Click here to load reader

MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO … · CUNHA, Celso e CINTRA, Lindley. ... CUNHA, Celso e CINTRA, Lindley. Nova Gramática do Português Contemporâneo. 5ª Edição, 2ª

  • View
    216

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of MINISTÉRIO DA DEFESA EXÉRCITO BRASILEIRO … · CUNHA, Celso e CINTRA, Lindley. ... CUNHA, Celso...

  • MINISTRIO DA DEFESA

    EXRCITO BRASILEIRO

    ESCOLA DE SARGENTOS DAS ARMAS

    ESCOLA SARGENTO MAX WOLF FILHO

    EXAME INTELECTUAL AOS CURSOS DE FORMAO DE SARGENTOS 2016-17

    SOLUO DAS QUESTES DE PORTUGUS

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    Na concluso, a autora deixa claro que pra garantir o abastecimento de gua

    A) as aes de efeito so: investir, planejar e proteger. B) o essencial adequar, otimizar e produzir.

    C) urgente conscientizar, garantir e preservar. D) so necessrios proteo e racionamento.

    E) urge investir para otimizar a distribuio de gua no Sudeste.

    SOLUO DA QUESTO:

    No ltimo pargrafo do texto, h uma clara listagem das aes necessrias para garantir o abastecimento de gua:

    investir, planejar e proteger.

    Alternativa: ( A )

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    B) o essencial investir, planejar e proteger.

    C) urgente investir, planejar e proteger.

    D) so necessrios investimento, planejamento e proteo

    E) urge investir, planejar e proteger.

    BIBLIOGRAFIA:

    As questes de interpretao esto relacionadas diretamente com o texto da prova e dependem do nvel de

    compreenso leitora de cada pessoa para sua resoluo. Portanto, no possvel citar uma bibliografia

    relacionada no Programa da Disciplina.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    De acordo com a introduo do texto, imprescindvel.

    A) implantar aes de conservao para o uso dos mananciais de gua.

    B) empreender aes de preservao com vistas manuteno dos recursos hdricos.

    C) agir no sentido de explorar e esgotar o potencial hdrico.

    D) executar aes de recuperao e explorao dos mananciais.

    E) atuar no sentido de recuperao dos mananciais.

    SOLUO DA QUESTO:

    No primeiro pargrafo, a autora afirma que h urgncia na implantao de aes de conservao para a

    manuteno dos recursos hdricos no pas.

    Alternativa: ( B )

  • (Fl 2/7 Gabarito das questes de Portugus do EI aos CFS 2016-17)

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    A) implantar aes de conservao para o uso dos mananciais de gua preservar para manter e no para usar

    C) agir no sentido de explorar e esgotar o potencial hdricos a autora no fala em explorar ou muito menos

    esgotar

    D) executar aes de recuperao e explorao dos mananciais a autora no fala em recuperar para explorar

    E) atuar no sentido de recuperao dos mananciais o texto no fala em recuperar, mas em preservar para manter

    BIBLIOGRAFIA:

    As questes de interpretao esto relacionadas diretamente com o texto da prova e dependem do nvel de

    compreenso leitora de cada pessoa para sua resoluo. Portanto, no possvel citar uma bibliografia

    relacionada no Programa da Disciplina.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    A expresso latina sine qua non, levando em conta o contexto, significa

    A) impossvel. B) invivel. C) improvvel D) indispensvel. E) invarivel.

    SOLUO DA QUESTO:

    A palavra indispensvel a nica no contexto que pode substituir a expresso em destaque.

    Alternativa: ( D )

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    As outras alternativas no substituem a expresso em destaque.

    BIBLIOGRAFIA:

    As questes de interpretao esto relacionadas diretamente com o texto da prova e dependem do nvel de

    compreenso leitora de cada pessoa para sua resoluo. Portanto, no possvel citar uma bibliografia

    relacionada no Programa da Disciplina.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    Assinale a alternativa em que o sinal indicativo de crase foi empregado de acordo com a norma culta.

    A) Depois do acidente, passou praticar esportes. B) Aquele aluno dedica-se vrias atividades extracurriculares. C) Os convidados chegaram ao local aps s dez horas. D) O turista dirigiu-se essa instituio para obter orientaes. E) Esta a obra qual o jornalista se referiu em seu comentrio.

    SOLUO DA QUESTO:

    Ocorre o fenmeno da crase diante dos pronomes relativos a qual e as quais, quando o verbo da orao

    introduzida por esses pronomes exigir a preposio a.

    Alternativa: ( E )

  • (Fl 3/7 Gabarito das questes de Portugus do EI aos CFS 2016-17)

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    A) No ocorre crase diante de verbo, por isso no se justifica a presena do acento grave. B) No ocorre crase quando o vocbulo a (no singular) estiver diante de substantivos femininos empregados

    com valor genrico, por isso no se justifica a presena do acento grave.

    C) No ocorre crase quando a preposio que introduz a expresso adverbial for diferente de a, por esse motivo no se justifica a presena do acento grave.

    D) No ocorre crase diante do pronome demonstrativo essa, por isso no se justifica a presena do acento grave.

    BIBLIOGRAFIA:

    TERRA, Ernani. Curso Prtico de Gramtica. 6 edio, 3 reimpresso. So Paulo: Scipione, 2011

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    A alternativa que contm obra literria com forte apelo jornalstico sobre evento militar marcante na Histria do

    Brasil, ocorrido no serto baiano, :

    A) Pauliceia Desvairada, de Mrio de Andrade. B) Estrela da Vida Inteira, de Manuel Bandeira.

    C) So Bernardo, de Graciliano Ramos. D) Cana, de Graa Aranha.

