TIRE SUAS DÚVIDAS PRÊVIDÊNCIA COMPLEMENTAR .Professor da UERJ/IBMEC nas ... benefícios a conceder,

Embed Size (px)

Text of TIRE SUAS DÚVIDAS PRÊVIDÊNCIA COMPLEMENTAR .Professor da UERJ/IBMEC nas ... benefícios a...

TIRE SUAS DVIDAS

PRVIDNCIA COMPLEMENTAR

Palestrante: Maurcio Viot

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

SOBRE O PALESTRANTE

MAURCIO VIOT

Psiclogo, com MBA em Estratgias de Gesto Empresarial, Coach eespecialista em Previdncia Social e Previdncia Privada e Consultorna rea de Recursos Humanos. Professor da UERJ/IBMEC nasdisciplinas de Gesto de Recursos Humanos e Gesto de Fundos dePenso e da Escola Nacional de Seguros, nas matrias de PrevidnciaPrivada, Seguro de Pessoas, Capitalizao, Teoria Geral do Seguro,Seguro de Responsabilidade Civil, Mercado Financeiro, Seguro Rural,Seguro Aeronutico, Seguro de Cascos Martimos, Atendimento aoConsumidor entre outras.

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

1. Para Invalidez total e permanente - Aposti la pg. 74

"O perodo de cobertura, deduzido o perodo de carncia, seja ele total ou parcial,

no poder ser inferior a cinco anos."

Este o perodo mnimo de cobertura definido pela SUSEP?

Quais so os prazos para estes planos?

ALGUMAS DVIDAS INICIAIS...

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

2. Aposti la pgina 64-65

A data para disponibil izao do resgate 2o dia ti l ou 5o dia ti l?

"o resgate parcial ser efetivado considerando o valor ou percentual estipulado pelo

participante e com base, exclusivamente, no saldo da proviso matemtica de

benefcios a conceder, calculado, na forma da regulamentao em vigor, no segundo

dia ti l subsequente s respectivas datas por ele determinadas.

O pagamento deve ser efetuado em cheque cruzado, intransfervel, crdito em

conta-corrente, documento de ordem de crdito DOC ou transferncia eletrnica

disponvel TED , at o quinto dia ti l subsequente s respectivas datas

determinadas pelo participante"

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

3. Eu f iquei com muito dvida sobre o captulo 6.

No entendi direito essa parte do "Formas de Pagamento".

Poderia me explicar melhor esse PEPS e PMP, por gentileza?

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

4. Voc poderia me explicar com outras palavras da aposti la o que o Fundo

Multipatrocinado?

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

5.Gostaria de confirmar se entendi certo a regra do fator

previdencirio.

- Ele sempre aplicado na aposentadoria por tempo de contribuio

- Ele nunca aplicado na aposentadoria pela regra 85/95

- Ele s aplicado na aposentadoria por idade quando for maior que

- Quando ele for igual ou menor que 1, o beneficirio receber 100%

da contribuio mdia.

isso mesmo?

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

FATOR PREVIDENCIRIO

O fator previdencirio aplicado obrigatoriamente na

aposentadoria por tempo de contribuio e alternativamente

na aposentadoria por idade, se for mais favorvel ao

contribuinte.

A regra 85/95 de faz pela soma da idade + tempo de

contribuio sempre sem a aplicao do fator previdencirio

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

6. Quais so os percentuais de carregamento de cada

modalidade, PGBL, PRGP,PRSA,PAGP?

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

CARREGAMENTO

Depende:

Se o Produto for de BENEFCIO DEFINIDO o carregamento mximo de 30%

Se o Produto for de CONTRIBUIO VARIVEL o carregamento mximo de

10%

Pra lembrar:

1 P de CONTRIBUIO VARIVEL o carregamento mximo de 10%

2 P PODE SER DE:

BENEFCIO DEFINIDO o carregamento mximo de 30%

CONTRIBUIO VARIVEL o carregamento mximo de 10%

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

7. Uma pessoa faz um plano de (EAPC) sobrevivncia, para

receber o benefcio durante 15 anos (60 ao 75) de repente

morre com 61 anos. Os herdeiros herdam esse valor?

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

RENDA

Renda mensal vitalcia:

Renda Mensal Temporria

Renda Mensal Vitalcia com Prazo Mnimo Garantido

Renda Mensal Vitalcia Reversvel ao Beneficirio Indicado

Renda mensal vitalcia reversvel 100% ao cnjuge

Renda mensal vitalcia reversvel 100% ao cnjuge com continuidade de

100% aos menores

Renda mensal vitalcia com prazo mnimo garantido de 15 anos:

Renda Mensal por Prazo Certo

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

8. Gostaria de ajuda para entender o motivo pelo qual

nos planos de Previdncia Complementar Aberta com cobertura

por sobrevivncia estruturada na modalidade de benefcio

definido, so vedados o resgate parcial e a portabilidade

parcial.

