Guia Do Prefeito Empreendedor

  • View
    12

  • Download
    1

Embed Size (px)

Transcript

  • AgendA de Compromissos Com os pequenos negCios pArA A gerAo de emprego e rendA

    gesto muniCipAL 2013-2016

  • 10

    A

    es

    pAssos100

    guiA do prefeito empreendedor

    AgendA de Compromissos Com os pequenos negCios pArA A gerAo de emprego e rendA

    gesto muniCipAL 2013-2016

  • 2013. Servio Brasileiro de Apoio s Micro e Pequenas Empresas SebraeTodos os direitos reservados.

    A reproduo no autorizada desta publicao, no todo ou em parte, consitui violao aos direitos auto-rais (Lei n. 9.610)

    Informaes e contatosServio Brasileiro de Apoio s Micro e Pequenas Empresas SebraeSGAS 605 Conjunto A Braslia/DF 70200-904Tel.: 55 61 3348 7313www.sebrae.com.br

    Guia do Prefeito Empreendedor Gesto Municipal 2013-201610 passos e 100 aes Agenda de Compromissos com os Pequenos Negcios para a Gerao de Emprego e Renda

    Presidente do Conselho Deliberativo Nacional Roberto Simes

    Diretor-Presidente Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho

    Diretor-Tcnico Carlos Alberto dos Santos

    Diretor de Administrao e Finanas Jos Claudio dos Santos

    Gerente da Unidade de Polticas Pblicas Bruno Quick

    Gerente da Unidade de Marketing e Comunicao Cndida Bittencourt

    Apoio OperacionalDulce Caldas Unidade de Polticas PblicasLorena Ortale Unidade de Marketing e Comunicao

    ContedoBruno QuickJos Roberto Escorcio Abnor Gondim

    Fotos Sebrae UF Assessorias das Prefeituras

    Projeto Grfico e Diagramao i-Comunicao

    Reviso Ortogrficai-Comunicao

  • sumrio

    MENSAGEM DO PRESIDENTE DO CONSELhO DELIBERATIvO NACIONAL DO SEBRAE ............8

    A FORA DOS PEqUENOS NEGCIOS ..........................................................................................10

    MENSAGEM DO DIRETOR-PRESIDENTE DO SEBRAE .................................................................12

    MENSAGENS DOS TRIBUNAIS DE CONTAS .................................................................................14

    MENSAGENS DA FRENTE PARLAMENTAR DA MICRO PEqUENA EMPRESA ...........................16

    MENSAGENS DAS ENTIDADES MUNICIPALISTAS .......................................................................18

    AS OBRAS DOS PREFEITOS EMPREENDEDORES ........................................................................20

    APRESENTAO .............................................................................................................................22

    AGENDA DE COMPROMISSOS .......................................................................................................24

    Passo 1 - Preparar Gestores e Servidores Pblicos para o Desenvolvimento com base na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa ........................................................... 25

    Passo 2 - Apoiar a formalizao e o sucesso dos Microempreendedores Individuais ..................................................................................31

    Passo 3 - Prestigiar os Comerciantes do municpio ..............................................................34

    Passo 4 - Fortalecer os Empreendedores da Indstria e atrair investimentos .................39

    Passo 5 - Modernizar e profissionalizar as atividades dos Prestadores de Servios ...................................................................................................42

    Passo 6 - Promover os Empreendedores do Turismo como indutores do Desenvolvimento ..................................................................................................................44

    Passo 7 - Facilitar o associativismo dos Agricultores Familiares e consolidar seus avanos ...........................................................................................................48

    Passo 8 - Articular o acesso tecnologia pelos Produtores Rurais para agregar valor produo.........................................................................................................................53

    Passo 9 - Qualificar os empreendedores para os desafios da Sustentabilidade ...............57

    Passo 10 - Estimular o ensino do Empreendedorismo e a Cultura da Cooperao ..........60

  • SAIBA MAIS .....................................................................................................................................62

    CONTE COM O SEBRAE ..................................................................................................................63

    LISTAGEM DOS 10 PASSOS E DAS 100 AES ...........................................................................64

    10 PASSOS PARA O DESENvOLvIMENTO SUSTENTvEL PBLICOS E TEMAS ....................69

    AGENDA GERAL DAS PRINCIPAIS OBRIGAES ANUAIS EM RELAO

    S LEIS ORAMENTRIAS .............................................................................................................70

    OS 8 OBjETIvOS DO MILNIO .......................................................................................................72

  • mensAgem do presidentedo ConseLho deLiberAtivo nACionAL do sebrAe

  • 9GUIA DO prefeItO eMpreeNDeDOr

    A CAminhAdA dA sustentAbiLidAde

    Promovida em junho de 2012, a Conferncia das Naes Unidas sobre Desenvolvimento Sustentvel, conhecida como Rio+20, clareou como a Sustentabilidade avana e ingressa em todas as aes de polticas pblicas. Atrelar o tema promoo dos pequenos negcios a proposta que o Sebrae leva, com esta publicao, aos prefeitos e prefeitas para eleger o Desenvolvimento Sustentvel como prioridade de suas administraes.