    E) Os Sertes, de Euclides da Cunha

    QUESTO ANULADA

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    No perodo: Ns nos tornamos paves exibicionistas., encontra-se a seguinte figura de linguagem (figura de

    palavra):

    A) Comparao. B) Eufemismo. C) Prosopopeia. D) Onamatopeia. E) Metfora

    SOLUO DA QUESTO:

    A palavra paves passa a designar quem nos tornamos, por haver entre paves e ns mesmos uma semelhana

    no que se refere a vaidade, vontade de nos mostramos. A metfora uma figura de palavra, nesse caso, sem o

    conectivo comparativo.

    Alternativa: ( E )

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    A) Para ser comparao, deveria haver a presena nesse perodo de conectivos (como, tal como, tal qual , assim

    como, que nem).

    B) O eufemismo uma figura de pensamento, no de palavra. Alm disso, no h nesse perodo nem uma

    expresso ou palavra que suavize outra, cujo sentido seja desagradvel ou pesaroso,.

    C) A prosopopeia uma figura de pensamento. No h atribuio de caractersticas humanas a seres inanimados

    ou irracionais.

    D) A onomatopia uma figura de som (ou pensamento). Nessa orao, no h emprego de palavras que

    procuram reproduzir certos sons ou rudos.

  • (Fl 4/7 Gabarito das questes de Portugus do EI aos CFS 2016-17)

    BIBLIOGRAFIA:

    TERRA, Ernani. Curso Prtico de Gramtica. 6 edio, 3 reimpresso. So Paulo: Scipione, 2011.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    Assinale a alternativa em que h erro no emprego da vrgula:

    A) Carla, leia o primeiro pargrafo para ns.

    B) Isabel, aluna aplicada do terceiro ano, faltou aula de Clculo.

    C) Belo Horizonte, 13 de abril de 2015.

    D) Mrcia trouxe para a sala de aula seus cadernos, livros, rguas, lpis e borracha.

    E) Mrcia, comprou, os ltimos livros da Livraria Virtual.

    SOLUO DA QUESTO:

    No se separam com vrgula os termos essenciais e integrantes das oraes. Nesse caso, temos vrgula entre o

    sujeito Mrcia e o predicado comprou os ltimos livros da Livraria Virtual e entre o verbo transitivo

    comprou e seu objeto os ltimos livros da Livraria Virtual.

    Alternativa: ( E )

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    A) O vocativo dever vir sempre separado por vrgula. O vocativo Carla.

    B) O aposto pode vir separado ou por vrgula ou por duplo travesso. No caso, o aposto se compe dos termos

    entre vrgulas nesse perodo.

    C) Separa-se por vrgula o nome de lugar na indicao de datas.

    D) Separam-se por vrgula termos que exercem a mesma funo sinttica (nesse caso, objetos diretos), se no

    estiverem ligados por conjuno.

    BIBLIOGRAFIA:

    TERRA, Ernani. Curso Prtico de Gramtica. 6 edio, 3 reimpresso. So Paulo: Scipione, 2011

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    Assinale a palavra abaixo cujo prefixo apresente o mesmo valor semntico do prefixo componente de

    desatentos.

    A) Antibitico. B) Importao. C) Insatisfeito. D) Adjacncia. E) Antebrao.

    SOLUO DA QUESTO:

    O prefixo des- da palavra desatentos bem como o prefixo in- de insatisfeito indicam negao.

    Alternativa: ( C )

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    A) O prefixo anti- indica oposio.

    B) O prefixo im- tem o sentido de movimento para dentro.

    D) O prefixo ad- expressa a ideia de aproximao.

    E) O prefixo ante- denota anterioridade.

    BIBLIOGRAFIA:

    CUNHA, Celso e CINTRA, Lindley. Nova Gramtica do Portugus Contemporneo. 5 Edio, 2 reimpresso,

    revista. Rio de Janeiro: Lexikon, 2008

  • (Fl 5/7 Gabarito das questes de Portugus do EI aos CFS 2016-17)

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO:

    Os dois vocbulos em destaque nos enunciados a seguir possuem funo morfolgica e sinttica idnticas.

    Assinale a alternativa que apresenta corretamente essas funes. H pai que nunca viu o prprio filho. Marido

    que nunca viu a prpria mulher.

    A) pronome relativo; objeto direto. B) conjuno subordinativa integrante; objeto direto.

    C) pronome relativo; sujeito. D) conjuno coordenativa explicativa; adjunto adnominal.

    E) preposio; sujeito.

    SOLUO DA QUESTO:

    A palavra que, nos dois contextos, funciona morfologicamente como pronome relativo, pois retoma o termo

    antecedente na orao adjetiva que introduz. Alm disso, essa palavra assume a funo sinttica de sujeito do

    verbo ver nos dois contextos.

    Alternativa: ( C )

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    A) A palavra que funciona morfologicamente como pronome relativo, mas exerce a funo de sujeito e no de

    objeto direto

    B) Nos dois contextos, a palavra que no funciona como conjuno subordinativa integrante.

    D) A palavra que no funciona no contexto como conjuno, mas como pronome relativo.

    E) Nos dois contextos, a palavra que no funciona como preposio, pois estabelece uma relao entre

    oraes e no entre palavras.

    BIBLIOGRAFIA:

    CUNHA, Celso e CINTRA, Lindley. Nova Gramtica do Portugus Contemporneo. 5 Edio, 2 reimpresso,

    revista. Rio de Janeiro: Lexikon, 2008

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO:

    Das frases a seguir, a nica inteiramente de acordo com as regras de concordncia verbal :

    A) A rede de coleta e de tratamento de esgoto possuem tubulaes mais estreitas que as galerias pluviais nas

    ruas.

    B) Na sala de aula, haviam inmeros quadros de artistas renomados.

    C) Ocorreram, naquele mesmo ano, acontecimentos extraordinrios.

