Click here to load reader

OITAVO ESTUDO GLOBAL ANUAL DA BSA SOBRE PIRATARIA DE ... · PDF file de pirataria global enquanto, marginalmente, melhoram seus próprios índices. Essa situação continuará nos

  • View
    1

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of OITAVO ESTUDO GLOBAL ANUAL DA BSA SOBRE PIRATARIA DE ... · PDF file de pirataria global...

  • PIRATARIA DE SOFTWARE EM 2010 MAIO 2011

    OITAVO ESTUDO GLOBAL ANUAL DA BSA SOBRE

  • ÍNDICE

    SUMÁRIO EXECUTIVO ...................................................................................................... 1

    TENDÊNCIAS GLOBAIS DE PIRATARIA EM 2010 .................................................................. 3

    O Mercado Afluente de PCs nas Economias Emergentes ................................................. 3

    Cenário de Mercado em Transformação ....................................................................... 4

    “Patrimônio” Antipirataria e a Necessidade de Esforços Contínuos .................................... 6

    OPINIÃO GLOBAL: DECIDIDAMENTE A FAVOR DOS DIREITOS DE PROPRIEDADE INTELECTUAL, MAS CONFUSA EM RELAÇÃO AO QUE É LEGAL ................................................................. 7

    METODOLOGIA ............................................................................................................. 12

    PLANTA DA BSA PARA REDUÇÃO DE PIRATARIA DE SOFTWARE ........................................ 15

    GRÁFICOS E TABELAS

    Valor Comercial de Software de PC Pirata .......................................................................... 1

    Remessas Globais de PCs ................................................................................................ 2

    Vendas Globais de Software para PC ................................................................................. 2

    Maiores e Menores Índices de Pirataria ............................................................................. 3

    Índices de Pirataria de Software para PC por Região ............................................................ 4

    Economias com o Maior Valor Comercial de Software Pirata para PC ..................................... 5

    Valor Comercial de Software sem Licença para PC por Região .............................................. 5

    Confusão Sobre Canais de Aquisição de Software ................................................................ 7

    Índices de Pirataria de Software para PC e Valor Comercial de Software sem Licença ............... 8

    Apoio aos Direitos de Propriedade Intelectual e Inovação .................................................... 10

  • OITAVO ESTUDO GLOBAL ANUAL DA BSA SOBRE PIRATARIA DE SOFTWARE

    1

    SUMÁRIO EXECUTIVO

    No mercado global de computadores pessoais, 2010 foi um ano divisor de águas. Pela primeira vez, remessas de PC para economias emergentes superaram as remessas para os mercados consolidados, 174 milhões contra 173 milhões. Nesse aspecto, pelo menos, 2010 pode ser considerado o ano em que as economias emergentes do mundo deixaram de simplesmente emergir: Elas chegaram por completo.

    Mas esse momento de virada também ressalta como as economias emergentes se tornaram a força motriz por trás da pirataria de software para PC.

    • O valor comercial da pirataria de software cresceu 14 por cento globalmente no ano passado, chegando a um total recorde de $58,8 bilhões, de acordo com o Estudo Global sobre Pirataria de Software em 2010 da BSA.

    • Apenas seis anos atrás, o valor comercial do Software para PC que estava sendo pirateado nas economias emergentes representava menos de um terço do total mundial. No ano passado, já representava mais da metade — $31,9 bilhões.

    O estudo deste ano sobre pirataria de Software para PC é o oitavo a ser realizado pela Business Software Alliance em parceria com a IDC, uma importante empresa de pesquisa de mercado e previsão da indústria de TI. O estudo de 2010 abrange 116 países e regiões, usando uma metodologia sólida que incorpora 182 entradas de dados distintos para cada um deles. Mas o estudo deste ano também acrescenta uma nova dimensão: Pesquisas mais ricas e mais profundas com usuários de PC em 32 países, conduzidas pela Ipsos Public Affairs, uma das principais empresas de pesquisa de opinião pública do mundo.

    Um resultado surpreendente é que a opinião pública mundial se mostra totalmente a favor dos direitos de propriedade intelectual (PI). Sete de cada 10 usuários de PC são a favor de pagar inovadores por suas criações para promover mais avanços tecnológicos, enquanto apenas três de cada 10 declaram que nenhum indivíduo ou empresa pode controlar as tecnologias que

    podem beneficiar o resto da sociedade. Isso ocorre até nos mercados com altos índices de pirataria – na verdade, principalmente nesses mercados. Além disso, há um reconhecimento generalizado de que o software licenciado é melhor do que o software pirata, pois é considerado mais seguro e mais confiável. O problema é que as pessoas muitas vezes não se dão conta de que o software que elas estão usando é ilegal. Isso ocorre principalmente nos mercados em desenvolvimento.