    Exercem papel primordial nesse contexto os empresrios de micro e pequenas empresas, os microempreendedores individuais e as entidades associativas de negcios de menor porte. No campo e na cidade. Afinal, respondem por 99% das empresas do Pas e 60% dos empregos. Inclusive para os recm-chegados ao mundo do trabalho, quer como assalariados ou donos do prprio negcio.

    H, assim, um mundo de oportunidades e desafios para as novas administraes municipais. preciso um envolvimento geral de gestores pblicos e cidados com a prosperidade das sociedades locais. Por isso, o Sebrae se apresenta como grande parceiro. Nossa misso levar assistncia e orientao aos municpios para que possam caminhar com as prprias pernas.

    Em quatro dcadas, esta instituio se consolidou como a 22 empresa mais admirada do Brasil e a 1, pelo quinto ano consecutivo, no setor de educao, frente de renomadas instituies do Pas. A configurao do Sebrae tem a virtude de estar presente em todos os pontos do Pas, com uma capilaridade de ao que poucas organizaes nacionais podem exibir.

    O Brasil vive um instante especial. Tem diante de si a oportunidade de alcanar um novo patamar de desenvolvimento. Com a fora, a criatividade e a obstinao de empresrios e de governantes, construmos uma nao prspera, com economia estvel, democracia slida, mais incluso e menos pobreza.

    Agora, temos a obrigao de continuar essa obra, assegurando as conquistas e aprofundando as reformas a favor dos empreendedores locais j experimentadas em vrias partes do mundo e na maioria dos municpios brasileiros. Essas mudanas tm de acontecer e continuar a acontecer com decisiva participao dos gestores municipais.

    Parabns, pelo incio da caminhada rumo Sustentabilidade!

    Roberto SimesPresidente do Conselho Deliberativo Nacional do Sebrae

  • A forA dos pequenos negCios

  • 11

    GUIA DO prefeItO eMpreeNDeDOr

    no brAsiL, A forA dos pequenos negCios est representAdA por:

    6,1 milhes de Micro e Pequenas Empresas (MPE) formais em atividade (99% do total das empresas brasileiras);

    2,6 milhes de Microempreendedores Individuais formalizados (Receita Federal do Brasil Junho/2012);

    4,1 milhes de estabelecimentos rurais familiares (85% do total dos estabelecimentos rurais);

    14,7 milhes de empregos com carteira assinada;

    51,6% da fora de trabalho urbana empregada no setor privado,

    40% da massa salarial (as MPE respondem por 4 em cada 10 reais pagos pelas empresas);

    25% do Produto Interno Bruto (PIB) a soma anual das riquezas geradas no Pas.

    Os Pequenos Negcios esto presentes em todos os municpios brasileiros e so os principais responsveis pela gerao de emprego e distribuio de renda.

    As Micro e Pequenas Empresas correspondem a 99% das empresas constitudas no Brasil.

  • mensAgem do diretor- presidente do sebrAe

  • 13

    GUIA DO prefeItO eMpreeNDeDOr

    Compromissos que gerAm desenvoLvimento

    Prefeitos e Prefeitas comprometidos com o Desenvolvimento Local encontraro neste Guia uma ferramenta importante de trabalho. So 10 passos e 100 aes para enriquecer propostas de gesto com a promoo dos Pequenos Negcios e do Desenvolvimento de seu municpio.

    um elenco de sugestes j colocadas em prtica por centenas de administradores municipais de todo o Pas, acompanhados de perto pelo Servio Brasileiro de Apoio s Micro e Pequenas Empresas Sebrae, que completou, em 2012, quatro dcadas de ateno ao segmento.

    So passos e aes que contribuem com o novo patamar alcanado pelo Brasil como a 6 maior economia do mundo. Esto em sintonia com a nova realidade no Pas, que contempla: prosperidade econmica, incluso social e preservao ambiental. Esse modelo passa necessariamente pela valorizao das comunidades e com a criao de oportunidades para todos.

    Desse modo, o Sebrae tem que cumprir com a sua misso de colocar esse acervo de boas ideias disposio das administraes municipais. Afinal, nas economias evoludas, os Pequenos Negcios so os principais responsveis pela gerao de emprego e distribuio de renda. Seja no campo, seja na cidade.

    Para que isso acontea, o gestor pblico deve eleger o Desenvolvimento Sustentvel e o Apoio aos Pequenos Negcios na lista das prioridades de sua admin