    D) Podem trazer srias consequncias ao planeta a falta de cuidados com o ambiente

    E) O tcnico e o presidente da empresa chegou muito cedo ao local do acidente.

    SOLUO DA QUESTO:

    O verbo ocorrer deve concordar em nmero e pessoa com o ncleo do sujeito simples posposto

    acontecimentos extraordinrios.

    Alternativa: ( C )

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    A) O ncleo do sujeito rede est na singular, por isso a forma verbal possuem deve permanecer na 3 pessoa do singular.

    B) Trata-se de um caso de orao sem sujeito, por isso o verbo haver deve permanecer na 3 pessoa do singular. D) O ncleo do sujeito falta est na singular, por isso a forma verbal podem deve permanecer na 3 pessoa

  • (Fl 6/7 Gabarito das questes de Portugus do EI aos CFS 2016-17)

    do singular.

    E) H um sujeito composto, com dois ncleos (tcnico e presidente), por esse motivo a forma verbal chegou deve ser flexionada na 3 pessoa do plural.

    BIBLIOGRAFIA:

    CUNHA, Celso e CINTRA, Lindley. Nova Gramtica do Portugus Contemporneo. 5 Edio, 2 reimpresso,

    revista. Rio de Janeiro: Lexikon, 2008

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO:

    O desafio consiste em garantir o abastecimento s grandes cidades brasileiras nos prximos anos, uma vez que

    previsto crescimento populacional e, consequentemente, aumento das demandas de consumo. A conjuno em

    negrito

    A) conecta oraes integrantes. B) inicia uma orao coordenativa.

    C) expressa causa. D) denota finalidade

    E) indicadora de explicao

    SOLUO DA QUESTO:

    preciso garantir o abastecimento s grandes cidades brasileiras nos prximos anos, porque previsto

    crescimento populacional e, consequentemente, aumento das demandas de consumo. O perodo composto por

    subordinao e a orao indica causa.

    Alternativa: ( C )

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    A) a conjuno que conecta as oraes subordinativa causal.

    B) a conjuno que inicia a orao subordinativa.

    D) entre as oraes no h relao de finalidade.

    E) no h indicao de explicao e sim de causa.

    BIBLIOGRAFIA:

    CUNHA, Celso e CINTRA, Lindley. Nova Gramtica do Portugus Contemporneo. 5 Edio, 2 reimpresso,

    revista. Rio de Janeiro: Lexikon, 2008

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO:

    O movimento literrio que caracterizou-se pelo pioneirismo na busca pela nacionalizao da literatura por meio

    da valorizao da paisagem e da cultura da nossa terra, opondo-se ao neoclassicismo foi o:

    A) Clacissismo. B) Arcadismo. C) Romantismo. D) Parnasianismo. E) Simbolismo.

    SOLUO DA QUESTO:

    O Romantismo caracterizou-se pela pioneirismo na busca pela nacionalizao da literatura por meio da

    valorizao da paisagem e da cultura da nossa terra, opondo-se ao neoclassicismo.

    Alternativa: ( C )

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO:

    As escolas literrias apresentadas caracterizam-se por opes estticas diversas daquela constante do item C)

    BIBLIOGRAFIA:

    INFANTE, Ulisses. Curso de Literatura de Lngua Portuguesa. 1 edio, 6 reimpresso (2007). So Paulo:

  • (Fl 7/7 Gabarito das questes de Portugus do EI aos CFS 2016-17)

    Scipione, 2001

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    Seja como for, enquanto estiver latente, o Selfie ou qualquer outro modismo, merece uma acurada reflexo.

    Pois, nem tudo na rede social deve ser encarado como brincadeira. H coisas, que, mesmo divertidas, escondem

    prticas perversas. Tambm no se devem criar pnicos desnecessrios sobre tal fenmeno.

    (http://serfelizeserlivre.blogspot.com.br/2014/04/selfie-e-o-narcisismo-moderno.html.Acesso em 7/04/2015 s

    10:55)

    Elabore um texto dissertativo-argumentativo, com no mnimo 20 (vinte) e no mximo 30 (trinta) linhas, refletindo sobre

    o tema acima abordando as prticas perversas e o uso consciente dessa prtica.

    SOLUO DA QUESTO:

    Individual

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

  • MINISTRIO DA DEFESA

    EXRCITO BRASILEIRO

    ESCOLA DE SARGENTOS DAS ARMAS

    ESCOLA SARGENTO MAX WOLF FILHO

    EXAME INTELECTUAL AOS CURSOS DE FORMAO DE SARGENTOS 2016-17

    SOLUO DAS QUESTES DE MATEMTICA

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    Sejam f a funo dada por f (x) = 2x + 4 e g a funo dada por g(x)=3x-2. A funo deve ser dada por

    A) f(g(x))=6x B) f (g(x))=6x + 4 C) f(g(x)) = 2x - 2 D) f(g(x)) = 3x + 4 E) f (g(x))= 3x + 2

    SOLUO DA QUESTO:

    Tem-se f(g(x)) = f(3x 2) = 2.(3x - 2) + 4 = 6x - 4 + 4 = 6x

    Alternativa: ( A )

    BIBLIOGRAFIA:

    GIOVANNI, Jos Ruy, BONJORNO, Jos Roberto e GIOVANNI JR, Jos Ruy Matemtica Fundamental:

    Uma Nova Abordagem Volume nico - So Paulo FTD, 2002.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    Identifique a equao exponencial.

    A) 2.X = 4 B) 2 + X = 4 C) X2 = 4 D) E) 2

    X = 4

    SOLUO DA QUESTO:

    Chama-se equao exponencial toda equao que contm incgnita no expoente.

    Alternativa: ( E )

    BIBLIOGRAFIA:

    GIOVANNI, Jos Ruy, BONJORNO, Jos Roberto e GIOVANNI JR, Jos Ruy Matemtica Fundamental:

    Uma Nova Abordagem Volume nico - So Paulo FTD, 2002.

