmero de aposentados que no

    pagaram as boletas. O Presidente do IPSERV tambm informou aos presentes

    que o mesmo procedimento ser adotado pela UNIODONTO, que tambm

    passar a enviar os boletos de cobrana para os usurios, devida s questes

    legais. Por outro lado, foram apresentadas as modificaes que devero ser

    feitas na Lei Complementar de n 412/09 com a finalidade de melhorar o

    operacional das receitas advindas da segregao de massa. Posteriormente, o

    Conselho foi informado que apenas 5% (cinco por cento) dos servidores da

    Administrao Direta, Indireta e Poder Legislativo, no fizeram opo por

    tributarem suas verbas variveis, distintas do vencimento do cargo efetivo e

    qinqnio. No que tange ao recadastramento, os presentes foram informados

    de que ele atingiu 100% (cem por cento) dos servidores inativos e pensionistas,

    sendo que o Presidente do IPSERV externou sua inteno de faz-lo a cada

    seis meses. Quanto aos servidores ativos, para o prximo ano, o Presidente do

    IPSERV afirmou que ser feito um cadastramento destes para fins

    previdencirios no qual os documentos sero digitalizados. O Conselho foi

    informado pela Superintendente de Benefcio, Angela Maria Borges Alves que

  • I n s t i t u t o d e P r e v i d n c i a d o s

    S e r v i d o r e s P b l i c o s M u n i c i p a i sd e U b e r a b a - M G

    I P S E R V

    3-3

    o IPSERV j recebeu aproximadamente um milho de reais decorrente de

    compensao previdenciria com o INSS (COMPREV). Tambm foi dito que o

    Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCEMG) exigiu, a partir de

    2.009, que as informaes relativas s aposentadorias e penses fossem

    enviados, via internet, pelo FISCAP, ressaltando que o IPSERV cumpriu

    integralmente com os prazos fixados pelo Tribunal. Os presentes foram

    cientificados que atualmente os doze candidatos convocados em concurso

    pblico encontram-se trabalhando. Outra preocupao do Presidente do

    IPSERV refere-se substituio do veculo do Instituto, uma vez que o atual

    est apresentado constantes problemas mecnicos. Finalmente, o Senhor

    Presidente do IPSERV, Afrnio Machado Borges Prata agradeceu a presena

    de todos e como nada mais havia para ser tratado, deu por encerrada a

    presente reunio, da qual lavrei a presente ata, que assino com os demais,

    Lusa Alves Rodrigues da Cunha

    ________________________________________

    Afrnio Machado Borges Prata

    Presidente IPSERV

    ngela Maria Borges Alves

    Jorge Luiz Soares

    Mnica Maria Pacheco

    Maria Batista Teodoro Varotto

    Washington Luiz Marques Madeira