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

BENEFCIO DEFINIDO

A cobertura estruturada na forma de benefcio definido

aquela em que o valor do benefcio, pagvel de uma nica vez

ou sob a forma de renda, e o valor da contribuio so

estabelecidos previamente na proposta de inscrio.

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

9. Preciso de esclarecimento quanto ao contedo da aposti la, nas seguintes pginas:

14: O segurado que preencher o requisito para a Aposentadoria por tempo de

Contribuio PODER OPTAR pela no incidncia do fator previdencirio no clculo

de sua aposentadoria.

18: Na regra 85\95 Progressiva para a Aposentadoria por tempo de Contribuio,

tambm no h incidncia do Fator Previdencirio.

20: O Fator Previdencirio uti l izado somente para o clculo do valor da

Aposentadoria por Tempo de Contribuio.

No consegui fazer um link entre essas informaes. Pode me ajudar?

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

Alguns dos principais Benefcios do RGPS: Para os segurados:Aposentadoria por tempo de contribuio com Fator

Previdencirio.Aposentadoria por tempo de contribuio Regra 85/95 (sem o

Fator)A aposentadoria especial a pessoas com deficinciaAposentadoria especial;Aposentadoria por idade;Aposentadoria por invalidez; e o Auxlio doena.

Para os dependentesPenso por morte do segurado(homem ou mulher, ao cnjuge ou companheiro e

dependentes).

Auxlio-recluso.

Fator2016V01.15.xls

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

10. Referente ao prazo mnimo garantido, no compreendi

direito: quer dizer se o titular d entrada no seu beneficio, caso

ele no esteja recebendo a mais de 5 anos o conjugue no ter

direito a continuao do recebimento de renda?

Me d uma explicao melhor sobre a afirmao: o prazo

mnimo garantido no deve ser inferior a cinco anos.

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

PRAZO MNIMO DA GARANTIA

O prazo mnimo da garantia contado a partir da data do incio

do recebimento do benefcio pelo participante.

o perodo escolhido pelo participante para o recebimento da

Renda

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

PRAZO MNIMO DA GARANTIA ?????

Me d uma explicao melhor sobre a afirmao: o prazo mnimo garantido no deve ser inferior a cinco anos.

PLANOS COM COBERTURA DE RISCO MORTE E INVALIDEZ TOTAL E PERMANENTE

Quando a morte ou invalidez total e permanente for causada

por acidente, no ser considerado perodo de carncia.

O perodo de cobertura, deduzido o perodo de carncia, seja

ele total ou parcial, no poder ser inferior a cinco anos

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

11. Quais so as regras especficas definidas pela PREVIC para

portar uma previdncia fechada para uma aberta?

O participante j perdeu vnculo com a patrocinadora.

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

PREVIC PARA PORTAR UMA PREVIDNCIA FECHADA PARA UMA ABERTA

INSTRUO CONJUNTA SUSEP/PREVIC N 1 DE 14 DE

NOVEMBRO DE 2014

TERMO DE OPO. Documento pelo qual se manifesta o

participante manifesta sua opo pelo instituto do Auto

patrocnio, do Benefcio Proporcional, Diferido, do Resgate ou

da Portabilidade.

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

12. Na apostila pginas 62 e 63 consta que para resgate e

portabilidade tero que ser quitadas todas as contraprestaes

relativas assistncia financeira contratada.

O que seria isto?

obrigatria a contratao?

Ela parcelada junto com as prestaes?

Qual a vantagem de se pagar isto?

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

AS CONTRAPRESTAES RELATIVAS ASSISTNCIA FINANCEIRA CONTRATADA.

Assistncia Financeira

=

Emprstimo em dinheiro feito ao Titular do Plano.

A Garantia do emprstimo o saldo acumulado no Plano de

Previdncia

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

13. Gostaria de entender alguns termos da pg. 47 em relao aos resultados

de forma simplificada para depois me aprofundar.

FIE: um Fundo financeiro especfico para o mercado de previdncia e

seguradoras. A EAPC aplica dinheiro neste fundo, buscando um rendimento

dele.

O resultado financeiro o resultado da aplicao de uma quantia investida

pela EAPC neste fundo, que durante um ms pode gerar lucro ou dficit?

Reverso do resultado financeiro passar para o contratante do plano, em

relao a seu dinheiro aportado, tanto este rendimento como dficit?

PREVIDNCIA COMPLEMENTAR

FUNDO DE INVESTIMENTO ESPECIAL - FIE

Num plano de previdncia complementar aberta, as contribuies vertidas

pelos participantes so creditadas em um Fundo de Investimento Especial - FIE,

constituindo assim reservas que serviro para honrar os compromissos futuros

do plano.

So duas relaes jurdicas: Participante (segurado) x Entidade (Seguradora)

e Entidade (Seguradora) x FIE.

Considera-se como resultado financeiro o valor correspondente, ao final do

ltimo dia til do ms, diferena entre o valor da parcela do patrimnio

l quido do F