Bga Me 2008 Anapaula Nappi

Embed Size (px)

DESCRIPTION

artiogo

Text of Bga Me 2008 Anapaula Nappi

  • UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

    INSTITUTO DE BIOCINCIAS

    CMPUS DE BOTUCATU

    AVALIAO DA ATIVIDADE ANTIULCEROGNICA E TXICA DOS

    EXTRATOS METANLICO E CLOROFRMICO DAS FOLHAS DE Serjania erecta

    Radlk (SAPINDACEAE)

    ANA PAULA CORRA CASTELLO BRANCO NAPPI ARRUDA

    Dissertao apresentada ao Instituto de Biocincias, Campus de Botucatu, UNESP, para obteno do ttulo de Mestre no Programa de Ps Graduao em Biologia Geral e Aplicada.

    BOTUCATU SP 2008

  • UNIVERSIDADE ESTADUAL PAULISTA

    INSTITUTO DE BIOCINCIAS

    CMPUS DE BOTUCATU

    AVALIAO DA ATIVIDADE ANTIULCEROGNICA E TXICA DOS

    EXTRATOS METANLICO E CLOROFRMICO DAS FOLHAS DE Serjania erecta

    Radlk (SAPINDACEAE)

    ANA PAULA CORRA CASTELLO BRANCO NAPPI ARRUDA

    ORIENTADORA: PROFA. DRA. CLLIA AKIKO HIRUMA-LIMA

    Dissertao apresentada ao Instituto de Biocincias, Campus de Botucatu, UNESP, para obteno do ttulo de Mestre no Programa de Ps Graduao em Biologia Geral e Aplicada.

    BOTUCATU SP 2008

  • FICHA CATALOGRFICA ELABORADA PELA SEO TCNICA DE AQUISIO E TRATAMENTO DA INFORMAO

    DIVISO TCNICA DE BIBLIOTECA E DOCUMENTAO CAMPUS DE BOTUCATU UNESP BIBLIOTECRIA RESPONSVEL: Selma Maria de Jesus

    Arruda, Ana Paula Correa Castello Branco Nappi.

    Avaliao da atividade antiulcerognica e txica dos extratos metanlicos e clorofrmicos das folhas de Serjania erecta (Sapindaceae) / Ana Paula Correa Castello Branco Nappi Arruda. Botucatu: [s.n.], 2008.

    Dissertao (mestrado) Universidade Estadual Paulista, Instituto de Biocincias, Botucatu, 2008.

    Orientadora: Cllia Akiko Hiruma-Lima

    Assunto CAPES: 21400000

    1. Plantas medicinais - Uso teraputico 2. lceras - Tratamento

    CDD 616.343

    Palavras-chave: Antiulcerognico; Cerrado; Farmacologia; Fitoqumica; Serjania

  • DEDICATRIA

    Este trabalho dedicado primeiramente a Deus que me permitiu chegar at aqui,

    trilhar e conhecer um pouco sobre o caminho da Cincia e, principalmente, sobre os caminhos

    da vida.

    Tambm dedicado aos meus pais que me deram a vida, sem eles eu simplesmente

    no estaria aqui e tambm no teria chegado at aqui. No existem palavras que definam

    tamanha e especial gratido, nem o amor que sinto por vocs....

    E ao meu namorido Lucas, que me acompanha a mais de oito anos, sendo meu

    companheiro, professor, editor, tradutor, compartilhando momentos de aventura, diverso,

    medo, amor... momentos to especiais, importantes e imprescindveis na minha vida, mas

    tambm ainda no inventaram palavras que possam traduzir fielmente o que quero dizer, mas

    j d uma noozinha...

  • AGRADECIMENTOS

    Professora Lcia Rocha que me apresentou professora Cllia, e por todos os

    auxlios sobre as nomenclaturas endcrinas...

    Professora Cllia que me aceitou como orientada sem mesmo me conhecer, que tiro

    no escuro em professora??? Mas voc pode ter certeza que eu me entreguei este projeto de

    corpo e alma e exigindo sempre muito de mim, alm de todas as incertezas e dificuldades de

    uma marinheira de primeira viagem....

    todo o pessoal do Laboratrio, que sempre que disponvel me ajudavam nos

    experimentos, galera, com a ajuda de vocs as coisas se tornaram fceis.... e aqui eu preciso

    citar uma pessoa em especial que me ajudou na grande maioria de meus experimentos e que

    se fez presente com ajuda fundamental, a Catharine Ferrazoli, VALEU Potira...

    Aos Tcnicos do departamento, Seu Jnior do biotrio sempre me ajudando com a

    lavagem das caixas dos animais, Dona ngela ajudando a limpar as louas restantes dos

    experimentos...

    Ao pessoal da Seo da Ps, meu muito obrigada pelas facilidades e pelas

    explicaes...

