Manual do prefeito ibam 14ª ed._2013

  • View
    353

  • Download
    2

Embed Size (px)

DESCRIPTION

Administrao Pblica Manual do Prefeito_ibam_2013

Transcript

  • 1. MANUAL DO PREFEITOGESTO MUNICIPAL MANUAL DO PREFEITO2013Municpios fortes, Brasil sustentvelCapaManualPrefeitos.indd 114/01/13 15:47

2. Manual do PrefeitoCoordenao Tcnica Marcos Flvio R. Gonalves 3. Manual do Prefeito Copyright Instituto Brasileiro de Administrao Municipal Todos os Direitos ReservadosMANUAL DO PREFEITO 14 edio Copyright Instituto Brasileiro de Administrao Municipal Largo IBAM n 1 Humait 22271-070 Rio de Janeiro/RJ Tel. (21) 2536-9797 - Fax (21) 2537-1262 E-mail: ibam@ibam.org.br - Web: www.ibam.org.br Depositado na Reserva Legal da Biblioteca Nacional Todos os direitos reservados. proibida a reproduo total ou parcial, de qualquer forma ou por qualquer meio, sem autorizao escrita do IBAM. A violao dos direitos de autor (Lei n 9.610/98) crime estabelecido pelo art. 184 do Cdigo Penal. 1 edio: 1967; 2 edio: 1970; 3 edio: 1972; 4 edio: 1976: 5 edio: 1977; 6 edio: 1982; 7 edio: 1988; 8 edio: 1989; 9 edio: 1992; 10 edio: 1996; 11 edio: 2000; 12 edio: 2005; 13 edio: 2009; 14 edio: 2012Dados Internacionais de Catalogao (CIP)M294Manual do prefeito / coordenao tcnica Marcos Flvio R. Gonalves.Rio de Janeiro: Instituto Brasileiro de Administrao Municipal, 2013. 217 p. 1. Municpio - Brasil. 2. Gesto municipal Brasil. 3. Desenvolvimento Municpio 4. Democracia - Brasil . I. Ttulo.Esta edio foi revista e atualizada pela seguinte equipe tcnica: Alexandre Carlos Albuquerque Santos, Gil Soares Jnior, Gustavo da Costa Ferreira, Henrique Gaspar Barandier, Heraldo da Costa Reis, Hrculis Toledo, Jaber Mendona Monteiro, Marcos Flvio R. Gonalves, Marcus Alonso Ribeiro Neves, Maria da Graa R. das Neves, Patrcia Arajo Santos e Rosimere de Souza.Prefcio O Manual do Prefeito, elaborado pelo Instituto Brasileiro de Administrao Municipal (IBAM), constitui-se, nesta 14 edio, em importante apoio ao aprimoramento das gestes municipais. Os prefeitos eleitos pela primeira vez encontraro neste trabalho vasto acervo de consulta, fruto da experincia acumulada e de permanente trabalho de pesquisa e reflexo. J os reeleitos, embora conheam os cuidados e procedimentos necessrios, podero encontrar neste Manual informaes que os auxiliem a adotar medidas mais eficazes no segundo mandato. A Constituio Federal de 1988 consagrou o municpio como membro integrante da estrutura federativa brasileira. Nesse contexto, a autonomia e as competncias dos municpios crescem medida que o processo democrtico vem se consolidando no Pas. E o Governo Federal reafirma a importncia da continuidade e do aprofundamento da relao de respeito, dilogo e parceria com as prefeituras municipais, construda ao longo dos ltimos anos, em especial no mbito do Comit de Articulao Federativa CAF. So imprescindveis a essa relao o conhecimento, o domnio e a partilha de referenciais, de metodologias e do acesso a ferramentas que possam auxiliar na concretizao de um novo modelo de gesto. O presente Manual do Prefeito pretende ser mais um importante instrumento para o sucesso dessa empreitada. Os objetivos conjuntos da Unio, dos Estados e dos Municpios devem sempre pautar-se na integrao das aes pblicas, na articulao entre os entes federados, na participao e no controle social de modo a impactar positivamente a vida de todos os brasileiros e a garantir a qualidade dos gastos pblicos. A priorizao dessas metas precisa, entretanto, incorporar a devida assistncia tcnica e a disponibilizao de ferramentas que favoream a melhoria da gesto pblica dos municpios. A iniciativa do IBAM em produzir a 14 edio deste Manual, ao mesmo tempo em que deve ser elogiada por toda a sociedade, tambm deve se tornar ferramenta indispensvel aos prefeitos de todo o pas. responsabilidade de todos que atuam nas trs esferas de governo a busca pela superao da pobreza, das desigualdades sociais e regionais, pela melhoria do ambiente de negcios e, consequentemente, o aumento da vivncia dos direitos e do acesso a programas e servios pblicos. Ideli Salvatti Ministra-chefe da Secretaria de Relaes Institucionais da Presidncia da RepblicaCoordenao Tcnica Marcos Flvio R. Gonalves Consultor do IBAM Coordenao Editorial Sandra Mager Capa: Subchefia de Assuntos Federativos da Secretaria de Relaes Institucionais da Presidncia da Repblica 3 4. Manual do Prefeito Copyright Instituto Brasileiro de Administrao Municipal Todos os Direitos ReservadosManual do Prefeito Copyright Instituto Brasileiro de Administrao Municipal Todos os Direitos ReservadosSumrio Apresentao O livro ora apresentado publicado desde 1967, atingindo agora a 14 edio, revista e atualizada quando do alcance, pelo IBAM, dos seus 60 anos, isto , em 2012. Tem sido bem recebido pelos Prefeitos, a quem dirigido, mas tambm possui leitores e usurios nas Cmaras Municipais, entre agentes polticos, servidores pblicos, estudiosos das questes administrativas governamentais e acadmicos, que nele vem fonte de consulta preciosa, objetiva e prtica. Esse ltimo