8D Problem Solving

  • View
    79

  • Download
    0

Embed Size (px)

Text of 8D Problem Solving

PROBLEM SOLVI NG METHODOLOGY 8 D Base para o sucesso pessoal e profissional

1 OBJETIVO DO CURSO 1.1 Objetivos do treinamento 1.2 O que o PROBLEM SOLVING METHODOLOGY 8D? 4

4 4

2 COMPORTAMENTOS FACILITADORES DA SOLUO DE PROBLEMAS 6 3 Etapas do PROBLEM SOLVING METHODOLOGY 8D 3.1 INTRODUO: 3.2 DEFINIES 3.2.1 Problema 3.2.2 Soluo de Problemas 3.3 DESCRIO DAS ETAPAS 3.3.1 Formao da equipe: 3.3.2 Descrio do problema: 8 8 10 10 11 12 12 13

3.3.3 Implementao de aes de bloqueio (conteno, interinas ou disposio): 13 3.3.4 Definio das causas bsicas (razes): 3.3.5 Definio das aes corretivas permanentes: 15 3.3.6 Implementao e verificao da eficcia das aes corretivas: 15 3.3.7 Preveno da reincidncia: 3.3.8 Reviso final e reconhecimento da equipe: 4 TCNICAS DE AUXLIO SOLUO DE PROBLEMAS 4.1 INTRODUO 4.2 BRAINSTORMING 4.2.1 Definio 4.2.2 Finalidade 4.2.3 Como fazer 16 16 18 18 19 20 21 21 14

4.2.4 Seleco de Ideias 4.2.5 Quando usar o Brainstorming? 4.3 ESTRATIFICAO 4.3.1 Definio 4.3.2 Finalidade 4.3.3 Como fazer 4.3.4 Exemplo 4.4 DIAGRAMA DE PARETO 4.4.1 Definio 4.4.2 Finalidade 4.4.3 Caractersticas Bsicas 4.4.4 Como construir um grfico de pareto 4.5 DIAGRAMA DE CAUSA E EFEITO 4.5.1 Definio 4.5.2 Finalidade 4.5.3 Como fazer 4.5.4 Notas Sobre os Diagramas de Causa-e-Efeito 4.6 5W1H 4.6.1 Definio Finalidade 48

24 25 26 26 26 26 27 27 27 30 31 31 40 40 41 41 44 47 47

1. OBJETIVOS DA FORMAO

A FORMAO de PROBLEM SOLVING METHODOLOGY METODOLOGIA 8D apresenta uma metodologia poderosa e eficaz de resoluo participativa de problemas. Proporcionar uma forma prtica capaz de integrar conceitos j conhecidos, mas raramente utilizados por falta de eficcia dos resultados. Reafirmar junto dos formandos do potencial da resoluo participativa dos problemas como alternativa resoluo isolada. Identificar uma metodologia de resoluo de problemas que no requernecessariamente a interrupo do fluxo dos produtos e simultaneamente permitetentar conter ao dimenso do problema. Identificar que possvel chegar causa de raiz de um problema e simultaneamente proteger os clientes dos efeitos do problema. Proporcionar aos participantes condies de melhoria das Relaes Interpessoais como fator de desenvolvimento pessoal

1.2 O QUE O PROBLEM SOLVING METHODOLOGY 8D? Em todos os processos de fabricao podem ocorrer problemas. Umas vezes esses problemas so detectados internamente; outras, infelizmente, apenasso detectados no cliente. E se umas vezes as causas dos problemas e respectiva soluo so bvias, outras vezes no existem certezas, nem quanto causa, nem quanto forma de os resolver. Outras vezes ainda, trata-se de problemas repetitivos o que significa que ou nuncaforam verdadeiramente resolvidos ou ento nunca se chegou verdadeiramente causade raiz do problema.

Com o desenvolvimento da gesto moderna so desenvovidos utenslios de anlise eresoluo em equipe a chamada Resoluo Participativa : o diagrama causa-efeito,os 5 Porqus, o Brainstorming... O problema que, quando utilizados, tendem a ser aplicados de forma avulsa e sem ligao entre si, o que limita o mbito e eficcia dos resultados. Os 8D (do ingls, 8 DOs isto 8 Aces), so uma metodologia complementar e simultaneamente integradorade todos os mtodos que se tm revelado mais

eficazes; adicionalmente introduz duas vertentes fundamentais em caso de problemas de fabrico procuram meios deassegurar o fluxo de produtos ao mesmo tempo que proporcionam aces de protecodo cliente. 2. COMPORTAMENTOS FACILITADORES DA SOLUO DE PROBLEMAS

1.Ter Vontade Sentir-se motivado para participar das atividades de soluo de um problema j que: a) Problema est diretamente ligado a sua rea de responsabilidade ou atuao. b) Problema requer urgentemente urna soluo, pois, avaliado em termos financeiros, est ocorrendo perdas danosas para o processo. c) Os superiores na organizao esto interessados na soluo do problema; Os resultados esperados sero positivos e os funcionrios tero orgulho deles

2. Ter a determinao de que o problema pode ser solucionado Mesmo quando os problemas parecem difceis, no quer dizer que so realmente insolveis. A diferena entre o sucesso e o fracasso pode ser de um passo. Para dar este ultimo passo preciso ter coragem, determinao, persistncia, etc.

3. Ter modstia e humildade Se h algum problema evidente, a pessoa envolvida precisa reconhec-lo humildemente e ao mesmo tempo refletir e admitir sua prpria responsabilidade.

4. Ser organizado e disciplinado Se no houver organizao e autodisciplina, as medidas para a soluo dos problemas sero ineficazes e as condies melhoradas revertero ao seu estado original insatisfatrio.