    Mercados desenvolvidos incluem AU,CA, JP, NZ, SG, TW, EUA, e Europa Ocidental. Os mercados emergentes incluem todos os outros países pesquisados.

    0

    10

    20

    30

    40

    50

    60

    2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010

    Developed Markets Emerging Markets

    $ B

    ill io

    ns ( 2 0 1 0 D

    ol la

    rs )

    Commercial Value of Pirated PC Software

  • OITAVO ESTUDO GLOBAL ANUAL DA BSA SOBRE PIRATARIA DE SOFTWARE

    2

    Outros resultados importantes do Estudo Global sobre Pirataria de Software em 2010 da BSA:

    • Calculado em $58,8 bilhões, o valor comercial do Software Pirata para PC quase dobrou em termos reais desde 2003.

    • Enquanto o número de PCs vendidos para as economias emergentes representaram 50 por cento do total mundial em 2010, o valor das licenças pagas de software nas economias emergentes representaram menos de 20 por cento do total mundial.

    • A forma mais comum de pirataria que as pessoas praticam nas economias em desenvolvimento é comprar uma única cópia de software e instalá-la em diversos computadores — inclusive em escritórios. Cinquenta e um por cento dos usuários de PC pesquisados em mercados emergentes (inclusive a mesma porcentagem de tomadores de decisão em empresas) acreditam erroneamente que esse procedimento seja legal.

    • Metade das 116 regiões estudadas em 2010 tinham índices de pirataria acima de 62 por cento, e dois terços usavam no mínimo um programa de software pirata para cada programa instalado legalmente.

    • O índice de pirataria caiu em 51 das 116 regiões estudadas em 2010 e subiu em apenas 15. Mas, fundamentalmente, as médias regionais aumentaram 1 ponto na Ásia-Pacífico e na América Latina — dois polos de forte crescimento econômico dos mercados em desenvolvimento.

    • O índice global de pirataria de Software para PC caiu um ponto percentual em 2010 para 42 por cento — 3,6 pontos acima da média dos cinco anos anteriores.

    Mercados Emergentes

    19%

    Mercados Consolidados 81%

    Venda global de Software para PC em 2010

    Mercados Emergentes 50.1%

    Mercados Consolidados 49.9%

    Fornecimentos Globais de PC em 2010

  • OITAVO ESTUDO GLOBAL ANUAL DA BSA SOBRE PIRATARIA DE SOFTWARE

    3

    TENDÊNCIAS GLOBAIS DA PIRATARIA EM 2010

    As vendas de computadores pessoais aumentaram 14 por cento em 2010, em comparação com 4 por cento no ano anterior, quando a indústria de computadores se recuperava da recente recessão. Devido a esse forte crescimento, empresas e consumidores compraram quase $95 bilhões de Software para PC — mas instalaram clandestinamente outros $59 bilhões. Isso significa que para cada dólar gasto em software legítimo em 2010, outros 63 cents em software não licenciado também entraram no mercado.

    Podemos fazer uma analogia entre pirataria global de software e o problema que muitos governos enfrentam ao confrontar déficits orçamentários estruturais e pesadas dívidas públicas. Um ano de melhorias marginais ou resultados mistos não vai corrigir os desequilíbrios a longo prazo. De fato, no ritmo atual, só em 2049 o índice médio de pirataria das economias emergentes (69 por cento) conseguiria se equiparar ao das economias desenvolvidas atuais (26 por cento).

    O MERCADO AFLUENTE DE PCS NAS ECONOMIAS EMERGENTES

    Qual o impacto das economias emergentes sobre a pirataria global de software? Considere que o índice médio de pirataria das economias emergentes é duas vezes e meia maior que o das economias desenvolvidas – ao passo que as vendas de PCs para os mercados emergentes estão crescendo três vezes mais rápido, 21 por cento contra 7 por cento.

    Dos 1,4 bilhões de PCs atualmente instalados no mundo inteiro, quase metade estão nos mercados emergentes com altos índices de pirataria. Como esses mercados com altos índices de pirataria são responsáveis pelo rápido crescimento do número de usuários de PC no mundo, eles estão elevando o índice de pirataria global enquanto, marginalmente, melhoram seus próprios índices. Essa situação continuará nos próximos anos, até que algo mais seja feito para baixar os índices e aproximá-los da média global.

    A forma mais comum de pirataria que as pessoas praticam nas economias em desenvolvimento é comprar uma única cópia de software e instalá-la

    Maiores e Menores Taxas de Pirataria em 2010

    MAIOR PIRATARIA MENOR PIRATARIA

    Geórgia 93% Estados Unidos 20%

    Zimbábue 91% Japão 20%

    Bangladesh 90% Luxemburgo 20%

    Moldávia 90% Nova Zelândia 22%