adjetivo define bem o contedo do Manual do Prefeito e est de acordo com o propsito que orientou seu lanamento e permanece orientando as edies subsequentes: ser manancial de informaes especialmente para os que alcanaram a Chefia do Poder Executivo municipal, que nele encontram conceitos, referncias Constituio e s leis, com indicao de dispositivos e comentrios a seu contedo, alm de citaes da jurisprudncia e da doutrina predominantes. A ascenso a cargos por meio de eleio no significa que todos os que chegaram a esse ponto dominam com profundidade os temas e as questes que iro tratar durante o mandato. H, certamente, os que tiveram antes oportunidade de ocupar cargos e, por isso, tm conhecimento das normas que regem a Administrao Pblica; h tambm, com certeza, os que esto nessa condio pela primeira vez, escolhidos que foram pelo eleitorado, o que no significa nenhum desdouro a votao uma manifestao de cidadania poltica, em conformidade com o modelo adotado no pas. O Manual do Prefeito oferece esse contedo que, se no ir resolver todos os problemas com que se defrontaro, permite identificar os caminhos a seguir; sua leitura orienta nesse sentido, mostrando as obrigaes, as opes, as variveis e o dia a dia que envolve os agentes polticos no Municpio. O IBAM orgulha-se de, mais uma vez, pr disposio de todos os que se dedicam Administrao municipal esta publicao e deseja aos que assumem seus postos no incio de 2013 que realizem seus planos com eficincia, de modo a resultar em benefcios para os muncipes. Paulo Timm Superintendente-Geral do IBAMPrefcio ..........................................................................................................................3 Apresentao.................................................................................................................4 Sumrio ..........................................................................................................................5 Seo i o MunicPio: Marco jurdico ............................................................................10 Introduo ..................................................................................................................10 Nem sempre foi assim................................................................................................11 Questes ainda pendentes: o atual pacto federativo .................................................11 A eficincia da Administrao ....................................................................................12 Comentrios finais .....................................................................................................13 Captulo 1 Autonomia e competncia do Municpio .............................................14 A Federao brasileira e o Municpio .........................................................................14 Autonomia municipal ..................................................................................................17 O Municpio e seu campo de atuao ........................................................................20 Conceituao jurdica do Municpio ...........................................................................23 Captulo 2 Atos de imprio: poder de polcia e interveno na propriedade ....25 Conceito de poder de polcia......................................................................................25 Regularidade do ato de polcia ...................................................................................26 Autoexecutoriedade e coercibilidade .........................................................................27 Alvars .......................................................................................................................28 Sanes .................................................................................................................... 29 Controle das edificaes e do parcelamento do solo ............................................... 29 Normas de zoneamento ............................................................................................ 29 Polcia da higiene ...................................................................................................... 29 Polcia de costumes, segurana e ordem pblica ..................................................... 30 Polcia de pesos e medidas .......................................................................................32 Polcia funerria .........................................................................................................32 Guarda Municipal .......................................................................................................32 Interveno na propriedade privada ......................................................................... 33 Demais formas de interveno ..................................................................................37 Efeitos da interveno na atuao urbanstica.......................................................... 38 Captulo 3 - Relaes intergovernamentais .......................................