  • (Fl 2/6 Gabarito das questes de Matemtica do EI aos CFS 2016-17)

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    Um aluno da EsSA tem uma habilidade muito boa nas provas de tiro com pistola, possuindo um ndice de acerto

    no alvo de quatro em cada cinco tiros. Se ele atirou duas vezes, a probabilidade de que ele tenha errado os dois

    tiros :

    A)16/25 B) 8/25 C) 1/5 D) 2/5 E) 1/25

    SOLUO DA QUESTO:

    Se o aluno acerta 4 de cada 5 tiros, ento a probabilidade de acerto de 4/5 e a probabilidade de erro de 1/5.

    Como se busca a probabilidade de erro em duas questes, temos. P =1/5 . 1/5 = 1/25

    Alternativa: ( E )

    BIBLIOGRAFIA:

    IEZZI, Gelson: DOLCE, Osvaldo; DEGENSZAIN, David; PRIGO, Roberto e ALMEIDA, Nilze de

    Matemtica Cincia e Aplicaes. Volumes 1, 2 e 3 - 5a edio - Editora Atual, So Paulo, 2010.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    A rea do tringulo equiltero cuja altura mede 6 cm :

    A) 12 cm2 B) 4 cm

    2 C) 24 cm

    2 D) 144 cm

    2 E) 6 cm

    2

    SOLUO DA QUESTO:

    Aplicando o Teorema de Pitgoras, o candidato pode determinar a medida do lado do tringulo, 4 , para depois

    aplicar na frmula da rea do tringulo eqiltero , chegando medida da rea: 12 cm2.

    Alternativa: ( A )

    BIBLIOGRAFIA:

    IEZZI, Gelson: DOLCE, Osvaldo; DEGENSZAIN, David; PRIGO, Roberto e ALMEIDA, Nilze de

    Matemtica Cincia e Aplicaes. Volumes 1, 2 e 3 - 5a edio - Editora Atual, So Paulo, 2010.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    O exrcito realizou um concurso de seleo para contratar sargentos e cabos. A prova geral foi igual para ambos.

    Compareceram 500 candidatos para sargento e 100 para cabo. Na prova, a mdia de todos os candidatos foi 4,

    porm, a mdia apenas entre os candidatos a sargento foi 3,8. Desse modo, qual foi a mdia entre os candidatos

    a cabo?

    A) 3,9 B) 1,0 C) 6,0 D) 4,8 E) 5

  • (Fl 3/6 Gabarito das questes de Matemtica do EI aos CFS 2016-17)

    SOLUO DA QUESTO:

    Sargentos = x

    Cabos = y

    = 4

    x = 1900 y = 500

    Candidatos a cabo:

    Alternativa: ( E )

    BIBLIOGRAFIA:

    IEZZI, Gelson: DOLCE, Osvaldo; DEGENSZAIN, David; PRIGO, Roberto e ALMEIDA, Nilze de

    Matemtica Cincia e Aplicaes. Volumes 1, 2 e 3 - 5a edio - Editora Atual, So Paulo, 2010.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    A parte real do nmero complexo 1/(2i) :

    (A) 1

    4 (B) -2 (C) 0 (D)

    1

    4 (E) 2

    SOLUO DA QUESTO:

    2 2

    1 1 1 1

    4. 1 442 ii

    Alternativa: ( A )

    BIBLIOGRAFIA:

    GIOVANNI, Jos Ruy, BONJORNO, Jos Roberto e GIOVANNI JR, Jos Ruy Matemtica Fundamental:

    Uma Nova Abordagem Volume nico - So Paulo FTD, 2002.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO:

    Num tringulo retngulo cujos catetos medem 8 e 9 , a hipotenusa mede

    A) 10 B) 11 C) 13 D) 17 E) 19 .

    SOLUO DA QUESTO:

    2 22

    2

    , , :

    8 9

    8 9

    17

    Sendo h a hipotenusa pelo Teorema de Pitgoras temos

    h

    h

    h

    Alternativa: ( D )

    BIBLIOGRAFIA:

    GIOVANNI, Jos Ruy, BONJORNO, Jos Roberto e GIOVANNI JR, Jos Ruy Matemtica Fundamental:

    Uma Nova Abordagem Volume nico - So Paulo FTD, 2002.

  • (Fl 4/6 Gabarito das questes de Matemtica do EI aos CFS 2016-17)

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO:

    Dados e , a soluo de

    A) (2a+1)/b B) (a+2)/b C) (2b+1)/a D) (a+1)/2b E) (b+2)/a

    SOLUO DA QUESTO:

    A igualdade equivale a . Fazendo a mudana para a base decimal e aplicando propriedades

    operatrias do logaritmo, deduz-se .

    Alternativa: ( D )

    BIBLIOGRAFIA:

    GIOVANNI, Jos Ruy, BONJORNO, Jos Roberto e GIOVANNI JR, Jos Ruy Matemtica Fundamental:

    Uma Nova Abordagem Volume nico - So Paulo FTD, 2002.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO:

    As funes do 2 grau com uma varivel: f ( x ) = a X 2 + b X + c tero valor mximo quando

    A) a < 0 B) b > 0 C) c < 0 D) > 0 E) a > 0

    SOLUO DA QUESTO:

    Se a < 0, ento a concavidade da parbola estar voltada para baixo, o vrtice o ponto mximo, a abscissa do

    vrtice (XV) o ponto de mximo e a ordenada do vrtice (YV) o valor mximo.

    Alternativa: ( A )

    BIBLIOGRAFIA:

    GIOVANNI, Jos Ruy, BONJORNO, Jos Roberto e GIOVANNI JR, Jos Ruy Matemtica Fundamental:

    Uma Nova Abordagem Volume nico - So Paulo FTD, 2002.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO:

    A palavra icosaedro, de origem grega, significa 20 faces. Sabendo que o icosaedro regular formado por 20

    tringulos regulares, determine o nmero de vrtices.