5. Buscar um equilbrio com o custo A questo do custo precisa sempre ser levada em considerao. No h erro nenhum emtentar sempre o maior efeito com o menor custo. Os melhores pla nos tm normalmente umbom efeito com custos mnimos ou irracionais e isto se aplica a um nmero surpreendente deproblemas.

6. Enfatizar o local de trabalho e os objetivos reais No deixar de ir ao local do problema com presteza para examinar objetos reais.Imediatamente implementar a ao corretiva, no momento adequado, quando os problemasocorrem e forem detectados.

7. Acumular experincias Uma pessoa no consegue, de imediato, dominar toda a metodologia para soluo deproblemas. Somente se iniciar o domnio da metodologia aps duas ou mais experincias. O significado da soluo de problemas mais bem compreendido quando praticado repetidamente. E depois de cada exerccio, mais estar apto para o prximo.

8. Raciocinar em grupo O grupo aumenta sua capacidade para ponderar e refletir quando discute as idias entre si.No ser um simples somatrio das capacidades das partes. A sinergia (1+1>2) usada poder mostrar muito mais.

3 Etapas do PROBLEM SOLVING METHODOLOGY 8D

3. ETAPAS DO PROBLEM SOLVING METHODOLOGY

3.1 INTRODUO:

Os principais obstculos para uma anlise de falhas bem sucedida so: 1.FALTA DE UMA METODOLOGIA ADEQUADA (PROCESSO LGICO E DISCIPLINADO). 2.DESCRIO INCOMPLETA DO PROBLEMA (FALTA DE INFORMAES). 3.PRESSO DA GERNCIA E PRECIPITAO NA SOLUO DA FALHA. 4.CAUSA RAIZ (CAUSA BSICA) MAL IDENTIFICADA. 5.FALTA DE CAPACIDADE TCNICA PARA RESOLVER O PROBLEMA, OU SEJA, FALTA DE DOMNIO TECNOLGICO.

O mtodo 8D serve para tratamento de problemas e anlise de falhas, seja em produtos, servios e processos e esta divido em 8 etapas ou disciplinas.

1.Formao da equipe. 2.Descrio do problema. 3.Implementao de aes de bloqueio (de conteno, interina ou disposio). 4.Definio das causas bsicas (causa razes). 5.Definio das aes corretivas permanentes. 6.Implementao e verificao da eficcia das aes corretivas permanentes. 7.Preveno da reincidncia. 8.Reviso final e reconhecimento da equipe. Para sucesso da metodologia obrigatrio que as oito etapas sejam realizadas na seqncia relacionada acima.

A arte do progresso consiste em manter a ordem durante as mudanas e promover mudanas no perodo de estabilidade." -Alfred Whitehead

"Quando voc acredita que no tm problemas, o progresso pra e inicia-se a decadncia" - Kaoru IshikawaKaoru Ishikawa

Na soluo de problemas deve-se estar sempre alerta para: 1. coletar os dados certos; 2. ter sempre claros os objetivos da coleta de dados e certificar-se de que a

amostragem utilizada capaz de revelar os dados2. ter sempre claros os objetivos da coleta de dados ecertificar-se de que a amostragem utilizada capaz derevelar os dados; 3. estratificar os dados coletados; 4. no confundir problema com causa de problema; 5. considerar como falsos os dados sem disperso; 6. certificar-se de que o mtodo estatstico utilizado capaz de revelar os fatos; 7. comparar sempre os dados coletados com um outro instrumento que mostre a situao como um todo (um histograma ou uma folha de verificao, por exemplo); 8. ser seletivo na identificao das causas que compensem bloquear; 9. no tentar atacar todas simultaneamente. Dar preferncia aos poucos vitais.

3.2 DEFINIES 3.2.1 PROBLEMA " As falhas so o combustvel do sucesso." - Ishikawa 1. o resultado indesejvel de um trabalho ou de um processo. Reflete a insatisfao do cliente com o produto ou servio.

2. o desvio entre o planejado e o realizado.

1. o diferencial entre o nvel operacional praticado e o melhor nvel operacional desenvolvido pelo concorrente. 2. um indicador de desempenho com qual no estamos satisfeitos. 3. uma no-conformidade.

3.2.2 SOLUO DE PROBLEMAS o esforo feito para eliminar, ou reduzir ao mnimo, a diferena entre odesejvel e o real. O que soluciona osproblemas no so as ferramentas mas sim o mtodo. As ferramentas so simplesmente instrumentos quefacilitam a soluo do problema. o esforo feito para eliminar, oureduzir ao mnimo, a diferena entre odesejvel e o real. O que soluciona osproblemas no so as ferramentas massim o mtodo. As ferramentas sosimplesmente instrumentos que facilitam a soluo do problema.

3.3 DESCRIO DAS ETAPAS 3.3.1 FORMAO DA EQUIPA: recomendvel, mas no obrigatrio, que a metodologia seja utilizada com uma equipa ou grupo de trabalho. O mtodo pode ser aplicado de forma individual, com muito bom resultado. No caso de aplicao individual esta etapa no considerada.

A equipe deve ser composta por pessoa representativas de todas as reas afetadas pela falha, e com competncia necessria e requerida para trabalhar no problema em questo.

As equipes devem ser limitadas, no muito conveniente que tenham mais de 10 pessoas, o ideal trabalhar com 3 at 6 pessoas, dependendo da gravidade e abrangncia do problema a ser resolvido. Colaboradores podero ser convocadosesporadicamente para esclarecimentosA equipe deve ser composta por pessoa representativas de todas as reas afetadas pelafalha, e com competncia necessria e requerida para trabalhar no problema emquesto. A equipe deve ter um lder (champion) e um relator, preferivelmente e