  • i

    RESUMO

    A planta Serjania erecta Radlk (SAPINDACEAE) uma espcie endmica da regio

    de cerrado e apresenta como indicao popular a utilizao de suas folhas para o tratamento

    de lcera. A partir destas informaes etnofarmacolgicas os extratos metanlico e

    clorofrmico de suas folhas foram avaliados quanto a sua ao gastroprotetora e txica. Os

    dois extratos no apresentaram atividade txica no modelo de toxicidade aguda e em triagem

    hipocrtica em modelos de animais in vivo e ambos apresentaram atividade gastroprotetora

    em modelo de induo de lcera gstrica por etanol absoluto. O extrato clorofrmico (apolar)

    apresentou maior atividade gastroprotetora do que o extrato metanlico o que instigou a

    caracterizao do mecanismo de ao deste extrato vegetal. A caracterizao do mecanismo

    de ao foi realizada atravs de ensaios biolgicos com o objetivo de se avaliar a ao

    antisecretria (ligadura de piloro) e o envolvimento de grupamentos sulfidrlicos, de xido

    ntrico e das terminaes nervosas sensveis capsaicina na gastroproteo. Foi constatado

    que este extrato no apresenta atividade anti-secretria e sua ao gastroprotetora ocorre por

    envolvimento dos grupamentos sulfidrlicos, via ativao de xido ntrico e tambm das

    terminaes nervosas sensveis capsaicina. A caracterizao fitoqumica do extrato

    metanlico aponta para a presena de saponinas, taninos, flavonides e terpenos. J o extrato

    clorofrmico de S. erecta possui saponinas, poliisoprenides, triterpenos que podem estar

    envolvidos na ao gastroprotetora do extrato. Estes resultados mostram o potencial efeito

    antiulcergenico do extrato apolar das folhas de S. erecta frente aos agentes ulcerognicos

    mais comuns ao homem, porm, ainda so necessrios outros estudos para definir a classe

    fitoqumica predominante que podem estar diretamente relacionado ao efeito gastroprotetor

    deste extrato.

    Palavras chaves: Cerrado; gastroproteo; planta medicinal, Sapindaceae; Serjania erecta.

  • ii

    ABSTRACT

    Serjania erecta Radlk (SAPINDACEAE) plant is an endemic species originally found

    in the Brazilian savanna region with a popular use indicated to ulcer treatment. The known

    ethnopharmacological data about this plant has directed this work to an evaluation of the

    methanolic and chloroformic extracts made out of its leaves considering their gastroprotective

    and toxic actions. Both extracts have showed no toxic activity in the acute toxicity model and

    the hippocratic screening, both conducted for in vivo animal models. These extracts have also

    showed a gastroprotective activity in the absolute ethanol model for gastric ulcer induction.

    Since the chloroformic extract (apolar) has presented a higher gastroprotective action when

    compared to the methanolic extract, its mechanism of action characterization was deeply

    studied. This mechanism of action characterization was conducted with biological tests

    aiming to evaluate the antisecretory effect (pylorus ligature) and the involvement of

    sulfhydryl groups, nitric oxide and capsaicin sensory nerves. The chloroformic extract does

    not show antisecretory effect as well as gastroprotective action involving sulfhydryl groups

    and the activation of both the nitric oxide and the capsaicin sensory nerves. The

    phytochemistry characterization of the methanolic extract points to the presence of saponins,

    tannins, flavonoids and terpenes. The chloroformic extract, however, presents saponins,

    polyisoprenoids and triterpenes which may be involved in the mentioned gastroprotective

    action. These results show the high potential anti-ulcerogenic effect of the S. erecta apolar

    extract against the most common ulcerogenic agents for human beings. Additional studies are

    necessary in order to define the predominant phytochemistry class that may be directly related

    to the gastroprotective effect of this extract.

    Key words: Gastroprotection; medicinal plant, Savanna; Sapindaceae; Serjania erecta.

  • iii

    SUMRIO

    1. INTRODUO................................................................................................................. 1

    1.1 Reviso bibliogrfica do gnero Serjania ..................................................................... 3

    1.2 A espcie estudada: Serjania erecta.............................................................................. 8

    1.3 A doena estudada: lcera Gstrica.............................................................................. 9

    2. OBJETIVOS.................................................................................................................... 16

    3. REFERNCIAS BIBLIOGRFICAS.............................................................................. 17

    ARTIGO: AVALIAO DA ATIVIDADE ANTIULCEROGNICA E TXICA DOS

    EXTRATOS METANLICO E CLOROFRMICO DAS FOLHAS DE Serjania erecta

    Radlk (SAPINDACEAE)..................................................................................................... 24

    1. INTRODUO............................................................................................................... 25

    2. MATERIAIS E MTODOS............................................................................................. 25

    2.1 Espcie estudada ........................................................................................................ 25

    2.1.1 Coleta................................................................................................................... 25

    2.1.2 Preparao dos extratos metanlico e clorofrmico .............................................. 26

    2.2 Animais...................................................................................................................... 26

    2.3 Avaliao da atividade farmacolgica ......