    A) 12 B)42 C) 52 D) 8 E) 48

    QUESTO ANULADA

  • (Fl 5/6 Gabarito das questes de Matemtica do EI aos CFS 2016-17)

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO:

    Dados trs pontos colineares A(x, 8), B(-3, y) e M(3, 5), determine o valor de x + y, sabendo que M ponto

    mdio de AB

    A) 3 B) 11 C) 9 D) - 2,5 E) 5

    SOLUO DA QUESTO:

    x = 9 e y = 2

    x + y = 11

    Alternativa: ( B )

    BIBLIOGRAFIA:

    IEZZI, Gelson: DOLCE, Osvaldo; DEGENSZAIN, David; PRIGO, Roberto e ALMEIDA, Nilze de

    Matemtica Cincia e Aplicaes. Volumes 1, 2 e 3 - 5a edio - Editora Atual, So Paulo, 2010.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO:

    O nmero de anagramas diferentes que podemos formar com a palavra RANCHO, de modo que se iniciem com

    vogal, :

    A)120 B)240 C)720 D)1440 E)24

    SOLUO DA QUESTO:

    Temos as seguintes possibilidades:

    A __ __ __ __ __ 5! = 120 anagramas

    O __ __ __ __ __ 5! = 120 anagramas

    Logo, ao todo, temos: 120 + 120 = 240 anagramas iniciando com vogais.

    Alternativa: ( B )

    BIBLIOGRAFIA:

    IEZZI, Gelson: DOLCE, Osvaldo; DEGENSZAIN, David; PRIGO, Roberto e ALMEIDA, Nilze de

    Matemtica Cincia e Aplicaes. Volumes 1, 2 e 3 - 5a edio - Editora Atual, So Paulo, 2010.

    APROVEITADA PARA: ( ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

  • (Fl 6/6 Gabarito das questes de Matemtica do EI aos CFS 2016-17)

    QUESTO:

    Em uma pirmide reta de base quadrada, de 4 m de altura, uma aresta da base mede 6 m. A rea total dessa

    pirmide, em m2,

    A) 144 B) 84 C) 48 D) 72 E) 96

    SOLUO DA QUESTO:

    2

    2

    25 5

    :

    6 36

    6.54. 60

    2

    : 36 60 96

    b l

    b

    l

    x x

    rea total A A

    A

    A

    rea total

    Alternativa: ( E )

    BIBLIOGRAFIA:

    GIOVANNI, Jos Ruy, BONJORNO, Jos Roberto e GIOVANNI JR, Jos Ruy Matemtica Fundamental:

    Uma Nova Abordagem Volume nico - So Paulo FTD, 2002.

    XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

  • MINISTRIO DA DEFESA EXRCITO BRASILEIRO

    ESCOLA DE SARGENTOS DAS ARMAS ESCOLA SARGENTO MAX WOLF FILHO

    EXAME INTELECTUAL AOS CURSOS DE FORMAO DE SARGENTOS 2016-17

    SOLUO DAS QUESTES DE HISTRIA

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO: Com a promulgao da Constituio de 1934, a segunda constituio do perodo republicano brasileiro, inicia-se o perodo constitucional da Era Vargas. So elementos presentes nesta Constituio de 1934, EXCETO: A) Voto secreto. B) Voto feminino. C) Justia eleitoral. D) Jornada de trabalho no superior a 8 horas. E) Eleies diretas para a escolha do prximo presidente da Repblica.

    SOLUO DA QUESTO: A Constituio de 1934 tambm estabelecia que, aps sua promulgao, o prximo presidente da Repblica seria eleito de forma indireta pelos prprios membros da Assembleia Constituinte. Assim, o primeiro presidente eleito aps a Constituio de 1934, o prprio Getlio Vargas, foi eleito pelo voto indireto. Alternativa: (E) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) A eleio dos candidatos aos poderes Executivo e Legislativo seria feita por meio do voto secreto. B) O direito do voto foi estendido para as mulheres. C) Uma Justia Eleitoral independente zelaria pelas eleies. D) Direitos fundamentais teriam de ser garantidos pelos empregadores, como salrio mnimo, jornada de trabalho no superior a 8 horas dirias, frias anuais remuneradas e indenizao na demisso sem justa causa, entre outras medidas. BIBLIOGRAFIA: COTRIM, Gilberto. Histria Global: Brasil e Geral Volume nico. So Paulo: Saraiva, 2008, 9 edio

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO: Na Repblica Velha, ocorreram vrios movimentos contestatrios. Identifique aquele que est localizado geograficamente de forma correta: A) Revolta da Vacina Rio de Janeiro. B) Revoluo Federalista Paran. C) Canudos Minas Gerais. D) Contestado Bahia. E) Revolta da Armada Rio Grande do Sul. SOLUO DA QUESTO: A nica alternativa que faz a correspondncia correta, revolta e lugar, a da alternativa A Alternativa: (A)

  • (Fl 2/4 gGabarito das questes de Histria do EI aos CFS 2016-17)

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: B) Revoluo Federalista Rio Grande do Sul. C) Canudos Bahia. D) Contestado Paran e Santa Catarina. E) Revolta da Armada Rio de Janeiro. BIBLIOGRAFIA: KOSHIBA, Luiz. PEREIRA, Denise Manzi Frayse. Histria do Brasil: no contexto da histria ocidental. Ensino Mdio. 8 edio, revista, atualizada e ampliada. So Paulo: Atual, 2003

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO: Aps ingressar na II Guerra Mundial em agosto de 1942, o Brasil enviou a Europa a Fora Expedicionria Brasileira, que integrou o 5 Exrcito dos Estados Unidos, atuando em territrio: A) alemo B) francs C) italiano D) belga E) suo

