Bacia Pará-Maranhão

Embed Size (px)

Text of Bacia Pará-Maranhão

Bacia de Pelotas

Bacia Par-Maranho UNIVERSIDADE VILA VELHAGabriela Leal PinheiroSEDIMENTOLOGIA

Est localizada na poro norte da Plataforma Continental Brasileira, na costa dos Estados do Par e Maranho, Aproximadamente entre os meridianos 47O e 44O e os paralelos 10 S e 10 N.

Foi classificada por Szatmari & Porto (1986), como uma bacia do tipo Rift evoluindo para Pull-apart ( bacia que corresponde fase final das bacias tipo 3 (rifte) que foram separadas por distncias ocenicas).

Faz divisa com as bacias: Foz do Amazonas e Barreirinhas.

Batimetria: varia entre 400m e 3.000m.

rea Total: 95.875 km

Bacia ParMaranho

2

Bacia do Par-MaranhoMapa de Localizao

Jurassico se encontrava na parte ocidental da frica.

Neocomiano esforos compessionais decorrentes da abertura do atlntico sul.

Eocretcio primeiros registros sedimentares da bacia , com rpida deposio de clsticos terrgenos observado no preenchimento dos gbrens.

Albiano Superior ao Cenomaniano continuou a separao dos continentes em sistemas pull-apart, ocasionando a deposio dos carbonatos.

Do Neocretcio ao tercirio ocorreu a separao total dos continentes

- Basculamento trmico -Sistema de plataforma carbontica -Formao de um talude marinho

Evoluo da Bacia Ambiente Tectnico

RIFTE:

Grupo Canrias: Caracteriza-se por uma sedimentao flvio / deltaico / lacustre.

PSRIFTE :

Grupo Caju: Sedimentao Transicional (Mesoalbiano - Cenomaniano) subsidncia trmica causada pelo resfriamento das placas. Ambiente nertico .

Grupo Humberto de Campos : Rochas sedimentares do Cenomaniano at o Recente.

Formao Ilha de Santana Calcrios fraturados, bancos, recifes, depsitos de talus e calci-turbiditos tercirios.Formao Areinhas: camadas de arenitos que constituem a poro proximal da bacia.Formao Travosas: representa um sistema costeiro-plataforma-talude da bacia.

Ambientes de Sedimentao

Seo Geolgica Regional Esquemtica da Bacia Par-MaranhoFonte: seminrio Jurdico/Fiscal e workshop tcnico da quarta rodada de licitaes (ANP)

Formao Ilha de Santana: Possui um extenso pacote carbontico.

Na rea plataforma rasa: Grande variedade de biocalcarenitos . Na poro mais externa da bacia: Calcarenitos finos e calcilutitos. Na parte do talude: Margas, folhelhos e lamitos e turbiditos.

Formao Areinhas: Arenitos quartzosos brancos grosseiros.

Formao Travosas: folhelhos cinzentos e siltitos. Estes sedimentos possuem eventuais intercalaes de arenitos quartzosos finos. Grupo Caju: Arenitos quatzosos mdio a grosso com a presena de folhelhos escuros e localmente calcarenitos bioclasticos e oncolticos em ambiente nertico de alta e baixa energia. Grupo Canrias:arenito cinza-claro, fino a grosso, sltico cinza a castanho-avermelhado e folhelho cinza-mdio a esverdeado. Sedimentos Relacionados

8

CURIOSIDADES Esta bacia (com 95.875 km ) relativamente inexplorada 1 poo para cada 3306 km.

Foram estimadas reservas potenciais mnimas de 203 milhes de barris de leo e 16 bilhes de m de gs.

REFERNCIASASMUS HE & PORTO R. 1972. Classificao das bacias sedimentares brasileiras segundo a tectnica de placas. In: Congresso Brasileiro de Geologia, 26: 1972, Blm. Anais... Belm: BG, 2: 67-90.

Marinha (Cainelli e Moraes Jr., 1986; Guimares et al. (Zalan et al, 1990 apud Bueno 2007).MILANI & RAJA GABAGLIA, 1991. Origem e evoluo de Bacias sedimentares, Evoluo dos conceitos acerca das classificaes. p.34-36.

http://www.cprm.gov.br/publique/media/capIII-i.pdf

BRANDO, J. A. S. L.; FEIJ F. J. Bacia do Par-Maranho. Boletim de Geocincias da Petrobras,Rio de Janeiro, v. 8, n. 1, p. 101-102, jan./mar. 1994

CAINELLI, C.; MORAES JUNIOR, J. J. Preenchimento sedimentar da Bacia de Par-Maranho. In: COM-GRESSO BRASILEIRO DE GEOLOGIA, 34., 1986,Goinia. Anais do... So Paulo: Sociedade Brasileirade Geologia, 1986. p. 131-144