    SOLUO DA QUESTO: A Fora Expedicionria Brasileira combateu apenas na Itlia. Alternativa: (C) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) A Fora Expedicionria Brasileira no combateu na Alemanha. B) A Fora Expedicionria Brasileira no combateu na Frana. D) A Fora Expedicionria Brasileira no combateu na Blgica. E) A Fora Expedicionria Brasileira no combateu na Sua. BIBLIOGRAFIA: KOSHIBA, Luiz. PEREIRA, Denise Manzi Frayse. Histria do Brasil: no contexto da histria ocidental. Ensino Mdio. 8 edio, revista, atualizada e ampliada. So Paulo: Atual, 2003

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO: Jnio Quadros representou uma reviravolta no sistema poltico da poca, sendo eleito presidente da Repblica por um partido de pouca expresso nacional. O apoio de um partido tradicional, porm, foi decisivo na obteno de uma diferena de mais de um milho de votos. Trata-se do partido: A) PTB B) UDN C) PSB D) PSD E) PSDB SOLUO DA QUESTO: O partido tradicional que apoiou a candidatura de Jnio Quadros foi a Unio Democrtica Nacional (UDN). Alternativa: (B) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) O PTB apoiou a candidatura de Henrique Lott. C) O PSB apoiou a candidatura de Henrique Lott. D) O PSD apoiou a candidatura de Henrique Lott. E) O PSDB sequer existia no contexto em questo.

  • (Fl 3/4 gGabarito das questes de Histria do EI aos CFS 2016-17)

    BIBLIOGRAFIA: KOSHIBA, Luiz. PEREIRA, Denise Manzi Frayse. Histria do Brasil: no contexto da histria ocidental. Ensino Mdio. 8 edio, revista, atualizada e ampliada. So Paulo: Atual, 2003

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO: A primeira constituio do Brasil, de 1824, estabelecia uma organizao do sistema poltico em quatro poderes. Alm dos poderes Executivo, Legislativo e Judicirio, havia o poder: A) Absoluto. B) Hierrquico. C) Moderador. D) Rgio. E) Patriarcal. SOLUO DA QUESTO: O quarto poder estabelecido pelo texto da Constituio de 1824 o Moderador. Alternativa: (C) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) O texto da Constituio de 1824 no faz meno a este poder. B) O texto da Constituio de 1824 no faz meno a este poder. D) O texto da Constituio de 1824 no faz meno a este poder. E) O texto da Constituio de 1824 no faz meno a este poder. BIBLIOGRAFIA: KOSHIBA, Luiz. PEREIRA, Denise Manzi Frayse. Histria do Brasil: no contexto da histria ocidental. Ensino Mdio. 8 edio, revista, atualizada e ampliada. So Paulo: Atual, 2003

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO: A Lei de Terras (1850) regulamentou questes relacionadas propriedade privada da terra e a mo de obra agrcola. Tal legislao atendeu aos interesses dos grandes fazendeiros da regio sudeste, que cultivavam: A) cacau. B) cana de acar. C) soja. D) caf. E) algodo. SOLUO DA QUESTO: O principal cultivo agrcola do pas nesse contexto era o do caf, cuja expanso suscitou a Lei de Terras. Alternativa: (D) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) O cultivo do cacau concentrava-se no norte e nordeste e no era expressivo nesse contexto. B) O cultivo de cana de acar encontrava-se em decadncia e cada vez mais limitado ao nordeste. C) No se cultivava soja no contexto indicado. E) O cultivo de algodo concentrava-se na regio nordeste. BIBLIOGRAFIA: KOSHIBA, Luiz. PEREIRA, Denise Manzi Frayse. Histria do Brasil: no contexto da histria ocidental. Ensino Mdio. 8 edio, revista, atualizada e ampliada. So Paulo: Atual, 2003

  • (Fl 4/4 gGabarito das questes de Histria do EI aos CFS 2016-17)

    APROVEITADA PARA: ( ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO: Em 1815, o Brasil foi elevado categoria de Reino Unido a Portugal e Algarves. Na prtica: A) foi a causa da Inconfidncia Mineira. B) nada significou para o Brasil. C) provocou enorme satisfao em Portugal. D) o Brasil volta condio de colnia. E) o Brasil adquiria autonomia administrativa.

    SOLUO DA QUESTO: Conforme a afirmao do autor da bibliografia na p.359, pargrafo 1. Alternativa: (E) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) A Inconfidncia Mineira foi causada pela derrama. B) O Brasil passa a ser sede do Imprio Portugus. C) Em Portugal ocorre insatisfao com o fato. (Koshiba, pag 169, 4) D) O Brasil passa a ser sede do Imprio Portugus. BIBLIOGRAFIA: COTRIM, Gilberto. Histria Global: Brasil e Geral Volume nico. So Paulo: Saraiva, 2008, 9 edio XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

  • MINISTRIO DA DEFESA EXRCITO BRASILEIRO

    ESCOLA DE SARGENTOS DAS ARMAS ESCOLA SARGENTO MAX WOLF FILHO

    EXAME INTELECTUAL AOS CURSOS DE FORMAO DE SARGENTOS 2016-17

    SOLUO DAS QUESTES DE GEOGRAFIA

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO: O setor que possui o maior consumo final de eletricidade no Brasil : A) Agropecurio. B) Residencial. C) Comercial. D) Industrial. E) Pblico. SOLUO DA QUESTO: O setor industrial consome 46,7% da eletricidade produzida no Brasil, sendo, portanto, o maior setor consumidor de eletricidade do Brasil. Alternativa: ( D ) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) O setor agropecurio o 5 maior consumidor de eletricidade. B) O setor residencial o 2 maior consumidor de eletricidade. C) O setor comercial o 3 maior consumidor de eletricidade. E) O setor pblico o 4 maior consumidor de eletricidade. BIBLIOGRAFIA: MAGNOLI, Demtrio. Geografia para o ensino mdio, 1 edio, 5 reimpresso. So Paulo: Atual, 2008.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO: Na faixa leste do Brasil, desde o sculo XVI, um domnio natural sofreu extensiva devastao, provocada por extrao de pau-brasil, plantio de cana e caf, expanso urbana e implantao de eixos de transporte. Atualmente, restam apenas 8% deste domnio natural denominado: A) Pampas. B) Mata Atlntica. C) Complexo do Pantanal. D) Cerrado. E) Floresta Amaznica SOLUO DA QUESTO: Os domnios naturais sofreram os impactos do povoamento e da valorizao econmica do territrio. Na faixa leste do pas a Mata Atlntica sofreu extensiva devastao. A histria da devastao da Mata Atlntica comeou com a chegada dos portugueses: somente no sculo XVI estima-se que o comrcio do pau-brasil tenha provocado a derrubada de pelo menos 2 milhes de rvores. Mais tarde, as plantations canavieiras e as fazendas de caf deram a sua contribuio ao desmatamento. Diversas das principais cidades do pas, bem como os grandes eixos de transporte, implantaram-se sobre reas de Mata Atlntica. Alternativa: ( B )

  • (Fl 2/5 Gabarito das questes de Geografia do EI aos CFS 2016-17)

    JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) Os Pampas gachos so denominados de domnio das pradarias e se localizam no extremo sul do pas, no Rio Grande do Sul. O clima subtropical, de modo que no d para plantar cana nem caf, que so cultivos de clima tropical. Alm disso, esse bioma no tem rvores de pau-brasil, pois uma formao herbcea, campestre, composta por gramneas e capins. C) O Complexo do Pantanal uma vegetao complexa, uma faixa de transio entre biomas diferentes, e se localiza na parte oeste do pas, e no na parte leste. D) Aproximadamente dois teros do cerrado foram profundamente alterados por ao humana. Sua devastao grande, mas no se aproxima do que aconteceu com a Mata Atlntica, que s resiste em encostas de morros com forte declividade, onde a ocupao mais difcil. Alm disso, as reas de cerrado ocupam a poro central do pas, e no leste. E) A Floresta Amaznica se localiza na poro norte e noroeste do pas. Seu desmatamento tem sido acentuado nos ltimos anos, mas ela tem ainda muitas reas preservadas. BIBLIOGRAFIA: MAGNOLI, Demtrio. Geografia para o ensino mdio, 1 edio, 5 reimpresso. So Paulo: Atual, 2008.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO: Nas ltimas dcadas o processo de transformao do uso do solo, em funo de uma expanso rpida e intensiva da agropecuria provoca inmeros impactos ambientais no Cerrado, entre os quais eroses profundas que atingem o lenol fretico que denominamos A) voorocas. B) assoreamentos. C) laterizao. D) lixiviao. E) arenizao. SOLUO DA QUESTO: Denominao das linhas de drenagem escavaes (sulcos) originados pelo escoamento da gua de chuva em solos arenosos de reas tropicais tpicas que perdem a cobertura original, para da lugar as atividades agropecurias, no cerrado chega atingir as guas do lenol fretico. Alternativa: ( A ) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: B) deslizamento de solos nas margens dos rios. C) formao de placas com concentrao de sais minerais, na regio Nordeste. D) lavagem dos nutrientes do solo, mais comum na regio Norte E) aumento de depsitos arenosos, ocorre na regio Sul. BIBLIOGRAFIA: TERRA, L., ARAJO, R., GUIMARES, R. B. Conexes: Estudos de Geografia Geral e do Brasil. Volume nico. 1ed. So Paulo: Moderna, 2009.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO: A concesso de reas florestais para explorao econmica por empresas privadas est prevista na ( o ): A) Lei de Gesto de Florestas Nacionais. B) Constituio Federal. C) Estatuto da Terra. D) Plano Amaznia Sustentvel. E) Projeto Calha Norte.

  • (Fl 3/5 Gabarito das questes de Geografia do EI aos CFS 2016-17)

    SOLUO DA QUESTO: No ano de 2006, foi aprovada a Lei de Gesto de Florestas Nacionais ( Flonas ), que prev a concesso do uso de reas florestais para explorao por empresas privadas. Alternativa: (A) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: B) A Lei de Gesto de Florestas Nacionais a legislao que regula a explorao econmica de reas florestais por empresas privadas. C) A Lei de Gesto de Florestas Nacionais a legislao que regula a explorao econmica de reas florestais por empresas privadas. D) A Lei de Gesto de Florestas Nacionais a legislao que regula a explorao econmica de reas florestais por empresas privadas. E) A Lei de Gesto de Florestas Nacionais a legislao que regula a explorao econmica de reas florestais por empresas privadas. BIBLIOGRAFIA: MAGNOLI, Demtrio. Geografia para o ensino mdio, 1 edio, 5 reimpresso. So Paulo: Atual, 2008.

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO: Um navio estava em Angra dos Reis (44 O) e saiu para fazer uma viagem em direo Fernando de Noronha (30 O), s 6 horas, no perodo da manh, e ter uma durao de 8 horas. Que horas ser na ilha de Fernando de Noronha quando o navio atracar, considerando as convenes: A) 15 horas. B) 12 horas. C) 13 horas. D) 14 horas. E) 8 horas. SOLUO DA QUESTO: Fernando de Noronha est uma hora adiantado em relao Angra dos Reis, considerando as convenes dos fusos horrios brasileiros. Sendo assim, se eram 6 horas em Angra dos Reis quando o navio partiu, seriam 7 horas em Fernando de Noronha mais o tempo de viagem que so 8 horas, o navio ir atracar em Fernando de Noronha s 15 horas. Alternativa: (A) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: B) 12 horas no corresponde hora da situao retratada. C) 13 horas no corresponde hora da situao retratada. D) 14 horas no corresponde hora da situao retratada. E) 8 horas no corresponde hora da situao retratada BIBLIOGRAFIA: SENE, Eustquio de; MOREIRA, Joo Carlos. Geografia Geral e do Brasil: Espao Geogrfico e Globalizado. Vol. 1, 2 e 3. 2 Edio. So Paulo: Scipione, 2012

  • (Fl 4/5 Gabarito das questes de Geografia do EI aos CFS 2016-17)

    APROVEITADA PARA: ( X ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( ) MSICA ( ) SADE

    QUESTO: Processo de integrao fsica das manchas urbanas de duas ou mais cidades que cresceram horizontalmente at os seus limites municipais, podendo ser tambm uma integrao funcional com intensos fluxos pendulares dirios de trabalhadores. Este processo denominado: A) segregao scio-espacial. B) hierarquia urbana. C) gentrificao. D) conurbao. E) aglomerado subnormal. SOLUO DA QUESTO: O crescimento demogrfico das grandes cidades e dos ncleos urbanos dos seus arredores gerou processos de conurbao. Na conurbao, pode ocorrer a integrao fsica das manchas urbanas, de modo que as estradas que conectavam ncleos distintos so incorporadas como avenidas de uma nica aglomerao. Exemplo: Niteri e So Gonalo. A conurbao pode-se dar tambm atravs da integrao funcional de cidades que permanecem separadas por reas rurais, mas se conectam fortemente por fluxos pendulares dirios de trabalhadores. Exemplo: Sorocaba e It. Alternativa: (D) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) A segregao scio-espacial a ocupao diferenciada do espao urbano por diferentes segmentos sociais, de acordo com o poder aquisitivo. O elemento que define a segregao espacial o preo dos terrenos e dos imveis. O espao urbano apresenta, de um lado, bairros elegantes, com melhor infraestrutura e bem localizados, mais caros e destinados a classes sociais de maior poder aquisitivo. Porm apresenta, de outro lado, bairros perifricos, distantes, carentes, com infraestrutura deficiente, onde vivem os segmentos de menor poder aquisitivo. Exemplo: condomnios fechados de um lado e aglomerados subnormais (favelas) de outro lado, s vezes, at prximos. B) A hierarquia urbana a posio de uma cidade em relao s demais cidades de uma rede urbana. A posio da cidade se d pelo alcance ou extenso dos servios e produtos que ela oferece ao conjunto da rede, isto , pela sua capacidade de polarizao do espao regional. Exemplo: a cidade do Rio de Janeiro comanda a rede urbana do estado do Rio de Janeiro, isto , est no topo da hierarquia urbana. C) Gentrificao o enobrecimento de certas zonas ou bairros da cidade, que receberam investimentos ou passaram por projetos de revitalizao urbana, produzindo uma valorizao de terrenos, casas e apartamentos, tornando mais difcil a permanncia de antigos moradores com menor renda. Esses moradores se mudam para bairros mais pobres e baratos, sendo substitudos por moradores de maior renda. Ocorre, ento, uma mudana do perfil social do bairro. E) Aglomerado subnormal o termo utilizado pelo IBGE para se referir s favelas. So unidades habitacionais carentes, com precariedade de servios pblicos essenciais, ocupando ou tendo ocupado, at perodo recente, terreno de propriedade alheia (pblica ou particular) e estando dispostas de forma desordenada e densa, fora dos padres vigentes, refletido por vias de circulao estreitas e de alinhamento irregular, lotes de tamanhos e formas desiguais e construes no regularizadas por rgos pblicos. BIBLIOGRAFIA: MAGNOLI, Demtrio. Geografia para o ensino mdio, 1 edio, 5 reimpresso. So Paulo: Atual, 2008.

    APROVEITADA PARA: ( ) Combatente/Logstica/Tcnico/Aviao ( X ) MSICA ( X ) SADE

    QUESTO: A Mata de Araucrias ou Mata dos Pinhais dominava vastas extenses da regio sul e sudeste do Brasil. So caractersticas desse bioma, EXCETO:

  • (Fl 5/5 Gabarito das questes de Geografia do EI aos CFS 2016-17)

    A) ser constitudo por floresta pluvial subtropical. B) ocorrer originalmente em terrenos de altitudes mdias a elevadas nos planaltos e serras. C) sua espcie predominante ser conhecida como pinheiro-do-paran. D) apresentar folhas aciculifoliadas. E) ser constitudo por vegetao estacional, predominantemente arbustiva. SOLUO DA QUESTO: o bioma do Cerrado constitudo por vegetao estacional, predominantemente arbustiva. A Mata de Araucria perene e arbrea. Alternativa: (E) JUSTIFICATIVAS DAS ALTERNATIVAS QUE NO RESPONDEM QUESTO: A) A Mata de Araucria corresponde a uma floresta subtropical pluvial, desenvolvida sob condies de elevada pluviosidade. B) No Brasil originou-se no Sul e Sudeste, reas de clima subtropical e terreno de topografia elevada classificados em Planaltos e Chapadas da Bacia do Paran e Planaltos e Serras do Leste e Sudeste. C) Sua espcie predominante conhecida como Pinheiro-do-Paran. D) Suas folhas so aciculifoliadas, ou seja, finas em forma de agulha para evitar a perda de gua para o meio. BIBLIOGRAFIA: SENE, Eustquio de; MOREIRA, Joo Carlos. Geografia Geral e do Brasil: Espao Geogrfico e Globalizado. Vol. 1, 2 e 3. 2 Edio. So Paulo: Scipione, 2012 XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX